A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL. A IMPORTÂNCIA DO TEMA - Prevalência no Brasil: em torno de 15% -4,9% do total de mortes são por doenças associadas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL. A IMPORTÂNCIA DO TEMA - Prevalência no Brasil: em torno de 15% -4,9% do total de mortes são por doenças associadas."— Transcrição da apresentação:

1 SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL

2 A IMPORTÂNCIA DO TEMA - Prevalência no Brasil: em torno de 15% -4,9% do total de mortes são por doenças associadas ao alcoolismo -40% dos leitos hospitalares são ocupados por doenças associadas ao alcoolismo -A perspectiva de vida em uma pessoa alcoolista é de 10 anos a menos - É a 3ª causa de aposentadoria no Brasil -Gastos com o alcoolismo: 10% do PIB ( 40 bilhões de dólares – 2001) -Alto índice de associação com acidentes de trânsito, mortes e violência

3 O ÁLCOOL 1- POSSUI EFEITO DEPRESSOR SOBRE O SNC 2- INFLUENCIA A MAIORIA DOS SISTEMAS NEUROQUÍMICOS 3- ALTERA OS NÍVEIS DE DOPAMINA AFETANDO OS CENTROS DO PRAZER NO SISTEMA LÍMBICO 4- INDUZ A FORMAÇÃO DE COMPOSTOS SEMELHANTES AOS OPIÁCIOS 5- POSSUI AÇÃO SOBRE OS RECEPTORES BENZODIAZEPÍNICOS CEREBRAIS EFEITOS SOBRE O SNC

4 CAUSAS DO ALCOOLISMO 1- A busca do efeito da droga - Personalidade - Doenças psiquiátricas - Situações perturbadoras 2- Razões psicodinâmicas 3- Influências ambientais 4- fracasso no controle 5- Influências genéticas 6- Processo circular

5 CONCEITOS SOBRE ALCOOLISMO OMS Estado psiquíco e, geralmente, físico, resultante da ingestão de àlcool, caracterizado por reações de comportamento e outras que sempre incluem uma compulsão para ingerir álcool de modo con- tínuo ou periódico, afim de experimentar seus efeitos psí- quicos e, por vezes, evitar o desconforto de sua falta. A tolerância pode ou não estar presente. -Um conceito fenomenológico-existencial -Um conceito fenomenológico-existencial : O alcoolismo se caracteriza pela perda da liberdade entre beber e não beber; de escolher onde e como faze-lo; o que leva à elaboração de um modo de ser no qual a reali-. dade externa e o outro perdem consistência.

6 DEPENDÊNCIA E TOLERÂNCIA Apresentam um desenvolvimento gra- dual. O alcoolismo é um continuun, o que nos obriga a não sermos rígidos e mecani- cistas em sua compreensão.

7 O DIAGNÓSTICO PRECOCE (Glitow e Peyser) 1- O desejo de uma bebida é algo frequente? 2- Há necessidade de uma bebida numa determinada hora do dia? 3- Há uma antecipação do beber à noite, à medida que o tempo passa? 4- O álcool é usado para induzir o sono? 5- O beber frequente vai além de um ritual de socialização? 6- Há um desejo de ficar alto e manter essa sensação através da bebida? 7- A ausência de bebida numa festa ou restaurante provoca frustração? 8- O beber do paciente é criticado por pessoas significativas? 9- O indivíduo recorre a uma bebida para aliviar desconforto ou tensão? 10- O cuidado de manter um estoque de álcool à mão por precaução, é mais do que um simples cuidado? 11- Há uma tendência a preferir a companhia daqueles que tem um pa- drão de uso de bebida semelhante ao seu próprio, e de afastar-se tanto quanto possível da socieddade dos não bebedores? 12- Ressente-se dos comentários sobre seu hábito de beber?

8 O EVOLUIR PARA A DEPENDÊNCIA (Edwards) 1- Empobrecimento do repertório 2- Relevância da bebida 3- Aumento da tolerância ao álcool 4- Sintomas repetidos de abstinência 5- Alívio dos sintomas de abstinência através de mais bebida 6- Percepção subjetiva da compulsão para beber 7- Reinstalação após abstinência

9 A SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA INQUIETUDE SUBJETIVA INQUIETAÇÃOOBSERVÁVEL AGITAÇÃOSEVERA AGITAÇÃO EXTREMA, ALUCINAÇÕES (DELIRIUM TREMENS) CONVULSÕES

10

11 DIAGNÓSTICO 1- Entrevista 2- exames laboratoriais Gama GT Hemograma (VGM ) 3- CAGE C – Alguma vez sentiu que deveria diminuir (Cut-down) a quantidade de bebida ou parar de beber? A- As pessoas o aborrecem (Annoyed) porque criticam o seu modo de beber? G- Sente-se culpado (Guilty), ou chateado pela maneira com que costuma beber? E- Costuma beber pela manhã (Eye-opener) para dimi- nuir o nervosismo ou a ressaca?

12 COMPLICAÇÕES 1- FÍSICAS

13 COMPLICAÇÕES PSIQUIÁTRICAS DO ÁLCOOL 1-TRANSTORNO AMNÉSTICO PERSISTENTE 2- DEMÊNCIA 4- TRANSTORNO DE HUMOR 5- TRANSTORNO DE ANSIEDADE 6- TRANSTORNO PSICÓTICO

14 COMPLICAÇÕES 2- FAMILIARES

15 COMPLICAÇÕES 3 - PROFISSIONAIS

16 COMPLICAÇÕES 4- SOCIAIS

17 TRATAMENTO OU 1- INDIVIDUALIZADO 2- VINCULO TERAPÊUTICO 3- ABORDAGEM FAMILIAR 4- QUEBRA DA NEGAÇÃO 5- COMPREENSÃO DA DOENÇA 6- MOTIVAÇÃO 7- DIVISÃO DE RESPON- SABILIDADES 8- NALTREXONE, ACAMPROSATO


Carregar ppt "SÍNDROME DE DEPENDÊNCIA AO ÁLCOOL. A IMPORTÂNCIA DO TEMA - Prevalência no Brasil: em torno de 15% -4,9% do total de mortes são por doenças associadas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google