A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 28 de Agosto – 6a Aula A Internet e a Logística Internáutica, A Internet e a Logística Internáutica, Pires, páginas 33 a 39 Pires, páginas 33 a 39.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 28 de Agosto – 6a Aula A Internet e a Logística Internáutica, A Internet e a Logística Internáutica, Pires, páginas 33 a 39 Pires, páginas 33 a 39."— Transcrição da apresentação:

1 1 28 de Agosto – 6a Aula A Internet e a Logística Internáutica, A Internet e a Logística Internáutica, Pires, páginas 33 a 39 Pires, páginas 33 a 39

2 2 Plano de Aulas em Execução -- A Internet e a Logística Internáutica, -- A Internet e a Logística Internáutica, 6a – 28 de agosto, 2008 – Pires, páginas: 33 a 39 6a – 28 de agosto, 2008 – Pires, páginas: 33 a Sistemas Produtivos -- Sistemas Produtivos 7a – 2 de setembro, 2008 – Pires, páginas 39 a 46 7a – 2 de setembro, 2008 – Pires, páginas 39 a Cadeia de Suprimentos -- Cadeia de Suprimentos 8a – 4 de setembro, 2008 – Pires, páginas 47 a 55 8a – 4 de setembro, 2008 – Pires, páginas 47 a Preparação para a Avaliação -- Preparação para a Avaliação 9a – 9 de setembro, 2008 Conteúdo: da 1a à 8a aula 9a – 9 de setembro, 2008 Conteúdo: da 1a à 8a aula -- 1a Avaliação Individual -- 1a Avaliação Individual 10a – 11 de setembro, a – 11 de setembro, 2008

3 3 Duas alavancas de inovações radicais: A internet e a máquina à vapor 1712 Primórdios da Máquina à Vapor 2000 Primeiras Transações Comerciais c/ segurança e conexões via Internet Aproximadamente 300 anos depois

4 4 O impacto da Tecnologia da Informação e os processos logísticos sobre as dimensões competitivas da Produção Reduz: Reduz: desperdício; desperdício; tempo de espera; tempo de espera; ciclo de reposição ciclo de reposição inventário; inventário; custos; custos; espaço necessário espaço necessário trade-off custo qualidade; trade-off custo qualidade; Melhora:Melhora: qualidade;qualidade; ajuste oferta/ demanda;ajuste oferta/ demanda; confiabilidade na entrega;confiabilidade na entrega; flexibilidadeflexibilidade

5 5 Impacto dos Sistemas de Informação precursores do ERP na Gestão da Produção e da Organização , 1970, o MRP era aplicado através do Materials Requirement Planning (MRP) – Permite associar a quantidade de cada um dos componentes exigidos para cada tipo de objeto a ser produzido. o MRP era aplicado através do Materials Requirement Planning (MRP) – Permite associar a quantidade de cada um dos componentes exigidos para cada tipo de objeto a ser produzido. 1980, 1980, o MRPII era aplicado através do Manufacturing Resource Planning (MRPII) – Gestão da Manufatura como um todo o MRPII era aplicado através do Manufacturing Resource Planning (MRPII) – Gestão da Manufatura como um todo 1990, 1990, o ERP (Enterprise Resource Planning) – Gestão integrada do conjunto de funções executadas na organização. Finanças e Contabilidade, Produção e Logística, Gestão de Pessoas, Vendas e Marketing; o ERP (Enterprise Resource Planning) – Gestão integrada do conjunto de funções executadas na organização. Finanças e Contabilidade, Produção e Logística, Gestão de Pessoas, Vendas e Marketing; 2000, 2000, o ERPII (Web) agora inclui também (SCM, CRM, & BI) o ERPII (Web) agora inclui também (SCM, CRM, & BI)

6 MRP – Responde as Perguntas para a Fabricação de cada tipo de Produto: Que componentes são requeridos? Em que quantidades? E em que momento? quando?

7 MRPII – Integração dos Processos de Produção: Inclui a gestão das capacidades disponíveis para assegurar a efetiva programação da produção além da integração com os sistemas de estoque e de pedidos.

8 ERP integra as principais funções organizacionais 2-8

9 9 Globalização e dimensões competitivas Order qualifying criteria – certificadores de qualidade, sobrevivência no mercado. Order qualifying criteria – certificadores de qualidade, sobrevivência no mercado. Order winning criteria – garantem vantagem competitiva, custos confiabilidade na entrega, por exemplo. Order winning criteria – garantem vantagem competitiva, custos confiabilidade na entrega, por exemplo.

10 10 A logística emerge como valor estratégico Mais do que da forma, o valor agregado, hoje depende do posicionamento do produto: na quantidade certa, no momento certo; Mais do que da forma, o valor agregado, hoje depende do posicionamento do produto: na quantidade certa, no momento certo; A logística embora uma atividade meio é considerada estratégica, face os exemplos do cross-docking da Wal-Mart e da produção puxada e customizada da Dell; A logística embora uma atividade meio é considerada estratégica, face os exemplos do cross-docking da Wal-Mart e da produção puxada e customizada da Dell; As facilidades de encomedas via internet deram mais destaque à importância dos processos logísticos de ciclo de entrega de produtos. As facilidades de encomedas via internet deram mais destaque à importância dos processos logísticos de ciclo de entrega de produtos.

11 11 Customização em Massa O que torna viável essa customização? O que torna viável essa customização? Ver o video da produção puxada nas fábricas da DELL

12 12 Evolução do Nível de Integração e Foco no Século XX

13 13 Análise do Consórcio Modular VW e outras referências

14 14


Carregar ppt "1 28 de Agosto – 6a Aula A Internet e a Logística Internáutica, A Internet e a Logística Internáutica, Pires, páginas 33 a 39 Pires, páginas 33 a 39."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google