A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ANEXOS DO GLOBO OCULAR. São anexos do globo ocular: 1-Conjuntiva; 2-Pálpebras; 3-Supercílios e cílios; 4-Musculatura Extrínseca Ocular; 5-Aparelho Lacrimal.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ANEXOS DO GLOBO OCULAR. São anexos do globo ocular: 1-Conjuntiva; 2-Pálpebras; 3-Supercílios e cílios; 4-Musculatura Extrínseca Ocular; 5-Aparelho Lacrimal."— Transcrição da apresentação:

1 ANEXOS DO GLOBO OCULAR

2 São anexos do globo ocular: 1-Conjuntiva; 2-Pálpebras; 3-Supercílios e cílios; 4-Musculatura Extrínseca Ocular; 5-Aparelho Lacrimal.

3 1 - CONJUNTIVA Ela une o bulbo ocular às pálpebras. É uma membrana mucosa, delgada e transparente. É frouxa, pois ela fixa o globo às palpebras sem dificultar a movimentação dos mesmos.

4 Observa-se que após recobrir toda a pálpebra superior, a conjuntiva se reflete sobre si mesma e vem cobrir a face anterior do olho (esclera), para depois fazer o mesmo com a pálpebra inferior.

5 A conjuntiva divide-se em: Conjuntiva palpebral (superior e inferior); Conjuntiva do fórnice (fundo de saco); Conjuntiva bulbar.

6 É mais espessa, opaca, altamente vascularizada e recoberta por numerosas papilas. Sua porção mais profunda apresenta uma quantidade de considerável tecido linfóide (defesa). Várias glândulas secretoras do filme lacrimal se encontram na conjuntiva palpebral. * Porção Palpebral

7 * Porção do Fórnice ou Conjuntiva de Fundo de Saco Existe dobras de tecido frouxo e elástico que liga a conjuntiva palpebral à bulbar. Este tecido permite ao globo ocular movimentar-se com inteira liberdade. Abrem-se, nesta parte do tecido conjuntivo, os ductos lacrimais (parte temporal do fórnice superior).

8 * Porção Bulbar É frouxamente aderente à esclera; é fina, transparente, destituída de papilas e só ligeiramente vascular. Ela termina no limbo. Vasos linfáticos nascem na conjuntiva, em uma zona delicada em torno da córnea, e correm para a conjuntiva escleral.

9 Uma estrutura epidermóide, pequena e carnuda, chamada de carúncula, está situada na porção interna da prega semilunar, e é uma zona de transição que contém elementos cutâneos e mucosos.

10 CONJUNTIVITE Em todas as porções da conjuntiva, encontramos vasos sanguineos e linfáticos. Nela há poucas fibras de sensibilidade à dor. À inflamação da conjuntiva, dá-se o nome de conjuntivite.

11

12 Prolapso de gordura orbital O prolapso de gordura orbital (PGO), ocorre quando há defeito na cápsula de Tenon e um afinamento do septo orbitário.

13 O tecido de gordura envolve todas as estruturas orbitárias, fornecendo sustentação para o globo ocular e facilitando a movimentação dos olhos. O septo orbitário tem a função de conter a gordura da órbita e a cápsula de Tenon isola a esclera e os músculos da gordura orbitária.. Esta alteração pode se manifestar em qualquer localização do globo, porém é mais freqüente na região temporal. O PGO é uma entidade clínica espontânea, benigna, que surge na idade adulta e pode ser facilmente confundida com dermolipoma. Clinicamente essas patologias são vistas como lesões de coloração levemente amarelada, homogênea, coberta por conjuntiva de superfície lisa, contendo poucos vasos e sem sinais inflamatórios.

14 2 - PÁLPEBRAS São duas coberturas delgadas e móveis situadas na frente do olho, que protegem-no com o seu fechamento. A superior é maior e mais móvel que a inferior; é provida de um músculo que a eleva, o levantador da pálpebra superior.

15 A pele das pálpebras, a mais fina do corpo, é frouxa e elástica, permitindo extrema expansão e retorno. Sua função é proteger o olho na sua porção externa, e distribuir o filme lacrimal sobre as conjuntivas e a córnea.

16 O músculo orbicular das pálpebras apresenta duas partes: a orbital e a palpebral. Sua função é abrir e fechar dos olhos.

17 MOVIMENTO DAS PÁLPEBRAS Pestanejar é de vital importância para a função global do olho, seja normal ou causado por estímulos. A pressão intermitente, massageia o globo, ativando seu metabolismo.

18 Quando fecha, interrompe por instante a entrada de luz, permitindo um descanso para as células sensoriais da retina, para sua recuperação funcional. O fechamento forçado, impede que os vasos capilares se rompam durante acessos de tosse ou nos impactos repentinos e violentos.

19 Existem várias maneiras de piscar: Piscar espontâneo – acionado pelos movimentos da cabeça, com variação do olhar ou conforme temperamento do indivíduo. Piscar intencional – bater as pálpebras. Piscar em consequência de reflexos motores – mecanismo de defesa do olho ante a ameaça de choques de corpo estranho, por súbito feixe de luz, impactos, explosões,tiros, etc. Piscar de usuário da lente de contato – deve ser ensinado aos usuários de L.C.

20 3 – SUPERCÍLIOS (SOBRANCELHAS) E CÍLIOS Supercílios são duas eminências arqueadas da pele, localizadas acima das órbitas que suportam muitos pêlos, evitando a queda da gotas de suor da testa, nas pálpebras e nos olhos. Reforçam também a proteção contra a luminosidade excessiva.

21 Os cílios são pêlos dispostos nas bordas anteriores das pálpebras. Eles tem anexadas glândulas sebáceas(de Zeiss) são ricos em terminais nervosos, conferindo-lhes muita sensibilidade. Há entre eles glândulas sudoríparas. Protegem o olho contra a entrada de corpos estranhos.

22 4 – MUSCULATURA EXTRÍNSECA OCULAR Reto Interno- movimento em direção nasal. Reto Externo- movimento em direção temporal.

23 Reto Superior- movimento de elevação. Reto Inferior- movimento de abaixamento. Oblíquo Inferior- rotator para fora e elevador. Oblíquo Superior- rotator para dentro e abaixador.

24 5 – APARELHO LACRIMAL

25 O excretor consiste de: carúncula-(lago lacrimal); pontos lacrimais; canalículos lacrimais; saco lacrimal; ducto nasolacrimal.

26 O aparelho lacrimal é constituído por dois sistemas distintos: Aparelho lacrimal secretor; Aparelho lacrimal excretor.

27 O secretor consiste de: glândula lacrimal principal-secreta a lágima (camada aquosa); glândulas lacrimais acessórias-secretam a camada lipídica e mucosa do filme lacrimal; ductos excretores-conduzem o fluído para a superfície do olho.

28 O filme lacrimal tem por função proteger, hidratar,limpar e manter a transparência da córnea e toda a parte anterior do globo ocular. As secreções lacrimais distribuem-se sobre o globo ocular em consequência dos movimentos palpebrais.

29 ANEXOS

30

31

32 Você sabia que pelo menos nos três primeiros meses de vida os bebês não derramam lágrimas quando choram? Isso se deve ao fato de suas glândulas não estarem ainda totalmente maduras para a produção do filme lacrimal, então eles choram com lágrimas de crocodilo....

33


Carregar ppt "ANEXOS DO GLOBO OCULAR. São anexos do globo ocular: 1-Conjuntiva; 2-Pálpebras; 3-Supercílios e cílios; 4-Musculatura Extrínseca Ocular; 5-Aparelho Lacrimal."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google