A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS ROSILDA RAMOS DE SANTANA Bibliotecária.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS ROSILDA RAMOS DE SANTANA Bibliotecária."— Transcrição da apresentação:

1 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS ROSILDA RAMOS DE SANTANA Bibliotecária

2 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO Os três ambientes prioritários para o desenvolvimento da leitura são a família, a escola e a biblioteca. Ultimamente o Governo Federal vem desenvolvendo políticas para democratizar o acesso ao livro, fomentar a leitura e fortalecer a cadeia produtiva do livro. Os três ambientes prioritários para o desenvolvimento da leitura são a família, a escola e a biblioteca. Ultimamente o Governo Federal vem desenvolvendo políticas para democratizar o acesso ao livro, fomentar a leitura e fortalecer a cadeia produtiva do livro.

3 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS O QUE É BIBLIOTECA? O QUE É BIBLIOTECA? De acordo com a UNESCO, biblioteca é uma coleção organizada de documentos de vários tipos, aliada a um conjunto de serviços destinados a facilitar a utilização desses documentos, com a finalidade de oferecer informações, propiciar a pesquisa e concorrer para educação e o lazer. De acordo com a UNESCO, biblioteca é uma coleção organizada de documentos de vários tipos, aliada a um conjunto de serviços destinados a facilitar a utilização desses documentos, com a finalidade de oferecer informações, propiciar a pesquisa e concorrer para educação e o lazer.

4 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS TIPOS DE BIBLIOTECAS TIPOS DE BIBLIOTECAS Públicas (nacionais, estaduais, municipais e comunitárias) Públicas (nacionais, estaduais, municipais e comunitárias) Biblioteca pública é a que tem por finalidade servir às massas, atendendo gratuitamente uma coletividade local ou regional, como um centro de educação para o povo, embora isso não signifique que outros tipos de bibliotecas não possam, também, dar acesso ao público. Biblioteca pública é a que tem por finalidade servir às massas, atendendo gratuitamente uma coletividade local ou regional, como um centro de educação para o povo, embora isso não signifique que outros tipos de bibliotecas não possam, também, dar acesso ao público.

5 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Acadêmicas (escolares, universitárias e de institutos) Acadêmicas (escolares, universitárias e de institutos) A finalidade precípua deste tipo de biblioteca é servir professores e alunos, ampliar e completar conhecimentos do currículo, contribuindo para o desenvolvimento do programa de estudo, para o qual dirige a seleção e organização de seu acervo. A Biblioteca Acadêmica é instrumento indispensável como apoio educacional, didático-pedagógico e cultural. Ela é o elemento de ligação entre professor e aluno na elaboração das leituras e pesquisas, buscando sempre uma melhor metodologia de transmissão do conhecimento, incentivando a leitura e tornando o aluno mais crítico. A finalidade precípua deste tipo de biblioteca é servir professores e alunos, ampliar e completar conhecimentos do currículo, contribuindo para o desenvolvimento do programa de estudo, para o qual dirige a seleção e organização de seu acervo. A Biblioteca Acadêmica é instrumento indispensável como apoio educacional, didático-pedagógico e cultural. Ela é o elemento de ligação entre professor e aluno na elaboração das leituras e pesquisas, buscando sempre uma melhor metodologia de transmissão do conhecimento, incentivando a leitura e tornando o aluno mais crítico.

6 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Particulares (pertencentes a associações ou a empresas e pessoas físicas). Particulares (pertencentes a associações ou a empresas e pessoas físicas). Como o próprio nome diz, as Bibliotecas Particulares são de uso restrito, com acervo formado pelos próprios donos. Escritores e intelectuais usualmente possuem grandes bibliotecas, geralmente incorporadas a universidades ou bibliotecas, após a morte dos donos. Como o próprio nome diz, as Bibliotecas Particulares são de uso restrito, com acervo formado pelos próprios donos. Escritores e intelectuais usualmente possuem grandes bibliotecas, geralmente incorporadas a universidades ou bibliotecas, após a morte dos donos.

7 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Administração da biblioteca Administração da biblioteca A administração da biblioteca é feita geralmente por um profissional com formação superior em Biblioteconomia. Este é chamado de bibliotecário ou bibliotecária. Capaz de gerenciar todo espaço ao qual a biblioteca se encontra, esse profissional é o responsável direto pelo acervo, tem a formação adequada para organizar e coordenar um grupo de organizadores de documentos ou técnicos auxiliares em organização da informação. A administração da biblioteca é feita geralmente por um profissional com formação superior em Biblioteconomia. Este é chamado de bibliotecário ou bibliotecária. Capaz de gerenciar todo espaço ao qual a biblioteca se encontra, esse profissional é o responsável direto pelo acervo, tem a formação adequada para organizar e coordenar um grupo de organizadores de documentos ou técnicos auxiliares em organização da informação.

8 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Diretrizes para o funcionamento da Biblioteca. Diretrizes para o funcionamento da Biblioteca. Diagnose Diagnose Seleção, aquisição e descarte do acervo Seleção, aquisição e descarte do acervo Preparação técnica do acervo Preparação técnica do acervo Organização do acervo na estante Organização do acervo na estante Empréstimo de livros Empréstimo de livros Orientação a pesquisa Orientação a pesquisa Elaboração do projeto pedagógico Elaboração do projeto pedagógico

9 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Projeto Pedagógico Projeto Pedagógico Tratando-se de projetos específicos para as bibliotecas escolares, o bibliotecário ou o profissional responsável pelo trabalho com a leitura, na escola, precisarão também compreender a problemática da realidade da escola onde atuam, assim como, o desejo e dificuldades de sua clientela, para a partir daí planejar, construir, propor e executar projetos de dinamização da biblioteca escolar; Tratando-se de projetos específicos para as bibliotecas escolares, o bibliotecário ou o profissional responsável pelo trabalho com a leitura, na escola, precisarão também compreender a problemática da realidade da escola onde atuam, assim como, o desejo e dificuldades de sua clientela, para a partir daí planejar, construir, propor e executar projetos de dinamização da biblioteca escolar;

10 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Elaboração do Projeto para Dinamização da Biblioteca Escolar. Elaboração do Projeto para Dinamização da Biblioteca Escolar. Sugestão do Roteiro: Sugestão do Roteiro: Nome da Escola; Nome da Escola; Nome do Projeto; Nome do Projeto; Nível de Ensino (Infantil, fundamental, médio); Nível de Ensino (Infantil, fundamental, médio); Justificativa (é o espaço para o marketing do projeto, apresentando as vantagens decorrentes da implantação do projeto); Justificativa (é o espaço para o marketing do projeto, apresentando as vantagens decorrentes da implantação do projeto);

11 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Objetivos Objetivos Geral (indica de forma abrangente o que se pretende conseguir com a execução do projeto); Geral (indica de forma abrangente o que se pretende conseguir com a execução do projeto); Específicos (referem-se a resultados parciais a serem alcançados); Específicos (referem-se a resultados parciais a serem alcançados); Período de Execução (é o período que vai da sua implantação até o processo de avaliação e reprogramação); Período de Execução (é o período que vai da sua implantação até o processo de avaliação e reprogramação); Metodologia (Elencar atividades e estratégias previstas para o desenvolvimento das ações pertinentes ao alcance dos objetivos traçados); Metodologia (Elencar atividades e estratégias previstas para o desenvolvimento das ações pertinentes ao alcance dos objetivos traçados);

12 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Recursos: Recursos: Físico (área física necessária à implantação do projeto) Físico (área física necessária à implantação do projeto) Humanos (pessoal necessário ao desenvolvimento do projeto) Humanos (pessoal necessário ao desenvolvimento do projeto) Materiais (consumo e permanente) Materiais (consumo e permanente) Financeiro (previsão de custo); Financeiro (previsão de custo); Cronograma de Execução (visa situar as etapas no tempo, são os fluxos de trabalhos em termos descritivos ou gráficos. Demonstra a sucessão dos eventos); Cronograma de Execução (visa situar as etapas no tempo, são os fluxos de trabalhos em termos descritivos ou gráficos. Demonstra a sucessão dos eventos); Resultados esperados para a Comunidade Escolar; Resultados esperados para a Comunidade Escolar;

13 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Acompanhamento, avaliação e controle (consiste na definição de mecanismos e informações necessárias ao acompanhamento, avaliação e controle do processo de execução e dos resultados). Acompanhamento, avaliação e controle (consiste na definição de mecanismos e informações necessárias ao acompanhamento, avaliação e controle do processo de execução e dos resultados).

14 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Sugestão de Atividades Lúdicas para Biblioteca Escolar: Sugestão de Atividades Lúdicas para Biblioteca Escolar: Jogos, concursos literários; Jogos, concursos literários; Oficinas de criação em torno do livro; Oficinas de criação em torno do livro; Leituras dramáticas; Leituras dramáticas; Sarau de poesias; Sarau de poesias; Gincanas culturais; Gincanas culturais; Sessões litero-musicais; Sessões litero-musicais; Encontro com escritores; Encontro com escritores;

15 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Exposições de livros artesanais produzidos na escola pelos alunos; Exposições de livros artesanais produzidos na escola pelos alunos; Exposição de trabalhos artísticos culturais: pintura, desenho, letras de musicas (paródias) etc... Exposição de trabalhos artísticos culturais: pintura, desenho, letras de musicas (paródias) etc... Roda de leitura; Roda de leitura; Organização de álbuns de trovas e cantigas de origem folclórica; Organização de álbuns de trovas e cantigas de origem folclórica; Audições musicais; Audições musicais; Teatro de fantoches; Teatro de fantoches;

16 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Cantar poemas musicados; Cantar poemas musicados; Leitura em coro de trechos escolhidos de poemas; Leitura em coro de trechos escolhidos de poemas; Elaboração de receitas; etc... Elaboração de receitas; etc...

17 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Mediadores de Leitura Mediadores de Leitura É aquele que, através de atividades programadas ou não, consegue despertar o bichinho da leitura que todos temos, mas que por vezes está adormecido. Não basta querermos ser mediadores de leitura, antes de mais nada temos de acreditar nos efeitos de uma boa leitura. Temos que acreditar que o livro é uma terapia para o corpo e para a alma. É aquele que, através de atividades programadas ou não, consegue despertar o bichinho da leitura que todos temos, mas que por vezes está adormecido. Não basta querermos ser mediadores de leitura, antes de mais nada temos de acreditar nos efeitos de uma boa leitura. Temos que acreditar que o livro é uma terapia para o corpo e para a alma. Antes os jovens liam porque era uma forma de entretenimento, hoje em dia há tantos divertimentos, que para alguns é necessário existir uma razão muito boa para ler. Portanto, devemos envolvê-los no mundo fantástico de magia e aventura em que eles, por uma razão ou por outra, não tiveram oportunidade de viver.

18 ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS Contatos: Contatos: (91) – (91) –


Carregar ppt "ORIENTAÇÕES PARA O FUNCIONAMENTO DE BIBLIOTECAS ROSILDA RAMOS DE SANTANA Bibliotecária."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google