A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

WEBWRITING PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO PARA MÍDIAS DIGITAIS

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "WEBWRITING PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO PARA MÍDIAS DIGITAIS"— Transcrição da apresentação:

1 WEBWRITING PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO PARA MÍDIAS DIGITAIS
Débora Pereira Doutoranda em Ciência da Informação - UFMG

2 Crawford Killian Nada de firulas e rebusques
Linguagem objetiva, direta, que o leitor possa entender na primeira vez. Interesses e as necessidades do internauta tomem as rédeas do texto É preciso uma boa história Humildade para aprender com os próprios erros e com as críticas dos internautas

3 Jakob Nielsen Usuários da Web escaneam texto – 79% Portanto, use
Tabelas Cabeçalhos Negrito Gráficos Marcadores (Bullets)

4 Modelo F de leitura Usuários procuram elementos que os interessem
Escanear Eyetrack 2006, Nielsen

5 FRANCO, Guilhermo. Como escrever para a web: elementos para a discussão e construção de manuais de redação online. Disponível em . Acesso: ago. 2010

6 Fonte: http://webinsider. uol. com. br/index

7

8 Estudo ALT64 Miguel Wiñazki, editor-chefe do Clarín
Conclusões do Estudo ALT64 - (Asociación para la Investigación de Medios de Comunicación de España) Analizados Diario ABC, El Periódico de Catalunya, El Mundo, La Razón, La Vanguardia y La verdad

9 Na Internet, os homens tendem a ler em zig-zag e as mulheres de maneira vertical
HOMENS MULHERES

10 78% dos homens não lêem subtítulos ou sobretítulos, mas 54% das mulheres o fazem.
67% dos homens e 57% das mulheres não olham a publicidade on-line.

11 Há palavras-chave que geram atenção diferenciada de acordo com o tipo dos leitores
A palavra Não captou 90% dos homens.

12 O texto “fortuna familiar” captou a atenção de 90% das mulheres

13 Para onde olham?

14 Conteúdo Relevância Abra com as conclusões Uma idéia por parágrafo
Informação e adequação ao público Abra com as conclusões Ao planejar um percurso informacional, lembre-se que poucos internautas vão até o fim do texto Uma idéia por parágrafo Idéia não interessa? Próximo parágrafo. Use verbos Evite a voz passiva, dê idéia de movimento

15 Formato Use listas em vez de parágrafos
Mais fáceis de escanear e encontrar o que se busca Limite os itens da lista a 7 palavras Escreva frases curtas Lembre-se que escrever é cortar palavras Use subtítulos Mais fáceis de escanear

16 Outros elementos Atenção especial aos links Sempre
Outro item escaneável Usuários formam uma idéia geral sobre o que o texto fala Sempre Revise seu texto Erros de digitação, de gramática e de ortografia detonam a credibilidade

17 Palavras-chave Identificar palavras-chave no conteúdo ajuda a planejar as páginas Palavras-chave ajudam o internauta a identificar o tema do texto, poupando seu tempo Mecanismos de buscas classificam melhor sites com palavras chave no endereço, títulos das páginas, cabeçalhos

18 Como definir palavras-chave
O que o internauta procuraria nessa página? Google trends – tênis, calçado, sapato, tenis Problema: recuperação x credibilidade Limites

19 Planeje o texto para o internauta
O que o internauta precisa saber? Por que o internauta precisa saber disso? O que ele já sabe sobre esse tema? Para o que vamos usar o texto? Quem pretendemos alcançar com esse texto? Qual a linguagem e o vocabulário mais adequados ao internauta que pretendemos atingir?

20 Omita palavras desnecessárias
Escrever é cortar palavras Edite, edite, edite Regra dos 50% Informações mais importantes vêm primeiro Proximidade e informalidade – eu e você Seja específico Use a data em vez de “nesta semana” ou “no ano passado” Tamanho em centímetros em vez de grande ou pequeno Sempre inclua informações que parecem óbvias, como o ano de um evento Memória

21 Links Texto descritivo Internauta sabe para onde vai ser levado
Sim: Leia mais detalhes no Estado de Minas de hoje Não: O jornal Estado de Minas de hoje (www.em.com.br) traz mais informações sobre o tema Se for um download, especifique o formato e o tamanho

22 Parágrafos separados por espaços (blocos de texto);
Bloco de texto único Bloco de texto 1 Bloco de texto 2 X Bloco de texto 3

23 Use negrito em palavras-chave Evite estrangeirismos e modismos
Mas não abuse Evite estrangeirismos e modismos atingir patamares alavancar processos desenvolver atitudes proativas agregar valores “startar” “feedback”

24 Blogs: ignore algumas regras
Blogs devem ser engraçados, informais, apaixonados pelo tema, irados Mas se você quer ajudar as pessoas a encontrá-lo, use palavras-chave e textos descritivos nos links Atenção à correção do texto

25 Estudo de Caso - Nielsen
Versão do Site Parágrafo de exemplo Melhoria da Usabilidade Redação Promocional Usando-se o “marquetês” encontrado em diversos websites comerciais Nebraska está repleta de atrações reconhecidas internacionalmente que trazem, sem erro, grandes multidões todos os anos. Em 1996, alguns dos lugares mais populares eram o Fort Robinson State Park ( visitantes), Scotts Bluff National Monument ( ), Arbor Lodge State Historical Park & Museum ( ), Carhenge (86.598), Stuhr Museum of the Prairie Pioneer (60.002), e o Buffalo Bill Ranch State Historical Park (28.446). Texto conciso Com aproximada-mente metade do número de palavras da versão anterior Em 1996, seis das atrações mais visitadas de Nebraska foram: Fort Robinson State Park, Scotts Bluff National Monument, Arbor Lodge State Historical Park & Museum, Carhenge, Stuhr Museum of the Prairie Pioneer, and Buffalo Bill Ranch State Historical Park. 58%

26 Layout “escaneável” (Scannable)
Usando-se o mesmo texto da primeira versão em um padrão que facilita a varredura Nebraska está repleta de atrações reconhecidas internacionalmente que trazem sem erro grandes multidões todos os anos. Em 1996, alguns dos lugares mais populares eram: - Fort Robinson State Park ( visitantes) - Scotts Bluff National Monument ( ) - Arbor Lodge State Historical Park & Museum ( ) - Carhenge (86.598) - Stuhr Museum of the Prairie Pioneer (60.002) - Buffalo Bill Ranch State Historical Park (28.446). 47% Linguagem Objetiva Usando-se uma linguagem neutra e sem o apelo subjetivo e exagerado da primeira versão Nebraska possui várias atrações. Em 1996, alguns dos lugares mais visitados foram Fort Robinson State Park ( visitantes), Scotts Bluff National Monument ( ), Arbor Lodge State Historical Park & Museum ( ), Carhenge (86.598), Stuhr Museum of the Prairie Pioneer (60.002), and Buffalo Bill Ranch State Historical Park (28.446). 27%

27 Estudo de Jakob Nielsen
Versão Combinada Usando-se todas as três melhorias na forma de se escrever: Texto conciso, “escaneável” e objetivo Em 1996, os seis lugares mais visitados em Nebraska foram: - Fort Robinson State Park - Scotts Bluff National Monument - Arbor Lodge State Historical Park & Museum - Carhenge - Stuhr Museum of the Prairie Pioneer - Buffalo Bill Ranch State Historical Park 124% Estudo de Jakob Nielsen

28 Mais dicas Entre dois sinônimos, escolha o mais curto.
Entre duas palavras curtas, escolha a mais simples. Evite: Empreender Unicamente Semblante Otimizar Parâmetros Prefira: Fazer Rosto Melhorar Limites

29 No estado de Minas Gerais
Evite redundâncias, repetições, palavras e frases inúteis, longas e excessivas. Evite: No estado de Minas Gerais Somos da opinião que Na eventualidade de Durante o ano de 2008 Com o propósito de Promover a alteração Na época em que vivemos Prefira: Em Minas Consideramos que Se Em 2008 Para Alterar Hoje

30 Omita palavras desnecessarias
104 PALAVRAS: O questionário a seguir é destinado a colher informações que nos ajudarão a melhorar o site e adequá-lo às suas necessidades. Por favor, selecione suas respostas nos menus suspensos e nos botões de rádio abaixo. Você levará dois ou três minutos para preencher o questionário. No fim deste formulário, você pode optar por deixar seu nome, endereço, e número de telefone. Se você deixar seu nome e número, poderá ser contatado para participar de um estudo destinado a nos ajudar a melhorar este site. Se você tiver comentários ou interesses que precisem de resposta, por favor, contate o Serviço de Atendimento ao Cliente. 43 PALAVRAS: Por favor, ajude-nos a melhorar este site respondendo a estas questões. Levará apenas 2 ou 3 minutos. Nota: Se você tiver comentários ou interesses que necessitem de uma resposta, não use este formulário. Em vez disso, contate o Atendimento ao Cliente. Não me faça pensar –Steve Krug ( )

31 Torta de sonho de valsa Ingredientes: 4 ovos, ½ litro de leite, 2 colheres (sopa) de maisena, 1 lata de leite condensado, 1 lata de creme de leite sem soro, 4 colheres de açúcar, 8 sonhos de valsa, 200g de ameixa em calda Modo de fazer : Bata bem as gemas, coloque o leite e a maisena, leve ao fogo para ferver. Ainda no fogo misture o leite condensado. Tire do fogo, coloque em um pirex grande e leve ao congelador por ½ hora. Corte miúdo 6 sonhos de valsa e coloque em cima do creme. Bata as ameixas com calda no liquidificador e coloque-as por cima dos sonhos de valsa. Bata as claras em neve com o açúcar e o creme de leite e coloque por cima das ameixas. Pique os 2 sonhos de valsa e enfeite. Ponha no congelador coberto com lâmina ou tampe. Obs : Se achar necessário coloque mais bombons. Se quiser retire a ameixa em calda.

32 Torta de sonho de valsa Ingredientes 4 ovos ½ litro de leite
2 colheres (sopa) de maisena  1 lata de leite condensado  1 lata de creme de leite sem soro  4 colheres de açúcar 8 sonhos de valsa  200g de ameixa em calda 

33 Modo de fazer Bata bem as gemas, coloque o leite e a maisena, leve ao fogo para ferver. Ainda no fogo misture o leite condensado. Tire do fogo, coloque em um pirex grande e leve ao congelador por ½ hora. Corte miúdo 6 sonhos de valsa e colozque em cima do creme. Bata as ameixas com calda no liquidificador e coloque-as por cima dos sonhos de valsa. Bata as claras em neve com o açúcar e o creme de leite e coloque por cima das ameixas. Pique os 2 sonhos de valsa e enfeite. Ponha no congelador coberto com lâmina ou tampe. Obs : Se achar necessário coloque mais bombons. Se quiser retire a ameixa em calda.

34 Torta de sonho de valsa Ingredientes 4 ovos ½ litro de leite
2 colheres (sopa) de maisena  1 lata de leite condensado  1 lata de creme de leite sem soro  4 colheres de açúcar 8 sonhos de valsa  200g de ameixa em calda  Modo de fazer  Bata bem as gemas, coloque o leite e a maisena, leve ao fogo para ferver. Ainda no fogo misture o leite condensado. Tire do fogo, coloque em um pirex grande e leve ao congelador por ½ hora. Corte miúdo 6 sonhos de valsa e coloque em cima do creme. Bata as ameixas com calda no liquidificador e coloque-as por cima dos sonhos de valsa. Bata as claras em neve com o açúcar e o creme de leite e coloque por cima das ameixas. Pique os 2 sonhos de valsa e enfeite. Ponha no congelador coberto com lâmina ou tampe.  Obs : Se achar necessário coloque mais bombons. Se quiser retire a ameixa em calda.

35 Ainda Atualize textos antigos Crie textos complementares.
Acrescente dados novos; Reescreva de tempos em tempos, se for preciso; Crie textos complementares. Explicações sobre o que é ou como funciona tal coisa Não deixe dúvidas para o visitante; Dê nomes claros e curtos para as seções;

36 Pirâmides

37

38

39 Infografia Ser independente da leitura do texto
Ter quantidade razoável de informação Sintetizar ou complementar o texto escrito Proporcionar sensação estética Corresponder aos fatos retratados

40 Exemplos de infográfico
Barretos Bitchmaps Que se pode fazer com 25 metros quadrados? (El Mundo) É melhor alugar ou comprar? (NYT) O jogo do candidato (USA Today) The words that they used Alugar onde? (Housing Maps) Measuring the presidente words Visita a um museu (NYT) Faces of Dead in Iraq (NYT) Pegada Ecológica

41 Wireframes

42

43

44

45

46 Jacob Nielsen dizia: “Users are lazy
Jacob Nielsen dizia: “Users are lazy. Don’t expect their interactions to build meaning in your customer experiences.” (NIELSEN, apud MARTIN 2008). Sim, somos preguiçosos! Mas é preciso fornecer uma linguagem clara para máquinas e homens, favorecer a folksonomia, criar ontologias e construir um quadro que ilustra as relações entre todas as partes móveis da experiência...

47 Essa nova concepção, de relacionar conteúdos por sistemas de metadados flexíveis e fáceis de interagir, faz com que o contexto demonstre significado para o usuário. A alimentação do site recebe colaborações do próprio usuário, tornando a gestão do seu conteúdo uma prática mais social e democrática. Assim, surge a Cibercultura (LEMOS, 2006), a adaptação cultural das práticas sociais de inclusão digital.

48


Carregar ppt "WEBWRITING PÓS-GRADUAÇÃO EM PRODUÇÃO PARA MÍDIAS DIGITAIS"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google