A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oficina de Trabalho Capacitação de Supervisores em Habilidades de Gestão/Supervisão Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oficina de Trabalho Capacitação de Supervisores em Habilidades de Gestão/Supervisão Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 Oficina de Trabalho Capacitação de Supervisores em Habilidades de Gestão/Supervisão Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

4 Objetivos da Oficina Conscientizar os supervisores sobre o processo de mudança que representa o GestaRH como instrumento de intervenção na busca de resultados e de melhoria contínua na gestão e desenvolvimento de recursos humanos do UNIFEMM. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

5 Objetivos da Oficina Apresentar e discutir as habilidades necessárias para que supervisores possam exercer, adequadamente, o papel de avaliadores. Comunicação Relacionamento Interpessoal Negociação e Gestão de Conflitos Retro alimentação (Feedback) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

6 Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

7 Processo de Mudança (PM) Está intimamente relacionado com a percepção que cada indivíduo tem sobre a realidade. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

8 Percepção É a maneira como cada um de nós interpreta determinada situação e a partir disso se relaciona com o grupo e com o mundo. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

9 Fatores que Influenciam na Percepção Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas EXPERIÊNCIAS VIVIDAS ASSIMILAÇÃO PROJEÇÃO SITUAÇÃO INTERIOR EXPECTATIVA INFLUÊNCIA DO GRUPO CARISMA / PRECONCEITO

10 Exemplos Exemplos Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

11 O círculo central do lado esquerdo é maior do que o círculo do lado direito? Não, eles são iguais !!! Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

12 Quantas cores você vê? Há somentes 3 cores: branco, verde e rosa. Parece haver dois tons diferentes de rosa, mas há apenas um Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

13 Você vê três rostos? Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

14 O que é mudar? Tornar diferente do que era (Minidicionário de Aurélio Buarque de Holanda) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

15 Como ocorre o processo de mudança? Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

16 O PM é uma abordagem de aprendizagem coletiva que contempla o axioma: a organização só se desenvolve se as pessoas se desenvolverem e vice-versa. A medida que as pessoas, individualmente, se desenvolvem, todo o resto evolui, porque estamos tratando com entidades vivas que interagem, ou seja: as pessoas, os grupos e a instituição como organismo maior. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

17 As mudanças impactam vários aspectos de uma instituição, tais como cultura e métodos de trabalho, tecnologias e formas como as pessoas interagem entre si e nos processos sobre os quais passarão a atuar. Embora a instituição mude (processos diferentes), as pessoas tem que mudar também, até porque são elas que na prática operacionalizam as mudanças. Para tal, é simplesmente fundamental que elas queiram realizar a mudança. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

18 O desafio mais importante e crítico em um PM é conseguir o comprometimento das pessoas para com os resultados a serem atingidos e que consigam se sentir parte do processo. Isto envolve diretamente aspectos de motivação das pessoas, que por sua vez costumam ser influenciados pelos valores da instituição. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

19 18 PROCESSO DE MUDANÇA Comportamento GrupalComportamento Individual Atitude (Forma de Pensar) Conhecimento Tempo Grau de dificuldade Participativo Impositivo M o t i v a ç ã o

20 Habilidades Necessárias para Gestão e Supervisão Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

21 Comunicação Comunicação Relacionamento Interpessoal Negociação Retro alimentação (Feedback) Retro alimentação (Feedback) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

22 Comunicação Procurar entender e se fazer entendido, emitindo, transmitindo e recebendo mensagens, dados e informações. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

23 Relacionamento Interpessoal Agir de forma cooperativa e interagir com a equipe de trabalho de maneira adequada e produtiva. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

24 Negociação Criar situações que propiciem o entendimento, com a finalidade de estabelecer planos de trabalho e metas em função do que é prioritário. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

25 Retro alimentação (feedback) Dar e receber informações criando um ambiente favorável ao trabalho e ao alcance de metas e resultados. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

26 Comunicação Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

27 Comunicação É a transmissão de estímulos e respostas provocadas, através de um sistema completo ou parcialmente compartilhado. É todo o processo de transmissão e de troca de mensagens entre seres humanos. Ferramentas Ferramentas Verbal (palavras) Não verbal (gestos, posturas, etc.) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

28 Comunicação Verbal As dificuldades de comunicação ocorrem quando as palavras têm graus distintos de abstração e variedade de sentido. O significado das palavras não está nelas mesmas, mas nas pessoas (no repertório de cada um e que lhe permite decifrar e interpretar as palavras) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

29 Comunicação Não Verbal As pessoas não se comunicam apenas por palavras. São os elementos não verbais da comunicação. Expressão Facial Movimento dos Olhos Movimentos da Cabeça Postura e Movimentos do Corpo Entonação (qualidade e velocidade e ritmo da voz) Aparência da Pessoa Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

30 EMISSOR RECEPTOR Falta Clareza Excesso de Informação Uso de Termos Técnicos Rapidez Falta Atenção Não Ouvir Entendimento Problemas no Processo de Comunicação MENSAGEM Problemas Técnicos, Ruídos Externos, Falar Alto ou BaixoFEEDBACK

31 . Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Certifique-se se a informação é correta Decida quem deve receber a informação Escolha o melhor método de comunicação Determine quem deve passar a informação Verifique se a informação foi recebida e compreendida Acompanhe para verificar que atitudes foram tomadas Fornecimento de Informações

32 Como Comunicar-se Habilidade de Ouvir Habilidade de Ouvir Disposição para ouvir a mensagem inteira e compreender o conteúdo, colocando-se no lugar do outro (Empatia) Verificar a mensagem recebida Retro alimentar (dar feedback) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

33 Habilidade de Falar Habilidade de Falar Usar LINGUAGEM apropriada Usar LINGUAGEM apropriada Fornecer informações CLARAS e PRECISAS Fornecer informações CLARAS e PRECISAS Evitar interferências e interrupções Evitar interferências e interrupções Evitar dispersão Evitar dispersão Usar CANAIS MÚLTIPLOS para atingir o ouvinte Usar CANAIS MÚLTIPLOS para atingir o ouvinte Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Como Comunicar-se

34 Para que se Comunicar? Dar e receber informações Dar e receber informações Esclarecer responsabilidades Esclarecer responsabilidades Implantar procedimentos e normas Implantar procedimentos e normas Clarear e explicitar objetivos Clarear e explicitar objetivos Auxiliar na tomada de decisões Auxiliar na tomada de decisões Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

35 Para que se Comunicar? Interagir com as Pessoas Interagir com as Pessoas Formar redes de informação (áreas e Formar redes de informação (áreas e parcerias) parcerias) Compartilhar responsabilidade, propósito e Compartilhar responsabilidade, propósito e ação ação Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

36 Para que se Comunicar? Motivar as pessoas Obter cooperação (na equipe) Estabelecer compromissos com os objetivos da organização Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

37 Motivação e Liderança Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

38 Todos nós somos um templo, onde abrigamos nossos sentimentos, desejos, emoções, vivências, realidades, experiências, contatos, realizações, ansiedades, frustrações, alegrias e tristezas, sucessos e fracassos, acolhidas e recusas, enfim, nós mesmos. Viver é uma experiência. Estar motivado é um desafio! Estar motivado é um desafio! Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

39 Ninguém motiva ninguém. Motivação é um processo interno que necessita de metas e de objetivos a serem alcançados. A motivação é um dos aspectos mais discutidos e menos compreendidos no trabalho. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Importância da Motivação

40 O que fazer ? Compreender o que é motivação Buscar ou criar ambientes motivadores ou situações motivadoras Criar desafios, estimular habilidades e atitudes desejáveis. Exercer uma liderança efetiva Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

41 Apresentação do Vídeo (18 minutos) Clássicos da Motivação Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

42 O Vídeo Classicos da Motivação apresenta cinco teorias clássicas de motivação: As teorias X, Y e Z - Douglas McGregor A Hierarquia das Necessidades - A. Maslow Os Fatores de Hiegene e Motivação – F. Herzberg Os Perfis de Motivação – David McClelland O Reforço do Comportamento – B.F. Skinners Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

43 Os Modelos apresentados no vídeo em Clássicos da Motivação destacam que: As pessoas são motivadas por um conjunto complexo de fatores inter-relacionados, tais como: Dinheiro Necessidade de segurança Auto-estima Realização de um trabalho significativo etc. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

44 Os fatores que motivam uma pessoa podem não motivar outra. Motivação é a força que provoca uma ação que busca o atendimento do desejo das pessoas para atingir algum objetivo independente de sua natureza. Portanto motivação é um comportamento voltado para metas. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

45 Exercício 1.Cada participante deverá elaborar uma lista das recompensas e penalidades utilizadas na instituição. Tempo: 5 minutos 2.Os participantes deverão formar grupos pessoas e discutir o conteúdo da lista elaborada por cada um. Tempo: 15 minutos Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

46 3.Com base nas discussões cada grupo deverá registrar numa folha de flipchart os resultados e apresenta-los em plenária. Tempo: 5 minutos 4. Com base nos resultados apresentados será feita uma discussão em plenária de como recompensas e penalidades se relacionam com as necessidades descritas nas teorias classicas de motivação. Tempo: 5 minutos para cada grupo Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

47 Liderança no trabalho Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

48 SER LÍDER É... Função de administração que envolve os esforços para estimular o alto desempenho por parte dos seus Colaboradores. Ser líder significa ser alguém que influencia os outros a atingirem as m etas Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

49 Ser Supervisor é Ser Um Líder Envolve os esforços para estimular o desempenho. Influenciar os outros a atingir as metas e resultados esperados. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

50 Ciclo da Liderança Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Planejar Objetivos Executar Desempenho Avaliar Desvios Dar Retorno Coletar Informações Estudar Melhorar Sempre

51 Antigo e Novo Paradigma de Liderança Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas AntigoNovo Separação entre líderes e liderados Sentimento de superioridade do líder Estilos autocrático, laissez-faire ou burocrático de liderança Visão superficial dos objetivos de vida e do trabalho Visão imediata e reducionista aos objetivos imediatos Conflito: procura de culpas Ênfase em personalidades autoritárias ou obedientes e disciplinadas Integração entre líderes e liderados Sentimento sincero de igualdade entre lideres e liderados Estilo participativo de liderança Conscientização no sentido profundo da existência e do trabalho Visão holística, abrangente e inclusiva: homem sociedade e natureza Conflito: procura de causas, oportunidade de aprender e dialogar Ênfase em personalidades harmoniosas, porém firmes e lúcidas

52 LIDERANÇA Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

53 Relacionamento Interpessoal Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

54 Iceberg Organizacional Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Pessoas Equipamentos Móveis Controles Estrutura Física Motivação Percepção Sentimentos Interesses

55 Diferenças Individuais Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas INATAS Etnia Sexo Constituição Física ADQUIRIDAS Família Escola Alimentação Situação Econômica

56 Características principais do comportamento humano Proatividade e sociabilidade; Motivações e necessidades diferentes; Capacidade de percepção e avaliação; Capacidade de pensar e escolher; e Capacidade limitada de resposta. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

57 Qual é a principal diferença entre o homem e o animal? Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

58 . Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas INTELIGÊNCIA VONTADE SER HUMANO

59 Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas INSTINTO VONTADE O ANIMAL

60 A principal diferença é que: Só o homem é capaz de pensar o futuro ! Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

61 Diferenças entre as gerações Diferenças entre as gerações Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

62 VÍDEO: DIFERENÇAS DE VALORES E CULTURAS ENTRE GERAÇÕES (24 minutos) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

63 Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Gerações Nascimento Veteranos Baby Boomers Relação com Autoridades Respeito pela autoridade e sistema hierárquico. Senioridade e cargos são respeitados Desafia autoridade. Gosta de Sistema horizontal e democrático Relação com a organização Leal a organização Cumpre seus compromissos. Escala a hierarquia corporativa Carreira = a oportunidade Leal á equipe Vive para o trabalho Carreira = mérito próprio Deseja segurança no trabalho Relação com colegas Formal Diante de um conflito a autoridade é determinante Relacionamentos pessoais Evita conflitos Estilo de Trabalho Trabalha duro Enfoque no processo e nas regras Quebra regras Trabalho em equipe Foco nas pessoas e não nos números Estilo de Gestão Comanda e controla Demanda respeito Participativo Decisão por consenso

64 Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Gerações Nascimento Geração X Geração Y 1980 – 2000 Relação com Autoridades Não se deixa impressionar pela autoridade Competências e habilidades mais respeitadas do que a idade Respeito pela autoridade que demonstrar competência. Ensina superiores a usar a tecnologia Relação com a organização Leal ao Chefe Trabalha para viver Carreira = uma parte dele Espera que a org. faça algo por ele Leal aos colegas Trabalha para contribuir Carreira = oportunidade para agregar valor. Relação com colegasColegas são amigos Solução de conflitos por meio de diálogo Relacionamento casual e social Gosta de debater e desafiar o outro para obter compromisso Estilo de TrabalhoEnfocado em resultados Muda as regras Trabalha com autonomia Foco nas soluções mais rápidas usando tecnologia Estilo de trabalho fluido Estilo de GestãoJusto, objetivo Flexível Honesto Personalista Diz o que pensa

65 Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

66 GESTÃO DE CONFLITOS E NEGOCIAÇÃO Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

67 Impasse Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

68 O que é um impasse? Situação embaraçosa da qual é difícil sair bem; beco sem saída. (Dicionário Michaelis) O impasse ocorre quando as partes não abrem mão de suas posições, não cedem ou não compõe uma solução para suas divergências; Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

69 Ao se deparar com um impasse, analise: O que impede o consenso? sentimentos não reconhecidos interesses, necessidades, desejos e preocupações não contemplados. O que a outra parte ganha com o impasse? tempo aumento de poder tentativa de pressão para satisfazer seus interesses Um impasse não solucionado evolui, na maiorias das vezes, para um conflito. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

70 Gestão de Conflitos Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

71 O que é conflito? Conflitos são positivos os negativos? Identifique aspectos positivos e nagativos do conflito. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

72 Gênese do Conflito Inícia-se como um desentendimento Pode se transformar em controvérsia Resultando numa disputa Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

73 CONFLITO É o processo que começa quando uma parte percebe que a outra parte frustrou ou vai frustrar seus interesses. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

74 CONFLITO Desacordo ou desentendimento entre pessoas ou grupos, provocado por falha na comunicação, opiniões divergentes, interesses antagônicos, pressão temporal, expectativas diferentes, problemas pessoais etc. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

75 Transição nas Visões de Conflitos Visão tradicional Todo conflito é ruim e deve ser evitado. É causado por falhas na administração da instituição ou por provocadores do problema. Desagrega a organização e impede o bom desempenho. Administra e eliminar o conflito. O desempenho organizacional ótimo requer a eliminação total do conflito. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

76 Transição nas Visões de Conflitos Visão atual: O conflito é inevitável O conflito surge de muitas causas: estrutura organizacional, diferenças de objetivos, diferenças de percepções e valores, disputa pelo poder, falhas na comunicação, problemas de relacionamento, etc. O conflito contribui para o desenvolvimento da organização. O trabalho do gerente é administrar o conflito e buscar soluções para conseguir um desempenho ótimo da organização. O desempenho organizacional ótimo requer um nível de conflito moderado Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

77 Exemplo: A diz algo a B rispidamente por que está assoberbado e tenso. B se ofende, mas não replica. Não ocorre a A pedir desculpas a B, que por sua vez não diz que está humilhado. B, irritado com a falta do pedido de desculpas, começa a boicotar A, que não entende o que está se passando, mas ao mesmo tempo acha que pode se apenas impressão sua. Resultado: Ressentimentos cada vez maiores em ambos os indivíduos, até desaguar em um esfriamento na comunicação entre A e B, podendo chegar a um rompimento definitivo. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

78 Níveis de Conflito Percebido - Percebido - é o chamado conflito latente em que as partes percebem existir potencialmente. Experienciado - é o conflito velado, ou dissimulado, os sentimentos de hostilidade, raiva, medo e descrédito existem, mas não são manifestados externamente. Manifesto - é o conflito aberto, expresso e manifestado pelo comportamento, que é a interferência ativa ou passiva por pelo menos uma das partes. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

79 Tipos de Conflito Conflito de Tarefa: relaciona-se ao conteúdo e aos objetivos do trabalho. Conflito de processo: representa a maneira como o trabalho é realizado. Conflito de relacionamento: envolve as relações interpessoais propriamente ditas. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

80 CAUSAS DE CONFLITO NAS ORGANIZAÇÕES Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas CONFLITO Deficiência de Liderança e Supervisão Imaturidade Profissional Inabilidade de Relacionamento Interpessoal Omissão dos Gerentes na Administração de Conflitos Disputa de Prestígio ou Poderr Problemas na Estrutura Organizacional Resistência a Mudanças Falta de Visão Sistêmica

81 Processo de Formação do Conflito Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Estágio I Condições antecedentes ou favoráveis à ocorrência do conflito Estágio II O conflito é percebido (condição desencadeante) Estágio III: Comportamento de conflito (omissão x ação) Estágio V Resultados construtivos ou positivos Estágio IV: Resolução (fim do episódio )

82 Resultados Construtivos do Conflito Estimula o interesse e a curiosidade Aumenta a coesão grupal Aumenta a motivação para a tarefa Desperta a atenção para problemas Testa e reduz diferenças de poder Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

83 Resultados Destrutivos do Conflito Provoca frustração, hostilidade a ansiedade; Cria pressão para a conformidade das pessoas; Provoca dispersão de energia; Produz ações de bloqueio e recusa em cooperar; Gera distorções perceptivas. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

84 Administrando Conflitos Procure soluções, não culpados Coloque-se no lugar do outro Entenda o problema Qual é realmente o problema? Quem está envolvido? O que aconteceu? Desde quando vem ocorrendo? Por que ocorreu o conflito? Poderia ter sido evitado? Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

85 Administrando Conflitos Argumente Mantenha um clima de respeito. Evite ironia, sarcasmo ou agressividade Fique atento à comunicação não verbal Procure esclarecer o que não entendeu Busque soluções Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

86 Estilo mais Adequado de Conduta A conduta depende das situação A sabedoria popular reconhece que: Duas cabeças pensam melhor do que uma- PADRÃO COLABORAR Junte-se ao inimigo PADRÃO ACOMODAR Caminho do meio PADRÃO NEGOCIAR Deixe como está PADRÃO EVITAR Mostre a sua força e garanta a sua posição PADRÃO COMPETIR Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

87 Minimizando conflitos com os subordinados Descubra as metas pessoais e profissionais de seus subordinados. Descubra as metas pessoais e profissionais de seus subordinados. Esclareça suas expectativas para seus subordinados. Esclareça suas expectativas para seus subordinados. Defina parâmetros de controle. Defina parâmetros de controle. Use erros como oportunidade de treinamento. Use erros como oportunidade de treinamento. Dê feedback positivo. Dê feedback positivo. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

88 Minimizando conflitos com os superiores Coloque-se no lugar dele. Coloque-se no lugar dele. Analise os seus padrões de pensamento. Analise os seus padrões de pensamento. Não leve problemas para ele, leve soluções. Não leve problemas para ele, leve soluções. Mantenha-o informado, tanto sobre o que você fez quanto sobre o que planeja fazer. Mantenha-o informado, tanto sobre o que você fez quanto sobre o que planeja fazer. Ouça e observe. Ouça e observe. Consulte-o sobre política e critérios. Consulte-o sobre política e critérios. Não aja como rolo compressor Não aja como rolo compressor Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

89 Minimizando conflitos com os pares Ajude seus colegas a encontrarem suas metas pessoais e profissionais. Ajude seus colegas a encontrarem suas metas pessoais e profissionais. Estabeleça um ambiente de cooperação. Estabeleça um ambiente de cooperação. Quando precisar de ajuda, avise antecipadamente. Quando precisar de ajuda, avise antecipadamente. Cultive canais informais de comunicação. Cultive canais informais de comunicação. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

90 NEGOCIAÇÃO Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

91 Negociação Negociar faz parte do nosso dia-a-dia. Ocorre nos mais diversos planos da vida de um indivíduo, a nível pessoal, econômico, social e organizacional. Trata-se do processo através do qual as partes tentam alcançar uma decisão conjunta sobre determinado assunto. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

92 Saber negociar está entre as habilidades mais importantes para uma pessoa. A todo o momento estamos negociando, seja na vida profissional, seja na vida particular. Parte considerável do que obteremos da vida está profundamente relacionado à maneira como negociamos Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

93 Etapas do Processo de Negociação Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas Preparação e Planejamento Definição de Regras Básicas Esclarecimentos e Justificativas Conclusão e Implementação Barganha e Solução de Problemas

94 EXERCÍCIO DE NEGOCIAÇÃO DE METAS Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

95 Retroalimentação (Feedback) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

96 Dar e receber feedback Ouvir atentamente Verifique se o que pediu foi de fato compreendido Mostre respeito às opiniões e ideias dos subordinados Analise as palavras e o contexto do que é dito peo subordinado Leia nas entrelinhas Faça uma revisão sumarizada dos principais pontos do diálogo Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

97 Obstáculos a superar O avaliador que devaneia (concentre-se no que está sendo dito) O avaliador que desliga (esforce-se para concentra-se no que está sendo dito) O avaliador que disfarça (não finja que ouve por meio de encenação) O avaliador detalhista ( focalize nas ideias principais) O avaliador preconceituoso (não generalizar como verdades idéias pré-concebidas, hábitos e costumes) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

98 Empatia no lugar de simpatia Empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro. Neste sentido é necessário: Compreender e respeitar os sentimentos do avaliado Permanecer neutro com uma atitude não depreciativa Manter a porta aberta ao diálogo pra proceder as intervenções julgadas oportuna. Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

99 Obstáculos a superar O avaliador distraído (evite ambientes com ruídos capazes de desviar a atenção do diálogo) O avaliador ganha-perde (evite duelos com os subordinados) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

100 Exibição do DVD A Janela de Johari (10 minutos) Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

101 Exercício 1.Os participantes serão divididos em grupos 2.Identificar um porta voz para o grupo Levando em consideração o que foi apresentado discutir as seguintes questões: Como podemos dar feedback a uma pessoa sem que ela se ponha na defensiva? Quais são as atitudes que devemos assumir para que os outros nos dêem fedback? Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas

102 AVALIAÇÃO DA OFICINA Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas


Carregar ppt "Oficina de Trabalho Capacitação de Supervisores em Habilidades de Gestão/Supervisão Programa de Gestão do Desenvolvimento Institucional e de Pessoas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google