A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA ABO Antígenos: substâncias estranhas ao organismo, provocam reações de defesa. Aglutinogênio= antígenos existentes na superfície das hemácias.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA ABO Antígenos: substâncias estranhas ao organismo, provocam reações de defesa. Aglutinogênio= antígenos existentes na superfície das hemácias."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA ABO Antígenos: substâncias estranhas ao organismo, provocam reações de defesa. Aglutinogênio= antígenos existentes na superfície das hemácias. Anticorpos: proteínas especiais de defesa, produzidas nos linfócitos. 1900, o imunologista austríaco, Karl Landsteiner, observou que o soro do sangue de uma pessoa muitas vezes coagula ao ser misturado com o de outra.

2 Incompatibilidade sanguínea no sistema ABO Landsteiner percebeu que as hemácias ou glóbulos vermelhos do sangue podem ter, ou não, aderidos em suas membranas, dois tipos de antígenos, A e B, nos quais podem existir quatro tipos de hemácias: A: apresentam apenas antígeno A; B: apresentam apenas antígeno B; AB: apresentam antígenos A e B; O: não apresentam nenhum dos dois antígenos.

3 Incompatibilidade sanguínea no sistema ABO No plasma podem existir, ou não, dois tipos de anticorpos: Anti-A e Anti-B. o indivíduo de sangue tipo A não produz anticorpos Anti-A, mas é capaz de produzir anticorpos Anti-B, uma vez que o antígeno B lhe é estranho; o indivíduo de sangue tipo B não produz anticorpos Anti-B, mas é capaz de produzir anticorpos Anti-A, uma vez que o antígeno A lhe é estranho;

4 Incompatibilidade sanguínea no sistema ABO o indivíduo AB não produz nenhum dos dois anticorpos pois os dois antígenos lhe são familiares; o indivíduo O é capaz de produzir anticorpos Anti- A e Anti-B, pois não apresenta em suas hemácias antígenos A e B.

5 Transfusão sanguínea Problema: receptor imune a algumas das proteínas dos glóbulos sanguíneos do doador. Os anticorpos do receptor podem causar a aglutinação e hemólise das células injetadas (do doador). Aglutininas: potentes anticorpos do plasma que reagem com os aglutinogênios A e B. 1907: primeira transfusão precedida de exame de compatiblidade ABO, por Reuben Ottenberg. Esse procedimento só passou a ser utilizado em larga escala a partir da Primeira Guerra Mundial ( ).

6 Grupos sanguíneos Grupo sanguíneo Aglutinogênio ou Antígeno (hemácias) Aglutinina ou Anticorpos (plasma) AAanti-B BBanti-A ABA e B Não possui O Anti-A e anti-B

7 Possibilidades de transfusão Para ocorrer a transfusão de sangue, deve haver compatibilidade entre as hemácias do doador e o plasma do receptor, isto é, o receptor não tem aglutinina contra os aglutinogênios do sangue que está recebendo. Tipo O = doador universal, não possui aglutinogênio. Tipo AB = receptor universal, não possui aglutininas no plasma.

8 Sistema Rh Quatro décadas após a descoberta do sistema de grupo sanguíneo ABO, outro fato que revolucionou a prática da medicina transfusional foi a identificação, também em humanos, do fator Rh, observado no sangue de macacos Rhesus. 85% das pessoas possuem o fator Rh nas hemácias, sendo por isso chamados de Rh+ (Rh positivos). Os 15% restantes que não o possuem são chamados de Rh- (Rh negativos).

9 Sistema Rh Um indivíduo Rh negativo só deve receber transfusão de sangue Rh negativo. Caso receba sangue Rh positivo, haverá sua sensibilização e a formação de anticorpos Anti-Rh. Eritroblastose fetal: destruição do sangue do feto Rh+, gestado por mãe Rh- (a partir da 2ª gestação).


Carregar ppt "SISTEMA ABO Antígenos: substâncias estranhas ao organismo, provocam reações de defesa. Aglutinogênio= antígenos existentes na superfície das hemácias."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google