A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lívia Maria Villela de Mello Motta Cogeae/PUC SP e Grupo Terra

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lívia Maria Villela de Mello Motta Cogeae/PUC SP e Grupo Terra"— Transcrição da apresentação:

1 Lívia Maria Villela de Mello Motta Cogeae/PUC SP e Grupo Terra
A IMPORTÂNCIA DA AUDIODESCRIÇÃO PARA A INCLUSÃO SOCIAL E CULTURAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL Lívia Maria Villela de Mello Motta Cogeae/PUC SP e Grupo Terra

2 Agenda Quem sou eu e a minha relação com a deficiência visual
Audiodescrição – o que é Histórico Instrumento de inclusão social e cultural Audiodescrição nos games

3 Audiodescrição – o que é
Audiodescrição é a arte de transformar imagens em palavras o que abre uma janela para o mundo para as pessoas com deficiência visual.

4 descrição Audiodescrição – o que é
É a arte de transformar aquilo que é visto no que é ouvido. É o visual transformado em verbal.

5 Audiodescrição – o que é
É a descrição de cenários, roupas, expressão facial, linguagem corporal, entrada e saída de personagens, utilizada em televisão, filmes, peças de teatro, museus e exposições, games para dar informação a pessoas cegas ou com baixa visão, permitindo que essas pessoas entendam verdadeiramente o que assistem.

6 Formação crítica e cidadã do indivíduo com deficiência visual
Audiodescrição – benefícios para pessoas com deficiência visual Acesso à informação e à cultura; Entendimento maior dos programas de tv, filmes e peças de teatro, exposições e mostras, games; Independência e autonomia. Instrumento de inclusão Formação crítica e cidadã do indivíduo com deficiência visual

7 Audiodescrição – benefícios para outras pessoas
mais compreensão também para idosos, pessoas com dificuldade de entendimento, com algum déficit cognitivo, disléxicos; mais compreensão para pessoas que querem fazer outras tarefas enquanto assistem a filmes ou programas (tricotar, cozinhar, passar, ler o jornal).

8 Audiodescrição – benefícios para quem descreve
desenvolvimento da observação, objetividade, poder de síntese, fluência verbal e da linguagem; oportunidade de trabalho.

9 Audiodescrição – histórico US
audiodescrição – benefícios para quem descreve Início em 1981 no Arena Stage Theater, US Margaret e Cody Pfanstiehl Fundaram um serviço de áudio-descrição que promoveu a descrição de peças de teatro e até o final dos anos 80, mas de 50 casas de espetáculo já tinham em sua programação algumas apresentações com descrição.

10 Audiodescrição – histórico UK
audiodescrição – benefícios para quem descreve Anos 80, em um pequeno teatro chamado Robin Hood, em Nottingham, as primeiras peças foram narradas. Norman King, ficou tão impressionado com os benefícios das descrições, que incentivou a Companhia de Teatro Real de Windsor a introduzir esse serviço em uma abrangência maior. Hoje, há 40 teatros no Reino Unido que oferecem serviços de audiodescrição, sendo o país líder nesse setor, seguido pela França, com 5 teatros.

11 Audiodescrição – histórico Brasil
audiodescrição – benefícios para quem descreve Porto Alegre – Clube do Silêncio Salvador – UFBA Recife - UFPE Instituições promovem sessões de cinema narrado Novela América – pessoas com deficiência visual enviaram carta aberta à Rede Globo Decreto Federal 5296/2004 estabeleceu a obrigatoriedade das televisões brasileiras implantarem a audiodescrição em sua programação Teatro Vivo – 1a peça comercial com audiodescrição no Brasil

12 Audiodescrição – audiogames
audiodescrição – benefícios para quem descreve Video games transformados em audiogames – programas ledores de tela e audiodescrição que transformam a ação em palavras. Instrumento de inclusão social e cultural, além de contribuir para a orientação espacial das pessoas com deficiência visual.


Carregar ppt "Lívia Maria Villela de Mello Motta Cogeae/PUC SP e Grupo Terra"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google