A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Geopolítica Antonio Neto Lima Bonfim. Trajetória histórica Pré-história Idade Antiga Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea História Atual (Atualidades)

Cópias: 1
Geopolítica Antonio Neto Lima Bonfim. Trajetória histórica Pré-história Idade Antiga Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea História Atual (Atualidades)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Geopolítica Antonio Neto Lima Bonfim. Trajetória histórica Pré-história Idade Antiga Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea História Atual (Atualidades)"— Transcrição da apresentação:

1 geopolítica Antonio Neto Lima Bonfim

2 Trajetória histórica Pré-história Idade Antiga Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea História Atual (Atualidades)

3 Idade Contemporânea Era das Revoluções Revolução Industrial Revolução Americana Revolução Francesa Imperialismo

4

5 Um breve relato do Século XX As transformações mundiais do início do século XX

6 PARA PENSAR O HOMEM OCIOSO É COMO ÁGUA PARADA: CORROMPE-SE Látena

7 POTÊNCIAS MUNDIAIS INÍCIO DO SÉCULO( ) INGLATERRA FRANÇA ALEMANHA ESTADOS UNIDOS JAPÃO

8 CAUSAS DA PRIMEIRA GUERRA PARTILHA DA ÁFRICA E ÁSIA CHOQUE DE INTERESSES (espaço vital) Alemães, Franceses, Britânicos... CORRIDA ARMAMENTISTA CONCORRÊNCIA COMERCIAL NACIONALISMOS Sérvios... e mataram o príncipe...

9 ... escalação dos times: TRÍPLICE ALIANÇA ALEMANHA ITÁLIA AUSTRIA- HUNGRIA TRÍPLICE ENTENTE REINO UNIDO RÚSSIA FRANÇA

10

11 mãe de todas as guerras ENTENTE versus ALIANÇA GUERRA DE TRINCHEIRAS ARMAS MODERNAS AVIÕES, TANQUES, SUBMARINOS... SAÍDA DA RÚSSIA ENTRADA DOS EUA 14,5 milhões de mortos

12

13 FIM DA PRIMEIRA GUERRA IMPÉRIO TURCO-OTOMANO ( Turquia) IMPÉRIO ÁUSTRO-HUNGARO (esfacelou) NOVO MAPA EUROPEU ÁUSTRIA, HUNGRIA POLÔNIA, IUGOSLÁVIA TCHECOSLOVÁQUIA PAÍSES BÁLTICOS Lituânia, Letônia e Estônia

14

15 Um novo mundo, mas... Até quando?

16 ...e a Alemanha, o que teria para perder?

17 ...e a Alemanha perdeu: TRATADO DE VERSALHES ALSÁCIA-LORENA DESMILITARIZAÇÃO DO RENO MINAS DE CARVÃO (SARRE) COLÔNIAS ALEMÃS (África e Ásia) EXÉRCITO DE HOMENS INDENIZAÇÃO ($ 269 MILHÕES)

18 (UEFS 2009) Segundo o historiador Ken Hills, a vida nas trincheiras era horrível. Quando chovia, o que é comum na região, os túneis inundavam. E os soldados tinham de lutar, comer e dormir por semanas com os uniformes encharcados. Havia lama por todos os lados, às vezes atingindo até o peito dos homens. Eles não podiam se manter aquecidos, e as doenças se espalhavam, matando milhares de pessoas diariamente. Para completar, os vivos sofriam com os piolhos, enquanto os ratos se alimentavam dos cadáveres. As trincheiras protegiam as tropas contra os tiros de rifles e metralhadoras, mas eram pouco eficazes contra projéteis de artilharia. Durante os ataques, os feridos ficavam no campo de batalha até a noite, quando as patrulhas de resgate podiam procurá-los com menos perigo. Para muitos, já era tarde demais.

19 O trecho retrata o dia-a-dia dos soldados durante A) a Primeira Guerra Mundial, quando a guerra de trincheira imobilizou o exército da Tríplice Entente e da Tríplice Aliança, causando o esgotamento econômico, físico e moral dos países envolvidos no conflito. B) a Segunda Guerra Mundial, quando o cerco nazista sobre a cidade de Stalingrado forçou a rendição soviética e o domínio absoluto da Alemanha sobre toda a Europa e Ásia, até a entrada dos Estados Unidos no conflito. C) a Guerra da Coreia, quando a resistência dos norte-coreanos provocou a expulsão dos norte-americanos da Coreia, que se unificou politicamente em bases socialistas. D) as guerras napoleônicas, quando os soldados franceses, encurralados pelas tropas russas e sofrendo com o rigoroso inverno, fora derrotado, provocando a rendição da França. E) as guerras religiosas no Sacro Império Romano Germânico, quando as tropas da nobreza alemã foram derrotadas pelo exército real aliado de Martinho Lutero, possibilitando a unificação política da Alemanha.

20 ...enquanto isso, na Rússia... I believe in a better world! a eterna busca por uma sociedade ideal

21 SOCIALISMO, qual deles? UTÓPICO Saint-Simon, Fourier, Robert Owen CIENTÍFICO Marx e Engels REAL Stalin, Mao Tsé-tung, Fidel ( o possível)

22

23 REVOLUÇÃO RUSSA 1917 FOME, MISÉRIA E DESEMPREGO RÚSSIA NA PRIMEIRA GUERRA NICOLAU II (CZAR) BOLCHEVIQUES x MENCHEVIQUES GUERRA CIVIL ESTADO OPERÁRIO E DEMOCRÁTICO LÊNIN (URSS)

24 SOCIALISMO REAL ANTAGONISMO ASCENSÃO DE STALIN AUTORITARISMO PERSEGUIÇÕES POLÍTICAS FORTE INDUSTRIALIZAÇÃO INDÚSTRIA DE BASE ECONOMIA PLANIFICADA

25 CAPITALISMO, um sistema produtor de miséria? CONTRADIÇÕES ABUNDÂNCIA DE PRODUTOS MISÉRIA CRISE DE 1929 FASCISMO NAZISMO MODELO SOCIALISTA

26 Vamos explicar um pouco sobre doutrinas econômicas

27

28 CRISE DE 1929 CONSEQUÊNCIAS NACIONALISMO ECONÔMICO INDÚSTRIA BÉLICA FIM DO LIBERALISMO KEYNESIANISMO ESTADO DO BEM-ESTAR SOCIAL WELLFARE STATE ASCENSÃO DA URSS NAZIFASCISMO

29 LIBERALISMO CLÁSSICO ADAM SMITH, DAVID RICARDO MERCADO O TODO PODEROSO ESTADO: GARANTIDOR DA LIVRE INICIATIVA LEI DA OFERTA E PROCURA CRISE DE 1929

30 KEYNESIANISMO JOHN MAYNARD KEYNES INTERVENTOR NA ECONOMIA EMPREGADOR DISTRIBUIDOR DE RIQUEZAS ASSISTENCIALISTA ESTADO DO BEM-ESTAR SOCIAL WELFARE STATE

31 NEOLIBERALISMO M. TATCHER (INGLATERRA -1979) RONALD REAGAN (EUA ) CONSENSO DE WASHINGTON (1989) MEDIDAS PRIVATIZAÇÕES ABERTURA ECONÔMICA DESREGULAMENTAÇÃO FINANCEIRA E TRABALHISTA

32 Neoliberalismo: Efeitos colaterais...

33 NEOLIBERALISMO DESEMPREGO MISÉRIA VIOLÊNCIA SENTIMENTO ANTI-GLOBALIZAÇÃO AMÉRICA LATINA GUINADA À ESQUERDA BRASIL, ARGENTINA, CHILE, VENEZUELA, BOLÍVIA, EQUADOR, URUGUAI, NICARÁGUA, PARAGUAI...

34 CRISE DE 1929 CONSEQUÊNCIAS BRASIL DECADÊNCIA DO MODELO AGROEXPORTADOR ASCENSÃO DE VARGAS (1930) ESTADO NOVO INDÚSTRIA DE BASE URBANIZAÇÃO

35 GÊNESE DA SEGUNDA GUERRA HITLER (ALEMANHA) MUSSOLINI (ITÁLIA) HIROITO (JAPÃO) EIXO BERLIM-ROMA-TÓQUIO EXPANSIONISMO ALEMÃO ESPAÇO VITAL LIGA DAS NAÇÕES

36 EXPANSIONISMO ALEMÃO

37 PRECEDENTES ALEMANHA ÁUSTRIA (03/1938) SUDETOS (10/1938) TCHECOSLOVÁQUIA (03/1939) APAZIGUAMENTO JAPÃO MANCHÚRIA (1931) CHINA (1937)

38 APAZIGUAMENTO?

39 PACTO GERMANO-SOVIÉTICO

40

41

42 O CONFLITO... BLITZKRIEG INVASÃO DA POLÔNIA (09/1939) ALIADOS versus EIXO EXPANSÃO ALEMÃ DINAMARCA E NORUEGA (1940) HOLANDA E BÉLGICA (1940) INVASÃO DA FRANÇA (1940)

43 NOVOS RUMOS... ( ) INVASÃO DA URSS (07/1941) EUA E URSS (ALIADOS) ATAQUE JAPONÊS TRÊS FRENTES OCIDENTAL ORIENTAL PACÍFICO

44

45 PEARL HARBOR (12/1941)

46 CONFERÊNCIAS CONFERÊNCIA DE TEERÃ como ganhar a guerra CONFERÊNCIA DE YALTA repartição do mundo CONFERÊNCIA DE POTSDAN divisão da Alemanha

47 CONFERÊNCIA DE YALTA -1944

48

49 O INÍCIO DO FIM... BATALHA DE STALINGRADO(02/1943) OFENSIVA SOVIÉTICA ITÁLIA (06/1943) DIA D NORMANDIA (07/1944) SOVIÉTICOS EM BERLIM (04/1945) SUICÍDIO DE HITLER FIM DA GUERRA NA EUROPA

50 VITÓRIA DA URSS 04/1945

51 HOLOCAUSTO

52 CONFERÊNCIA DE POTSDAM 1945

53 ESTADOS UNIDOS X JAPÃO

54

55

56 NO PACÍFICO... OFENSIVA ESTADUNIDENSE BATALHAS NO PACÍFICO BOMBAS ATÔMICAS HIROSHIMA NAGASAKI RENDIÇÃO JAPONESA FIM DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL

57

58 CONSEQUÊNCIAS ASCENSÃO DA URSS MUNDO BIPOLAR GUERRA-FRIA DESCOLONIZAÇÃO ÁFRICA ÁSIA REVOLUÇÕES SOCIALISTAS

59 A guerra é o maior dos crimes, mas não existe agressor que não disfarce seu crime com o pretexto de justiça. Voltaire


Carregar ppt "Geopolítica Antonio Neto Lima Bonfim. Trajetória histórica Pré-história Idade Antiga Idade Média Idade Moderna Idade Contemporânea História Atual (Atualidades)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google