A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL."— Transcrição da apresentação:

1 AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL

2 BaseTécnicaSOCIEDADE Força de TrabalhoConhecimentomuda:REVOLUÇÃO ArtesanalColeta/caçaFísica Quase Imutável PALEOLÍTICA Idade da Pedra Antiga (lascada) é um termo criado no período mais antigo da História do Homem. A duração deste período, o mais longo da História da Humanidade, é de cerca de 2,5 milhões de anos. REVOLUÇÕES TECNOLÓGICAS: RUPTURAS E ACELERAÇÕES.

3 REVOLUÇÕES TECNOLÓGICAS: RUPTURAS E ACELERAÇÕES. Neolítico ou Idade da Pedra Polida coincidiu com o advento da agricultura e da domesticação de animais, as primeiras intervenções humanas diretas no mundo natural. ( Há anos ). BaseTécnicaSOCIEDADE Força de TrabalhoConhecimentomuda:REVOLUÇÃO ArtesanalAgrícolaFísico-mentalhabitadaLentamenteNEOLÍTICA

4 CIRANDA DO SABER NESCESSIDADE EXPERIÊNCIA SABER SOCIAL OBJETIVADO ESCOLA – SOCIEDADE O ensino nasceu da aprendizagem SABER SOCIAL OBJETIVADO ESCOLA – SOCIEDADE O ensino nasceu da aprendizagem APRENDER SUBJETIVO APRENDER SUBJETIVO PRÁTICA SOBREVIVÊNCIA PRÁTICA SOBREVIVÊNCIA SABER ACUMULADO ALGUÉM ENSINA E OUTRO APRENDE SABER ACUMULADO ALGUÉM ENSINA E OUTRO APRENDE ENSINO OBJETIVADO ENSINO OBJETIVADO

5 R. INDUSTRIALCRISTOSÉCULO XXIH. PRIMITIVO I. MEDIEVAL a.C a.C.

6 0 Agricultura Subsistência Técnicas Primárias Agricultura Subsistência Técnicas Primárias a.C.

7 a.C Agricultura Subsistência Aprimoramento das Técnicas Insumos Básicos Naturais Implementos Alternativos Agricultura Subsistência Aprimoramento das Técnicas Insumos Básicos Naturais Implementos Alternativos Desenvolvimento Primário da Pesquisa, Produção, Comércio e Mercado Desenvolvimento Primário da Pesquisa, Produção, Comércio e Mercado

8 a.C. Revolução Industrial Tecnologia Máquinas – tratores implementos, agro químicos, adubos sintéticos, entre outros Produção agrícola em escala Agroindústria Competitividade no mercado agrícola Revolução Industrial Tecnologia Máquinas – tratores implementos, agro químicos, adubos sintéticos, entre outros Produção agrícola em escala Agroindústria Competitividade no mercado agrícola

9

10 a.C. Aprimoramento da tecnologia Agro química, máquinas e implementos 1959 – Primeira fábrica de tratores no Brasil – CBT Desenvolvimento do sistema de produção em escala Surgimento de grandes agroindústrias Aprimoramento da tecnologia Agro química, máquinas e implementos 1959 – Primeira fábrica de tratores no Brasil – CBT Desenvolvimento do sistema de produção em escala Surgimento de grandes agroindústrias

11 DITADURA MILITAR a.C. Controle da pesquisa Desenvolvimento intelectual suprimido Universidade formou pseudo-teóricos e em conseqüência péssimos práticos Controle da pesquisa Desenvolvimento intelectual suprimido Universidade formou pseudo-teóricos e em conseqüência péssimos práticos

12 Comida de Bebê Fast Food Brinquedos Carros Casas, Eletrodomésticos Computador, Celular Bebê Qualidade de Vida, Segurança OS BABY-BOOMERS SÃO UM TERÇO DA POPULAÇÃO MUNDIAL BMFs CAIs Bancos Agromercantis Holdings Mercado Globalizado Nova Revolução Industrial - OGN BMFs CAIs Bancos Agromercantis Holdings Mercado Globalizado Nova Revolução Industrial - OGN

13 Conhecer é incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer Conhecer é incorporar um conceito novo, ou original, sobre um fato ou fenômeno qualquer NASCE das experiências que acumulamos em nossa vida através de experiências, dos relacionamentos interpessoais, das leituras de livros e artigos diversos. NASCE das experiências que acumulamos em nossa vida através de experiências, dos relacionamentos interpessoais, das leituras de livros e artigos diversos. Conhecimento Empírico Conhecimento Filosófico Conhecimento Teológico Conhecimento Científico Conhecimento Empírico Conhecimento Filosófico Conhecimento Teológico Conhecimento Científico TIPOS DE CONHECIMENTOS A Ciência Evolui A Ciência Evolui

14 As Microrregiões Rurais no Brasil, segundo a conceituação adotada pela SDT As Microrregiões Rurais no Brasil, segundo a conceituação adotada pela SDT

15 Desenvolvimento da Agricultura Mudanças nas forças produtivas do setor primário, por propiciar maior controle do ciclo biológico Inovações técnicas e organizacionais na agricultura concorrem para criar um novo uso do tempo e um novo uso da terra; Otimização de espaços no calendário agrícola e/ou encurtamento dos ciclos das culturas; Mudanças nas forças produtivas do setor primário, por propiciar maior controle do ciclo biológico Inovações técnicas e organizacionais na agricultura concorrem para criar um novo uso do tempo e um novo uso da terra; Otimização de espaços no calendário agrícola e/ou encurtamento dos ciclos das culturas;

16 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Genética avançada – biotecnologia Velocidade da circulação dos produtos e de informações; Disponibilidade de créditos e a exportação dos produtos Dados que permitem a um novo modelo de prática da agropecuária, permitindo reinventar a natureza: Genética avançada – biotecnologia Velocidade da circulação dos produtos e de informações; Disponibilidade de créditos e a exportação dos produtos Dados que permitem a um novo modelo de prática da agropecuária, permitindo reinventar a natureza:

17 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Modificando os solos, através da genética criando espécies, sementes, controlando as condições climáticas regionais; Fertilizantes, herbicidas, inseticidas, fungicidas, culturas de entressafras, bancos de germoplasma, mecanização agrícola modernizada, plantio direto, créditos públicos específicos para soja e milho nos cerrados; Modificando os solos, através da genética criando espécies, sementes, controlando as condições climáticas regionais; Fertilizantes, herbicidas, inseticidas, fungicidas, culturas de entressafras, bancos de germoplasma, mecanização agrícola modernizada, plantio direto, créditos públicos específicos para soja e milho nos cerrados;

18 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Estado como um agente ativo na globalização da agricultura brasileira Surge um novo uso agrícola do território no período técnico-científico- informal; Concomitante, organiza-se um novo modelo econômico e social de produção agropecuária; Estado como um agente ativo na globalização da agricultura brasileira Surge um novo uso agrícola do território no período técnico-científico- informal; Concomitante, organiza-se um novo modelo econômico e social de produção agropecuária;

19 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Via especialização, divisão social e territorial do trabalho ampliam-se as potencialidades das economias de escala, aumentando a competitividade e otimizando lucros, numa resposta mais positiva à racionalidade do capitalismo globalizado;

20 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Segundo Milton santos, a periodização da agricultura no Brasil – reorganização no espaço agrário – três momentos a partir de 1950; Primeiro momento – insumos, maquinas, implementos e defensivos agrícolas na maioria eram importados – primeira empresa de tratores se instala em 1959; Segundo Milton santos, a periodização da agricultura no Brasil – reorganização no espaço agrário – três momentos a partir de 1950; Primeiro momento – insumos, maquinas, implementos e defensivos agrícolas na maioria eram importados – primeira empresa de tratores se instala em 1959;

21 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Segundo momento – ocorre nos meados da década de 60, quando as grandes corporações se apropriam do processo de produção agropecuária brasileira; Graziano Silva – neste momento configura- se o processo de industrialização da agricultura – adubos, implementos, defensivos agrícolas, algumas agroindústrias de transformação; Segundo momento – ocorre nos meados da década de 60, quando as grandes corporações se apropriam do processo de produção agropecuária brasileira; Graziano Silva – neste momento configura- se o processo de industrialização da agricultura – adubos, implementos, defensivos agrícolas, algumas agroindústrias de transformação;

22 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Acumulação industrial – centrado no desenvolvimento dos complexos agroindustriais – CAIs Enquanto a agropecuária moderna passa a ser um núcleo emergente de CAIs – cuja produção se destina prioritariamente na geração de COMMODITIS, e de matéria prima para as agroindústria em fraca expansão, além de uma gama enorme de produtos agroindustriais. Acumulação industrial – centrado no desenvolvimento dos complexos agroindustriais – CAIs Enquanto a agropecuária moderna passa a ser um núcleo emergente de CAIs – cuja produção se destina prioritariamente na geração de COMMODITIS, e de matéria prima para as agroindústria em fraca expansão, além de uma gama enorme de produtos agroindustriais.

23 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Caracteriza-se, assim, uma nova organização econômica e social da agropecuária que acompanha a unificação da economia pelo movimento do capital industrial e financeiro; A expansão dos CAIs constitui,pois, vetor fundamental da reestruturação produtiva da agropecuária brasileira e da organização do agrobusiness ou agronegócio brasileiro; Caracteriza-se, assim, uma nova organização econômica e social da agropecuária que acompanha a unificação da economia pelo movimento do capital industrial e financeiro; A expansão dos CAIs constitui,pois, vetor fundamental da reestruturação produtiva da agropecuária brasileira e da organização do agrobusiness ou agronegócio brasileiro;

24 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Por isso, compreender os sistemas de fixos e fluxos, dos principais CAIs no Brasil (soja, suco de laranja, cana), em especial a partir de seus circuitos espaciais de produção, é um exercício de análise, tanto da produção agropecuária e agroindustrial brasileiras modernas como território por elas produzidos.

25 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Do mesmo modo, captar seus círculos de cooperação seus sistemas de ações é identificar, no tempo e no espaço, a forma de agir das grandes corporações globalizadas que dominam a produção agropecuária e agroindustrial brasileira, revelando suas alianças com o Estado e suas ingerências na reestruturação do espaço. Exemplo – cana e laranja em SP; soja no centro-oeste.

26 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Avanço da cultura da soja em novas fronteiras agrícolas como o Estado de Mato Grosso; Algodão, milho, fruticultura, flores, mandioca, cana e outros, Gado rastreado, frango, suíno e outros, Avanço da cultura da soja em novas fronteiras agrícolas como o Estado de Mato Grosso; Algodão, milho, fruticultura, flores, mandioca, cana e outros, Gado rastreado, frango, suíno e outros,

27 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Terceiro momento – reestruturação produtiva da agropecuária brasileira, ocorre a partir dos meados da década de 70; Integração de capitais – centralização dos capitais industriais, bancários, agrários, etc; Expansão das sociedades anônimas, cooperativas agrícolas, empresas integradas verticalmente (agroindústrias ou agrocomerciais); Terceiro momento – reestruturação produtiva da agropecuária brasileira, ocorre a partir dos meados da década de 70; Integração de capitais – centralização dos capitais industriais, bancários, agrários, etc; Expansão das sociedades anônimas, cooperativas agrícolas, empresas integradas verticalmente (agroindústrias ou agrocomerciais);

28 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Graziano Silva – este movimento de mudanças da agropecuária brasileira no final da década de 70 e início da de 80, ocorre devido a desarticulação do chamado complexo rural, com a constituição dos complexos agroindustriais;

29 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Que ocorreria mediante a substituição da economia natural por atividades agrícolas integradas a indústria; Isto pela intensificação da divisão de trabalho e das trocas intersetoriais e ainda com a especialização das atividades agropecuárias; Que ocorreria mediante a substituição da economia natural por atividades agrícolas integradas a indústria; Isto pela intensificação da divisão de trabalho e das trocas intersetoriais e ainda com a especialização das atividades agropecuárias;

30 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Nas décadas de 70 e 80 as pesquisas intensificam seus estudos nos setores químicos, genéticos e mecânicos (tratores, implementos e armazenamento); Biotecnologia; Milho híbrido; Avicultura comercial - poedeira – frango desenvolvimento genético; Nas décadas de 70 e 80 as pesquisas intensificam seus estudos nos setores químicos, genéticos e mecânicos (tratores, implementos e armazenamento); Biotecnologia; Milho híbrido; Avicultura comercial - poedeira – frango desenvolvimento genético;

31 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Transgênicos; Plantios diretos; Armazenagens de grãos; Nutrição animal; Confinamentos bovinos; Genética animal; Genética vegetal; Transgênicos; Plantios diretos; Armazenagens de grãos; Nutrição animal; Confinamentos bovinos; Genética animal; Genética vegetal;

32 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Fruticultura; Horticultura; CEASAS; Bolsas de comercialização de futuro; Aviação agrícola; Grandes exposição, feiras agropecuárias; Entre muitas mudanças importantes que ocorreram no setor primário; Fruticultura; Horticultura; CEASAS; Bolsas de comercialização de futuro; Aviação agrícola; Grandes exposição, feiras agropecuárias; Entre muitas mudanças importantes que ocorreram no setor primário;

33 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Verifica-se desde o primeiro momento da reestruturação produtiva da agropecuária no Brasil; Ocorre a presença de grandes holdings multinacionais na formação dos Grandes Complexos Agroindustriais; Enquanto os espaços agrícolas se reproduzem sob comando do capital financeiro e industrial; Verifica-se desde o primeiro momento da reestruturação produtiva da agropecuária no Brasil; Ocorre a presença de grandes holdings multinacionais na formação dos Grandes Complexos Agroindustriais; Enquanto os espaços agrícolas se reproduzem sob comando do capital financeiro e industrial;

34 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Conquista de mercados internacionais; Produtos alimentares brasileiros industrializados; Produção de auto-consumo é substituída pela economia de mercado; Aumento da taxa de internacionalização da agropecuária brasileira; Conquista de mercados internacionais; Produtos alimentares brasileiros industrializados; Produção de auto-consumo é substituída pela economia de mercado; Aumento da taxa de internacionalização da agropecuária brasileira;

35 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Reforçam-se as determinações exógenas ao lugar de produção, especialmente em relação aos mercados, cada vez mais longínquos e competitivos; Preços comandados pelas principais bolsas de mercadorias do mundo; Aumentam as distâncias do centro de produção e os centros de decisão; Reforçam-se as determinações exógenas ao lugar de produção, especialmente em relação aos mercados, cada vez mais longínquos e competitivos; Preços comandados pelas principais bolsas de mercadorias do mundo; Aumentam as distâncias do centro de produção e os centros de decisão;

36 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Parcela cada vez maior dos produtos agropecuários sofre beneficiamento industrial antes de chegar à mesa do consumidor; Estas mercadorias ocupam, as prateleiras das grandes redes de supermercados; Propaganda forte em cima das vendas a todas as classes; Violando identidades locais baseadas em saberes e fazeres historicamente construídos; Parcela cada vez maior dos produtos agropecuários sofre beneficiamento industrial antes de chegar à mesa do consumidor; Estas mercadorias ocupam, as prateleiras das grandes redes de supermercados; Propaganda forte em cima das vendas a todas as classes; Violando identidades locais baseadas em saberes e fazeres historicamente construídos;

37 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas Outras atividades econômicas associadas ao terciário se desenvolvem e reforçam o novo padrão de consumo alimentar, tais como cadeias de fast foods (Habib`s, Pizza Hut, McDonalds, etc), de serviços de catering para hotéis e linhas aéreas. Reestruturação produtiva – base técnica, econômica e social da agropecuária – novo espaço agrário - CAIs – baseado no período técnico-científico-informacional. Outras atividades econômicas associadas ao terciário se desenvolvem e reforçam o novo padrão de consumo alimentar, tais como cadeias de fast foods (Habib`s, Pizza Hut, McDonalds, etc), de serviços de catering para hotéis e linhas aéreas. Reestruturação produtiva – base técnica, econômica e social da agropecuária – novo espaço agrário - CAIs – baseado no período técnico-científico-informacional.

38 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Divisão dos Territórios Agropecuários A divisão territorial agropecuário também se redefine no período técnico-científico- informacional quando as regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste foram as mais intensamente atingidas pelos processos de modernização em geral formam regiões concentradas. Nestas regiões o espaço recebeu sistemas de objetos e ações, renovando permanentemente as forças produtivas e o território. A divisão territorial agropecuário também se redefine no período técnico-científico- informacional quando as regiões Sudeste, Sul e Centro-oeste foram as mais intensamente atingidas pelos processos de modernização em geral formam regiões concentradas. Nestas regiões o espaço recebeu sistemas de objetos e ações, renovando permanentemente as forças produtivas e o território.

39 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas - Exemplo Cultura da soja no Cerrado Antes vamos falar da soja no cerrado do centro-oeste: Crescimento de 30% entre 2000 e 2003, 38 milhões toneladas em 2000/01 para 50 milhões em 2003/04, Estima-se que este ano deverá ocorrer um aumento de 8,2% na área plantada. Antes vamos falar da soja no cerrado do centro-oeste: Crescimento de 30% entre 2000 e 2003, 38 milhões toneladas em 2000/01 para 50 milhões em 2003/04, Estima-se que este ano deverá ocorrer um aumento de 8,2% na área plantada.

40 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Exemplo a Cultura do Algodão no MT MT mudou o jeito de cultivar algodão no Brasil, Algodão ouro branco do cerrado, MT tem tecnologia, tem área e clima – maneira com que esse algodão adquire fator competitivo no mercado nacional e internacional, (Sr. João Luiz Pessoa – Presidente da AMPA), EMBRAPA – Últimos oito anos a tecnologia na cultura do algodão vem crescendo – aumentando sua competitividade, Variedades excelentes, mudou a época de plantio, mudou os espaçamentos, mudou técnicas no controle de pragas, mudou a maneira de descaroçar o algodão e tb os produtores se organizaram – associações e cooperativas, MT mudou o jeito de cultivar algodão no Brasil, Algodão ouro branco do cerrado, MT tem tecnologia, tem área e clima – maneira com que esse algodão adquire fator competitivo no mercado nacional e internacional, (Sr. João Luiz Pessoa – Presidente da AMPA), EMBRAPA – Últimos oito anos a tecnologia na cultura do algodão vem crescendo – aumentando sua competitividade, Variedades excelentes, mudou a época de plantio, mudou os espaçamentos, mudou técnicas no controle de pragas, mudou a maneira de descaroçar o algodão e tb os produtores se organizaram – associações e cooperativas,

41 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Exemplo a Cultura do Algodão no MT MT – 1500 quilos/há em 2002 passou para 3700 quilos / há, Tecnologia – desfolhantes, chove no plantio e seca na colheita, Custo há, R$ 3.500,00, Brasil 7% produção mundial, Algodão caroço – (agregar valor) – algodoeira – beneficiamento – algodão em pluma, Algodoira hoje – R$ ,00, Apenas uma empresa vendeu 90 colheitadeira de algodão para MT – custa R$ ,00 cada, Besboy e uma prensa – R$ ,00 – ajuda para transporte – 10t, MT – 1500 quilos/há em 2002 passou para 3700 quilos / há, Tecnologia – desfolhantes, chove no plantio e seca na colheita, Custo há, R$ 3.500,00, Brasil 7% produção mundial, Algodão caroço – (agregar valor) – algodoeira – beneficiamento – algodão em pluma, Algodoira hoje – R$ ,00, Apenas uma empresa vendeu 90 colheitadeira de algodão para MT – custa R$ ,00 cada, Besboy e uma prensa – R$ ,00 – ajuda para transporte – 10t,

42 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas - Ocupar o Espaço Internacional AMPA – moveu uma ação contra a Câmara de Comércio dos EUA, em relação ao subsídio do algodão brasileiro: Arriscou perder, Enfrentou, Desenvolveu raciocínio, Ganhou – competitividade dos nossos produtos a nível internacional AMPA – moveu uma ação contra a Câmara de Comércio dos EUA, em relação ao subsídio do algodão brasileiro: Arriscou perder, Enfrentou, Desenvolveu raciocínio, Ganhou – competitividade dos nossos produtos a nível internacional

43 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Estudar a organização espacial de determinada sociedade, Implica analisar os processos de produção e reprodução dessa sociedade, Reprodução do espaço geográfico, tendo no Estado e a sociedade agropecuária como principais agentes, A mudança na organização social e espacial e no aparato ideológico, tecnológico e econômicos, ocorreu após a união das partes interessadas, Estudar a organização espacial de determinada sociedade, Implica analisar os processos de produção e reprodução dessa sociedade, Reprodução do espaço geográfico, tendo no Estado e a sociedade agropecuária como principais agentes, A mudança na organização social e espacial e no aparato ideológico, tecnológico e econômicos, ocorreu após a união das partes interessadas,

44 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio De uma forma geral: - a história da humanidade, olhando o planeta como um todo – o espaço geográfico sempre foi objeto de compartimentação, No começo – ilhas, grupos, tribos, nações – formariam verdadeiro arquipélagos, Aumento da população mundial – intercâmbio – essa trama ficou muito mais densa, Globalização – compartimentou a superfície do planeta – não apenas pela ação do homem, mas pela presença da política, Competição pelos espaços de negócios – resultando nos territórios especializados, De uma forma geral: - a história da humanidade, olhando o planeta como um todo – o espaço geográfico sempre foi objeto de compartimentação, No começo – ilhas, grupos, tribos, nações – formariam verdadeiro arquipélagos, Aumento da população mundial – intercâmbio – essa trama ficou muito mais densa, Globalização – compartimentou a superfície do planeta – não apenas pela ação do homem, mas pela presença da política, Competição pelos espaços de negócios – resultando nos territórios especializados,

45 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Mundo globalizado – competitividade e consumo fazem parte de um estado transação de produtos, Competitividade comanda formas de ação, Consumo comanda formas passivas da compra, Capitalismo – concorrência estabelece as regras de comercialização de 1500 a 1900, Na globalização a competitividade toma lugar da competição, Para ganhar um mercado (território), união de empresas de negócios, sem compaixão, verdadeira guerra de mercado, Mundo globalizado – competitividade e consumo fazem parte de um estado transação de produtos, Competitividade comanda formas de ação, Consumo comanda formas passivas da compra, Capitalismo – concorrência estabelece as regras de comercialização de 1500 a 1900, Na globalização a competitividade toma lugar da competição, Para ganhar um mercado (território), união de empresas de negócios, sem compaixão, verdadeira guerra de mercado,

46 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Espaço – Mundo, Tempo – Mundo, Espaço se globaliza – mas não é mundial como um todo, Todos os lugares são mundiais – não há espaço mundial, Quem se globaliza são as pessoas e os lugares Globalização – meio técnico-científico-informal – natureza artificial – nova cara do tempo, espaço e dos lugares, Competitividade – planejamento e do entendimento do espaço, lugar, tempo – levar ao desenvolvimento local e sustentável, Território – superposição de engenharia diferentemente datados, e usados hoje, segundo tempo diversos. Espaço – Mundo, Tempo – Mundo, Espaço se globaliza – mas não é mundial como um todo, Todos os lugares são mundiais – não há espaço mundial, Quem se globaliza são as pessoas e os lugares Globalização – meio técnico-científico-informal – natureza artificial – nova cara do tempo, espaço e dos lugares, Competitividade – planejamento e do entendimento do espaço, lugar, tempo – levar ao desenvolvimento local e sustentável, Território – superposição de engenharia diferentemente datados, e usados hoje, segundo tempo diversos.

47 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Grande Transformação – o mundo conheceu a partir da segunda guerra mundial – globalização, Estamos vivendo hoje o que foi longamente preparado a partir do sáculo XVI – mundializar os processos econômicos, sociais e políticos – onde ocorre a e avança a expansão capitalista – ocorre também a revolução científica e técnica em todas as áreas, Hoje – vivemos a universalização do mundo – através da produção, incluindo a produção agrícola, nos processos produtivos, transformação e de marketing, Hoje – Vivemos num mundo em que a lei do valor mundializado comanda a produção total e local, por meio das produções e das técnicas dominantes. Base de todas produções é universal – daí, o mercado passa a ser mundial, Grande Transformação – o mundo conheceu a partir da segunda guerra mundial – globalização, Estamos vivendo hoje o que foi longamente preparado a partir do sáculo XVI – mundializar os processos econômicos, sociais e políticos – onde ocorre a e avança a expansão capitalista – ocorre também a revolução científica e técnica em todas as áreas, Hoje – vivemos a universalização do mundo – através da produção, incluindo a produção agrícola, nos processos produtivos, transformação e de marketing, Hoje – Vivemos num mundo em que a lei do valor mundializado comanda a produção total e local, por meio das produções e das técnicas dominantes. Base de todas produções é universal – daí, o mercado passa a ser mundial,

48 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Espaço agrícola e/ou agropecuário – conjunto indissociável dos sistemas de produção de diversas culturas – e de sistemas de ações, Criação do espaço produtivo – hierarquização do espaço a partir da dominação de centros que exerce sua função administrativa, jurídica, fiscal, policial, técnica, tecnológica e de gestão. Ligação – o espaço produtivo, guarda uma estreita relação ao resto do território – relações de troca de serviços, Espaço agrícola e/ou agropecuário – conjunto indissociável dos sistemas de produção de diversas culturas – e de sistemas de ações, Criação do espaço produtivo – hierarquização do espaço a partir da dominação de centros que exerce sua função administrativa, jurídica, fiscal, policial, técnica, tecnológica e de gestão. Ligação – o espaço produtivo, guarda uma estreita relação ao resto do território – relações de troca de serviços,

49 Desenvolvimento da Agricultura – Competitividade dos Produtos Agrícolas- Organização do Espaço do Agronegócio Criação dos espaços e a globalização: Transformação dos territórios nacionais em espaços nacionais da economia internacional. Criação dos espaços e a globalização: Transformação dos territórios nacionais em espaços nacionais da economia internacional.

50 Apresentação desenvolvida por: José Mesquita Júnior MJ Solutions - Design - Web - Tecnologia (65) Apresentação desenvolvida por: José Mesquita Júnior MJ Solutions - Design - Web - Tecnologia (65)


Carregar ppt "AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL AGRICULTURA FAMILIAR, PLANIFICAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google