A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Mapa Estratégico Indicadores Revisão segundo reunião de 23-01.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Mapa Estratégico Indicadores Revisão segundo reunião de 23-01."— Transcrição da apresentação:

1 Mapa Estratégico Indicadores Revisão segundo reunião de 23-01

2 Diretrizes para definição dos indicadores para os objetivos do Mapa 1.O Mapa Estratégico é relativo ao Movimento Brasil Competitivo, considerando as contribuições das organizações associadas/parceiras que atuam no Movimento. 2.A perspectiva de resultado é relativa ao país e não especificamente aos resultados obtidos pela instituição MBC e seus associados/parceiros 3.Busca-se utilizar indicadores que já são mensurados pelas organizações associadas/parceiras e que estão alinhados às estratégias/objetivos definidos no Mapa. -Nesse caso as organizações detentoras dos indicadores se responsabilizam pela sua medição e disponibilização, sendo citadas com fonte e dadas a elas o crédito. 4.Os demais indicadores necessários para o Movimento Brasil Competitivo e não disponíveis devem ser construídos pelo MBC – Diretoria (fonte) 5.Os indicadores devem ser relevantes para mensurar o objetivo ou parte dele, sempre com foco no Movimento Brasil Competitivo.

3 6 - Os indicadores devem ter metas associadas numa visão de médio, curto e longo prazo 7- As metas devem orientar ações para atuação do MBC e seus associados/parceiros -As ações podem ser sob forma de projetos estratégicos ou plano de ação coordenados MBC – instituição – ou organizações associadas/parceiras. -Os projetos e planos de ação devem se concentrar nas perspectivas de processos e aprendizado/perpetuidade (onde as coisas acontecem) 8- Afora medir o alcance dos objetivos e orientar os projetos e ações os indicadores deve servir para criar senso e linguagem comum sobre competitividade no MBC, nas organizações associadas/parceiras e na comunidade/mídia. Questão para reflexão 1: - O Mapa é do Movimento Brasil Competitivo - É necessário haver um Mapa para a instituição MBC ? Questão para reflexão 2: - As metas na perspectiva de resultados devem ser no âmbito do país. O MBC e seus parceiros/associados devem buscar influenciar as instituições que podem alavancar os resultados no âmbito de país ou apenas medir os resultados alcançados ?

4

5 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica RankingAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Nov./2006 Observações / Pendências Fórmula Índice de Desenvolvimento Humano é desenvolvido diretamente pela ONU, anualmente. Detalhes: Fonte de Dados Relatório Anual de IDH Área Gestora da Informação ConPI Responsável pela Disponibilização do Dado Ademilson – Assistente de Projetos Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira de maneira sustentável Indicador Índice de Desenvolvimento Humano

6 Índice de Desenvolvimento Humano – IDH -

7 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica RankingAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Nov./2006 Observações / Pendências Fórmula A classificação do país (Ranking) no IDH é desenvolvido diretamente pela ONU, anualmente. Detalhes: Fonte de Dados Relatório Anual de IDH Área Gestora da Informação ConPI Responsável pela Disponibilização do Dado Ademilson – Assistente de Projetos Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população brasileira de maneira sustentável Indicador Ranking do IDH

8 Ranking – IDH

9 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica RankingAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Nov./2006 Observações / Pendências Fórmula Índice disponibilizado pelo World Economic Forum (Anual) Detalhes: Fonte de Dados Relatório Anual do WEF Área Gestora da Informação Coordenação de Projetos Responsável pela Disponibilização do Dado Líder de Projeto Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Elevar a qualidade, produtividade e competitividade Indicador Índice de Competitividade Nacional – World Economic Forum

10 Índice de Competitividade - WEF

11 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica RankingAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Nov./2006 Observações / Pendências Fórmula Ranking disponibilizado pelo Bancon Mundial Detalhes: Fonte de Dados Relatório Anual do DB Área Gestora da Informação Coordenação de Projetos Responsável pela Disponibilização do Dado Líder de Projeto Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Elevar a qualidade, produtividade e competitividade Indicador Ranking do Doing Business

12

13 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica RankingAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Nov./2006 Observações / Pendências Fórmula Índice disponibilizado no Mapa Estratégico da CNI Detalhes: Fonte de Dados Mapa Estratégico da CNI Área Gestora da Informação Coordenação de Projetos Responsável pela Disponibilização do Dado Líder de Projeto Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Elevar a qualidade, produtividade e competitividade Indicador Índice de Produtividade

14 Índice da Produtividade

15 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Promover e fortalecer a Cultura da Excelência, Inovação e Benchmarking Indicador Empresas certificadas pela sistema ISO9000 e 14000

16 Empresas certificadas pelo sistema ISO9000 e

17 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Promover e fortalecer a Cultura da Excelência, Inovação e Benchmarking Indicador Pedido de Concessão de Patentes (USPO)

18 Patentes Brasileiras no USPO (EUA) Fonte: US Patent and Trademark Office (USPO)

19 Pedidos de Patentes

20 Gastos em P&D (%PIB) – Comparativo Internacional Fonte: Organization for Economic Cooperation and Development, Main Science and Technology Indicators

21 Eficiência dos Gastos em P&D (medida de sensibilidade) OECD - Elaboração MBC

22 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica ÍndiceAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Mar./2006Mar./2004Nov./2004 Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Relatório Anual de Competitividade Regional Área Gestora da Informação Coordenação de Projetos Responsável pela Disponibilização do Dado Líder de Projeto Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Elevar a qualidade, produtividade e competitividade Indicador Índice de Competitividade dos Estados

23 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Índice de maturidadeAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Mar./2006 Observações / Pendências Os estados serão tratados por níveis que permitirão a classificação em verde, amarelo e vermelho. No caso do indicador geral deverá ser um nível, percentual, de maturidade. Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Fórum dos Programas Estaduais e Setoriais Área Gestora da Informação Coordenador do Rede Brasil + Responsável pela Disponibilização do Dado Fórum do Programas Estaduais Descrição Breve Indicador maturidade para os programas estaduais e setoriais. A partir deste indicador, classificar em faixas de níveis de prioridades (Verde, Vermelho e Amarelo). Intenção / Interpretação do Indicador Acompanhar o nível de consolidação dos programas estaduais, permitindo uma classificação em faixas para que se possa atuar no fortalecimento daqueles que apresentem dificuldades de operação. E, permitir verificar a situação da rede regional como um todo. Objetivo Estratégico Fortalecer programas estaduais e setoriais Indicador Grau de maturidade dos programas estaduais e setoriais

24 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Fortalecer os programas e ações do setor público Indicador Grau de maturidade dos programas do setor público

25 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Fortalecer os Arranjos Produtivos Locais Indicador Grau de maturidade dos Arranjos Produtivos Locais

26 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Criar consciência para a Competitividade Indicador

27 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Ser reconhecido pela credibilidade e competência Indicador Certificação pela ISO9001/2000

28 Avaliação Alinhada pelos Critérios de Excelência

29 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Objetivo Estratégico Ser reconhecido pela credibilidade e competência Indicador Avaliação pelos critérios de excelência ou similares reconhecidos

30 Avaliação Alinhada pelos Critérios de Excelência

31 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica AbsolutoAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal 06/11/04 Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Coordenação Administrativa Responsável pela Disponibilização do Dado Assessoria Jurídica Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Trabalhar em conformidade com os requisitos legais, estatutários, regulamentares e contábeis (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Buscar excelência em gestão Indicador Irregularidades de qualquer natureza relacionadas a requisitos legais

32

33 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica AbsolutoAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal 06/11/04 Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Auditoria Contábil Área Gestora da Informação Coordenação Administrativa Responsável pela Disponibilização do Dado Coordenadora Administrativa Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Trabalhar em conformidade com os requisitos legais, estatutários, regulamentares e contábeis (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Buscar excelência em gestão Indicador Número de não conformidades da auditoria contábil externa

34

35 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica AbsolutoAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Legislação em vigor e estatuto da instituição Área Gestora da Informação Coordenação Administrativa Responsável pela Disponibilização do Dado Assessoria Jurídica Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Trabalhar em conformidade com os requisitos legais, estatutários, regulamentares e contábeis (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Buscar excelência em gestão Indicador Número de não conformidades relacionadas aos documentos legais do MBC (Estatuto e Regimento)

36

37 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica AbsolutoAnual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Manual da Qualidade e MQ05 – Controle de Documentos e Dados Área Gestora da Informação Representante da Direção Responsável pela Disponibilização do Dado Representante da Direção Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Reter o capital intelectual (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Buscar excelência em gestão Indicador Documentos revisados e atualizados conforme MQ05 do Manual da Qualidade

38

39 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Garantir um alto nível de satisfação dos associados e membros dos diversos conselhos do MBC (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Garantir auto-sustentação financeira Indicador Nível de satisfação dos associados

40

41 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica %Anual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal 05/11/04 Observações / Pendências Fórmula % de satisfação média dos clientes Detalhes: Clientes são aqueles que contratam o MBC para o desenvolvimento de projetos. Fonte de Dados Pesquisa de Satisfação Área Gestora da Informação Coordenação de Projetos Responsável pela Disponibilização do Dado Coordenador de Projetos Descrição Breve Indicador de medição do nível de satisfação dos clientes com os produtos e serviços oferecidos pelo MBC Intenção / Interpretação do Indicador Ter clientes satisfeitos com os produtos e serviços oferecidos pelo MBC (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Garantir auto-sustentação financeira Indicador Satisfação dos Clientes

42 Nível de satisfação dos Clientes

43 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica %Anual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal 06/11/04 Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Área Gestora da Informação Responsável pela Disponibilização do Dado Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Garantir um alto nível de satisfação dos associados e membros dos diversos conselhos do MBC (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Assegurar governança Indicador Nível de satisfação dos membros dos conselhos do MBC

44 Nível de satisfação dos Conselho Superior

45 Nível de satisfação dos Conselho das Partes Interessadas

46 Nível de satisfação dos Conselho Fiscal

47 Unidade de MedidaColetaAnálise Crítica %Anual Data para Disponibilização Sinal Plano de Ação InícioFinal 06/11/04 Observações / Pendências Fórmula Detalhes: Fonte de Dados Pesquisa de Satisfação Área Gestora da Informação Coordenação Administrativa Responsável pela Disponibilização do Dado Representante da Direção Descrição Breve Intenção / Interpretação do Indicador Ter práticas de gestão que promovam a satisfação dos colaboradores. (Objetivo do Sistema de Gestão da Qualidade) Objetivo Estratégico Desenvolver competência e valores éticos da equipe Indicador Nível de satisfação dos colaboradores

48 Nível de satisfação da Equipe


Carregar ppt "Mapa Estratégico Indicadores Revisão segundo reunião de 23-01."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google