A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus"— Transcrição da apresentação:

1 Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus
Profª. Elizabeth DICAS: Como Conduzir Entrevistas de Seleção.   A entrevista de seleção não deve ser improvisada. Ela exige alguns cuidados preliminares que podem melhorar sua eficiência e eficácia. 1. Identifique os objetivos principais da entrevista. Planeje antecipadamente a entrevista. Leia a descrição do cargo, especificações do cargo e a solicitação de emprego do candidato. 2. Crie um bom clima para a entrevista. Aplique bastante tempo, escolha um local quieto, seja amigável e mostre interesse, dê ao candidato atenção total. 3. Conduza a entrevista orientada para objetivos. Saiba qual a informação que necessita colher do candidato e faça perguntas objetivas sobre seu passado profissional e analise também aspectos pessoais, como personalidade, criatividade e independência do candidato. 4. Analise e avalie profundamente dois aspectos: o formal (aquilo que o candidato fala sobre sua experiência profissional, escolaridade, conhecimentos e competências) e o comportamental (como o candidato se comporta durante a entrevista). 5. Evite questões discriminatórias. Focalize todas as questões do cargo visado e avalie as qualificações em relação a este foco. Evite idéias preconcebidas. Seja objetivo. 6. Responda às questões feitas e às outras que não foram feitas. Crie um ambiente favorável. A entrevista é uma via de duas mãos: ouvir e informar são igualmente importantes. 7. Anote suas impressões imediatamente após a entrevista. Não confie na memória, registre detalhes e impressões para decisão posterior. Utilize algum método ou gráfico para anotar informações básicas e comparar os candidatos entre si. Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus

2 Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus
Profª. Elizabeth Teoria fatorial de Thurstone. Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus

3 Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus
Profª. Elizabeth RH DE HOJE: Competências desejadas pelas organizações.   O site da Fundação para o Prêmio Nacional de Qualidade (www.fpnq.org.br) mostra uma pesquisa feita pela Fundação Dom Cabral sobre as Tendências do Desenvolvimento das Empresas no Brasil. Na parte relacionada com Gestão de Pessoas e de Competências, a pesquisa mostra que os principais atributos que as organizações pesquisadas estão requerendo às pessoas são: ·     Orientação para resultados. ·       Capacidade de trabalhar em equipe. ·       Liderança. ·       Relacionamento interpessoal. ·       Pensamento sistêmico: visão do todo. ·       Comunicabilidade. ·       Empreendedorismo. ·       Negociação. ·       Capacidade de atrair e reter colaboradores. ·       Capacidade de inovar. ·       Percepção de tendências. ·       Multifuncionalidade. ·       Visão de processos. ·       Conhecimento da realidade externa. ·       Garra, ambição. ·       Por a mão na massa: “carregar o piano”. ·       Habilidade em lidar com paradoxos. ·       Domínio do inglês. ·       Domínio do espanhol. Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus

4 Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus
Profª. Elizabeth Caso O Envolvimento da Gerência e Equipe A Hewlett-Packard (HP) utiliza um dinâmico processo seletivo feito em equipe e focado em objetivos claros. Após a pré-seleção, cada candidato passa por dezenas de entrevistas com gerentes de vários níveis, vários colegas e subordinados potenciais. Se a posição é de gerência, o diretor da área fará entrevistas. Os entrevistadores se concentram em traços comportamentais (trabalhar em equipe) e dão relativa importância aos conhecimentos técnicos. O recado é: As entrevistas sinalizam que a empresa dá importância e se interessa pelo candidato e seu ambiente de trabalho. 2. O enorme investimento de tempo dos gerentes e colegas significa que eles têm responsabilidade direta de preencher cada posição. E eles têm de decidir duas coisas: os requisitos a privilegiar no processo e consolidar sua escolha ajudando os futuros colegas. A seleção de pessoal ficou importante demais para ficar na mão de alguns especialistas de RH. Estes podem ajudar como consultores internos. A mensagem é clara e simples: que todos os funcionários de linha se concentrem em certos traços essenciais que serão úteis para o mundo de amanhã. Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus


Carregar ppt "Fonte: Gestão de Pessoas – Idalberto Chiavenato – Ed. Campus"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google