A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cosme Massi Sobre a Lógica da Ética Espírita Sobre a Lógica da Ética Espírita.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cosme Massi Sobre a Lógica da Ética Espírita Sobre a Lógica da Ética Espírita."— Transcrição da apresentação:

1 Cosme Massi Sobre a Lógica da Ética Espírita Sobre a Lógica da Ética Espírita

2 Cosme Massi Significados de ética: 1 - Ética – ciência da conduta (ou ciência que tem por objeto de estudo a moral) Moral – objeto da Ética 2 - Ética = Moral

3 Cosme Massi A conduta humana: Imaginemos que uma pessoa pergunte, a propósito de uma determinada ação, por que eu deveria fazer isso?

4 Cosme Massi Respostas Em primeiro lugar, podemos evocar as conseqüências benéficas desse ato: quantos indivíduos ficarão mais felizes, ou terão seus males atenuados graças a essa ação – Éticas utilitaristas (o motivo ou causa da conduta é o bem ou a felicidade que proporciona)

5 Cosme Massi Em segundo lugar, podemos nos referir a uma regra obrigatória que prescreve à pessoa o cumprimento dessa ação, ou que a obriga a fazê- la, seja por que se trata de um dever moral geral, seja por que seu papel ou seu posto o exige. Éticas deontológicas - déon (dever), lógos (ciência) - o motivo ou causa da conduta é o dever, ou o cumprimento da lei.

6 Cosme Massi Em terceiro lugar, podemos mencionar o traço de caráter do qual um tal ato seria uma expressão típica ou representativa; seria, por exemplo, generoso, ou atencioso, ou leal executar esse ato. Éticas das virtudes - a conduta é determinada pela natureza moral do homem.

7 Cosme Massi A conduta ou ação humana Dois elementos fundamentais: 1 – A natureza do homem que age (virtudes ou vícios) 2 – O móvel da conduta ou ação humana (motivos ou causas) (a lei de Deus ou o bem e a felicidade)

8 Cosme Massi 629. Que definição se pode dar da moral? A moral é a regra de bem proceder, isto é, a distinção entre o bem e o mal. Funda-se na observância da lei de Deus. O homem procede bem quando tudo faz pelo bem de todos, porque então cumpre a lei de Deus. O móvel da conduta humana

9 Cosme Massi 893. Qual a mais meritória de todas as virtudes? Todas as virtudes têm seu mérito, porque todas indicam progresso na senda do bem. Há virtudes sempre que há resistência voluntária ao arrastamento dos maus pendores. A sublimidade da virtude, porém, está no sacrifício do interesse pessoal pelo bem do próximo, sem pensamento oculto. A mais meritória é a que assenta na mais desinteressada caridade. A natureza moral do homem

10 Cosme Massi 894. Há pessoas que fazem o bem espontaneamente, sem que precisem vencer quaisquer sentimentos que lhes sejam opostos. Terão tanto mérito quanto as que se vêem na contingência de lutar contra a natureza que lhes é própria e a vencem? Só não têm que lutar aqueles em quem já há progresso realizado. Esses lutaram outrora e triunfaram. Por isso é que os bons sentimentos nenhum esforço lhes custam e suas ações lhes parecem simplíssimas. O bem se lhes tornou um hábito. Devidas lhes são as honras que se costuma tributar a velhos guerreiros que conquistaram seus altos postos. A natureza moral do homem

11 Cosme Massi Como ainda estais longe da perfeição, tais exemplos vos espantam pelo contraste com o que tendes à vista e tanto mais os admirais, quanto mais raros são. Ficai sabendo, porém, que, nos mundos mais adiantados do que o vosso, constitui a regra o que entre vós representa a exceção. Em todos os pontos desses mundos, o sentimento do bem é espontâneo, porque somente Espíritos bons os habitam. Lá, uma só intenção maligna seria monstruosa exceção. Eis por que neles os homens são ditosos. O mesmo se dará na Terra, quando a Humanidade se houver transformado, quando compreender e praticar a caridade na sua verdadeira acepção.

12 Cosme Massi A lógica da ética espírita 1- A ética deve levar em consideração a natureza moral do homem (virtudes e vícios) e o móvel da ação humana (lei de Deus e a felicidade coletiva) 2) – A natureza do perispírito depende do progresso intelecto-moral alcançado.

13 Cosme Massi Ora, não sendo o perispírito, realmente, mais do que simples agente de transmissão, pois que no Espírito é que está a consciência, lógico será deduzir-se que, se pudesse existir perispírito sem Espírito, aquele nada sentiria, exatamente como um corpo que morreu. Do mesmo modo, se o Espírito não tivesse perispírito, seria inacessível a toda e qualquer sensação dolorosa. É o que se dá com os Espíritos completamente purificados. Sabemos que quanto mais eles se purificam, tanto mais etérea se torna a essência do perispírito, donde se segue que a influência material diminui à medida que o Espírito progride, isto é, à medida que o próprio perispírito se torna menos grosseiro. (LE, 257)


Carregar ppt "Cosme Massi Sobre a Lógica da Ética Espírita Sobre a Lógica da Ética Espírita."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google