A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Transcrição de áudio como método em pesquisa científica: introdução Doutoranda: Ludmila B. Andreu Funo Unesp/ São José do Rio Preto Orientador: Prof. Dr.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Transcrição de áudio como método em pesquisa científica: introdução Doutoranda: Ludmila B. Andreu Funo Unesp/ São José do Rio Preto Orientador: Prof. Dr."— Transcrição da apresentação:

1 Transcrição de áudio como método em pesquisa científica: introdução Doutoranda: Ludmila B. Andreu Funo Unesp/ São José do Rio Preto Orientador: Prof. Dr. João A. Telles

2 Transcrição Texto oral Texto escrito O quê? Para quê? Mas... por que eu devo me fazer essas perguntas? 8-( _ What the hell????_ :P

3 O QUE VOCÊS ACHAM? Por que seria relevante saber O QUE vou transcrever e PARA QUÊ?

4 Transcrição: perguntas práticas (o quê?) 1.O que vou transcrever? 2.Quais as características desse corpus? 3.Em quais circunstâncias esse corpus emergiu? 4.Quantos são os colaboradores/ participantes do estudo? 5.Em quais idiomas eles falam? Fonte:

5 Transcrição: perguntas práticas (o quê?) 1. Debate; um discurso político em assembleia; uma interação de teletandem. 2. Uma gravação na qual há muito roubo de turno e, consequentemente, sobreposições de falas. 1.O que vou transcrever? 2.Quais as características desse corpus? 3.Em quais circunstâncias esse corpus emergiu? 4.Quantos são os colaboradores/ participantes do estudo? 5.Em quais idiomas eles falam? 3. Em sala de aula, há música e ruído de crianças; ou em assembleia, há aplausos e vaias, e exclamações de apoio e contestação São cinco. É um mediador e um grupo de quatro interagentes em teletandem. 5. São dois interagentes de TeleThunders que se comunicam em Inglês, português e, eventualmente em espanhol.

6 Transcrição: para quê? Perguntas Práticas: 1. Conhecer a materialidade da variante culta da língua portuguesa? 2.Quais sons da variante falada por cariocas diferem de fato dos sons da variante falada por nordestinos? 3.Analisar a estruturação argumentativa que um senador faz para quando se pronuncia em assembleias? 4.Como, em uma conversa entre representantes de culturas diferentes, que praticam TT, acontece a manutenção ou roubo de turno? 5.Quero a transcrição de sessões de mediação, pois me interesso pelas estratégias dos mediadores e pelo impacto que elas têm dentre os interagentes?

7 Transcrição: para quê? Respostas Possíveis: 1.Desenvolverei um trabalho de transcrição como o desenvolvido no projeto NURC, ou seja, estou interessado em aspectos fonéticos, fonológicos, semântico- lexicais, e morfossintáticos de uma variante da língua. 2.Usarei em minha transcrição o Alfabeto Fonético internacional rigorosamente, pois os sons e suas recorrências me são relevantes. 3.Usarei uma estruturação mais simples, pois o que me interessa são algumas ênfases feitas em seu discurso e, prioritariamente, a estruturação de premissas e conclusões em sua fala. 4.Preciso de sinais que marquem a sobreposição de falas, o aumento de entonação, a hesitação dos interagentes, as estratégias de prolongamento de som que impedem o outro de roubar o turno... 5.E então...

8 Analisando um exemplo de transcrição Vocês vão analisar um exemplo de transcrição tentando destacar as estratégias que o transcritor usou.

9 Um exercício: vamos transcrever! Este é um exercício de experimentação. Tente transcrever essa fala, e reflita: a.Quem fala? b.O que fala? c.Como fala? d.Quais estratégias seriam válidas para uma transcrição apurada, mas focada em um registro simples dessa fala (de cunho jornalístico).

10 Fonte: transcrever.jhtm

11 SOFWARES QUE AJUDAM A TRANSCREVER DADOS EM AÚDIO

12 Softwares que ajudam a transcrever dados em vídeo

13 Pedais de transcrição

14 Sofwares que ajudam a analisar dados


Carregar ppt "Transcrição de áudio como método em pesquisa científica: introdução Doutoranda: Ludmila B. Andreu Funo Unesp/ São José do Rio Preto Orientador: Prof. Dr."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google