A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

E.E. Dom José de Camargo Barros Indaiatuba Trabalho de Filosofia do 3º Bimestre de 2007 Disciplina: Filosofia Nome: Camila Durado N° 10 Nome: Daniela Toledo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "E.E. Dom José de Camargo Barros Indaiatuba Trabalho de Filosofia do 3º Bimestre de 2007 Disciplina: Filosofia Nome: Camila Durado N° 10 Nome: Daniela Toledo."— Transcrição da apresentação:

1 E.E. Dom José de Camargo Barros Indaiatuba Trabalho de Filosofia do 3º Bimestre de 2007 Disciplina: Filosofia Nome: Camila Durado N° 10 Nome: Daniela Toledo Mendes N° 11 Nome: Éder Leonardo F. Santos N° 13 Nome: Michelle Rodrigues Vieira N° 30 Nome: Mirela Cristina N° 31 Nome: Sophia C. M. Galvão N° 38

2 Paul Karl Feyerabend ( ) Austríaco, filósofo da ciência que viveu em diversos países. Seus maiores trabalhos são Against Method, Science in a Free Society e Farewell to Reason. Ficou famoso por sua hipotética visão anarquista da ciência e por não aceitar a existência de regras metodológicas universais. É influente na filosofia da ciência e na sociologia do conhecimento científico. Ao graduar-se no nível médio passou a servir às unidades de serviço alemãs. Após um curto período de licença, uniu-se às forças armadas como voluntário para a escola de oficiais. Em dezembro de 1943, ele serviu como oficial na parte norte da frente oriental. Foi condecorado com a cruz de ferro e promovido a tenente..

3 Paul Karl Feyerabend Logo após as forças armadas alemãs iniciaram sua retira da frente ao avanço do exército vermelho, Feyerabend enquanto direcionava as tropas foi atingido por três balas. Uma atingiu sua espinha deixando de muleta pelo resto de sua vida e fora da guerra para curar seus ferimentos. Em 1948 foi ao primeiro encontro do seminário internacional de verão da Austrian College Society em Alpbach. Em 1951, Feyerabend conseguiu uma bolsa para estudar sob a orientação de Wittgenstein. Feyerabend então escolheu Popper como seu orientador e passou a estudar na London School of Economics em 1952.

4 Paul Karl Feyerabend Em sua autobiografia, Feyerabend explica que durante este tempo foi influenciado por Popper. Em 1955, Feyerabend recebeu sua primeira indicação acadêmica para a Universidade de Bristol, Inglaterra, onde ocupou-se de leituras sobre Filosofia da ciência. Mais tarde trabalhou como professor em Berkeley, Auckland, Sussex, Yale, Londres e Berlim. Na London School of Economics, Feyerabend conheceu um aluno de Popper, Imre Lakatos. Eles planejaram escrever um diálogo intitulado For and Against method, no qual Lakatos defenderia uma visão racionalista da ciência e Feyerabend a atacaria. Against method torna-se uma famosa crítica às visões filosóficas da ciência e provoca muitas reações. Ele faleceu em 1994 em sua casa em Zurique, vítima de um tumor cerebral.

5 Ciência e Sociedade Iniciando com a suposição de que um método científico universal historicamente não existe, Feyerabend argumenta que a ciência não merece o status privilegiado que possui na sociedade ocidental. Baseado nestes argumentos, Feyerabend defendeu a idéia de que a ciência deve ser separada do estado da mesma maneira que a religião é separada na moderna sociedade secular. De acordo com Feyerabend, a ciência deve também estar sujeita ao controle democrático: não apenas determinar que assuntos devem ser pesquisados através de eleição popular, as suposições e conclusões científicas também devem ser supervisionadas por comitês de pessoas leigas. Segundo ele os cidadãos devem utilizar seus próprios princípios ao tomar decisões a respeito do que realmente importa.

6 A Natureza do Método Cientifico A posição de Feyerabend é geralmente vista como radical (pela "ordem vigente") na filosofia da ciência, pois implica que a filosofia não consegue prover uma descrição geral da ciência, nem possibilita descobrir um método de diferenciação entre produtos da ciência e entidades não científicas como os mitos. Um dos critérios para avaliação de teorias cientifícas que Feyerabend ataca é o da consistência do critério. Insistir que novas teorias sejam consistentes com velhas teorias dá uma vantagem inaceitável à velha teoria. Segundo Feyerabend uma teoria estabelecida poderia influenciar a interpretação natural dos fenômenos observados. O principal exemplo da influência das interpretações naturais que Feyerabend fornece é o argumento da torre. O argumento da torre é uma das maiores objeções contra a teoria do movimento da terra. Dessa maneira, o pluralismo científico aumenta o poder de crítica da própria ciência. (Feyerabend, 1975).

7 Obra O diálogo imaginário entre dois amigos é o meio escolhido por Paul K. Feyerabend para nos fazer refletir sobre a justeza de existirem conceitos como saber e não-saber. Debatendo o tema tão atual das relações possíveis entre ciência e supertição, astronomia e astrologia, medicina convencional e medicinas paralelas, o autor refuta a existência de autoridades institucionais em qualquer campo do saber onde apenas a curiosidade e a capacidade de refletir sobre o conhecimento adquirido são válidas. Paul K. Feyerabend, filósofo contemporâneo, é reconhecido pelas suas obras polêmicas sobre epistemologia.

8 Obra Quando Paul K. Feyerabend morreu ( ), deixou duas versões incompletas do manuscrito de A Conquista da Abundância, uma terceira versão incompleta da introdução e vários envelopes de notas e escritos que de destinavam a um outro capítulo de um livro. A segunda versão do manuscrito é um desenvolvimento e uma expansão do primeiro e vai até a metade da primeira versão. O organizador reuniu e fundiu todo esse material disponível na parte I deste volume, tentando permanecer tão fiel quanto possível à estrutura planejada para o livro e as versões mais novas dos escritos. (trecho da nota do organizador)

9 Obra Paul K. Feyerabend, um dos filósofos mais citados e controvertidos de nosso tempo, completou esta autobiografia no último mês de vida. Em um estilo límpido e vibrante, relembra sua família, a ascensão do nazismo, os anos de guerra, o teatro e o canto lírico, a filosofia da ciência, as mulheres de sua vida e seu relacionamento com alguns dos intelectuais mais importantes do século, como Brecht, Wittgenstein e Popper. Bem mais que uma biografia intelectual, o livro oferece uma inteligente biografia humana - irônica, profunda e extraordinariamente honesta.

10 Links Fotos e Informações people.cohums.ohio-state.edu/tennant9/655.html rodTypeId=1&ProdId=247771&ST=SR rodTypeId=1&ProdId= &ST=TN omega.ilce.edu.mx:3000/.../161/html/sec_53.html weblogs.madrimasd.org/.../2007/07/08.aspx


Carregar ppt "E.E. Dom José de Camargo Barros Indaiatuba Trabalho de Filosofia do 3º Bimestre de 2007 Disciplina: Filosofia Nome: Camila Durado N° 10 Nome: Daniela Toledo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google