A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Poucos sabem, mas as relações internacionais do Brasil é fundamentada no artigo 4º da Constituição Federal de 1988, onde está determinado que nas relações.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Poucos sabem, mas as relações internacionais do Brasil é fundamentada no artigo 4º da Constituição Federal de 1988, onde está determinado que nas relações."— Transcrição da apresentação:

1

2 Poucos sabem, mas as relações internacionais do Brasil é fundamentada no artigo 4º da Constituição Federal de 1988, onde está determinado que nas relações do Brasil com outros países e organismos multilaterais, existem os seguintes princípios que devem ser seguidos: Princípios da não-intervenção; Da autodeterminação dos povos; Da cooperação internacional; Da tentativa de solução pacífica de conflitos. Relações Internacionais do Brasil Está na Lei !

3 Ministério das Relações Exteriores(MRE), órgão do poder executivo, que assessora o Presidente da República na formulação, desempenho e acompanhamento das relações do Brasil com outros países e organismos internacionais Associação Brasileira de Relações Internacionais (ABRI), fundada com o esforço das principais instituições de ensino e pesquisa em R.I., representando um marco fundamental no conhecimento dessa área no Brasil. Seu principal objetivo é estimular e difundir a produção acadêmico-científica em Relações Internacionais, incentivando o debate sobre o ensino, a pesquisa e o exercício profissional em Relações Internacionais. Relações Internacionais do Brasil

4

5

6 Nas Guerras das Malvinas em 1979; E apoiando a recuperação da Argentina durante o período que sofria as conseqüência de crises econômicas e financeiros de1982; Brasil x Argentina História das Relações Diplomáticas O Brasil está presente nas relações com a Argentina desde longa datas, em diversos aspectos, como por exemplo :

7 Brasil x Argentina Analisando as Perspectivas da Aliança 1° Foi feita uma sinopse histórica do relacionamento entre Brasil e Argentina; 2° Foram identificadas as diferenças entre os países, de acordo com a visão de cada um; 3° Examinou-se quais os instrumentos existentes para aproximação das nações e possível negócios; 4° Concluiu-se que, mesmo com as diferenças, uma aliança poderia ser estratégica, valeria a pena para ambos. Alguns estudos foram efetuados antes de propor uma aliança com a Argentina, estabelecendo então, a confiança entre os países.

8 Conflitos e Concorrências ARGENTINAX BRASIL Argentina se queixa contra as sobretaxas impostas pelo Brasil à importação da resina PET Brasil alega que a imposição foi feita após concluir que a empresa exportadora na Argentina, Voridian, estava praticando dumping. Argentina alega que tal medido é ilegal. A OMC foi acionada e está intervindo na situação.

9 Conflitos e Concorrências BRASIL X ARGENTINA Brasil acusa Argentina de criar barreiras à importação de produtos brasileiros por adotar LI não automática para produtos do segmento têxtil e calçadista. Argentina alega que o país não suportará a concorrência internacional devido a problemas industriais, já que o país não tem crédito internacional desde a moratória decretada em 2001, usa de medidas protecionistas para preservar sua indústria.

10 Conflitos e Concorrências ARGENTINAX BRASIL Produtores de suínos solicitaram medidas drásticas para o monitoramento à carne suína. Em 2006, a carne brasileira representou 90% das importações argentinas. A Associação Argentina de Produtores de Suínos acusa o governo brasileiro de dumping na exportação do produto. Como podemos ver, existem posições divergentes de cada pais, mais o mais importante é que estas divergências não turvam a relação bilateral, onde são vistas como parte de uma aliança estratégica, que são tratadas com naturalidade

11 Projetos e Parcerias Em Agosto ocorreu Foz do Iguaçu, a 39ª Cúpula do MERCOSUL, trazendo a público o fato que o Presidente da República será presidente assumirá temporariamente o comando do bloco. Nesse ínterim, Lula pretende fomentar parcerias nos seguintes aspectos: Criar ações para desenvolvimento da Agricultura Familiar, prática comum nos países do Bloco. Priorizar assuntos referentes ao controle da Migração e questões de sustentabilidade familiar; E, principalmente, difundir novos projetos na área de tecnologia e fontes de energia.

12 O Brasil é internacionalmente conhecido pela tecnologia empregada no enriquecimento de urânio, o Centro Nuclear de Angra dos Reis é o maior da América Latina. Os investimentos da Argentina em tecnologia lhes permitirá participar com o projeto de um reator nuclear. No entanto, os planos iniciais não visam a fabricação em conjunto, apenas o desenho, desenvolvimento e os testes. Projetos e Parcerias

13 "Foi negociada desde meados do governo do presidente Sarney. Na parte produtiva da área nuclear, a cooperação entre os dois países andou menos. isso é natural porque eu diria que dos dois lados existe um certo zelo com relação às tecnologias desenvolvidas pelos dois países". Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim. Em entrevista coletiva sobre a 39º cúpula do MERCOSUL. San Juan/Argentina. Projetos e Parcerias

14 O Cronograma do Projeto Prevê 2013: O Reator será posto em serviço. A empresa Invap terminará nesse ano o reator nuclear Carem, desenhado a partir de um projeto de motor naval. 2015: Seqüência de testes com o reator será iniciada em um navio e em um submarino, a princípio, o modelo selecionado para os testes é um TR Projetos e Parcerias

15

16 Ata Bilateral Acordo parcial MERCOSUL nº 35: - Facilitar livre comércio de bens e serviços; - Reduções tarifárias a traves de um programa de Liberação progressiva do comércio. Protocolos Recentes : Implementação dos Projetos - Acompanhamento familiar e ações integradas para famílias de baixa renda. - SEBRAE – SERCOTEC: Bolsa de Negócios Comprometimento entre os países

17

18

19 QUALIDADE NOS PRODUTOS; PREÇO; LOCALIZAÇÃO; CULTURA.

20 Importação Brasil - Chile / 2008 Cátodos de cobre refinado/seus elementos, em forma bruta ,2% Sulfetos de minérios de cobre ,6% Fios de cobre refinado, maior dimensão da sec. Transv>6mm ,1% Molibdenita ustulada (minérios de molibdenio) ,2% Metanol (álcool metilico) ,2% Salmões-do-pacífico, etc. Frescos, refrig.exc. Files,etc ,5% Nitrato de sódio potássio, teor de n<=15% e k2o<=15% ,3% Outs. Vinhos, mostos de uvas, ferm. Imped. Álcool, recips<=2l ,2% Esferas, etc.forjadas/estampadas,de ferro/aco,p/moinhos ,1% Ferromolibdenio ,0% Demais produtos ,6% Total ,0% Fonte: MDIC/SECEX

21 Exportação Brasil - Chile / 2008 Óleos brutos de petróleo ,2% Terminais portáteis de telefonia celular ,6% Veículos automóveis p/transp>=10 pessoas, c/motor diesel ,5% Chassis c/motor diesel e cabina, carga>20t ,3% Automóveis c/motor explosao,1500=10pessoas ou p/carga ,1% Outros lamin.f erro/ aço,l>=6dm,quente,rolos,e<3mm ,9% Chassis c/motor p/veics. Automóveis transp. Pessoas>= ,8% Tratores rodoviários p/semi- reboques ,5% Chassis c/motor diesel e cabina,5t

22

23 O Brasil foi o 10º maior parceiro comercial da China entre janeiro e julho/2010, de acordo com o Governo de Pequim; Em maio desse ano, O Brasil firmou cerca de 10 acordos com a China em diferentes áreas, visando explorar iniciativas nas áreas de infra-estrutura, transporte e energia. Projetos e Parcerias Dentre esses acordos, está a maior flexibilização na concessão de vistos para negócios, a fim de facilitar a entrada de empresários brasileiros na China.

24 Logística e Transporte de Grãos Soja e minério de ferro respondem hoje por metade das exportações brasileiras à China, exportando anualmente por volta de 30 mt de soja. Devido a dificuldade de infra-estrutura para a saída de mercadorias e o transporte acaba encarecendo os produtos, planeja-se a construção de 2 CORREDORES PARA O PACÍFICO, a fiim de otimizar o transporte. Projetos e Parcerias

25 Logística e Transporte de Grãos Ao criar esses eixos de exportação via Oceano Pacífico, o Brasil encurtará os caminhos para enviar produtos para a China e a Índia, reduzindo os atuais custos de transporte e logística. Atualmente, a soja produzida no Centro-Oeste é levada em caminhões aos portos do Sul e do Sudeste, opção já hoje saturada. Projetos e Parcerias

26 O PAC traçou objetivo especialmente em temas sensíveis e complementares aos dois países, prevendo a cooperação e o incentivo aos investimentos recíprocos: Em mineração e de exploração de petróleo – nos quais o Brasil tem potencial de expandir suas exportações e a China tem potencial de expandir sua demanda. Os países concordaram em cooperar no desenvolvimento de fontes renováveis de energia, em especial, na área nuclear. PAC – Programa de Ações Complementares Acordos Comerciais

27 O inicio das negociações começaram com a visita do presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Pequim em maio de O acordo se firmou com a visita do lidere chinês Hu Jintao ao Brasil em 15 de maio de 2010, as relações entre Brasil-China vão até o final de PAC- Plano de Ação Conjunta

28

29 Relações Internacionais Brasil e EUA As Relações Internacionais entre Brasil e Estados Unidos União entre os dois países devido aos auxílios que ambos prestaram uns aos outros nas épocas de guerra Parcerias entre EUA e Brasil referente ao desenvolvimento de novas tecnologias O Brasil e os Estados Unidos têm Relações Internacionais bem ativas e o que parece nos próximos anos esses laços irão desenvolver cada vez mais. 2ª Conferência de Inovação Brasil/Estados Unidos : Parcerias das empresas de combustível Cosan e Shell que usarão tecnologia desenvolvida pela empresa californiana Codexis.

30 Importação e Exportação Um dos principais parceiros comerciais do Brasil Segunda posição de destino das exportações brasileiras (10,9 bilhões de dólares)

31 Importamos do EUA minerais,cereais,carvão e tecnologia Importações Brasil - EUA

32 Exportamos commodities,café,frutos e produtos manufaturados Exportações Brasil - EUA

33

34 O Etanol com matéria prima de milho era o mais usado nos EUA, mas vem sido substituído, aí entra o Brasil nas exportações Exportação de Etanol Brasil - EUA

35 Uns dos motivos para a substituição do etanol de milho são: O cultivo do milho depende das condições climáticas; A produção do etanol de milho é mais cara, e mundialmente o valor do milho está sendo valorizado, encarecendo a produção. Exportação de Etanol Brasil - EUA

36 Balança Comercial Brasil - Estados Unidos/ 2008 Valores em US$ FOB MêsExportaçãoImportaçãoSaldo Corrente de Comércio JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ Acumulado Balança Comercial

37 Linha do Tempo nas Relações Internacionais Brasil x EUA 1943 O que se passava no país: entrada brasileira na II Guerra Mundial Acontecimentos: Origem da Força Expedicionária Brasileira (FEB) 1947 que se passava no país : o mundo estava em plena Guerra Fria, e a Relação entre Brasil e EUA vivia uma lua-de-mel Acontecimentos: Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (TIAR) Harry Truman não cumpriu com suas promessas de aplicação de capital americano no Brasil O que se passava no país : Após a Revolução Cubana os EUA procuraram apoio nas nações americanas. Acontecimentos: Re-integração do Brasil no Fundo Monetário Internacional (FMI) Rompimento com o FMI O que se passava no país : Mantinham- se os laços históricos entre Brasil e EUA e em comum aversão ao comunismo Acontecimentos: Déficit comercial brasileiro dobrou devido lei de comércio americana

38 1986 O que se passava no país : Apoio do presidente Reagan a democracia brasileira Acontecimentos: Hiperinflação e dívida externa brasileira.Moratória da dívida externa brasileira.Imposição de altas taxas de importação de produtos americanos 1991 O que se passava no país : Boa fase entre os países, abertura da economia brasileira Acontecimentos: Extinção da reserva de mercado e os subsídios à informática Iniciativa para as Américas (embrião da Área de Livre Comércio das Américas- ALCA) concretizada posteriormente em 1994 Impeachment de Collor Comprometimento da inserção do Brasil no contexto internacional 1995 O que se passava no país : Continuidade nas reformas modernizadoras Acontecimentos: Apoio internacional com a implantação do Plano Real. Oposição brasileira a ALCA 2001 O que se passava no país : Promessas de Bush de maior cooperação com a América Latina Acontecimentos: Concessão de empréstimo ao Brasil pelo FMI Ataque terrorista em 11 de Setembro 2005 O que se passava no país : Atenção americana voltada a América do Sul Acontecimentos: Aposta americana na liderança regional do Brasil Linha do Tempo nas Relações Internacionais Brasil x EUA

39 Barack Obama e Luiz Inácio Lula da Silva Acontecimentos: Acordo sobre bicombustível Acordo militar Acordo que converte dívidas em troca de proteção ambiental Linha do Tempo nas Relações Internacionais Brasil x EUA

40

41 Colômbia Área Km² Localização: No noroeste da América do Sul População: 44,45 Milhões de habitantes Capita: Bogotá Idioma: Espanhol Principais Cidades: Bogotá, Cali, Medellín e Barraquilla Moeda: Peso Colombiano

42 Colômbia

43 Organizações Internacionais Organização das Nações Unidas – ONU Fundo Monetário Internacional – FMI Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Banco Mundial)-BIRD Organização Mundial do Comércio- OMC; Banco Internamericano de Desenvolvimento-BID Participação em órgãos Internacionais

44 Colômbia - Exportação Produtos: petróleo e seus derivados; ferro-níquel; carvão; ouro; café; esmeraldas; pedras preciosas, animais vivos e seus produtos (carne bovina); plantas vivas e produtos de floricultura; alimentos, bebidas e tabaco; confecções; têxteis; plásticos; papel; banana; couro e confeitos. Compradores: Estados Unidos (38,5%), e Venezuela (13,9%). O Brasil é responsável apenas (1,8%).

45 Colômbia - Importação Produto: caldeiras, máquinas e partes, aparelhos e instrumentos elétricos; automóveis; produtos químicos orgânicos; ferro; aço e suas manufaturas; combustíveis e óleos minerais; farmacêuticos; plásticos e suas manufaturas; instrumentos e aparelhos de óptica, cinematografia e fotografia; abonos e borrachas e sua manufaturas. Fornecedores: Estados Unidos (29,7%) e China (10,9%) Representando apenas (5,9%) o Brasil.

46 Crescimento das vendas colombianas ao Brasil da ordem de 72,19% em 2007; e de 149%, até o mês de setembro de 2008, devido principalmente às vendas de petróleo e carvão. Os principais produtos exportados pelo Brasil à Colômbia são aviões; celulares; ferro e aço; automóveis, ônibus e caminhões; tratores e caldeiras. As exportações da Colômbia incrementaram-se em 149,53%, principalmente devido às significativas vendas colombianas de óleo bruto de petróleo, que compensaram a brusca queda dos preços internacionais do produto Entre 01/2010 e 08/2010, o comércio bilateral entre Brasil e Colômbia foi de US$ 1,993 bilhão, com US$ 1,344 bilhão correspondentes às exportações do Brasil e o resto às vendas da Colômbia, segundo dados oficiais brasileiros.Segundo os números da Proexport, o Brasil é o terceiro investidor latino-americano na Colômbia, atrás de México e Panamá. Comex Brasil X Colômbia

47 Desde 1960, as forças do governo, os rebeldes de esquerda, paramilitares de direita têm estado envolvidos nos conflitos armados. Alimentada o trafico de cocaína, o conflito cresceu dramaticamente nos anos 1980, mas em 2000 a violência diminuiu significativamente. Muitos grupos paramilitares se desmobilizaram como uns processos de paz com o governo e os guerrilheiros perderam o controle em muitas áreas onde dominavam. A Colômbia, durante muitos anos, tinha uma das maiores taxas de homicídio. Conflitos Brasil X Colômbia

48 Brasil e Colômbia discutem mudanças nas barreiras sanitárias – 01/09/2010 "A maior dificuldade que os colombianos enfrentam aqui, segundo a embaixadora me disse ontem, são temas fitossanitários e de controles técnicos. Não é que esses controles não devam ser feitos, mas a gente tem que adaptar os sistemas burocráticos para uma era de integração", disse Amorim em entrevista a Vitor Abdala, da Agência Brasil Amorim afirmou também que há uma preocupação dos dois países de reduzir o déficit comercial colombiano em relação ao Brasil, que ainda exporta muito mais do que importa da Colômbia. O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, informou que as barreiras sanitárias brasileiras, que acabam restringindo a entrada de produtos colombianos no país, foram uma preocupação demonstrada pela embaixadora da Colômbia em Brasília, Maria Elvira Pombo Holguín. Relação Brasil X Colômbia

49 O encontro acontecerá em outubro, em Cartagena, com o presidente Colombiano Juan Manuel Santos. "Em uma escala de um a dez, estamos em 6,5. Precisamos dinamizar mais as relações econômicas com a Colômbia", assinalou o empresário brasileiro João Doria, presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide) - promotor do encontro de Cartagena, que acontecerá de 8 a 12 de Outubro. "Será a maior reunião empresarial estrangeira na Colômbia, com 320 empresários do Brasil e 60 empresários convidados da Colômbia. A fim de fechar acordos em áreas como a companhia petrolífera, siderúrgica, química, construção civil, indústria automotiva, alimentos e turismo. O presidente da Nestlé Brasil, Ivan Zurita, que participará do encontro, destacou que a Colômbia é "o único país" que manteve crescimento nos últimos 15 anos, "apesar do conflito interno e das crises internacionais". Empresários brasileiros buscam ampliar relações com Colômbia - 14/09/2010

50 Os orçamentos são feitos segundo o valor FOB e em dólares norte-americanos. Bogotá está duas horas atrás no fuso horário em relação a Brasília. Para viagens de negócios, não é recomendado programar os meses de dezembro e janeiro, pois é alta temporada de férias no país, nem a Semana Santa. Os cidadãos brasileiros não necessitam de vistos para entrar em território Colombiano. Curiosidades

51 O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, receberá o prêmio "Líder Inovador do Ano", concedido pela revista "Latin Trade", por "suas habilidades e seu papel na evolução do Brasil, que passou de um personagem regional influente a uma potência mundial". O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, foi nomeado "Financista do Ano", por transformar a entidade bancária no motor da economia brasileira, segundo a revista. O Ex-presidente da Colômbia Álvaro Uribe, também será premiado com o "Lifetime Achievement", por estabelecer um "modelo exemplar" para a América Latina ao reconstruir "uma nova Colômbia e restabelecer o orgulho nacional". Curiosidades

52

53 Particularidades Culturais Dia Nacional das Trilhas Na Alemanha comemora-se anualmente o Dia Nacional das Trilhas e Caminhado, uma tradição que já existe há 110 anos. Cada ano, os festejos são realizados em uma cidade ou região diferente. Este ano, o evento, que se realiza de 5 a 19 de agosto, será na cidade de Freiburg e toda a região da Floresta Negra

54 A Curiosa Trilha Naturista na Alemanha. Na pequena cidade alemã de Dankerode, existe um famoso roteiro de trilhas e caminhadas ecológicas que atrai os adeptos do naturismo. E eles fazem o passeio como manda o figurino: completamente nus. Particularidades Culturais

55 Gastronomia. As receitas levadas pelos imigrantes alemães ao Brasil representam, em parte, a culinária tradicional do país. Hoje, a gastronomia da Alemanha vai muito além dos pratos típicos conhecidos. Chucrute, Carne de porco e Baviera.Comidas típica Alemãs

56 Relação Internacional Brasil - Alemanha Desde 1949, com a primeira Câmara Alemã no Brasil, em Porto Alegre,a fim de atender às empresas alemãs que vinham-se instalando nesta região do país. Atualmente, as Câmaras alemãs estão presentes no mundo com 120 escritórios e fomentam negócios em mais de 80 países. Comprometidas com a política bilateral, restando serviços para a economia no mundo inteiro, e interligadas através de uma rede no exterior com mais de colaboradores e mais de associados, sustentando o intercâmbio econômico bilateral com a Alemanha.

57 Comércio Bilateral Brasil - Alemanha O Brasil é o mais importante parceiro comercial da Alemanha na América Latina e a Alemanha, por sua vez, é o 4º maior parceiro comercial do Brasil, atrás somente de Estados Unidos, Argentina e China. Para a Alemanha, o Brasil se posiciona em 23º lugar entre os países consumidores de seus produtos e, como fornecedor, ocupa o 21º lugar. Atualmente, a relação comercial do Brasil é superavitária em relação à Alemanha. Em 2008, o saldo nas transações comerciais foi positivo em 712 milhões, com o Brasil vendendo o equivalente a 9,4 bilhões e comprando 8,7 bilhões

58 Exportações Brasil - Alemanha Dentre os produtos exportados pelo Brasil para a Alemanha, se destacam como principais nos últimos cinco anos o minério de ferro, café em grãos, soja e óleo de soja e automóveis.

59 Importações Brasil - Alemanha A Alemanha é ainda um grande importador mundial. Dentre os produtos brasileiros mais demandados pelo país estão, por ordem de valor importado:

60 Evolução da Balança Comercial Brasil - Alemanha

61 Principais Exportações pelo RS para a Alemanha Entre os 595 produtos que integram a pauta de exportações do Rio Grande do Sul para a Alemanha, os dez primeiros produtos desta pauta correspondem a 71,9% da mesma:

62 Entre os 1820 produtos que integram a pauta de importações do Rio Grande do Sul da Alemanha, os dez primeiros são os seguintes: Principais Exportações pelo RS para a Alemanha


Carregar ppt "Poucos sabem, mas as relações internacionais do Brasil é fundamentada no artigo 4º da Constituição Federal de 1988, onde está determinado que nas relações."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google