A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nutrição e adubação do coqueiro Lafayette Franco Sobral.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nutrição e adubação do coqueiro Lafayette Franco Sobral."— Transcrição da apresentação:

1 Nutrição e adubação do coqueiro Lafayette Franco Sobral

2 Nutrição do coqueiro Elementos essenciais (nutrientes) e benéficos

3 Elementos essenciais C, H e N N, P, K, Ca, Mg e S Cl, B, Cu, Mn, Zn, Fe, Mo e Ni Elementos benéficos Na, Co, Se e Si

4 Remoção de nutrientes pelo coco (casca, coque e albúmen Remoção de nutrientes pelo coco (casca, coque e albúmen) Variedade N K Cl kg ha Híbrido 51,72 87,46 47,03 Anão* 124,86 211,15 113,54 Recalculado para o coqueiro-anão considerando 205 plantas ha-1 e produtividade de 200 frutos planta-1 ano-1.

5 Remoção de nutrientes pelo coco (casca, coque e albúmen) Recalculado para o coqueiro-anão considerando 205 plantas ha-1 e produtividade de 200 frutos planta-1 ano-1. Variedade P Ca Mg S kg ha Híbrido 7,54 3,95 5,67 4,57 Anão* 18,20 9,54 13,69 11,03

6 Nitrogênio Absorvido nas formas de NO 3 - e NH 4 + Funções na planta Síntese de Aminoácidos Clorofila Ácidos nucléicos Enzimas

7 Nitrogênio Sintomas de deficiência Amarelecimento iniciando-se pelas folhas mais velhas Redução do número e do tamanho das folhas Diminuição do número de flores femininas Estreitamento do estipe - ponta de lápis

8 Fósforo Fósforo Absorvido nas formas de H2PO4- HPO4-2 PO4-3 Funções na Planta Constituinte dos ácidos nucléicos DNA e RNA Transporte de energia

9 Fósforo Fósforo Sintomas de deficiência Redução do número de folhas e da área foliar Aumento do conteúdo de clorofila, cor verde escuro Redução da eficiência fotosintética por unidade de clorofila

10 Potássio Absorvido na forma de K + Funções na planta Translocação de açúcares Formação de amido Abertura e fechamento dos estômatos

11 Potássio Sintomas de deficiência Manchas cor de ferrugem Amarelecimento dos folíolos evoluindo para necrose Amarelecimento das folhas de meio de copa

12 Cloro Absorvido na forma de Cl - Funções na planta Fotossíntese Aumento da pressão osmótica Aumento da hidratação dos tecidos

13 Magnésio Absorvido na forma de Mg +2. Absorção pode ser diminuída por K +, NH 4 +, Ca +2 e Mn +2 Funções na planta Átomo central da molécula da clorofila

14 Magnésio Sintomas de deficiência Amarelecimento dos folíolos nas extremidades os quais junto ao ráquis permanecem verdes Quando a deficiência torna- se severa: necrose nas extremidades dos folíolos e manchas translúcidas

15 Enxofre Absorvido na forma SO 4 -2 no solo e SO 2 proveniente da atmosfera Funções na planta Componente dos aminoácidos, cistina e metionina Síntese de aminoácidos

16 Enxofre Sintomas de deficiência O S não se transloca na planta. Folhas novas amarelo alaranjadas com necrose nas extremidades Enfraquecimento do ráquis das folhas mais velhas - tombamento Redução do número de folhas Albúmen aspecto de borracha

17 Cobre Absorvido na forma de Cu +2 Funções na planta Lignificação da parede celular Fotossíntese Respiração

18 Cobre Sintomas de deficiência Arquiamento do ráquis Folhas novas são pequenas e cloróticas Folíolos secos nas extremidades. Aspecto queimado, evoluindo para toda a folha e finalmente para toda a planta

19 Boro Absorvido na forma de H 3 BO 3 Funções na planta Transporte de açúcares Síntese dos ácidos nucléicos

20 Boro Sintomas de deficiência Folíolos juntos pela extremidade Base do ráquis sem folíolo Deformação do ponto de crescimento

21 Sintomas de deficiência de B em folha de coqueiro

22 Toxidez de boro Toxidez de boro

23 Os demais nutrientes também são absorvidos e a falta dos mesmos causam sintomas de deficiência. Em caso de deficiência, severa impedem que o coqueiro complete seu ciclo de vida.

24 Adubação do coqueiro

25 Determinação da necessidade de adubação do coqueiro Análise de solo Análise foliar

26 Solução extratora + Solo P A solução extratora remove nutrientes em quantidades proporcionais às que são absorvidas pelas plantas Conceitos que fundamentam a análise de solo para fins de recomendação de fertilizantes - Correlação

27 Conceitos que fundamentam a análise de solo para fins de recomendação de fertilizantes - Calibração Um resultado de análise de solo, tem sua interpretação limitada, caso não se disponha dos padrões de comparação. Os padrões de comparação são obtidos em experimentos de campo, nos quais se avalia, prioritariamente, a produção das culturas em relação aos teores do nutriente medidos no solo. Este procedimento denomina-se calibração.

28 Amostragem de solo Para fins de adubação Zona de adubação em coqueiros sem irrigação na profundidade 0-20 cm Em coqueiros fertirrigados zona de influência do microaspersor na profundidade 0-20 cm Para fins de calagem Também nas entrelinhas do plantio

29 Conceitos que fundamentam a análise foliar para avaliação do estado nutricional das plantas e recomendação de fertilizantes A análise foliar é utilizada para confirmar sintomas de deficiência ou toxidez de nutrientes e detecção de fome escondida. A análise foliar também é utilizada para recomendar fertilizantes, pois um aumento na concentração de um determinado elemento ou elementos na folha, corresponde a um incremento de produção. Nível crítico

30 Coleta de folhas para análise Coqueiral em formação Coqueiral em produção Níveis críticos foram desenvolvidos para as folhas 4, 9 e 14

31 Influência da posição da folha nos teores de N na folha do coqueiro-anão Posição da folha - N g kg

32 Influência da posição da folha nos teores de K na folha do coqueiro Posição da folha K FOLHA g kg

33 Coqueiral em formação

34

35 Coqueiral em produção Identifica-se a folha 10 (inflorescência mais recentemente aberta Do outro lado da planta, encontra-se a folha 9 (tem em sua axila uma inflorescência prestes a abrir) Abaixo da folha 9 está a folha 14

36

37 Folha 10

38 Folha 9

39 Folha 14

40 Interpretação da análise Posição da folha Idade da planta Desenvolvimento da planta em relação ao padrão Variedades, híbridos

41 Adubação Quanto Quando Onde Como Custo/Benefício

42 Quanto Tabelas de adubação com base em experimentos de campo

43 Produtividade frutos planta -1 ano N folha 14 g kg < > N g planta -1 ano – > Coqueiro anão

44 Produtividade frutos planta -1 ano P folha 14 g kg <1,101,10 – 1,40>1,40 P Mehlich-1 mg dm -3 BaixoMédioAlto P 2 O 5 g planta -1 ano – > Coqueiro anão

45 Produtividade frutos planta -1 ano K folha 14 g kg <9,09,0-15,0>15,0 K Mehlich-1 mg dm -3 < > K 2 O g planta -1 ano – > Coqueiro anão

46 Recomendações automatizadas para os coqueiros anão e gigantes, serão colocadas na pagina

47 Sem irrigação fim do período chuvoso Com irrigação sem fertirrigação fracionar em um maior número de vezes possível Com fertirrigação frequência diária ou semanal Quando

48 Coqueiro-anãoCoqueiro-gigante Onde

49 Como Convencional Manual Mecânica Fertirrigação

50 Custo/Benefício Disponibilidade de recursos para adubação, pois o efeito direto na produtividade ocorre depois de 18 meses para os anões e dois anos para os gigantes. A previsão de rentabilidade deve levar em consideração a variação dos preços do produto e dos fertilizantes.

51 Obrigado!


Carregar ppt "Nutrição e adubação do coqueiro Lafayette Franco Sobral."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google