A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOMENCLATURA BRASILEIRA DE LAUDOS CITOPATOLÓGICOS – elaborada pela SBC, em parceria com o Ministério da Saúde Apresentação Prof. Carlos Alberto Fernandes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOMENCLATURA BRASILEIRA DE LAUDOS CITOPATOLÓGICOS – elaborada pela SBC, em parceria com o Ministério da Saúde Apresentação Prof. Carlos Alberto Fernandes."— Transcrição da apresentação:

1 NOMENCLATURA BRASILEIRA DE LAUDOS CITOPATOLÓGICOS – elaborada pela SBC, em parceria com o Ministério da Saúde Apresentação Prof. Carlos Alberto Fernandes Ramos Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

2 NOMENCLATURA BRASILEIRA DE LAUDOS CITOPATOLÓGICOS - SBC CITOLOGIA CONVENCIONAL CITOLOGIA EM MEIO LÍQUIDO TIPO DE AMOSTRA

3 Avaliação pré-analítica [ ] material rejeitado: [] Por ausência de identificação da lâmina ou identificação errada [] Identificação da lâmina não coincide com a do formulário [] Lâmina danificada ou ausente [] Outras causas: ( especificar nas observações)

4 Adequabilidade da Amostra []Satisfatória []Satisfatória para avaliação mas limitada por : ausência de informações clínicas pertinentes ausência de células metaplásicas e / ou glandulares cervicais Células endocervicais Células metaplásicas

5 Adequabilidade da Amostra []Satisfatória para avaliação mas limitada, (50 a 75% do esfregaço obscurecido) por: artefatos de dessecamento superposição celular exsudato leucocitário hemácias outras causas (especificar nas observações)

6 Adequabilidade da amostra [] Insatisfatório (esfregaço obscurecido acima de 75 %) por: artefatos de dessecamento superposição celular exsudato leucocitário hemácias outras causas (especificar nas observações)

7 Adequabilidade da amostra [] Insatisfatório (esfregaço obscurecido acima de 75 %) por: artefatos de dessecamento superposição celular exsudato leucocitário hemácias outras causas (especificar nas observações) Obscurecido p/ hemácias Artefatos de dessecamento Insatisfatório - escassez

8 [ ] ALTERAÇÕES CELULARES BENIGNAS [ ] Inflamação [ ] Reparação [ ] Metaplasia escamosa imatura [ ] Atrofia com inflamação [ ] Radiação [ ] Outros [ ] DENTRO DOS LIMITES DA NORMALIDADE NO MATERIAL EXAMINADO Normal – células metaplásicas Normal – células escamosas

9 [ ] ALTERAÇÕES CELULARES BENIGNAS [ ] Inflamação [ ] Reparação [ ] Metaplasia escamosa imatura [ ] Atrofia com inflamação [ ] Radiação [ ] Outros [ ] DENTRO DOS LIMITES DA NORMALIDADE NO MATERIAL EXAMINADO Inflamação - bactérias

10 MICROBIOLOGIA [ ] Lactobacillus sp [ ] Cocos [ ] Bacilos [ ] Sugestivo de Gardnerella vaginalis [ ] Candida sp Cândida sp (monilia) Lactobacillus sp

11 MICROBIOLOGIA [ ] Trichomonas vaginalis [ ] Sugestivo de Chlamydia sp [ ] Actinomyces sp [ ] Efeito citopático compatível com vírus do grupo Herpes [ ] Outros Actinomyces sp Trichomonas vaginalis

12 CÉLULAS EPITELIAIS ATÍPICAS (SIGNIFICADO INDETERMINADO) CÉLULAS ESCAMOSAS CÉLULAS GLANDULARES SOE - POSSÍVELMENTE NÃO NEOPLÁ SICO - POSSÍVELMENTE NEOPLÁSICO Células escamosas atípicas de significado indeterminado

13 CÉLULAS EPITELIAIS ATÍPICAS (SIGNIFICADO INDETERMINADO) CÉLULAS GLANDULARES SOE - POSSÍVELMENTE NÃO NEOPLÁSICO - POSSÍVELMENTE NEOPLÁSICO Células glandulares atípicas de significado indeterminado, possivelmente não neoplásico

14 CÉLULAS EPITELIAIS ATÍPICAS (SIGNIFICADO INDETERMINADO) CÉLULAS GLANDULARES SOE - POSSÍVELMENTE NÃO NEOPLÁSICO - POSSÍVELMENTE NEOPLÁSICO Células glandulares atípicas de significado indeterminado, possivelmente neoplásico

15 LESÃO ESCAMOSA INTRAEPITELIAL DE BAIXO GRAU ( NIC I / HPV ) LESÃO ESCAMOSA INTRAEPITELIAL DE ALTO GRAU (NIC 2) LESÃO ESCAMOSA INTRAEPITELIAL DE ALTO GRAU (NIC 3) LESÃO ESCAMOSA INTRAEPITELIAL DE ALTO GRAU (NIC 3, NÃO PODENDO EXCLUIR INVASÃO)

16 EM CÉLULAS ESCAMOSAS LIE BAIXO GRAU (HPV,NIC 1)

17 EM CÉLULAS ESCAMOSAS LIE ALTO GRAU/ NIC 2 LIE ALTO GRAU/ NIC 3

18 EM CÉLULAS ESCAMOSAS LIE ALTO GRAU/ NIC 3 – Não podendo excluir invasão

19 EM CÉLULAS GLANDULARES ADENOCARCINOMA IN SITU ADENOCARCINOMA INVASOR cervical endometrial SOE

20 Citopatologistas responsáveis pela elaboração da Nomenclatura Brasileira de Laudos Citopatológicos reúnem-se com representante do Ministério da Saúde, após conclusão dos trabalhos, no Rio de Janeiro


Carregar ppt "NOMENCLATURA BRASILEIRA DE LAUDOS CITOPATOLÓGICOS – elaborada pela SBC, em parceria com o Ministério da Saúde Apresentação Prof. Carlos Alberto Fernandes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google