A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VM Viva Melhor – Consultoria em Saúde Site: Contato:

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VM Viva Melhor – Consultoria em Saúde Site: Contato:"— Transcrição da apresentação:

1 VM Viva Melhor – Consultoria em Saúde Site: Contato: Tel Consultor: Prof. WILSON FILLA Psicólogo Terapeuta Nutrifuncional Ortomolecular Naturopata Acupunturista PREVENÇÃO DO USO DE ÀLCOOL E TABACO.

2 Consultor: Prof. WILSON FILLA Psicólogo Terapeuta Nutrifuncional Ortomolecular Naturopata Acupunturista Afiliado a Federação Nacional de Terapeutas (FENATE) e Diretor do Sindicato dos Terapeutas do Estado do Rio de Janeiro (SINTER-RJ). Sites:

3 É UMA DOENÇA PROGRESSIVA COM MANIFESTAÇÕES FÍSICAS E PSÍQUICAS, QUE RESULTA DA INTERAÇÃO ENTRE UM ORGANISMO VIVO E UMA DROGA. CARACTERIZA-SE POR UM COMPORTA- MENTO QUE SEMPRE INCLUI UMA COM- PULSÃO DE USAR A DROGA PARA EXPE- RIMENTAR SEU EFEITO E, ÀS VEZES, EVITAR O DESCONFORTO POR SUA AUSÊNCIA.

4 COMPULSÃO AO USO DA DROGA TOLERÂNCIA SINTOMAS DE ABSTINÊNCIA

5 Presença de 3 ou mais requisitos abaixo durante o ano anterior: a) Forte desejo ou compulsão para consumir a substância b)Dificuldade de controlar o consumo no início, término ou quantidades consumidas c) Sintomas da abstinência, quando o consumo é reduzido ou interrompido d) Aumento progressivo da tolerância, requerendo doses cada vez maior da droga para alcançar seus efeitos originais

6 e) Abandono progressivo dos interesses e atividades de lazer, aumentando a quantidade de tempo necessário para obter, tomar e/ou recuperar-se dos efeitos da droga f) Persistência no uso da substância, apesar das evidências nocivas

7 SUBSTÂNCIAS QUE ATUAM PRODUZINDO ALTERAÇÕES NO FUNCIONAMENTO CEREBRAL, CAUSANDO MODIFICAÇÕES NO PSIQUISMO, ALTERANDO AS SENSAÇÕES, O HUMOR, O GRAU DE CONSCIÊNCIA, E OS ESTADOS EMOCIONAL E FÍSICO.

8 ESTIMULANTES DEPRESSORAS PERTURBADORAS

9 AUMENTAM A VELOCIDADE DO PROCESSO CEREBRAL E FAZEM COM QUE AS PESSOAS SE SINTAM MAIS ALERTAS, COM MAIS ENERGIA E AGITADAS.

10

11 Fomos apresentados numa festa, por um "carinha" que se dizia meu amigo.

12 Ela me enlouquecia.

13 Mas era um amor proibido.

14 Fui repreendido na escola e passamos a nos encontrar escondidos.

15 Eu a queria, mas não a tinha.

16 Eu a amava: bati o carro, quebrei tudo dentro de casa e quase matei a minha irmã. Estava louco, precisava dela.

17

18 Cocaína.

19

20 Desabafo do cantor da banda Queen, antes de morrer de AIDS.

21 ANFETAMINAS COCAÍNA CRACK NICOTINA CAFEÍNA

22

23 PROMOVEM UMA REDUÇÃO DAS ATIVIDADES CEREBRAIS E UMA DIMINUIÇÃO DAS FUNÇÕES ORGÂNICAS QUE DE MODO GERAL DEIXAM AS PESSOAS MAIS RELAXADAS. COMO CONSEQUÊNCIA, HÁ UMA TENDÊNCIA À DIMINUIÇÃO DA ATIVIDADE MOTORA, DA REAÇÃO À DOR E DA ANSIEDADE.

24 ANSIOLÍTICOS OPIÓIDES ÁLCOOL SOLVENTES OU INALANTES.

25 ALTERAM A PERCEPÇÃO E O SENSO DE TEMPO E ESPAÇO. PROVOCAM ALTERAÇÕES NO FUN- CIONAMENTO DO CÉREBRO, PO- DENDO CAUSAR DELÍRIOS E ALU- CINAÇÕES, POR ISSO RECEBEM O NOME DE ALUCINÓGENOS.

26 LSD ( ÁCIDO LISÉRGICO). ECSTASY. MACONHA. HAXIXE.

27 HISTÓRICO ÁLCOOL é uma palavra de origem árabe e quer dizer coisa fina, coisa sutil, enganadora. O consumo de bebidas alcoólicas data de mais de 3 mil anos a.C., porém o termo alcoolismo foi usado pela primeira vez em 1854 pôr Magnohuss.

28 Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o alcoolismo é uma doença primária, crônica e progressiva que pode ser controlada (estacionada), mas não curada. Atinge o indivíduo físico, mental e espiritualmente. O sintoma mais evidente da doença é a dificuldade que o indivíduo tem de controlar a ingestão de bebida alcoólica após o primeiro gole.

29 O álcool é uma bebida consumida como alimento e às vezes como remédio, e possui um rico significado simbólico quando usado em costumes e rituais sociais, culturais e religiosos. Suas propriedades são conhecidas por inúmeros povos em todo mundo há milhares de ano É uma droga que possui importantes efeitos farmacológicos e tóxicos sobre a mente e sobre quase todos os órgãos e sistemas do corpo humano.

30 De acordo com o Ministério da Saúde, 80% de jovens entre 10 e 19 anos já usaram bebidas alcoólicas pelo menos uma vez A dependência do álcool atinge cerca de 10% da população mundial No brasil os acidentes de traânsitos representam a primeira causa de morte entre jovens de 14 e 26 anos

31 Nas cidades brasileiras, 65% dos leitos hospitalares de emergência encontra-se ocupados pôr pessoa que sofreram acidentes de trânsito; sendo que 85% dos casos pôr ingestão de álcool e/ou outras drogas Na Europa, em 1999, 57 mil jovens morreram vítimas de acidentes de trânsito, suicídio e intoxicação relacionados com consumo de álcool.

32 O consumo de praticamente todas as drogas começa entre os 10 e 12 ou entre os 18 e 20 anos, ou seja, no período de crescimento e formação do indivíduo. Por isso, a necessidade de ajudar o jovem a atravessar esses anos críticos sem se envolver com drogas. Se conseguirmos isso, não apenas reduziremos enormemente a probabilidade desse jovem vir a se tornar um alcoólatra, como também um dependente químico.

33 O álcool está associado à maioria dos acidentes de trânsito no Brasil e no mundo. Entre 65 a 70% dos casos de violência contra a mulher estão relacionados ao uso prévio de bebidas alcoólicas; e um número considerável de acidentes de trabalho também está relacionado a esta droga.

34 ALCOOL DROGA PSICOATIVA DE USO E ABUSO MAIS DIFUNDIDO NO MUNDO, PÔR SER SOCIALMENTE TOLERADA E LEGALMENTE PERMITIDA PARA MAIORES DE IDADE. SEU USO ABUSIVO TRAZ CONSEQUÊNCIAS DANOSAS PARA O INDIVÍDUO E PARA A SOCIEDADE.

35 FÍSICA: quando as células do organismo precisam do álcool para funcionar. PSÍQUICA: quando o indivíduo depende do bem-estar inicial causado pelo álcool para realizar compromissos do dia-dia. Grande parte do mal-estar causado pela embriaguez se deve à desidratação das células nervosas. Este é mais um dos fatores de irritação do cérebro.

36 O álcool é rapidamente absorvido na circulação, pelo estômago, pelo intestino delgado e pelo cólon, e o tempo necessário para atingir a concentração máxima no sangue varia de 30 a 90 minutos (Hobbs et al.,1996). A presença de alimento no estômago torna a absorção mais lenta, ao retardar o esvaziamento gástrico. A temperatura mais baixa do corpo e o exercício físico também reduzem a absorção, assim como a presença de açucar no álcool.

37 COMPORTAMENTO DESINIBIDO DESCOORDENAÇÃO MOTORA SENTIDOS PREJUDICADOS (Visão e audição) FALA PASTOSA DIFICULDADE DE LOCOMOÇÃO E DE RACIOCÍNIO SONOLÊNCIA, NÁUSEAS E VÔMITOS COMA ALCOÓLICO, MORTE PRINCIPAIS EFEITOS

38 ETANOL - presente nas bebidas alcóolicas, vem da fermentação microbiológica de açucares; BEBIDAS DESTILADAS : maior teor alcóolico, 35% ( Whisky, voddka, aguardente etc..); BEBIDAS NÃO DESTILADAS : menor teor alcóolico CERVEJA 4 a 5 % e VINHOS 12%; ALCOOLISMO - Terceira causa de morte no mundo DROGA LÍCITA. PRINCÍPIO ATIVO DO ÁLCOOL

39 CULTURA ISLÂMICA - promove abstinência total. SOCIEDADES JUDAICAS - socialmente aceitável, porém não aceita comportamento desviantes, como, embriaguez pública. FRANÇA - relativamente alto e constante, o consumo de vinho nas refeições, o que predispõe complicações médicas crônicas, tai s como, cirrose e câncer. QUESTÕES CULTURAIS

40 BEBEDOR SOCIAL ( auto - controle) USUÁRIO ABUSIVO (maior quantidade x aumento da tolerância) DEPENDENTE QUÍMICO (perda do auto controle) TIPOS DE BEBEDOR ES

41 FISSURA, CRAVING AGITAÇÃO, SUDORESE PROFUNDA HIPERTERMIA ANSIEDADE, INSÔNIA, ALTERAÇÃO DO HUMOR TREMORES, NÁUSEAS, VÔMITOS, TAQUICARDIA, HIPERTENSÃO AR TERIAL SINDROME DE ABSTINÊNC IA

42 HEPATITE, CIRROSE, PANCREATITE,GOTA OSTEOPOROSE, CÂNCER, HIPERTENSÃO DOENÇA VASCULAR CEREBRAL OU DERRAME CARDIOPATIAS PNEUMONIA E TUBERCULOSE ANEMIA DOENÇAS CLÍNICAS CAUSADAS PELO USO DO ÁLCOO L

43 CONVULSÕES ALCOÓLICA ALUCINAÇÕES DELIRIUM TREMENS ( mortalidade entre 5 a 25% ) CLÁSSICA TRÍADE Obnubilação da consciência, confusão e alucinações e ilusões vividas (zoopsias) TRANSTORNOS NEUROPSIQUIÁTRICOS

44 INSTALAÇÃO : 1 a 3 dias DURAÇÃO : 1 semana a 2 meses ( maioria entre 10 a 12 dias) IDOSOS: Curso mais prolongado Maior risco de mortalidade Maior número de complicaçõe s CURSO DO DELIRIUM TREMENS

45 FAMÍLIA PROBLEMAS NO TRABALHO HABITAÇÃO DIFICULDADES FINANCEIRAS CRIMES,INCLUINDO CRIMES VIOLENTOS E SEXUAIS DIRIGIR ALCOOLIZADO IMPACTO SOBRE A EDUCAÇÃO E O TREINAMENTO PROFISSIONAL ALCOOLISMO E COMPLICAÇÕES SOCIAIS

46 O beber problemático geralment tem um profundo impacto sobre a família do bebedor. A esposa e os filhos são as pessoas comumente atingidas, mas os pais, irmãos, tios ou avós também podem estar envolvidos de alguma maneira. ( sendo conivente ou buscando ajuda) Uma pessoa com um problema com bebida pode parecer ter perdido todos os vínculos com a família. Mesmo assim ela pode ter fortes emoções a respeito daqueles relacionamentos que foram termindos por mortes, desarmonia ou negligência.

47 Ansiedade, depressão, baixa auto-estima, dificuldades de relacionamento Mau desempenho escolar Comportamento anti-social Abuso físico e sexual Ferimentos acidentais Risco de alcoolismo posterior Outros problemas posteriores (depressão, desarmonia conjugal

48 Família: Decifrando pessoas

49 Você já abraçou alguém hoje? Se não, ainda é tempo!

50 As famílias desajustadas O analfabetismo emocio O analfabetismo emocional E o uso de drogas

51 Erros na comunicação

52 A força do exemplo

53 O impacto do uso de drogras sobre a família

54 Cegueira familiar

55 A boa comunicação

56 Você tem direito de falar com seus filhos sobre drogas. Na verdade, você tem obrigação.

57 Valores relacionais Só informação não adianta A melhor prevenção é ter proteção interna contra as drogas

58 A carícia essencial

59 O importante é a qualidade do alimento relacional e não o tempo que pais e filhos passam juntos

60 Nossos filhos são felizes?

61

62 MEDICAMENTOSO E PSICOTERÁPICO Tratar a intoxicação aguda Tratar síndrome de abstinência Prevenir recaídas Tratar comorbidades (depressão e outras) MEDICAMENTOS DE ESCOLHA Cloridrato de naltrexona (revia) Antidepressivos, ansiolíticos e topiramato TRATAMENTO

63 Os Alcoólicos Anônimos é uma entidade fundada em 1935 direcionada a este fim, mediante reuniões onde os participantes expõem seus problemas e, com o apoio mútuo, mantêm-se afastados do álcool. Os participantes buscam pautar sua conduta em relação ao álcool com uma frase: é melhor evitar o primeiro gole. Fonte: Ministério da Saúde Governo do Distrito Federal – Secretaria de Estado da Saúde

64

65

66 RELAXAR...

67 ADMIRAR...

68 PENSAR...

69 SAIR DA ROTINA...

70 SIGA EM FRENTE...

71


Carregar ppt "VM Viva Melhor – Consultoria em Saúde Site: Contato:"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google