A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Universidade Federal de Juiz de Fora INTRODUÇÃO Em tempos remotos a fitoterapia era considerada manifestação divina, sendo a utilização de plantas medicinais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Universidade Federal de Juiz de Fora INTRODUÇÃO Em tempos remotos a fitoterapia era considerada manifestação divina, sendo a utilização de plantas medicinais."— Transcrição da apresentação:

1 Universidade Federal de Juiz de Fora INTRODUÇÃO Em tempos remotos a fitoterapia era considerada manifestação divina, sendo a utilização de plantas medicinais tão antiga quanto a própria civilização. Hoje, sabe-se que o poder das plantas, é na verdade proveniente de sua composição química. Embora continue a fazer parte da cultura popular de muitos povos por fatores culturais, religiosos e históricos. Com os avanços científicos da Fitoterapia, a população vem se beneficiando da prática adequada dessa ciência. O crescimento da fitoterapia ganhou força com o isolamento de substâncias vegetais (princípios ativos). O projeto, realizado na Casa do Adolescente, em Juiz de Fora, MG, sob supervisão do Programa de Plantas Medicinais da UFJF contou com a participação de estagiários que elaboraram e ministraram aulas sobre cultivo, secagem, armazenamento e uso correto de plantas medicinais, históricos da Fitoterapia e conhecimento de algumas espécies medicinais. OBJETIVOS Sabendo da necessidade de se levar conhecimento à população, principalmente aos seguimentos mais carentes, o Programa de Plantas Medicinais com o projeto Hortos Medicinais, em parceria com a Casa do Adolescente, visa, principalmente, difundir o conhecimento de plantas medicinais, ensinando desde o plantio até a utilização correta das mesmas às crianças e adolescentes, que freqüentam a instituição, tudo isso com o fim de promover o uso racional de plantas medicinais, conscientizando a todos dos benefícios e riscos que envolve o uso de cada uma delas. MATERIAIS E MÉTODOS Foram ministradas aulas sobre cultivo, secagem, armazenamento e uso correto de plantas medicinais, históricos da Fitoterapia e conhecimento de algumas espécies medicinais. As aulas constituíram-se de duas partes, uma teórica e outra prática. A parte teórica é composta por explicação básica e geral sobre as plantas medicinais, incluindo suas utilidades terapêuticas, toxicidades, formas de preparo e observações essenciais. A parte prática se caracteriza pelo ensinamento do cultivo e preparo das formas farmacêuticas das plantas medicinais. Tais atividades são desenvolvidas na Casa do Adolescente no Bairro Linhares em Juiz de Fora/MG, desde março de RESULTADOS Os alunos demonstram interesse, participam das atividades práticas, como cultivo de plantas medicinais na Casa do Adolescente, onde se construiu um horto medicinal e uma horta comunitária. As mudas foram fornecidas pelo Horto da Faculdade de Farmácia e Bioquímica e pela Fazenda Santa Cândida da Secretaria de Agropecuária e Abastecimento da PMJF. O material cultivado é aproveitado na merenda escolar e utilizado na forma de chás pela comunidade e familiares. Assim, buscou-se implementar o conhecimento da fitoterapia sem perder de vista o preceito que norteia o presente projeto: o trabalho pratico e educacional são as grandes ferramentas de mudança da sociedade. Programa de Plantas Medicinais: a Fitoterapia na Casa do Adolescente LIMA, Karen Kelly – Acadêmica do curso de Enfermagem/UFJF; HONORATO, Aldeir Félix - Acadêmico do curso de Farmácia-Bioquímica/UFJF; ANTUNES, Fernanda Figueiredo; CALIL, Zaine Oliveira; BARBOSA, Patrícia Reis; JUNQUEIRA, Valesca de Castro – Acadêmicas do curso de Medicina/UFJF; PICININI TEIXEIRA, João Batista – Prof. Dr. e orientador do projeto. Programa de Plantas Medicinais e Terapias não Convencionais- UFJF


Carregar ppt "Universidade Federal de Juiz de Fora INTRODUÇÃO Em tempos remotos a fitoterapia era considerada manifestação divina, sendo a utilização de plantas medicinais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google