A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CAMILA ALVES RODRIGUES DE LIMA - ELIANE MELO DE MOURA CORREIA - FACULDADE ANHANGUERA DE BRASÍLIA CURSO DE PEDAGOGIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CAMILA ALVES RODRIGUES DE LIMA - ELIANE MELO DE MOURA CORREIA - FACULDADE ANHANGUERA DE BRASÍLIA CURSO DE PEDAGOGIA."— Transcrição da apresentação:

1 CAMILA ALVES RODRIGUES DE LIMA - ELIANE MELO DE MOURA CORREIA - FACULDADE ANHANGUERA DE BRASÍLIA CURSO DE PEDAGOGIA QS 01 Rua 212 Lotes 11, 13 e 15 – Taguatinga Sul – DF. Fone: SOCIALIZAÇÃO NA SALA DE AULA: IMPORTÂNCIA E POSSIBILIDADES.... Por m. eio da observação - PIAGET, Jean. Epistemologia Genética. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora Ltda KAMII, Constance; DE VRIES, Rheta. O conhecimento físico na educação pré-escolar: implicações da teoria de Piaget. Porto Alegre: Artes Médicas, p. - VIGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, KRAMER, S. O papel social da Educação Infantil. Textos do Brasil Ministério das Relações Exteriores Df, Brasília, p , DELORS, Jacques (Org.) Educação: um tesouro a descobrir. Rio Tinto, PO: Edições Asa, Relatório para a UNESCO, da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI. A revisão da literatura e das analises dos dados possibilitaram o reconhecimento da importância da intervenção da psicomotricidade na educação infantil, pois ela faz parte de um dos tripés do conhecimento do ser humano que se for bem estruturada, ajudará no desenvolvimento do processo de aprendizagem. O trabalho psicomotor realizado no instituto pesquisado tem demonstrado ser eficaz do desenvolvimento integral da criança, que tem manifestado na visível melhora nas atividades escolares tanto na leitura, escrita e relacionamento pessoal. A psicomotricidade não se restringe apenas a um método de auxilio na educação, mas se constitui elemento integrante de todo o processo. A psicomotricidade além da função intelectual tem a função social, auxiliando na formação da personalidade e do auto-conhecimento da criança. O professor tem papel importante neste processo, pois é ele que vai proporcionar atividades que possibilitarão ao aluno ter liberdade de expressar seus sentimentos mais, mais profundos. Desta forma o professor deve estar preparado para lidar com essas descobertas de forma que a criança possa assimilar de forma agradável e sem traumas os acertos e os erros, que fazem parte do aprendizado. Esta pesquisa apresentou o trabalho realizado em um instituto de aprendizagem humana, que possui equipe técnica e equipamentos adequados para os atendimentos psicomotores, porém este trabalho pode ser desenvolvido em todas as escolas com boa vontade dos profissionais da educação e materiais alternativos... CONCLUSÃO Para Piaget, (La Taille et all, 1992, pg. 13) o Homem é um ser essencialmente social, impossível, portanto, de ser pensado fora do contexto da sociedade em que nasce e vive, de sde o nascimento necessita do outro para sobreviver. O atual contexto mundial tem propiciado com as pessoas cada vez mais viverem isoladas, surgindo novos problemas como depressões e síndromes, além de casos de pessoas atirando em colegas e professores e colocando fogo em índio. A maior parte dos problemas decorrem da dificuldade que as pessoas encontram de se relacionarem uns com os outros, cabe entender qual o papel da escola e dos profissionais da educação em relação este problema. A presente pesquisa busca compreender a importância da socialização no pro Parâmetros Curriculares Nacionais,2001 pg.46) A escola tem o seu papel social, devendo desenvolver as capacidades dos alunos para que estes sejam seres capazes de fazer, pensar e agir por si próprios. Kamii (1981) afirma que se quisermos que as crianças desenvolvam uma moralidade autônoma, devemos reduzir nosso poder como adulto, deixando de recorrer a prêmios e castigos e incentivá-los a construírem seus próprios valores morais Segundo Piaget (1999) a interação social contribuirá para o desenvolvimento cognitivo do individuo Para Vigoscky (1984,p.32) [...] é incontestável o papel da interação social no desenvolvimento das funções mentais superiores. Kramer (2000) As crianças são seres sociais, têm uma história, pertencem a uma classe social, estabelecem relações segundo seu contexto de origem, são pessoas, enraizadas num todo social que as envolve e que nelas imprime padrões de autoridade, linguagem, costumes. Cabe a escola atuar no sentido de favorecer seu crescimento e constituição, buscando alternativas para a educação infantil que reconhecem o saber das crianças e oferecem atividades significativas, onde adultos e crianças têm experiências culturais diversas, em diferentes espaços de socialização. Delors (1996) o pilar aprender a viver juntos refere-se compreensão do outro e a percepção das interdependências - realizar projetos comuns e preparar-se para gerir conflitos - no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz. Discutir por meio da revisão da literatura a importância da socialização no processo de ensino aprendizagem e na construção social do individuo. Identificar de que forma a socialização proporciona o melhor desenvolvimento dos alunos na sala de aula; Averiguar por meio de pesquisas realizadas na área como ocorre as interações sociais em sala de aula. Pesquisa de natureza qualitativa. Estudo descritivo, bibliográfico e interpretativo. REFERÊNCIAS OBJETIVOS METODOLOGIA INTRODUÇÃO REFERENCIAL TEÓRICO Parâmetros Curriculares Nacionais,2001 pg.46) A escola tem o seu papel social, devendo desenvolver as capacidades dos alunos para que estes sejam seres capazes de fazer, pensar e agir por si próprios. Kamii (1981) afirma que se quisermos que as crianças desenvolvam uma moralidade autônoma, devemos reduzir nosso poder como adulto, deixando de recorrer a prêmios e castigos e incentivá-los a construírem seus próprios valores morais Segundo Piaget (1999) a interação social contribuirá para o desenvolvimento cognitivo do individuo Para Vigotsky (1984,p.32) [...] é incontestável o papel da interação social no desenvolvimento das funções mentais superiores. Kramer (2000) As crianças são seres sociais, têm uma história, pertencem a uma classe social, estabelecem relações segundo seu contexto de origem, são pessoas, enraizadas num todo social que as envolve e que nelas imprime padrões de autoridade, linguagem, costumes. Cabe a escola atuar no sentido de favorecer seu crescimento e constituição, buscando alternativas para a educação infantil que reconhecem o saber das crianças e oferecem atividades significativas, onde adultos e crianças têm experiências culturais diversas, em diferentes espaços de socialização. Delors (1996) o pilar aprender a viver juntos refere-se compreensão do outro e a percepção das interdependências - realizar projetos comuns e preparar-se para gerir conflitos - no respeito pelos valores do pluralismo, da compreensão mútua e da paz. A pesquisa proporcionou rever sob o olhar de estudiosos o papel da socialização para o individuo seja na escola seja na vida. A socialização tem sua importância no desenvolvimento da personalidade desde o nascimento, a família e a escola são agentes devem possibilitar a criança situações onde à mesma aprenda a conviver bem com o outro. A qualidade desta convivência e como a criança é gerenciada nas situações de conflito são fatores decisivos para determinar que adulto esta sendo formado. O currículo da escola deve possibilitar a socialização entre os pares, professor – aluno, aluno – aluno e demais pessoas envolvidas no contexto educacional. O professor tem papel importante neste contexto, proporcionando a socialização no processo ensino aprendizagem indo além de transmissor de conteúdos e assumindo o papel de educador. É na sala de aula que a criança passa maior parte de sua vida, e é nela em que ocorre a maioria das situações que determinarão as atitudes que a mesma tomará fora da escola. Diante do exposto torna-se necessária repensar que tipo de ensino está sendo oferecido às crianças, se uma educação centralizada em conteúdos focada no vestibular e nos concursos, ou uma educação que busque o social e resgate os valores éticos e morais tão necessários e esquecidos na sociedade atual. Esta pesquisa não teve a pretensão de esgotar a questão, e sim despertar a necessidade cada vez mais urgente da realização de pesquisas sobre a socialização. Para Piaget, (1992, pg. 13) o Homem é um ser essencialmente social, impossível, portanto, de ser pensado fora do contexto da sociedade em que nasce e vive, desde o nascimento necessita do outro para sobreviver. O atual contexto mundial tem propiciado com as pessoas cada vez mais viverem isoladas, surgindo novos problemas como depressões e síndromes, além de casos de pessoas atirando em colegas e professores e colocando fogo em índio. A maior parte dos problemas decorrem da dificuldade que as pessoas encontram de se relacionarem uns com os outros, cabe entender qual o papel da escola e dos profissionais da educação em relação este problema. A presente pesquisa busca compreender a importância da socialização no processo ensino aprendizagem e na vida do educando. CONCLUSÕES


Carregar ppt "CAMILA ALVES RODRIGUES DE LIMA - ELIANE MELO DE MOURA CORREIA - FACULDADE ANHANGUERA DE BRASÍLIA CURSO DE PEDAGOGIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google