A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL."— Transcrição da apresentação:

1 AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

2 BaseTécnicaSOCIEDADE Força de TrabalhoConhecimentomuda:REVOLUÇÃO ArtesanalColeta/caçaFísica Quase Imutável PALEOLÍTICA Idade da Pedra Antiga (lascada) é um termo criado no período mais antigo da História do Homem. A duração deste período, o mais longo da História da Humanidade, é de cerca de 2,5 milhões de anos. REVOLUÇÕES TECNOLÓGICAS: RUPTURAS E ACELERAÇÕES.

3 REVOLUÇÕES TECNOLÓGICAS: RUPTURAS E ACELERAÇÕES. Neolítico ou Idade da Pedra Polida coincidiu com o advento da agricultura e da domesticação de animais, as primeiras intervenções humanas diretas no mundo natural. ( Há 10.000 anos ). BaseTécnicaSOCIEDADE Força de TrabalhoConhecimentomuda:REVOLUÇÃO ArtesanalAgrícolaFísico-mentalhabitadaLentamenteNEOLÍTICA

4 CIRANDA DO SABER NESCESSIDADE EXPERIÊNCIA SABER SOCIAL OBJETIVADO ESCOLA – SOCIEDADE O ensino nasceu da aprendizagem SABER SOCIAL OBJETIVADO ESCOLA – SOCIEDADE O ensino nasceu da aprendizagem APRENDER SUBJETIVO APRENDER SUBJETIVO PRÁTICA SOBREVIVÊNCIA PRÁTICA SOBREVIVÊNCIA SABER ACUMULADO ALGUÉM ENSINA E OUTRO APRENDE SABER ACUMULADO ALGUÉM ENSINA E OUTRO APRENDE ENSINO OBJETIVADO ENSINO OBJETIVADO

5 20001800 0 19001950 R. INDUSTRIALCRISTOSÉCULO XXIH. PRIMITIVO I. MEDIEVAL 1400 10.000 a.C. 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C.

6 0 Agricultura Subsistência Técnicas Primárias Agricultura Subsistência Técnicas Primárias 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C.

7 1800 0 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C. 1000 Agricultura Subsistência Aprimoramento das Técnicas Insumos Básicos Naturais Implementos Alternativos Agricultura Subsistência Aprimoramento das Técnicas Insumos Básicos Naturais Implementos Alternativos Desenvolvimento Primário da Pesquisa, Produção, Comércio e Mercado Desenvolvimento Primário da Pesquisa, Produção, Comércio e Mercado

8 18001900 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C. Revolução Industrial Tecnologia Máquinas – tratores implementos, agro químicos, adubos sintéticos, entre outros Produção agrícola em escala Agroindústria Competitividade no mercado agrícola Revolução Industrial Tecnologia Máquinas – tratores implementos, agro químicos, adubos sintéticos, entre outros Produção agrícola em escala Agroindústria Competitividade no mercado agrícola

9 19001950

10 19001950 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C. Aprimoramento da tecnologia Agro química, máquinas e implementos 1959 – Primeira fábrica de tratores no Brasil – CBT Desenvolvimento do sistema de produção em escala Surgimento de grandes agroindústrias Aprimoramento da tecnologia Agro química, máquinas e implementos 1959 – Primeira fábrica de tratores no Brasil – CBT Desenvolvimento do sistema de produção em escala Surgimento de grandes agroindústrias

11 19502000 1970 1980 1960 1990 DITADURA MILITAR 20001800 0 19001950 1400 10.000 a.C. Controle da pesquisa Desenvolvimento intelectual suprimido Universidade formou pseudo-teóricos e em conseqüência péssimos práticos Controle da pesquisa Desenvolvimento intelectual suprimido Universidade formou pseudo-teóricos e em conseqüência péssimos práticos

12 1950 1960 1970 1980 1990 2000 Comida de Bebê Fast Food Brinquedos Carros Casas, Eletrodomésticos Computador, Celular Bebê 10 20 30 40 50 Qualidade de Vida, Segurança OS BABY-BOOMERS SÃO UM TERÇO DA POPULAÇÃO MUNDIAL 1970 1980 1960 1990 19502000 BMFs CAIs Bancos Agromercantis Holdings Mercado Globalizado Nova Revolução Industrial - OGN BMFs CAIs Bancos Agromercantis Holdings Mercado Globalizado Nova Revolução Industrial - OGN

13 Conhecer é incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer Conhecer é incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer NASCE das experiências que acumulamos em nossa vida através de experiências, dos relacionamentos interpessoais, das leituras de livros e artigos diversos. NASCE das experiências que acumulamos em nossa vida através de experiências, dos relacionamentos interpessoais, das leituras de livros e artigos diversos. Conhecimento Empírico Conhecimento Filosófico Conhecimento Teológico Conhecimento Científico Conhecimento Empírico Conhecimento Filosófico Conhecimento Teológico Conhecimento Científico TIPOS DE CONHECIMENTOS A Ciência Evolui A Ciência Evolui

14 As Microrregiões Rurais no Brasil, segundo a conceituação adotada pela SDT As Microrregiões Rurais no Brasil, segundo a conceituação adotada pela SDT

15 Desenvolvimento da Agricultura Mudanças nas forças produtivas do setor primário, por propiciar maior controle do ciclo biológico Inovações técnicas e organizacionais na agricultura concorrem para criar um novo uso do tempo e um novo uso da terra; Otimização de espaços no calendário agrícola e/ou encurtamento dos ciclos das culturas; Mudanças nas forças produtivas do setor primário, por propiciar maior controle do ciclo biológico Inovações técnicas e organizacionais na agricultura concorrem para criar um novo uso do tempo e um novo uso da terra; Otimização de espaços no calendário agrícola e/ou encurtamento dos ciclos das culturas;

16 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Genética avançada – biotecnologia Velocidade da circulação dos produtos e de informações; Disponibilidade de créditos e a exportação dos produtos Dados que permitem a um novo modelo de prática da agropecuária, permitindo reinventar a natureza: Genética avançada – biotecnologia Velocidade da circulação dos produtos e de informações; Disponibilidade de créditos e a exportação dos produtos Dados que permitem a um novo modelo de prática da agropecuária, permitindo reinventar a natureza:

17 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Modificando os solos, através da genética criando espécies, sementes, controlando as condições climáticas regionais; Fertilizantes, herbicidas, inseticidas, fungicidas, culturas de entressafras, bancos de germoplasma, mecanização agrícola modernizada, plantio direto, créditos públicos específicos para soja e milho nos cerrados; Modificando os solos, através da genética criando espécies, sementes, controlando as condições climáticas regionais; Fertilizantes, herbicidas, inseticidas, fungicidas, culturas de entressafras, bancos de germoplasma, mecanização agrícola modernizada, plantio direto, créditos públicos específicos para soja e milho nos cerrados;

18 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Estado como um agente ativo na globalização da agricultura brasileira Surge um novo uso agrícola do território no período técnico-científico- informal; Concomitante, organiza-se um novo modelo econômico e social de produção agropecuária; Estado como um agente ativo na globalização da agricultura brasileira Surge um novo uso agrícola do território no período técnico-científico- informal; Concomitante, organiza-se um novo modelo econômico e social de produção agropecuária;

19 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Via especialização, divisão social e territorial do trabalho ampliam-se as potencialidades das economias de escala, aumentando a competitividade e otimizando lucros, numa resposta mais positiva à racionalidade do capitalismo globalizado;

20 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Segundo Milton santos, a periodização da agricultura no Brasil – reorganização no espaço agrário – três momentos a partir de 1950; Primeiro momento – insumos, maquinas, implementos e defensivos agrícolas na maioria eram importados – primeira empresa de tratores se instala em 1959; Segundo Milton santos, a periodização da agricultura no Brasil – reorganização no espaço agrário – três momentos a partir de 1950; Primeiro momento – insumos, maquinas, implementos e defensivos agrícolas na maioria eram importados – primeira empresa de tratores se instala em 1959;

21 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Segundo momento – ocorre nos meados da década de 60, quando as grandes corporações se apropriam do processo de produção agropecuária brasileira; Graziano Silva – neste momento configura- se o processo de industrialização da agricultura – adubos, implementos, defensivos agrícolas, algumas agroindústrias de transformação; Segundo momento – ocorre nos meados da década de 60, quando as grandes corporações se apropriam do processo de produção agropecuária brasileira; Graziano Silva – neste momento configura- se o processo de industrialização da agricultura – adubos, implementos, defensivos agrícolas, algumas agroindústrias de transformação;

22 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Acumulação industrial – centrado no desenvolvimento dos complexos agroindustriais – CAIs Enquanto a agropecuária moderna passa a ser um núcleo emergente de CAIs – cuja produção se destina prioritariamente na geração de COMMODITIS, e de matéria prima para as agroindústria em fraca expansão, além de uma gama enorme de produtos agroindustriais. Acumulação industrial – centrado no desenvolvimento dos complexos agroindustriais – CAIs Enquanto a agropecuária moderna passa a ser um núcleo emergente de CAIs – cuja produção se destina prioritariamente na geração de COMMODITIS, e de matéria prima para as agroindústria em fraca expansão, além de uma gama enorme de produtos agroindustriais.

23 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Caracteriza-se, assim, uma nova organização econômica e social da agropecuária que acompanha a unificação da economia pelo movimento do capital industrial e financeiro; A expansão dos CAIs constitui,pois, vetor fundamental da reestruturação produtiva da agropecuária brasileira e da organização do agrobusiness ou agronegócio brasileiro; Caracteriza-se, assim, uma nova organização econômica e social da agropecuária que acompanha a unificação da economia pelo movimento do capital industrial e financeiro; A expansão dos CAIs constitui,pois, vetor fundamental da reestruturação produtiva da agropecuária brasileira e da organização do agrobusiness ou agronegócio brasileiro;

24 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Por isso, compreender os sistemas de fixos e fluxos, dos principais CAIs no Brasil (soja, suco de laranja, cana), em especial a partir de seus circuitos espaciais de produção, é um exercício de análise, tanto da produção agropecuária e agroindustrial brasileiras modernas como território por elas produzidos.

25 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Do mesmo modo, captar seus círculos de cooperação seus sistemas de ações é identificar, no tempo e no espaço, a forma de agir das grandes corporações globalizadas que dominam a produção agropecuária e agroindustrial brasileira, revelando suas alianças com o Estado e suas ingerências na reestruturação do espaço. Exemplo – cana e laranja em SP; soja no centro-oeste.

26 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Avanço da cultura da soja em novas fronteiras agrícolas como o Estado de Mato Grosso; Algodão, milho, fruticultura, flores, mandioca, cana e outros, Gado rastreado, frango, suíno e outros, Avanço da cultura da soja em novas fronteiras agrícolas como o Estado de Mato Grosso; Algodão, milho, fruticultura, flores, mandioca, cana e outros, Gado rastreado, frango, suíno e outros,

27 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Terceiro momento – reestruturação produtiva da agropecuária brasileira, ocorre a partir dos meados da década de 70; Integração de capitais – centralização dos capitais industriais, bancários, agrários, etc; Expansão das sociedades anônimas, cooperativas agrícolas, empresas integradas verticalmente (agroindústrias ou agrocomerciais); Terceiro momento – reestruturação produtiva da agropecuária brasileira, ocorre a partir dos meados da década de 70; Integração de capitais – centralização dos capitais industriais, bancários, agrários, etc; Expansão das sociedades anônimas, cooperativas agrícolas, empresas integradas verticalmente (agroindústrias ou agrocomerciais);

28 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Graziano Silva – este movimento de mudanças da agropecuária brasileira no final da década de 70 e início da de 80, ocorre devido a desarticulação do chamado complexo rural, com a constituição dos complexos agroindustriais;

29 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Que ocorreria mediante a substituição da economia natural por atividades agrícolas integradas a indústria; Isto pela intensificação da divisão de trabalho e das trocas intersetoriais e ainda com a especialização das atividades agropecuárias; Que ocorreria mediante a substituição da economia natural por atividades agrícolas integradas a indústria; Isto pela intensificação da divisão de trabalho e das trocas intersetoriais e ainda com a especialização das atividades agropecuárias;

30 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Nas décadas de 70 e 80 as pesquisas intensificam seus estudos nos setores químicos, genéticos e mecânicos (tratores, implementos e armazenamento); Biotecnologia; Milho híbrido; Avicultura comercial - poedeira – frango desenvolvimento genético; Nas décadas de 70 e 80 as pesquisas intensificam seus estudos nos setores químicos, genéticos e mecânicos (tratores, implementos e armazenamento); Biotecnologia; Milho híbrido; Avicultura comercial - poedeira – frango desenvolvimento genético;

31 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Transgênicos; Plantios diretos; Armazenagens de grãos; Nutrição animal; Confinamentos bovinos; Genética animal; Genética vegetal; Transgênicos; Plantios diretos; Armazenagens de grãos; Nutrição animal; Confinamentos bovinos; Genética animal; Genética vegetal;

32 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Fruticultura; Horticultura; CEASAS; Bolsas de comercialização de futuro; Aviação agrícola; Grandes exposição, feiras agropecuárias; Entre muitas mudanças importantes que ocorreram no setor primário; Fruticultura; Horticultura; CEASAS; Bolsas de comercialização de futuro; Aviação agrícola; Grandes exposição, feiras agropecuárias; Entre muitas mudanças importantes que ocorreram no setor primário;

33 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Verifica-se desde o primeiro momento da reestruturação produtiva da agropecuária no Brasil; Ocorre a presença de grandes holdings multinacionais na formação dos Grandes Complexos Agroindustriais; Enquanto os espaços agrícolas se reproduzem sob comando do capital financeiro e industrial; Verifica-se desde o primeiro momento da reestruturação produtiva da agropecuária no Brasil; Ocorre a presença de grandes holdings multinacionais na formação dos Grandes Complexos Agroindustriais; Enquanto os espaços agrícolas se reproduzem sob comando do capital financeiro e industrial;

34 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Conquista de mercados internacionais; Produtos alimentares brasileiros industrializados; Produção de auto-consumo é substituída pela economia de mercado; Aumento da taxa de internacionalização da agropecuária brasileira; Conquista de mercados internacionais; Produtos alimentares brasileiros industrializados; Produção de auto-consumo é substituída pela economia de mercado; Aumento da taxa de internacionalização da agropecuária brasileira;

35 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Reforçam-se as determinações exógenas ao lugar de produção, especialmente em relação aos mercados, cada vez mais longínquos e competitivos; Preços comandados pelas principais bolsas de mercadorias do mundo; Aumentam as distâncias do centro de produção e os centros de decisão; Reforçam-se as determinações exógenas ao lugar de produção, especialmente em relação aos mercados, cada vez mais longínquos e competitivos; Preços comandados pelas principais bolsas de mercadorias do mundo; Aumentam as distâncias do centro de produção e os centros de decisão;

36 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Parcela cada vez maior dos produtos agropecuários sofre beneficiamento industrial antes de chegar à mesa do consumidor; Estas mercadorias ocupam, as prateleiras das grandes redes de supermercados; Propaganda forte em cima das vendas a todas as classes; Violando identidades locais baseadas em saberes e fazeres historicamente construídos; Parcela cada vez maior dos produtos agropecuários sofre beneficiamento industrial antes de chegar à mesa do consumidor; Estas mercadorias ocupam, as prateleiras das grandes redes de supermercados; Propaganda forte em cima das vendas a todas as classes; Violando identidades locais baseadas em saberes e fazeres historicamente construídos;

37 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Outras atividades econômicas associadas ao terciário se desenvolvem e reforçam o novo padrão de consumo alimentar, tais como cadeias de fast foods (Habib`s, Pizza Hut, McDonalds, etc), de serviços de catering para hotéis e linhas aéreas. Reestruturação produtiva – base técnica, econômica e social da agropecuária – novo espaço agrário - CAIs – baseado no período técnico-científico-informacional. Outras atividades econômicas associadas ao terciário se desenvolvem e reforçam o novo padrão de consumo alimentar, tais como cadeias de fast foods (Habib`s, Pizza Hut, McDonalds, etc), de serviços de catering para hotéis e linhas aéreas. Reestruturação produtiva – base técnica, econômica e social da agropecuária – novo espaço agrário - CAIs – baseado no período técnico-científico-informacional.

38 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Divisão dos Territórios Agropecuários A divisão territorial agropecuário também se redefine no período técnico-científico- informacional quando as regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste foram as mais intensamente atingidas pelos processos de modernização em geral formam regiões concentradas. Nestas regiões o espaço recebeu sistemas de objetos e ações, renovando permanentemente as forças produtivas e o território. A divisão territorial agropecuário também se redefine no período técnico-científico- informacional quando as regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste foram as mais intensamente atingidas pelos processos de modernização em geral formam regiões concentradas. Nestas regiões o espaço recebeu sistemas de objetos e ações, renovando permanentemente as forças produtivas e o território.

39 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas - Exemplo Cultura da soja no Cerrado Antes vamos falar da soja no cerrado do centro-oeste: Crescimento de 30% entre 2000 e 2003, 38 milhões toneladas em 2000/01 para 50 milhões em 2003/04, Estima-se que este ano deverá ocorrer um aumento de 8,2% na área plantada. Antes vamos falar da soja no cerrado do centro-oeste: Crescimento de 30% entre 2000 e 2003, 38 milhões toneladas em 2000/01 para 50 milhões em 2003/04, Estima-se que este ano deverá ocorrer um aumento de 8,2% na área plantada.

40 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Exemplo a Cultura do Algodão no MT MT mudou o jeito de cultivar algodão no Brasil, Algodão ouro branco do cerrado, MT tem tecnologia, tem área e clima – maneira com que esse algodão adquire fator competitivo no mercado nacional e internacional, (Sr. João Luiz Pessoa – Presidente da AMPA), EMBRAPA – Últimos oito anos a tecnologia na cultura do algodão vem crescendo – aumentando sua competitividade, Variedades excelentes, mudou a época de plantio, mudou os espaçamentos, mudou técnicas no controle de pragas, mudou a maneira de descaroçar o algodão e tb os produtores se organizaram – associações e cooperativas, MT mudou o jeito de cultivar algodão no Brasil, Algodão ouro branco do cerrado, MT tem tecnologia, tem área e clima – maneira com que esse algodão adquire fator competitivo no mercado nacional e internacional, (Sr. João Luiz Pessoa – Presidente da AMPA), EMBRAPA – Últimos oito anos a tecnologia na cultura do algodão vem crescendo – aumentando sua competitividade, Variedades excelentes, mudou a época de plantio, mudou os espaçamentos, mudou técnicas no controle de pragas, mudou a maneira de descaroçar o algodão e tb os produtores se organizaram – associações e cooperativas,

41 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Exemplo a Cultura do Algodão no MT MT – 1500 quilos/há em 2002 passou para 3700 quilos / há, Tecnologia – desfolhantes, chove no plantio e seca na colheita, Custo há, R$ 3.500,00, Brasil 7% produção mundial, Algodão caroço – (agregar valor) – algodoeira – beneficiamento – algodão em pluma, Algodoira hoje – R$2.000.000,00, Apenas uma empresa vendeu 90 colheitadeira de algodão para MT – custa R$900.000,00 cada, Besboy e uma prensa – R$300.000,00 – ajuda para transporte – 10t, MT – 1500 quilos/há em 2002 passou para 3700 quilos / há, Tecnologia – desfolhantes, chove no plantio e seca na colheita, Custo há, R$ 3.500,00, Brasil 7% produção mundial, Algodão caroço – (agregar valor) – algodoeira – beneficiamento – algodão em pluma, Algodoira hoje – R$2.000.000,00, Apenas uma empresa vendeu 90 colheitadeira de algodão para MT – custa R$900.000,00 cada, Besboy e uma prensa – R$300.000,00 – ajuda para transporte – 10t,

42 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas - Ocupar o Espaço Internacional AMPA – moveu uma ação contra a Câmara de Comércio dos EUA, em relação ao subsídio do algodão brasileiro: Arriscou perder, Enfrentou, Desenvolveu raciocínio, Ganhou – competitividade dos nossos produtos a nível internacional AMPA – moveu uma ação contra a Câmara de Comércio dos EUA, em relação ao subsídio do algodão brasileiro: Arriscou perder, Enfrentou, Desenvolveu raciocínio, Ganhou – competitividade dos nossos produtos a nível internacional

43 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Estudar a organização espacial de determinada sociedade, Implica analisar os processos de produção e reprodução dessa sociedade, Reprodução do espaço geográfico, tendo no Estado e a sociedade agropecuária como principais agentes, A mudança na organização social e espacial e no aparato ideológico, tecnológico e econômicos, ocorreu após a união das partes interessadas, Estudar a organização espacial de determinada sociedade, Implica analisar os processos de produção e reprodução dessa sociedade, Reprodução do espaço geográfico, tendo no Estado e a sociedade agropecuária como principais agentes, A mudança na organização social e espacial e no aparato ideológico, tecnológico e econômicos, ocorreu após a união das partes interessadas,

44 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio De uma forma geral: - a história da humanidade, olhando o planeta como um todo – o espaço geográfico sempre foi objeto de compartimentação, No começo – ilhas, grupos, tribos, nações – formariam verdadeiro arquipélagos, Aumento da população mundial – intercâmbio – essa trama ficou muito mais densa, Globalização – compartimentou a superfície do planeta – não apenas pela ação do homem, mas pela presença da política, Competição pelos espaços de negócios – resultando nos territórios especializados, De uma forma geral: - a história da humanidade, olhando o planeta como um todo – o espaço geográfico sempre foi objeto de compartimentação, No começo – ilhas, grupos, tribos, nações – formariam verdadeiro arquipélagos, Aumento da população mundial – intercâmbio – essa trama ficou muito mais densa, Globalização – compartimentou a superfície do planeta – não apenas pela ação do homem, mas pela presença da política, Competição pelos espaços de negócios – resultando nos territórios especializados,

45 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Mundo globalizado – competitividade e consumo fazem parte de um estado transação de produtos, Competitividade comanda formas de ação, Consumo comanda formas passivas da compra, Capitalismo – concorrência estabelece as regras de comercialização de 1500 a 1900, Na globalização a competitividade toma lugar da competição, Para ganhar um mercado (território), união de empresas de negócios, sem compaixão, verdadeira guerra de mercado, Mundo globalizado – competitividade e consumo fazem parte de um estado transação de produtos, Competitividade comanda formas de ação, Consumo comanda formas passivas da compra, Capitalismo – concorrência estabelece as regras de comercialização de 1500 a 1900, Na globalização a competitividade toma lugar da competição, Para ganhar um mercado (território), união de empresas de negócios, sem compaixão, verdadeira guerra de mercado,

46 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Espaço – Mundo, Tempo – Mundo, Espaço se globaliza – mas não é mundial como um todo, Todos os lugares são mundiais – não há espaço mundial, Quem se globaliza são as pessoas e os lugares Globalização – meio técnico-científico-informal – natureza artificial – nova cara do tempo, espaço e dos lugares, Competitividade – planejamento e do entendimento do espaço, lugar, tempo – levar ao desenvolvimento local e sustentável, Território – superposição de engenharia diferentemente datados, e usados hoje, segundo tempo diversos. Espaço – Mundo, Tempo – Mundo, Espaço se globaliza – mas não é mundial como um todo, Todos os lugares são mundiais – não há espaço mundial, Quem se globaliza são as pessoas e os lugares Globalização – meio técnico-científico-informal – natureza artificial – nova cara do tempo, espaço e dos lugares, Competitividade – planejamento e do entendimento do espaço, lugar, tempo – levar ao desenvolvimento local e sustentável, Território – superposição de engenharia diferentemente datados, e usados hoje, segundo tempo diversos.

47 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Grande Transformação – o mundo conheceu a partir da segunda guerra mundial – globalização, Estamos vivendo hoje o que foi longamente preparado a partir do sáculo XVI – mundializar os processos econômicos, sociais e políticos – onde ocorre a e avança a expansão capitalista – ocorre também a revolução científica e técnica em todas as áreas, Hoje – vivemos a universalização do mundo – através da produção, incluindo a produção agrícola, nos processos produtivos, transformação e de marketing, Hoje – Vivemos num mundo em que a lei do valor mundializado comanda a produção total e local, por meio das produções e das técnicas dominantes. Base de todas produções é universal – daí, o mercado passa a ser mundial, Grande Transformação – o mundo conheceu a partir da segunda guerra mundial – globalização, Estamos vivendo hoje o que foi longamente preparado a partir do sáculo XVI – mundializar os processos econômicos, sociais e políticos – onde ocorre a e avança a expansão capitalista – ocorre também a revolução científica e técnica em todas as áreas, Hoje – vivemos a universalização do mundo – através da produção, incluindo a produção agrícola, nos processos produtivos, transformação e de marketing, Hoje – Vivemos num mundo em que a lei do valor mundializado comanda a produção total e local, por meio das produções e das técnicas dominantes. Base de todas produções é universal – daí, o mercado passa a ser mundial,

48 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Espaço agrícola e/ou agropecuário – conjunto indissociável dos sistemas de produção de diversas culturas – e de sistemas de ações, Criação do espaço produtivo – hierarquização do espaço a partir da dominação de centros que exerce sua função administrativa, jurídica, fiscal, policial, técnica, tecnológica e de gestão. Ligação – o espaço produtivo, guarda uma estreita relação ao resto do território – relações de troca de serviços, Espaço agrícola e/ou agropecuário – conjunto indissociável dos sistemas de produção de diversas culturas – e de sistemas de ações, Criação do espaço produtivo – hierarquização do espaço a partir da dominação de centros que exerce sua função administrativa, jurídica, fiscal, policial, técnica, tecnológica e de gestão. Ligação – o espaço produtivo, guarda uma estreita relação ao resto do território – relações de troca de serviços,

49 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Criação dos espaços e a globalização: Transformação dos territórios nacionais em espaços nacionais da economia internacional. Criação dos espaços e a globalização: Transformação dos territórios nacionais em espaços nacionais da economia internacional.

50 Apresentação desenvolvida por: José Mesquita Júnior MJ Solutions - Design - Web - Tecnologia (65) 9281-7260 e-mail: mesquitajr@yahoo.com Apresentação desenvolvida por: José Mesquita Júnior MJ Solutions - Design - Web - Tecnologia (65) 9281-7260 e-mail: mesquitajr@yahoo.com


Carregar ppt "AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google