A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Genes nas Populações II 1.Estimativas de freqüências alélicas : genes co-dominantes Exemplo 1 Com o emprego dos soros anti-M e anti-N foram determinados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Genes nas Populações II 1.Estimativas de freqüências alélicas : genes co-dominantes Exemplo 1 Com o emprego dos soros anti-M e anti-N foram determinados."— Transcrição da apresentação:

1 Genes nas Populações II 1.Estimativas de freqüências alélicas : genes co-dominantes Exemplo 1 Com o emprego dos soros anti-M e anti-N foram determinados os grupos sangüíneos M, MN e N de uma amostra aleatória de 100 indivíduos de uma população, encontrando-se os seguintes valores: M=30%, MN=50% e N=20%

2 SOLUÇÃO a) Quais as freqüências dos alelos M e N dessa amostra? MM MN NN TOTAL , alelosdetotalNº MalelosdeNº p

3 Cont. Outra maneira equivalente

4 b) A amostra está em equilíbrio de Hardy-Weinberg com relação aos grupos sangüíneos M, MN e N?

5 c) Qual o percentual de casais heterozigotos MN x MN que devemos esperar na população representada pela amostra? MN = 2pq = 2(0,55)(0,45) = 0,4950 MN x MN = 0,495 x 0,495 = 0,2450 Resposta: 24,50%

6 2. Estimativas de freqüência alélicas : genes dominantes e recessivos Exemplo 2 Calcular a porcentagem de indivíduos heterozigotos (2pq), em uma população humana de casamentos ao acaso, onde a freqüência do fenótipo recessivo é de 0,09. A_ aaTotal p 2 +2pq q 2 1,00 0,910,09 1,00 f(a)=q, f(A)=p; q 2 =0,09; q=0,3 e p=0,7 H=2pq=2(0,7)(0,3)=0,42 Resposta: 42%

7 3.Estimativas de freqüências com alelos múltiplos (co-dominantes) Alelos múltiplos: conjunto de mais de dois alelos que podem ocupar um loco. Considere uma grande população humana de casamento ao acaso com 3 alelos, A 1, A 2 e A 3 e freqüências p, q e r.

8 3.Estimativas de freqüências com alelos múltiplos co-dominantes (cont.) As freqüências genotípicas na geração seguinte: A 1 A 1 A 2 A 2 A 3 A 3 A 1 A 2 A 1 A 3 A 2 A 3 p 2 q 2 r 2 2pq 2pr 2qr É equivalente a: (pA 1 + qA 2 + rA 3 ) 2

9 FÓRMULA DO QUI-QUADRADO Possui um único parâmetro que é o grau de liberdade. Para fins práticos ele é definido como um número de classes fenotípicas menos o número de alelos. Por exemplo, no grupo sangüíneo MN, temos 3 classes fenotípicas e 2 alelos, portanto o g.l é igual a 1.

10 CONSANGÜINIDADE É o acasalamento de indivíduos com parentesco genético. O efeito da consangüinidade é aumentar a porcentagem de indivíduos com doenças genéticas recessivas.

11 COEFICIENTE DE PARENTESCO O coeficiente de parentesco genético entre dois indivíduos é uma medida da correlação genética entre eles, sendo simbolizado pela letra r. Na realidade expressa a probabilidade de dois indivíduos terem genes idênticos, herdados de ancestrais comuns.

12 FÓRMULA DE CÁLCULO A indicação do cálculo do coeficiente de parentesco pode ser resumida pela fórmula, onde N é o número de gerações (passos genéticos) que unem dois parentes genéticos a um ancestral comum.

13 COEFICIENTE DE ENDOGAMIA É a probabilidade de um indivíduo ser autozigoto de um gene qualquer presente em seus ancestrais comuns. É simbolizado por F.

14 GRATO PELA PACIÊNCIA


Carregar ppt "Genes nas Populações II 1.Estimativas de freqüências alélicas : genes co-dominantes Exemplo 1 Com o emprego dos soros anti-M e anti-N foram determinados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google