A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5-

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5-"— Transcrição da apresentação:

1 Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5- Argumentos da citologia 6- Argumentos biogeográficos

2 Argumentos Paleontológicos

3

4

5

6

7

8 Questões: 1.Quais as principais alterações que ocorreram durante a evolução dos animais representados? 2.O tipo de alimentação terá sido sempre idêntico ao do cavalo actual? Que dado anatómico te permite responder a esta questão? 3.A evolução terá ocorrido numa única direcção? Fundamenta a tua resposta. 4.Refere uma forma extinta que não foi ancestral do cavalo actual.

9 Respostas: 1.Aumento do tamanho do corpo, redução do número de dedos, desenvolvimento da coroa dos molares. 2.Não, pois que a base dos dentes molares sofreu alteração. Tornou- se mais larga o que permitiu, aos cavalos, alimentarem-se de gramíneas em vez das folhas tenras. 3.Não, visto que há vários ramos de evolução. 4.Nannippus

10 Argumentos da Anatomia Comparada Estruturas Homólogas- são estruturas com origem embrionária semelhante, constituídas por ossos idênticos com um plano de organização semelhante, embora apresentem um aspecto diferente e podem desempenhar funções diferentes. Estruturas análogas- estruturas que têm origem embriológica diferente e embora sejam anatomicamente diferentes apresentam uma função idêntica ex. asas de uma ave e asas de um insecto. Estruturas Homólogas – evolução divergente Estruturas Análogas - evolução convergente

11 Argumentos da Anatomia Comparada Estruturas Homólogas – evolução divergente

12 Estruturas análogas - evolução convergente

13 Estruturas Análogas Semelhança morfológica entre estruturas de seres vivos, com a mesma função e diferente origem embriológica

14 Órgãos Vestigiais

15

16

17 Questões: 1.Que te sugere a relação entre os membros dos Vertebrados representados e o membro do tetrápode ancestral? 2.Compara o esqueleto dos membros dos Vertebrados considerados, identificando semelhanças e diferenças entre eles. 3.Relaciona as estruturas anatómicas representadas com a função que exercem no respectivo meio. 4.Em que medida os dados que analisaste fundamentam o evolucionismo?

18 Respostas: 1.Os membros anteriores dos Vertebrados representados são idênticos ao dos Tetrápode ancestral o que nos leva a pensar que o Tetrápode terá sido o antepassado que terá dado origem aos Vertebrados actuais. 2.Ossos com a mesma estrutura fundamental e posição relativa. As diferenças referem-se ao desenvolvimento dos ossos em cada um dos Vertebrados. 3.Asas - voo; barbatana da tartaruga e da foca – natação e na foca também a marcha; membrana alar – voo; pata – marcha. 4.A existência de órgãos homólogos prova a partilha de um antepassado comum (Tetrápode ancestral). E, o facto de ocuparem nichos ecológicos diferentes fez com que ficassem sujeitos a pressões selectivas diferentes, sobrevivendo os indivíduos mais adaptados a esse meio. Ocorreu, assim, uma evolução divergente.

19 Argumentos da Embriologia O estudo dos embriões de várias espécies permitiu detectar semelhanças, principalmente nas primeiras fases de desenvolvimento embrionário, assim como observar a existência de estruturas comuns em embriões de diferentes espécies. Embrião humano - 5 semanas

20 Semelhanças no desenvolvimento embrionário

21 Galinha Rato Tartaruga

22

23 Questões: 1.No diapositivo anterior estão representados embriões de Vertebrados em diferentes estádios de desenvolvimento Compara entre si as diferentes fases de desenvolvimento embrionário dos indivíduos representados Justifica com dados da figura, o problema de Karl von Baer referido no texto Dos embriões representados, em quais é possível identificar mais cedo os animais a que se referem?

24 Respostas: 1.Nas primeiras fases do desenvolvimento embrionário, os embriões dos vários Vertebrados são muito semelhantes. À medida que avança o desenvolvimento embrionário, começa-se a notar diferenças entre os vários embriões. 2.Nos primeiros estádios de desenvolvimento, os embriões dos Vertebrados são muito semelhantes. Apresentam cauda, crânio desenvolvido, fossetas brânquiais e olhos desenvolvidos. Logo, é muito difícil reconhecer a Classe a que pertence um desses embriões. 3.Peixes.

25 Argumentos Biogeográficos Espécies que vivem próximas e no mesmo ambiente apresentam características muito semelhantes ex. Marsupiais na Oceânia. Organismos que vivem em locais distantes apresentam características diferentes e podem até constituir espécies diferentes. O isolamento geográfico deve ter sido responsável pelo facto dos mamíferos da Oceânia, ao contrário dos mamíferos dos outros continentes, serem marsupiais

26 Argumentos citológicos Embora sejam muito diferentes entre si, os seres vivos são formados por células - unidade funcional e estrutural. Este facto pressupõe uma origem comum, reforçada, ainda pela existência de um metabolismo celular idêntico em todos os seres vivos

27 O facto de todos os organismos serem constituídos pelos mesmos compostos orgânicos (glícidos, lípidos, prótidos e ácidos nucleicos). A universalidade do código genético com intervenção do DNA e do RNA no mecanismo da síntese proteica. Argumentos bioquímicos

28 Análise de proteínas

29

30 Questões: 1.Quantos aminoácidos constituem a molécula de insulina? 2.Dos animais em causa, quais os que têm insulina mais próxima da insulina humana? 3.Indica a constituição dos tripletos de DNA correspondentes aos codões para: -alanina; -Treonina. 4. Qual o número mínimo de substituições de nucleótidos no gene que codifica a síntese desta proteína que levou às diferenças entre: -a insulina do porco e a insulina do cavalo? -a insulina do Homem e a insulina do porco? 5. Relativamente a esta proteína, compara o grau de proximidade filogenética entre o porco e o cavalo e entre este e o Homem.

31 Respostas: 1.51 aa. 2.Cavalo. 3.Alanina – CGA CGG CGT CGC Treonina – TGA TGG TGT TGC 4. 2 nucleótidos 4 nucleótidos 5. O cavalo está filogeneticamente mais próximo do Homem do que do porco visto que, relativamente à sua molécula de insulina, partilha um maior número de aminoácidos com o Homem do que com o porco. Em relação ao porco, este está mais próximo filogeneticamente do cavalo do que do Homem.

32

33 Questões: 1.Quais as espécies que estão filogeneticamente mais próximas? Justifica. 2.Em que medida as técnicas de hibridação de DNA contribuíram com argumentos de apoio ao evolucionismo? 3.Justifica a afirmação:O grau de hibridação é proporcional ao grau de parentesco filogenético das espécies. 4.Comenta a afirmação:A ciência e a tecnologia permitem consolidar as teorias evolucionistas.

34 Respostas: 1. D. melanogaster e D. simulans, uma vez que a hibridação do DNA destas duas espécies apresenta um maior número de emparelhamento de bases do que entre a D. melanogaster e a D. funebris. 2. O DNA é a molécula que contém o material genético dos seres vivos, sendo transmitida ao longo das gerações. Assim, quanto maior a hibridação entre duas moléculas de DNA maior o parentesco entre as duas espécies (mais próxima se encontra filogeneticamente a molécula ancestral), pelo que a hibridação do DNA é um argumento a favor do evolucionismo. 3. Quanto maior o grau de hibridação do DNA de duas espécies, mais idêntico é o seu DNA e como tal maior será o seu grau de parentesco. 4. A hibridação recorre à tecnologia e só é possível devido aos avanços da ciência, como tal, a ciência e a tecnologia permitem consolidar ideias evolucionistas.

35

36 Questões: 1.Como reage o organismo do coelho quando é injectado soro humano? 2.Extraindo o soro do sangue do coelho pode obter-se soro anti- -humano. Que te sugere esta designação? 3.Quando se mistura o soro anti-humano com soros de diferentes animais, pode ocorrer precipitação de proteínas. Interpreta os resultados expressos no gráfico. 4.Qual a conclusão que podes tirar acerca da relação de parentesco entre o Homem e os animais considerados?

37 Respostas: 1.Produz soro anti-humano (com anticorpos). 2.O coelho produz anticorpos específicos para o soro humano porque reconhece unicamente como antigenes as proteínas do soro humano. 3.Houve maior precipitação com o soro humano porque os anticorpos reconhecem como antigenes todas as proteínas. O mesmo não acontece por exemplo com o cavalo, em que os anticorpos reconhecem uma pequena percentagem de proteínas do soro do cavalo como antigenes ( essas proteínas são semelhantes às do Homem). 4.O grau de parentesco é maior com o chimpanzé porque partilham um maior número de proteínas semelhantes. Já com o cavalo, a semelhança entre proteínas é pequena (precipitação baixa) o grau de parentesco é menor.


Carregar ppt "Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5-"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google