A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ÁSIA Religião; Economia e Política Professor Arnaldo Geografia trilobita.org.br/arnaldo

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ÁSIA Religião; Economia e Política Professor Arnaldo Geografia trilobita.org.br/arnaldo"— Transcrição da apresentação:

1 ÁSIA Religião; Economia e Política Professor Arnaldo Geografia trilobita.org.br/arnaldo

2 A Muralha da China O governo chinês informa que a Grande Muralha tem km de extensão. Embora existam fontes que afirmem que o comprimento da Muralha pode chegar a km. Estende-se desde o passo de Jiayuguan (província de Gansu), lado oeste, até a foz do rio Yalujiang (província de Liaoning), lado leste. Atravessa o Deserto de Gobi, quatro províncias (Hebei, Shanxi, Shaanxi e Gansu) e duas regiões autônomas (Mongólia e Ningxia). A altura média da Grande Muralha é de 7 metros.

3 O segredo da saúde, mental e corporal, está em não se lamentar pelo passado, não se preocupar com o futuro, nem se adiantar aos problemas, mas, viver sábia e seriamente o presente. Buda

4 População: Mais de 3,9 bilhões de habitantes Maior continente: 30% das terras emersas Área aproximada: 44 milhões Km²

5

6

7

8 É durante as adversidades que surgem as grandes oportunidades (provérbio árabe)

9 As principais religiões monoteístas da Ásia: JUDAÍSMO CRISTIANISMO ISLAMISMO

10 JUDAÍSMO Os ensinamentos são baseados na Torá (bíblia dos judeus) Velho Testamento. O calendário judaico começa a ser contado em 7 de outubro de 3760 a.C. que para os judeus foi a data da criação do mundo o que quer dizer que estamos vivendo no ano de 5772.

11 CRISTIANISMO Religião centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré, na sua peregrinação pelo mundo, apresentado no Novo Testamento. A fé cristã acredita essencialmente em Jesus como o Cristo, filho de Deus, Senhor e Salvador do mundo.

12

13 ISLAMISMO Criado pelo profeta Maomé, a doutrina muçulmana encontra-se no livro sagrado Alcorão. Foi fundada na região da atual Arábia Saudita. Muhammad (Maomé) nasceu na cidade de Meca no ano de 570. Aos 40 anos de idade, recebeu a visita do anjo Gabriel. A partir deste momento, começa sua fase de peregrinação.

14 Entre tantos ensinamentos contidos no Corão, destacam-se: O Alcorão também registra tradições religiosas, passagens do Antigo Testamento judaico e cristão. onipotência de Deus (Alá); importância de praticar a bondade, a generosidade; e cometer justiça no relacionamento social.

15 Segundo a Sharia, todo muçulmano deve: Crer em Alá como seu único Deus; Fazer cinco orações diárias curvado para a Meca; Pagar o zakat (contribuição para ajudar os pobres); Fazer jejum no mês de Ramadã e; Peregrinar para Meca pelo menos uma vez na vida. Crer em Alá como seu único Deus; Fazer cinco orações diárias curvado para a Meca; Pagar o zakat (contribuição para ajudar os pobres); Fazer jejum no mês de Ramadã e; Peregrinar para Meca pelo menos uma vez na vida.

16 Cidades sagradas para o Islamismo: Meca: onde fica a Pedra Negra. Medina: local onde Maomé construiu a primeira Mesquita (templo religioso dos muçulmanos). Jerusalém: cidade onde o profeta subiu ao céu e foi ao paraíso para encontrar com Moises e Jesus.

17 Divisões do Islamismo Os seguidores da religião muçulmana se dividem em: Sunitas (80%), de acordo com os sunitas, a autoridade espiritual pertence a toda comunidade. Xiitas (20%) também possuem sua própria interpretação da Sharia. São mais conservadores.

18 Perfil Socioeconômico da Ásia X JapãoÍndia

19 Países Desenvolvidos da Ásia Fontes: Apesar da melhora nos últimos anos, as taxas de mortalidade infantil continuam elevadas, sobretudo na Ásia Meridional e em alguns países do Oriente Médio. Contudo, no Japão e Coreia do Sul, essa taxa é das mais baixas. Os melhores índices educacionais da Ásia ocorrem no Japão e em Israel. Normalmente, os países desenvolvidos têm os melhores indicadores sociais, destaque para Japão, Coreia do Sul e Israel, em face dos demais, que são subdesenvolvidos. A ONU considera os países com Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) elevado como países desenvolvidos.

20 Economia da Ásia A maioria dos países asiáticos tem na agricultura e na exploração de seus recursos naturais a base de suas economias; De maneira geral, a agricultura praticada é a extensiva (pouca tecnologia, baixa mecanização) voltada para o consumo interno; China e Índia: maiores produtores mundiais de arroz; Principais produtos: trigo, algodão, cevada, chá, tabaco e frutas; Pecuária bastante significativa. Principais rebanhos: bovino, suíno, ovino e bufalino;

21 Economia da Ásia A exploração e a industrialização de recursos naturais são fundamentais para a economia da Ásia. Principais produtos: minério de ferro, ouro, estanho e cobre; carvão mineral, petróleo e gás natural. O crescimento econômico da sociedade asiática ocorre sob dois segmentos: De um lado, existem as atividades modernas, formação especializada, estágios no ocidente, salários e padrões de vida elevados; e De outro, estão a mão de obra barata e trabalhos ilegais, sem direitos trabalhistas e nem fiscalização dos governos.

22 Economia das regiões Oriente Médio O petróleo movimenta a economia da maioria dos países dessa região; A Arábia Saudita tem a maior bacia petrolífera do Oriente Médio e do mundo. Grandes investimentos em refinarias e indústrias petroquímicas; Apesar da importância, a maioria da população não trabalha nem se beneficia dos lucros; A atividade industrial é baixa. Destaque para a indústria têxtil, responsável pela tradicional produção artesanal dos tapetes persas; A exceção é Israel, país industrializado e desenvolvido. Suas indústrias estão concentradas em Tel-Aviv e Haifa, onde se destacam as têxteis, alimentícias, químicas, armamentos, aeronáutica, etc.

23 ISRAEL O Estado de Israel compreende uma faixa litorânea de clima mediterrâneo. Israel tem duas capitais: Jerusalém e Tel Aviv. Kibutz: fazendas agrícolas comunitárias Deserto de Neguev

24 O Oriente Médio ocupa uma área de km² População predominantemente árabe Maior país: Arábia Saudita Menor país: Bahrein Predomina o clima árido e semi-árido e relevo montanhoso (Turquia, Irã e Afeganistão)

25 A PARTILHA Entre os séculos XV e XX o Oriente Médio ficou sob o domínio do Império Turco Otomano. No século XX (Final da primeira Guerra Mundial) ficou dividido entre Inglaterra e França: Inglaterra (Palestina, Mesopotâmia e Jordânia). França (Síria e Líbano).

26 Agricultura (de subsistência): arroz, trigo, cana-de-açucar e algumas frutas. Na região mediterrânea, destacam-se as plantas para exportação: oliveira, fumo, trigo e tâmara. Pecuária: ovinos e caprinos e camelos. Indústria: Em geral a atividade industrial não é forte.

27 Petróleo: o ouro negro do deserto. OPEP: Arábia Saudita, Catar, Emirados Árabes Unidos, Irã, Iraque, Kuwait, Indonésia, Líbia, Nigéria, Argélia e Venezuela.

28 Hidrografia A água é um recurso natural muito escasso no Oriente Médio Muitos países precisam importá-la ou dessalinizar água do mar para obter água potável. Principais rios: Tigre, Eufrates e Jordão.

29 Economia das regiões Ásia Meridional ou subcontinente indiano Entre os países que compõem o subcontinente indiano, o mais importante economicamente é a Índia; Uma parcela significativa da população indiana vive na pobreza absoluta, menos de US$1 por dia; Délhi e Calcutá abrigam os principais centros urbanos industriais. A presença de polos de alta tecnologia (tecnopolos), com altos salários, significa que o desenvolvimento econômico indiano beneficia apenas uma pequena parcela da população, a que está ligada aos setores: Mecânico; Siderúrgico; e de Informática. Grandes parcerias com Transnacionais estadunidenses, inglesas e japonesas. A Índia tem um dos maiores rebanhos bovinos do mundo. Entretanto, o consumo interno é baixo.

30 Economia das regiões Sudeste Asiático Malásia, Filipinas, Tailândia e Indonésia apresentaram grande crescimento econômico nos anos 1990; O crescimento econômico foi proporcionado pelas Transnacionais japonesas e estadunidenses na região; Com a modernização promovida na região, os governos locais fizeram amplos investimentos em educação, acelerando o crescimento regional. Assim nascem os Novos Tigres Asiáticos; Petróleo, cassiterita (estanho) – grande importância para a economia da região. Destaque para a Indonésia. A agricultura também é uma atividade econômica de grande expressão na região: Agricultura de subsistência; e Monoculturas

31 Economia das regiões Extremo Oriente Os maiores centros industriais da China localizam-se no Nordeste do país – abundância de carvão mineral; Os países mais industrializados são o Japão e os Tigres Asiáticos. Modernos processos de industrialização, mão de obra especializada e tecnologia de ponta; A indústria japonesa destaca-se mundialmente nos setores de informática, robótica, eletroeletrônico e automobilístico; A Coreia do Sul é um dos países com grande desenvolvimento industrial.

32 Os Tigres Asiáticos Grupo de países que na década de 1980 apresentaram um crescimento econômico elevado baseado na atração de capital estrangeiro como a isenção de impostos e mão-de-obra barata; O grupo formado por Coréia do Sul, Taiwan (Formosa), Cingapura e Hong Kong, surgiu durante a disputa comercial iniciada com o fim do comunismo e a abertura desses mercados. O Japão foi o principal propulsor do crescimento dos países do sudeste asiático; O investimento na educação e na infraestrutura de transportes, assim como a desvalorização do iene, impulsionaram a economia que continuou evoluindo e teve grande importância na criação do bloco econômico da bacia do Pacífico; A economia se baseia unicamente na exportação; O grupo possui a maior indústria naval do mundo, o maior exportador de tecidos, relógios e rádios, a maior indústria de bicicletas, a 2ª reserva mundial em moeda estrangeira e o maior complexo de refinarias do mundo.

33 Lembre-se: Necessariamente, todo muçulmano é islâmico e todo islâmico é muçulmano, pois, trata-se dos seguidores do Islamismo. Entretanto, nem todo árabe é muçulmano e nem todo muçulmano é árabe.


Carregar ppt "ÁSIA Religião; Economia e Política Professor Arnaldo Geografia trilobita.org.br/arnaldo"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google