A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

22/01/2002Curso de Expositor Espírita1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "22/01/2002Curso de Expositor Espírita1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA."— Transcrição da apresentação:

1 22/01/2002Curso de Expositor Espírita1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA

2 22/01/2002Curso de Expositor Espírita2 Por que sentimos medo de falar em público? Somos os únicos? Como lidar com o medo do palco? Questões CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Introdução

3 22/01/2002Curso de Expositor Espírita3 1 Ação de confiar. 2 Segurança íntima com que se procede. 3 Crédito, fé. 4 Boa fama. 5 Segurança e bom conceito. 6 Esperança firme. Confiança Determinação 1 Ato ou efeito de determinar. 2 Definição, indicação ou explicação exata. 3 Demarcação. 4 Ordem superior; prescrição. 5 Resolução, decisão. 6 Afoiteza, coragem, denodo. CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Definição

4 22/01/2002Curso de Expositor Espírita4 Se nós não nos ampararmos, quem nos amparará? Se eu não tiver confiança em mim, quem terá confiança? Se posso fazer isto, por que não poderei fazer mais? Malogros Quem não os sofre? Quem sabe, talvez seja, aliás, pode ser, julgo que, tudo parece indicar que são palavras que revelam insegurança. Estímulo CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Confiança em Si

5 22/01/2002Curso de Expositor Espírita5 Temperamento Expansivo Serenidade de Espírito Sensibilidade Apurada Firmeza nas Convicções Conhecer o Assunto Magnetismo Pessoal Comunicar-se por meio da palavra, as idéias e os fatos. Domínio de si mesmo. Perceber o efeito de suas palavras nos ouvintes. Expô-las de modo veemente. Eventuais digressões. Persuadir com êxito. CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Requisitos Naturais do Orador

6 22/01/2002Curso de Expositor Espírita6 1. Pesquisas universitárias norte-americanas comprovaram que 80% ou 90% das pessoas temem falar em público. 2. Acredite no que vai dizer. A dúvida deita raios de morte. 3. Enriqueça seu vocabulário, lendo com dicionário. 4. Não abale convicção diretamente; vá devagar sem impor pontos-de-vista. 5. Como se fala e não o que se fala é que prende o auditório. A assembléia detesta quem fala mole e linearmente. CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Estímulo

7 22/01/2002Curso de Expositor Espírita7 Atitude Serena e corajosa Auto confiança - Vencer Timidez. - Evitar excesso de reflexão. - Não sentir a dificuldade de concentração. - manter afastadas de si a suscetibilidade e a impulsividade. CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Domínio do Auditório

8 22/01/2002Curso de Expositor Espírita8 Antes de Subir Respiração Relaxamento No tablado - Fixar o pensamento apenas no assunto do discurso. - Após as primeiras frases, o receio desaparecerá Precauções: - não falar de estômago vazio. - enfrentar, primeiramente, um auditório favorável. CONFIANÇA E DETERMINAÇÃO Vencendo o Medo

9 22/01/2002Curso de Expositor Espírita9 Lembremo-nos de que: não importa o quão nervoso estejamos, a maioria dos sintomas só será perceptível para nós e não para os ouvintes. as pessoas do auditório, inclusive as que discordam do nosso pensamento, também têm medo de falar em público, e, portanto, estarão nosso lado. CONCLUSÃO

10 22/01/2002Curso de Expositor Espírita10 SANTOS, M. F. dos. Técnica do Discurso Moderno. 4. ed., São Paulo, Logos, BARBOSA, O. A Arte de Falar em Público. Rio de Janeiro, Edições Ouro, S/D/P. FONTE DE CONSULTA


Carregar ppt "22/01/2002Curso de Expositor Espírita1 (Org. por Sérgio Biagi Gregório) DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google