A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projeto Sistema de Serviços Propostas. Propostas para Projeto Sistema de Serviços/ CAR 2012 Este é o terceiro boletim a respeito do Projeto q servirá

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projeto Sistema de Serviços Propostas. Propostas para Projeto Sistema de Serviços/ CAR 2012 Este é o terceiro boletim a respeito do Projeto q servirá"— Transcrição da apresentação:

1 Projeto Sistema de Serviços Propostas

2 Propostas para Projeto Sistema de Serviços/ CAR 2012 Este é o terceiro boletim a respeito do Projeto q servirá como pano de fundo para as resoluções e enquetes contidos no CAR. Opção de duas vias é padrão proposto Liderança, planejamento e comunicação USL Limites geográficos para corpos de serviços aplicando o principio colaborativo

3 Uma Breve Intrudução! 1953 – suburbio de Los Ángeles – Estados Unidos – de um par de reuniões – para uma irmandade mundial 58 mil reuniões semanais – 1000 CSAs – mais de 100 regioões Somos capazes de levar a mensagem a milhares de adictos ao redor do mundo. Mas é hora de olhar para as nossas estruturas de serviços como um todo Temos aplicado o mesmo sistema a um conj. de circunstancia cada vez mais diverso, e em muitos casos não esta funcionando tão bem quando deveria Por anos os mesmos problemas em diversas comunidades de NA ao redor do mundo.

4 Cenário Houve muitos aspectos em comum no retorno que se obteve da irmandade: Comunicação ineficiente Recursos Insuficientes Frustração dos Servidores de confiança Reuniões de serviço sem atmosfera de recuperação Apatia Falta de assessoramento e treinamento no serviço Duplicações de esforços

5 Cenário Nosso sistema foi desenhado nos anos 70 para irmandade muito diferente q temos hoje em dia, entre outras diferenças. É muito maior – reuniões semanais NA está presente em mais países como nunca Se vive numa sociedade q tem uma visão muito diferente do que é adicção e recuperação, q se tinha nos anos 70

6 Cenário No final dos anos 90 os Serviços Mundiais fizeram um inventário e se reestruturaram, mas nunca havíamos estudado os serviços locais – até agora Na década passada tivemos Tópicos de Discussão e Workshops Mundiais focados em: – Atmosfera de Recuperação (incluindo reuniões de serviço) – Construindo Grupos Fortes – Infraestrutura

7 Cenário O debate sobre esses tópicos através da irmandade guiou o NAWS para esse projeto de Sistemas de Serviços, aprovado pela WSC em (Debatida na Conferencia como na Irmandade) A estrutura de serviços atual foi adotada antes da aprovação dos 12 Conceitos, em 1992 Buscamos um sistema de serviços que esteja mais em consonância com os 12 conceitos

8

9 Elementos de um Sistema de Serviços Efetivo

10 Elementos de um Sistema de Serviços Efetivo Todos os elementos devem trabalhar em harmonia A Forma segue a Função (Por ex. a criação das UAGs, é tanto uma idéia estrutural como de processo, um corpo de serviço exclusivamente dedicado as necessidades do grupo) Liderança, comunicação, planejamento, tomada de decissões e Gestão de informação, devem nortear os principios em processos.

11 O que significa Ser um Sistema de Serviços, e Não apenas uma Estrutura O q permanecerá consistente, contudo, é o fato de estarmos falando de um sistema de serviços, e não apenas de uma nova estrutura. Conforme já mencionamos, isso quer dizer q estrutura, processo, pessoas e recursos trabalham em conjunto para prestar serviços e ajudar os grupos a levar a mensagem ao adicto que ainda sofre.

12 Princípios Fundamentais Principios espirituais para cada uma das mudanças estruturais propostas Flexivel: A proposta contem uma idéia para corpos de serviços intermediários, para responder a necessidades especificas, densidade a distância etc. Definido por Limites Geograficos: seguindo os limites, nos permetirá uma melhor interface, profissionais e legislativas, tornando mais facil para os profissionais e o público em geral para nos encontrar e se comunicar Focado no Grupo: AUG, em cada modelo foca ajudar o grupo a levar a nossa mensagem Colaborativo: os elementos do SS trabalhando em conj. para um objetivo comum e de cooperação Dirigido pelo Propósito: Cada uma das unidades do SS, foi projetada para atender uma necessidade especifica ou um conj., responsabilidade de cada unidade definidas e entendidas

13

14 Grupo e Serviços Locais Localmente, a maioria dos comitês de serviço de área servem duas funções, oferecendo apoio aos grupos e administração dos serviços diretos. Um pequeno comité de área, fornecendo um fórum no qual os grupos podem partilhar as suas experiências uns com os outros, muitas vezes tem dificuldade em administrar os serviços diretos de NA. Um comité de grande porte, por outro lado, pode ter muito dinheiro e pessoas para a administração do serviço direto, mas é muito grande para acomodar o tipo de partilha que os grupos precisam para apoiarse uns aos outros. Guia para Serviços Locais de NA "O Comitê de Serviço de Área"

15 Focado em Unidades Locais Atualmente nossas áreas tem a tarefa de apoiar os grupos e prestar serviços. Nessas propostas o papel dos esforços locais será dividido em: Unidade de Apoio aos Grupos (UAG): Dedicada inteiramente a dar apoio aos grupos Unidade de Serviço Local (USL): Dedicada inteiramante a prestar seviços locais

16 O propósito da Unidade de Apoio ao Grupo (UAGs) é ajudar os grupos a levar a mensagem em suas reuniões, separando as funções de apoio e prestação de serviços de NA criando um corpo de serviços voltado a apoiar os grupos.

17 Treinamento informal e Tutoria Discussão de questões do grupo – nenhum negócio Acolhida para novos grupos e membros Orientação e introdução aos serviços (literatura de recuperação, serviço, tradições, conceitos etc) Compartilhamento de informações informal (por ex. próximos eventos, atividades da USL, tópicos e questões dos serviços mundiais. Enviar companheiro (Delegado) a assembléia de planejamento da USL Em alguns casos e circunstâncias, as UAGs podem ser solicitadas a envolver-se com colagem de cartazes e distribuição de IPs na comunidade UAG pode convidar servidores da USL ou membros veteranos no serviço A UAG é aberta para qualquer membro q queira participar O ambiente das UAGs, sejam o menos formal possível, das atuais formato de nossas reuniões As reuniões devem servir para explicar os os princípios básicos a novos membros As reuniões simples, informal, focado no apoio aos grupos, um formato sem muita estrutura, um facilitador por reunião, o importante não ser o foco na sua questão administrativa. UAGs – Levando a mensagem

18

19

20 A USL é o motor dos serviços locais, responsável pela prestação da maior parte dos serviços Sempre que possível a USL será limitada por geografia reconhecida (ex. Bairro, cidade). A USL é direcionada por projetos e planejamento.

21 Unidade de Serviços Local – Eficácia na prestação de Serviços Tem a responsabilidade de levar a mensagem fora das reuniões de NA. USL terá responsabilidade de prover os serviços locais e os grupos continuarão tendo responsabilidades de financiar os serviços através de suas contribuições para USLs. Prestação de serviços através de planejamentos e uma combinação de grupos de trabalho embasados em projetos (redução de horas e material humano) Qdo possível as decisões tomadas pelo consenso ao invés de moções. De acordo com os limites geográficos, para facilitar aos adictos q nos encontrem, assim como os profissionais e as organizações governamentais Limites geográficos de cada USL, se decidirá através de um processo cooperativo e poderá envolver corpos de serviços vizinhos colaborativo, isto assegurará limites geográficos mais racionais. Enlace de comunicação entre os grupos e restante da irmandade Terá quadro de servidores (Coord. Vice, secretário e tesoureiro, Delegado e coordenadores de comitês ) – planejamento –prioridades – supervisiona HI, lista de grupos etc...GT –Projetos: RP, comemorações,convenções, melhora na comunicação na criação de modelos e tecnologia Reuniões de conferências do planejamento e as assembléias anuais

22

23

24

25 Serviços Compartilhados Em nosso sistema atual muitos CSA prestam serviços compartilhados: Listas de Grupos Linha de Ajuda Ainda não trataram este tipo de serviço como parte do projeto Reconhecem que deve explicar melhor como o serviço compartilhado pode funcionar dentro de um Sistema de Serviços,

26 Corpos de Serviço Estadual/Nacional Definidos por limites Geográficos Nos estruturamos cfe nossos desejos pessoais em lugar de prover serviços eficazes para melhor levar a mensagem Uma corpo de serviço q atua somente na parte de um estado, não será capaz de interagir eficazmente com um corpo profissional de um estado. Um dos principais objetivos de reformar nossos limites é ter serviços de RP mais efetivos Interagir a nível de governo e com grupos de profissionais de todo o estado Organizar assembléias e convenções Coordenar recursos centralizados, linhas de ajuda, site, oficinas de serviços etc. Enlace entre os serviços mundiais e as unidades locais. Na sua maioria os serviços serão realizados por GT, de companheiros com capacidades específica para função, diferentes das habilidades como adictos em recuperação Dependem q todos os elementos do sistema trabalhem juntos com uma meta comum – estrutura-recursos-pessoas-processo

27

28 Zonas em um Sistema de Serviços Existe um debate preliminar Existem muitas perguntas como seria o funcionamento das Zonas no Sistema, pois as atuais variam muito de uma para outra Desempenham uma variedade ampla de serviços, se as zonas são motivados por qual propósitos. Na sua maioria são para trocas de experiências entre estado/nação de suas maiores praticas, RP Federal, Lideranças, visitas do QM com Workshop e da Zona para suas comunidades, poderá beneficiar todas as parte de um sistema de serviços revitalizado. Debatido sobre Assentamento das Zonas na Conferência -

29 Existing and Proposed Seating Options

30 Assentamento A crença de que, uma região é uma região quando dizer q o é, e portanto com direito ao assentamento na conferência, é parte de nossa história. Imperfeições na conferência, o crescimento desenfreado cria dificuldades financeiras o qual esta se tornando um evento grande demais

31


Carregar ppt "Projeto Sistema de Serviços Propostas. Propostas para Projeto Sistema de Serviços/ CAR 2012 Este é o terceiro boletim a respeito do Projeto q servirá"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google