A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONTROLE A LONGO PRAZO DA PRESSÃO ARTERIAL Maria Luísa Souza Macedo 2º ano - Medicina Professor: Reinaldo Sieiro Faculdade de Ciências Médicas de Minas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONTROLE A LONGO PRAZO DA PRESSÃO ARTERIAL Maria Luísa Souza Macedo 2º ano - Medicina Professor: Reinaldo Sieiro Faculdade de Ciências Médicas de Minas."— Transcrição da apresentação:

1 CONTROLE A LONGO PRAZO DA PRESSÃO ARTERIAL Maria Luísa Souza Macedo 2º ano - Medicina Professor: Reinaldo Sieiro Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais – FCMMG Fundação Educacional Lucas Machado - FELUMA

2 Controle da P.A.: A curto prazo: SNA simpático A longo prazo: homeostasia do líquido corporal balanço entre a ingestão e eliminação de líquido. Controles nervosos, hormonais e local.

3 Sistema rim-líquidos corporais Base fundamental para o controle a longo prazo da pressão arterial. LEC V sangüíneo e P.A. : Natriurese Diurese

4 Sistema rim-líquidos corporais Diurese de pressão: o P.A. pode duplicar o débito renal. Natriurese de pressão: o P.A. pode duplicar a excreção de sal. Ex.: P.A. de 50 mmHg: DU quase nulo; P.A. de 100 mmHg: DU normal; P.A. de 200 mmHg: DU=6 a 8 vezes maior que o normal.

5 Débito Urinário

6 Resposta por feedback infinito Princípio: retorno da P.A. sempre exatamente ao ponto de equilíbrio (nível em que a P.A. será regulada). P.A. abaixo do ponto de equilíbrio: Ingestão de água e sal maior que o débito renal. P.A. acima do ponto de equilíbrio: Débito renal maior que a ingestão de água e sal.

7 Resposta por feedback infinito

8 Determinantes do nível da P.A. a longo prazo É impossível alterar a pressão arterial média a longo prazo sem alterar: o grau de desvio da pressão na curva do débito renal de sal e água o nível da linha de ingestão de água e sal

9

10 A RPT e o aumento da P.A. a longo prazo Se PA = DC x RPT, logo o RPT é capaz de P.A. (??) Elevação da RPT de forma aguda: P.A. de imediato; Se a função renal não estiver alterada, essa elevação não é mantida e a P.A. retorna ao normal.

11 Portanto, alterações na RPT não alteram a P.A. a longo prazo se as funções renais estiverem preservadas.

12 O aumento do volume de líquido pode aumentar a P.A.: Por DC (efeito direto) : volume do LEC volume sangüíneo Pmédia de enchimento da circulação RV DC P.A. Por RPT (efeito indireto) : ocorre por meio da autorregulação tecidual.

13 O sal no mecanismo rim- líquidos corporais O acúmulo de sal no corpo de forma indireta o volume do LEC: sal no LEC osmolaridade ativa o centro da sede ingestão de água pra normalizar a [sal] osmolaridade estimula a hipófise posterior, liberação do hormônio antidiurético reabsorção nos túbulos renais volume do LEC.

14 OBRIGADA!!!


Carregar ppt "CONTROLE A LONGO PRAZO DA PRESSÃO ARTERIAL Maria Luísa Souza Macedo 2º ano - Medicina Professor: Reinaldo Sieiro Faculdade de Ciências Médicas de Minas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google