A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

INTRODUÇÃO A SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Aula 02. S OCIEDADE PÓS - INDUSTRIAL Valorização das características humanas; Querer Fazer (atitude, determinação,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "INTRODUÇÃO A SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Aula 02. S OCIEDADE PÓS - INDUSTRIAL Valorização das características humanas; Querer Fazer (atitude, determinação,"— Transcrição da apresentação:

1 INTRODUÇÃO A SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Aula 02

2 S OCIEDADE PÓS - INDUSTRIAL Valorização das características humanas; Querer Fazer (atitude, determinação, interesse); Saber como fazer (habilidade, técnica); Saber o que e porque fazer (Informação e conhecimento); Gestão de pessoas.

3 D IFERENCIAL base Para conseguir o diferencial necessário a informação passa a ser a base para as transformações operacionais e gerenciais exigidas pelo mercado atual (produtos e serviços de qualidade e baixo preço).

4 M ONITORAR O M ERCADO coleta de informação é uma maneira de identificar as direções do mercado permitindo as organizações se adaptarem as mudanças.

5 D ADO Dado: cadeia de caracteres ou padrões sem interpretação. É qualquer elemento identificado em sua forma bruta que por si só não conduz a uma compreensão de determinado fato ou situação. Ex.: nome de um funcionário, nº peças em estoque; nº de horas trabalhadas,...

6 INFORMAÇÃO (LATIM INFORMARE – DAR FORMA) Conjunto de dados aos quais seres humanos deram forma para torná-los significativos e úteis. Dado dotado de relevância. Ex.: quantidade de vendas por produto, total de vendas mensais,...

7 A INFORMAÇÃO PRECISA SER: Clara- > apresentar o fato com clareza, não o mascarando entre fatos acessórios; Precisa- > deve ter alto padrão de precisão e nunca apresentar termos como por volta de... cerca de... mais ou menos...; ela precisa não conter erros; Rápida- > chegar ao ponto de decisão em tempo hábil para que gere efeito na referida decisão; Dirigida- > a quem tenha necessidade dela e que irá decidir com base nessa informação.

8 C ONHECIMENTO Capacidade de resolver problemas, inovar e aprender baseando-se em experiências prévias; Esforço de investigação para descobrir aquilo que esta oculto, que não esta compreendido ainda. Adquirir conhecimento não é reter informação, mas utilizar estas para desvendar o novo e avançar.

9 S ISTEMA Conjunto de elementos que interagem para a realização de um série de objetivos de modo organizado e coordenado. Ex.: automóvel (objetivo: transportar passageiros e carga - subsistemas: motor, caixa de marchas, suspensão); computador (armazenar e processar dados – subsistemas: teclado, vídeo, CPU,...)

10 A TIVIDADES BÁSICAS DOS S ISTEMAS : Entrada ( input ) – envolve a captação ou coleta de fontes de dados brutos de dentro da organização ou de seu ambiente externo (formulários, registros, edição); Processamento – conversão da entrada bruta em forma mais útil e apropriada (dados classificados, analisados, manipulados através de cálculos, comparações...)

11 A TIVIDADES BÁSICAS DOS SISTEMAS Saída ( output ) –transferência da informação as pessoas ou atividades que a usarão (gráficos ou relatórios); Realimentação ( feedback ) – é a saída que retorna aos membros adequados da organização para ajudá-los a refinar ou corrigir os dados de entrada ou ao processamento. Controle – envolve o monitoramento e avaliação do feedback para determinar se o sistema esta se dirigindo para a realização de sua meta.

12 D E UM MODO GERAL...

13 Fabricante Universidade Serviço Saúde Sistema Bicicletas com maior qualidade Aquisição de Conheci- mento Serviço de Saúde com alta qualidade Entradas Processamento Saídas Armação, componentes, suprimentos Estudantes, professores, administradores livros, equipamentos Médicos, enfermeiras, pacientes, equipamentos Solda, pintura, montagem Ensino, pesquisa... Diagnóstico, cirurgia, medicamentos, exames Bicicletas acabadas Estudantes cultos, pesquisa significativa, serviços à comunidade Pacientes saudáveis, serviços a comunidade Atividades básicas Metas/objet ivo.

14 SISTEMA DE INFORMAÇÃO É um conjunto de partes coordenadas, que buscam prover a empresa com informações, com o objetivo de melhorar a tomada de decisões. Conjunto organizado de pessoas, hardware, software, redes de comunicação e recursos de dados que coletam, transformam e disseminam informações em uma organização (O Brien, 2001).

15 C OMPONENTES DE SI S SI PessoasOrganiz. Tecnologia Realimentam o SI com novos dados que geram novas informações; Interagem diretamente com o SI. Utilizam as informações geradas para algum processo de tomada de decisão (ambiente de trabalho); Unidades que exercem diferentes funções, tais como: vendas, produção, educação; Meio pelo qual os dados são transformados em informação; Pode ser: lápis e papel; giz,… computador: hardware, software e comunicações.

16 SIBC (SISTEMA DE INFORMAÇÃO BASEADO EM COMPUTADOR) SI Manual: pode lápis e papel SI Computadorizado: utiliza a tecnologia de hardware e software para processar e disseminar informação. CBIS (Computer-based Information Systems) Componentes: Hardware; Software; Banco de Dados; Rede de Telecomunicação; Pessoas; Procedimentos (práticas de trabalho);

17 SISTEMAS DE INFORMAÇÕES TRANSACIONAIS

18 TIPOS DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Os SI desempenham 3 papéis vitais em qualquer tipo de organização: Operacional Gerencial Estratégico Por existir diferentes níveis em uma organização, existem diferentes tipos de si servindo a cada nível organizacional.

19 TIPOS DE SISTEMA DE INFORMAÇÃO apoio a vantagem estratégica Apoio a Tomada de Decisão Gerencial Apoio as operações operacional gerencial estratégico Oferecem relatórios sobre o desempenho da empresa, monitorar e prever o desempenho futuro. Auxiliam no planejamento a longo prazo

20 E X. S ISTEMA DE V ENDAS Vendas Estratégico: sistema para prever tendências de vendas num período acima de 5 anos Gerencial: sistema para acompanhamento de vendas mensais por território e relato de territórios onde as vendas excederam ou cairam abaixo dos níveis antecipados Operacional: sistema de vendas para armazenar vendas diárias e processar pedidos

21 SISTEMAS DE INFORMAÇÃO TRANSACIONAIS Auxiliam o nível mais elementar (operacional) monitorando atividades diárias de uma empresa, como vendas, receitas, fluxo de materiais, etc. Executam e registram transações rotineiras necessárias para conduzir o negócio; Mantém registros das atividades empresariais rotineiras – depósitos bancários, chamadas de longa distância, folhas de pagto e relatórios de notas de universidades.

22 SIT Auxiliam os indivíduos da administração operacional: Estão preocupados com a supervisão dos empregados do setor não-administrativo; Controle de atividades de rotina; Visam a eficiência (se as tarefas são bem feitas). Exemplos clássicos: pedidos de venda; sistema de reservas: hotel, passagens aérea; folha de pagamento; cadastro de empregados, clientes, fornecedores, matéria-prima; sistema de estoque;

23 SIT Quantas peças existem em estoque? O que aconteceu com o pagamento do José? Quantos empregados foram pagos este mês? Questões como essa são respondidas pelo SIT No nível operacional as tarefas e recursos são predefinidos e altamente estruturados. Por exemplo, a decisão de pagar um funcionário ativo fundamenta-se em 2 critérios: o empregado esta na folha de pgto e trabalhou este mês? Uma decisão deste tipo não requer muita deliberação da direção. O que precisa ser verificado é se ele satisfaz esses critérios.

24 C ARACTERÍSTICAS DE UM SIT Um SIT requer: grande quantidade de dados de entrada e... produzem grande quant.de saídas (documentos e relatórios, arquivos de dados, (para outros sistemas); necessidade de processamento eficiente; E/S de dados rápidas; alto grau de repetição de processamento (eficiente – lida com grande volume de dados); computação simples (+ - / *); grande necessidade de armazenamento;

25 MÉTODOS DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES Batch todas as transações são coletadas em grupos e processadas juntas; Saída Entrada de dados Entrada (em lotes) Processamento em lotes (batch)

26 MÉTODOS DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÕES Processamento de Transações on-line (online transaction processing – OLTP) as transações introduzidas são imediatamente processadas. Atualizados imediata. Terminal Computador Central (processamento)

27 A S EMPRESAS PODEM DISPOR DE SIT PARA AS SUAS PRINCIPAIS ÁREAS FUNCIONAIS : Suporte a vendas: monitorar o contato com clientes (identificar possíveis clientes, fazer contatos e acompanhar uma venda); Telemarketing: monitorar a utilização do telefone para fazer contatos, oferecer produtos e verificar o andamento de vendas; Sistemas de ponto-de-venda: registrar dados de vendas - Autorização de créditos a cliente: informar o pessoal de vendas sobre o crédito máximo permitido a um cliente. Sistemas de Processamento de pedido: introduzir, processar e monitorar pedidos - emitir faturas, produzir dados para controle de estoque. Compras: implementação de rotinas de compras na empresa (escolha produto, fornecedor,preço) Recebimento: monitora o recebimento de itens adquiridos (controle de inspeção) – fornecem info p/ funções de estoque e contas a pagar; Expedição: coordena fluxo de saída de todos os produtos acabados e mercadorias da organização; Custo de mão-de-obra: acompanham a utilização de recursos de pessoal no processo de produção; Sistema de Estoque: registra a quantidade, o preço e a localização de itens em estoque;


Carregar ppt "INTRODUÇÃO A SISTEMAS DE INFORMAÇÃO Aula 02. S OCIEDADE PÓS - INDUSTRIAL Valorização das características humanas; Querer Fazer (atitude, determinação,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google