A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hidratação em Pediatria Profª Márcia Antunes Fernandes

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hidratação em Pediatria Profª Márcia Antunes Fernandes"— Transcrição da apresentação:

1 Hidratação em Pediatria Profª Márcia Antunes Fernandes

2 Hidratação em Pediatria Hidratação em Pediatria Por que a criança se desidrata mais facilmente? ■ Teor corporal e distribuição da água de acordo com a idade ■ Desenvolvimento psicomotor

3 Compartimentos Líquidos Líquido Intracelular ▪ Líquido Intracelular (LIC) – 30 – 40% do peso corporal Líquido Extracelular ▪ Líquido Extracelular (LEC) – 20-25% do peso corporal ▪ Plasma – 5% ▪ Água Intersticial – 15% ▪ Água Transcelular – 1-3%

4 Teor Corporal e distribuição da água em várias idades ← Àgua corporal Total → (50-70% do Peso Corporal) Teor Corporal e distribuição da água em várias idades ← Àgua corporal Total → (50-70% do Peso Corporal) ← Líquidos Extracelulares(LEC) → ← Líquidos Extracelulares(LEC) → (20-25% do peso corporal) (20-25% do peso corporal) ← Líquidos intersticiais→ ← Líquidos intersticiais→ (15% do peso corporal) (15% do peso corporal) Líquido ← Intracelular(LIC)→ (30-40% do peso corpo) o água do outros água água s tecido tecidos plasmática trans s conjuntivo intersticiais (5% do peso celu e corporal) lar a (3-%)

5 Distribuição da água em várias idades (g/Kg) - SÓLIDOS H2O Intracelular H2O Plasmática H2O Intersticial 0 6 sem 3m 6m 9m 12m 18m 2a 3a 4a 6a 8a 10a 12a 16a 20a

6 Necessidades Hídricas Idade Idade Necessidades Hídricas Necessidades Hídricas (ml/Kg/dia) (ml/Kg/dia) Lactentes 120ml/Kg/dia De 1 a 2 anos 100ml/Kg/dia Pré-escolares 80ml/Kg/dia Escolares 60ml/Kg/dia

7 Necessidades Hídricas Peso Corporal (Kg) Peso Corporal (Kg) Necessidades Hídricas (ml/Kg/dia) Até 10 Kg 100 ml/Kg 11-20Kg 100 ml/Kg + 50ml/Kg para cada Kg acima de 10 Acima de 20Kg 100 ml/Kg + 50ml/Kg para cada Kg acima de ml/Kg por Kg acima de 20Kg

8 Regulação da Água Corporal ■ Ingestão ■ Absorção ■ Excreção Perdas insensíveis – pele e trato respiratório (30ml/Kg/dia) Perdas fecais - 10ml/Kg/dia Perdas urinárias - 60ml/Kg/dia

9 Hidratação em Pediatria Osmolaridade Plasmática= 2x (Na)+ glicose + uréia 18 2,8 Osmolaridade Plasmática= 2x(Na) + glicose + uréia 18 2,8

10 Hidratação em Pediatria Mecanismos Compensatórios Diminuição da Osmolaridade Plasmática Diminuição do ADH Aumento da Osmolaridade Plasmática Aumento do ADH

11 Sódio Regulação do Sódio ■ Ingestão – depende dos costumes culturais ■ Absorção – ocorre ao longo de todo trato gastrointestinal absorção ativa estimulada pela aldosterona ■ Excreção –ocorre na urina, rins e fezes - o rim é o principal órgão na regulação do sódio

12 Sódio ■ A quantidade de sódio filtrada é mais de 100 vezes a ingerida ■ No entanto, menos que 1% é excretada na urina ■ Os 99% são reabsorvidos ao longo do túbulo renal ■ 2/3 do sódio filtrado é reabsorvido no túbulo contornado proximal ■ Nos túbulos contornados distais e nos ductos coletores a reabsorção é estimulada pela aldosterona

13 Potássio ■ É o principal cátion intracelular, ■ Apenas 1,5% - 2% estão no líquido extracelular ■ A taxa de excreção renal de potássio é de 10 a 15% do potássio filtrado ■ Na hiperpotassemia a taxa de excreção renal pode atingir o dobro ■ Na hipopotassemia a excreção renal fica muito reduzida

14 Valores séricos dos sódio de acordo com a idade Lactentes 139 – 146 meq/l Crianças138 – 145 meq/l Adultos 135 – 148 meq/l

15 Valores séricos de potássio de acordo com a idade < 2 meses 3,0 – 7,0 meq/l 2-12 meses3,5 – 6,0 meq/l > 12 meses3,5 – 5,0 meq/l Adultos3,5 – 5,2 meq/l

16 Necessidades Eletrolíticas Diárias (meq/Kg/dia) Sódio 2,0 – 4,0 Potássio 2,0 – 3,0 Cálcio 0,5 – 2,0 Magnésio 0,3 – 0,5 Fósforo 1,0 - 2,0 Cloro 2,0 – 3,0

17 Cálculo da Hidratação Venosa 1- Cálculo do Volume: ■ O volume deve ser calculado de acordo com as necessidades hídricas diárias ■ O volume total diário deve ser dividido em etapas, conforme o tempo que se deseja administrar a solução ■ A etapa de manutenção, geralmente é prescrita num intervalo de 6 a 8 horas

18 Cálculo da Hidratação Venosa Exemplo: Lactente de 5 Kg, sem perdas anormais, deverá receber hidratação parenteral pois ficará em jejum para cirurgia eletiva. ■A necessidade hídrica diária(NHD)= 120 ml/Kg/dia NHD= 120 X 5= 600 ml/dia ■A etapa deverá ser prescrita para 6 horas, portanto: NHD= 600ml ÷ 4 = 150 ml

19 Cálculo da Hidratação Venosa 2- Cálculo do gotejamento Cada gota corresponde a 3 microgotas Nº de gotas/min= volume a ser administrado tempo(em horas)X3

20 Cálculo do gotejamento da solução Exemplo: ■ Lactente de 5 Kg; Volume por etapa de 6 horas = 150 ml ■ 150ml = 150ml = 8,3 gts/min ± 8 gts/min 6X3 18 ■ Se quisermos administrar em µgts/min 1 gota _________ 3µgts 8 gotas_________ X X= 24µgts/min

21 Hidratação em Pediatria Hidratação em Pediatria Soluções de uso parenteral mais utilizadas 1ml NaCl 0,9% 0,15meq de Na0,15meq de Cl 1ml NaCl 20% 3,4 meq de Na3,4 meq de Cl 1ml KCl 10% 1,3 meq de K1,3 meq de Cl 1ml KCl 19,8% 2,7 meq de K 2,7 meq de Cl 1 ml de NaHCO3 ( 10% ) 1,0 meq de Na 1,0 meq de HCO3 1 ml de NaHCO3 ( 8,4%) 1,2 meq de Na1,2 meq de HCO3

22 Hidratação Venosa em Pediatria Cálculo da osmolaridade das soluções ■ A Osmolaridade da solução deve sempre considerar o correspondente por litro da mesma: 1ml de NaCl 0,9% 0,3 mOsm 1 ml de NaCl 20% 6,8 mOsm 1 ml de KCl 10% 2,6 mOsm 1 ml de KCl 19,8% 5,4mOsm 1 ml de NaHCO3 8,4% 2,0 mOsm

23 Hidratação em Pediatria Osmolaridade Exemplo: ■ Qual a osmolaridade do soro fisiológico? 1ml de SF0,9% ________ 0,3mOsm 1000ml de SF0,9% X X= 0,3 X 1000 ml = 300 mOsm/l ■ A osmolaridade da solução é sempre considerada por 1 litro da mesma

24 Hidratação Venosa Como preparar as soluções? A – Mistura de Solução Glicosada a 5% e Soro Fisiológico ■ Solução 1:1, 1:2, 1:3, !:4 etc ■ O primeiro índice refere-se a parte de soro fisiológico e o segundo de soro gliocosado a 5% ■ Um soro 1:2 contém 1 parte de soro fisiológico e duas de soro glicosado 5% ■ Uma regra prática para cálculo da osmolaridade destas soluções é dividir a osmolaridade do soro fisiológico(300mOsm/L) pela soma dos índices. Assim, um soro 1:4 tem 60 mOsm/l (300 ÷ 5)

25 Hidratação Venosa Como prepara as soluções? B- Acrescentar NaCl 20% ao Soro Glicosado a 5% Utilizar a seguinte fórmula 500 ml ,5/Σ Vf X Σ= somatório dos índices da solução ( ex: 1:3 =1+3=4) Vf= volume correspondente à fase da hidratação X= volume de NaCl 20% que será adicionado

26 Hidratação venosa Como preparar as soluções? Exemplo: No exemplo anterior do lactente, o volume por etapa calculada era de 150 ml para 6 horas. Para manutenção é mais seguro a prescrição de soro 1:4 = 60 mOsm/l. Então de acordo com a fórmula: 500ml ,5/5(1+4) 150ml X X= 1,35 ou aproximadamente 1,4 ml de NaCl 20%

27 Hidratação venosa em pediatria Como preparar as soluções? ■ Se não houver contra-indicação, devemos acrescentar o potássio de acordo com a necessidade ■ Necessidade de K = 2 – 3 meq/Kg/dia. Se calcularmos com 2 meq/Kg /dia = 2 X 5= 10 meq / dia. Para cada etapa de 6 horas - 10÷4 = 2,5 meq de K ■ Se 1ml de KCl 10% ,3 meq de K X ,5 meq de K X= 1,9ml ■ Hidratação venosa para 6 horas: SG5% - 150ml Correr ± 24 µgts/min NaCl 20%-1,4ml ou 8 gts/min KCl 10% - 1,9ml


Carregar ppt "Hidratação em Pediatria Profª Márcia Antunes Fernandes"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google