A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

12ºA Grupo nº3 Ano lectivo 2008/2009. Índice 3 Cinema ------------------------------------------------------------------------------- Televisão -----------------------------------------------------------------------------

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "12ºA Grupo nº3 Ano lectivo 2008/2009. Índice 3 Cinema ------------------------------------------------------------------------------- Televisão -----------------------------------------------------------------------------"— Transcrição da apresentação:

1 12ºA Grupo nº3 Ano lectivo 2008/2009

2 Índice 3 Cinema Televisão Rádio Fotografia

3 O cinema substitui o nosso olhar por um mundo de acordo com os nossos desejos André Bazin Cinema Indícios históricos e arqueológicos comprovam que é antiga a preocupação do homem com o registo do movimento. O desenho e a pintura foram as primeiras formas de representar os aspectos dinâmicos da vida humana e da natureza, produzindo narrativas através de figuras. O jogo de sombras do teatro de marionetes oriental é considerado um dos mais remotos precursores do cinema. CINEMA MUDO A apresentação pública do cinematógrafo marca oficialmente o início da história do cinema. O som vem três décadas depois, no final dos anos 20. A primeira exibição pública das produções dos irmãos Lumière ocorre a 28 de Dezembro de 1895, no Grand Café, em Paris. A saída dos operários das usinas Lumière, A chegada do comboio à estação, O almoço do bebé e O mar são alguns dos filmes apresentados. As produções são rudimentares, em geral documentários curtos sobre a vida quotidiana, com cerca de dois minutos de projecção, filmados ao ar livre. PRIMEIROS FILMES Pequenos documentários e ficções são os primeiros géneros do cinema. A linguagem cinematográfica desenvolve-se, criando estruturas narrativas. Na França, na primeira década do século XX, são filmadas peças de teatro, com grandes nomes do palco, como Sarah Bernhardt. Em 1913 surgem, com Max Linder – que mais tarde inspiraria Chaplin –, o primeiro tipo cómico e, com o Fantômas, de Louis Feuillade, a primeira série policial. A produção de comédias intensifica-se nos Estados Unidos e chega à Inglaterra e Rússia. Na Itália, Giovanni Pastrone realiza superproduções épicas e históricas, como Cabíria, de

4 Televisão A necessidade de representar factos e sentimentos através das imagens acompanha o homem desde a história da civilização. No passado, esses registos eram feitos nas cavernas, representando as emoções e vivências do dia-a-dia, como por exemplo, as caçadas. Com a descoberta da fotografia e do cinema, e o desenvolvimento da tecnologia, a reprodução da realidade obteve recursos de luz, ângulos e retoques, intensificando o sentimento de fidelidade representado nesses registos. Na história da televisão não poderia ser diferente, uma vez que invadiu os lares com tamanha força e poder da realidade, manipulando opiniões e modificando o comportamento da sociedade. A televisão tornou-se o meio de comunicação que melhor transmite a informação. A história da televisão é fruto da curiosidade e muito trabalho, de cientistas, físicos e matemáticos, que sentiam a necessidade de transmitir imagens à distância. Em 1842, Alexander Bain descobriu as transmissões telegráficas das imagens, hoje conhecida como fax. Em 1892, Julius Elster e Hans Getiel inventaram a célula fotoeléctrica e em 1906, Arbwehnelt desenvolveu um sistema de televisão através de raios catódicos (empregava a exploração mecânica de espelhos somada ao tubo de raios catódicos). Mas foi em 1920 que o inglês John Logie Baird realizou as verdadeiras transmissões. Preparou- se durante seis anos, exibindo os seus estudos para a comunidade científica em Londres no Royal Institution e onde foi logo contratado pela BBC para transmissões experimentais. A primeira emissão oficial de televisão aconteceu na Alemanha, em 1935, e em Novembro do mesmo ano, na França. Em 1936, inaugurou o funcionamento regular da BBC, em Londres. Em 1939, nos Estados Unidos, a NBC inicia as suas transmissões. Neste mesmo ano acontece no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro, a primeira transmissão de televisão em circuito fechado, de que se tem conhecimento

5 Rádio Datas Importantes Henrich Rudolph Hertz descobre as ondas de rádio Padre Roberto Landell de Moura, faz a primeira transmissão oral, sem fios, através de ondas electromagnéticas Gluglielmo Marconi realiza as primeiras transmissões sem fios Primeira transmissão radiofónica oficial brasileira Roquette Pinto e Henrique Morize fundam a primeira emissora brasileira Rádio Sociedade do Rio de Janeiro. É feita a primeira transmissão de rádio em cadeia no mundo, envolvendo a WEAF e a WNAC, de Boston. No dia 30 de Novembro é criada a Sociedade Rádio Educadora Paulista - PRA-E É fundada a PRB 9 - Rádio Record de São Paulo. No início dos anos 30 o Brasil já tinha 29 emissoras de rádio, transmitindo óperas, músicas e textos instrutivos O Governo de Getúlio Vragas autoriza a publicidade em rádio O americano Edwing Armstrong demonstra o sistema FM para os executivos da RCA Criada a Rádio Difusora, "Som de Cristal", onde surge o termo "radialista", inventado por Nicolau Tuma Acontece na Alemanha, a primeira emissão oficial de TV. Assis Chateaubriand inaugura a 25 de Setembro a PRG- 3, Rádio Tupi do Rio de Janeiro Em Londres é inaugurada a estação de TV da BBC Início da televisão na Rússia. Também em 1938 acontece a primeira transmissão desportiva em rede nacional no Brasil, na Copa de 38, por Leonardo Gagliano Neto O americano Edwin Armstrong inicia operação da primeira FM em Alpine, New Jersey Surge o noticiário mais importante do rádio brasileiro: o "Repórter Esso". A primeira transmissão no dia 28 de Agosto de 1941, quando a voz de Romeu Fernandez anunciou o ataque de aviões da Alemanha à Normandia, durante a 2ª Guerra Mundial Surgem os gravadores de fita magnética, dando maior agilidade ao rádio A TV BBC de Londres realiza a primeira transmissão de imagens para além do Canal da Mancha É inaugurada oficialmente a primeira emissora de televisão brasileira: TV Tupi de São Paulo, no dia 18 de Setembro Primeira transmissão via satélite A 27 de Novembro, é criada a Associação Brasileira de Rádio e Televisão - ABERT Inauguração do MIS - Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro Criado no dia 25 de Fevereiro o Ministério das Comunicações

6 Fotografia A primeira fotografia permanente deu-se em 1826, pelo físico francês Joseph Nicephore Niepce. Desde então, o homem passou a registar em fotografias o mundo que o cerca. Diz-se da primeira fotografia permanente, pois cerca de 100 anos antes, aproximadamente em 1727, já tinha sido descoberta, por Johann Schulze, a parte química da fotografia. Ele descobriu que os sais de prata eram sensíveis à luz. Assim, conseguiu fazer imagens sobre os sais, utilizando a luz solar, mas não pensara utilizar tal conhecimento com o da câmara escura da luz, descoberta muitos anos antes. Porém, a origem da fotografia remonta a descobertas mais antigas. A câmara escura, cuja invenção foi atribuída a Leonardo da Vinci, era uma caixa escurecida, com um pequeno orifício num dos lados, que deixava a luz entrar, para formar a imagem, invertida, na parede oposta. Com base nos estudos de Da Vinci, Danielo Barbaro descobriu que as imagens ficavam mais nítidas ao colocar uma lente no lugar do orifício. Na época, tal prática era utilizada para pintar os famosos quadros de fotografias e paisagens, sendo que a imagem projectada, era o esboço da pintura. De acordo com especialistas na área da fotografia, por volta de 1660, a câmara escura já era uma caixa de 60 centímetros de comprimento. Com a utilização de uma lente no orifício, conseguia-se imagens maiores e mais nítidas, porém, ainda invertidas. O que foi resolvido com a utilização de um espelho no interior da câmara, que reflectia a imagem num vidro na parte de cima do aparelho. Estava descoberta a parte física da fotografia, que com a unificação da parte química, dita anteriormente, autorizou a Joseph Niepce a fazer a primeira fotografia permanente. Diz-se que a primeira fotografia, aquela de 1826, existe até hoje. No entanto em meados do século XIX, por volta de 1850, houve enormes avanços técnicos no processo fotográfico, sendo que a fotografia passou a ser mais comum, difundindo a arte cultuada e apreciada por milhões de pessoas ao redor do mundo, inclusive tu, que estás a ler este breve texto


Carregar ppt "12ºA Grupo nº3 Ano lectivo 2008/2009. Índice 3 Cinema ------------------------------------------------------------------------------- Televisão -----------------------------------------------------------------------------"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google