A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNED Macaé COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO: TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS DISCIPLINA: CONTROLE AMBIENTAL AULA 11 Prof a. Maria Inês P. Ferreira,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNED Macaé COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO: TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS DISCIPLINA: CONTROLE AMBIENTAL AULA 11 Prof a. Maria Inês P. Ferreira,"— Transcrição da apresentação:

1 UNED Macaé COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO: TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS DISCIPLINA: CONTROLE AMBIENTAL AULA 11 Prof a. Maria Inês P. Ferreira, D.Sc.

2 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO A massa total de água existente no planeta é igual aproximadamente a trilhões de toneladas : 0,5% – água doce explorável do ponto de vista tecnológico e econômico, sendo que, dessa parcela, tirando a água doce de difícil acesso ou aquela já poluída, sobra para utilização direta apenas 0,003% do volume total de água do planeta. A alteração da qualidade da água agrava o problema da escassez desse recurso. 25 milhões de pessoas no mundo morrem por ano em virtude de doenças transmitidas pela água (OMS)!

3 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Usos da água e requisitos de qualidade Abastecimento humano, abastecimento industrial, irrigação, geração de energia elétrica, navegação, assimilação e transporte de poluentes, preservação da flora e fauna, aqüicultura e recreação; Outros usos e conflitos – a diluição de despejos de origem humana, industrial e agrícola degrada a qualidade da água; a criação de reservatórios gera impactos ambientais; usos consuntivos.

4 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

5 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Principais poluentes aquáticos: poluentes orgânicos biodegradáveis; poluentes orgânicos recalcitrantes ou refratários; metais; nutrientes; organismos patogênicos; sólidos em suspensão; calor; e radioatividade.

6 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Outros geradores de alteração da qualidade da água Gravidade Luz Temperatura Mecanismos bioquímicos – mecanismos químicos, mecanismos biológicos Comportamento dos poluentes no meio aquático Mecanismos físicos – diluição; Ação hidrodinâmica – processos difusivos (difusão molecular, difusão turbulenta).

7 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Parâmetros de avaliação da qualidade da água Parâmetros físicos – cor, turbidez, sabor e odor. Parâmetros químicos Oxigênio dissolvido//DBO//DQO A concentração de oxigênio dissolvido na água ocorre em função de: –características do despejo; –características do corpo de água; e –produção de oxigênio. Outros: salinidade, dureza, alcalinidade, corrosividade, ferro e manganês, impurezas orgânicas, nitrogênio e cloretos, fenóis, detergentes, agrotóxicos, radioatividade, presença de outros compostos tóxicos.

8 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Parâmetros de avaliação da qualidade da água Indicadores biológicos Algas. Microorganismos patogênicos. Dependendo da carga de poluentes, o corpo hídrico é capaz de se autodepurar!

9 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

10 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Principais fatores de interferência nos processos de mistura em reservatórios e lagos e, portanto, de formação, estabilidade e duração da estratificação: transferência de calor pela interface ar-água; mistura gerada pela movimentação das vazões de entrada e saída; e mistura provocada pela turbulência induzida pelo vento. De acordo com a produtividade biológica, os lagos são classificados em: oligotróficos; mesotróficos; e eutróficos.

11 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Eutrofização acelerada é causada pelo aporte de fósforo que provém principalmente das seguintes fontes: –esgotos domésticos; –esgotos industriais; e –fertilizantes agrícolas. Conseqüências da eutrofização: –impactos sobre o ecossistema e a qualidade da água; e –impactos sobre a utilização dos recursos hídricos. Formas de controle da eutrofização –Medidas preventivas – fontes pontuais e fontes difusas. –Medidas corretivas – aeração da camada inferior dos lagos; precipitação química do fósforo; redução da biomassa vegetal; e remoção do sedimento do fundo.

12 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

13 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

14 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

15 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO AQUÁTICO Fonte: Braga, 2005.

16 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Solo Manto superficial formado por rocha desagregada e, eventualmente, cinzas vulcânicas, em mistura com matéria orgânica em decomposição, contendo, ainda, água e ar em proporções variáveis e organismos vivos. Composição média do solo 45% de elementos minerais; 25% de ar; 25% de água; e 5% de matéria orgânica. Características ecologicamente importantes dos solos: Cor, textura (ou granulometria), porosidade, grau de acidez, espessura dos horizontes, composição e capacidade da troca de íons.

17 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Fonte: Braga, 2005.

18 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Fonte: Braga, 2005.

19 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Fonte: Braga, 2005.

20 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Principais problemas de degradação do meio terrestre Erosão –Urbana e rural. –Geológica ou lenta e acelerada. Poluição do solo –Fertilizantes sintéticos. –Defensivos agrícolas – inseticidas, fungicidas, herbicidas, rodenticidas etc. Resíduos sólidos urbanos: –resíduos classe I ou perigosos; »Resíduos biomédicos – resíduos de hospitais, clínicas, laboratórios de pesquisa e companhias farmacêuticas. »Resíduos químicos – inorgânicos, orgânicos. –resíduos classe II ou não inertes; e –resíduos classe III ou inertes. –Salinização.

21 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Controle de lançamento de resíduos: aterros sanitários Fonte: Braga, 2005.

22 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Controle de lançamento de resíduos: compostagem de lixo Fonte: Braga, 2005.

23 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE Controle de lançamento de resíduos: icineração Fonte: Braga, 2005.

24 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO TERRESTRE E no Brasil... Fonte: Braga, 2005.

25 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO ATMOSFÉRICO Fonte: Braga, 2005.

26 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO ATMOSFÉRICO Principais poluentes atmosféricos: metais; gás fluorídrico (HF); amônia (NH 3 ); gás sulfídrico (H 2 S); pesticidas e herbicidas; substâncias radioativas; calor; e som. monóxido de carbono (CO); dióxido de carbono (CO 2 ); óxidos de enxofre (SO 2 e SO 3 ); óxidos de nitrogênio (NO x ); hidrocarbonetos; oxidantes fotoquímicos; material particulado (MP); asbestos (amianto);

27 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO ATMOSFÉRICO Poluição Atmosférica Global – efeito estufa, destruição da camada de ozônio e chuva ácida. Local – smog industrial, smog fotoquímico Fonte: Braga, 2005

28 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO ATMOSFÉRICO Fonte: Braga, 2005

29 UNED Macaé POLUIÇÃO AMBIENTAL – O MEIO ATMOSFÉRICO Fonte: Braga, 2005

30 UNED Macaé POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA – efeito estufa Fonte: Braga, 2005


Carregar ppt "UNED Macaé COORDENAÇÃO DE ENSINO SUPERIOR E PESQUISA CURSO: TECNOLOGIA EM PETRÓLEO E GÁS DISCIPLINA: CONTROLE AMBIENTAL AULA 11 Prof a. Maria Inês P. Ferreira,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google