A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Complexos Complexo é um composto que tem uma estrutura com um metal central rodeado de aniões ou de moléculas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Complexos Complexo é um composto que tem uma estrutura com um metal central rodeado de aniões ou de moléculas."— Transcrição da apresentação:

1 Complexos Complexo é um composto que tem uma estrutura com um metal central rodeado de aniões ou de moléculas.

2 Um ião metálico central é rodeado de moléculas de água As moléculas de água orientam – se de acordo com a atracção electrostática entre a carga do ião ( positivo) e os pares de electrões não partilhados da molécula de água que é o ligando Formação de um complexo

3 Nos iões complexos : Designa –se por ligando as moléculas ou iões que possuem pares de electrões não ligantes O átomo central é um ião do metal (aceita electrões ) Designa – se por nº de coordenação o nº de pares electrónicos aceites pelo átomo central A ligação coordenada envolve pares de electrões não ligantes dos ligandos

4 Cu ( H 2 O ) 4 2+ Ião central ligando Nº de coordenação Ião central – Cu 2+ Ligando – H 2 O Nº coordenação - 4

5 Co Cl ( NH 3 ) 5 2+ Ião central ligandos Nº de coordenação ( 1+5 = 6) Ião central – Co + Ligandos – Cl - e NH 3 Nº coordenação - 6

6 Classificação dos ligandos monodentados – ligandos que partilham apenas um par de electrões com o átomo central polidentados – (bidentado, tridentado,..) - ligandos que partilham mais do que um par de electrões com o átomo central Sempre que um ião complexo contém um ou mais iões polidentados designa – se por quelato

7 e A molécula 1,2 – diaminoetano l iga – se ao metal central por dois pares de electrões ( um de cada átomo de azoto ) N desta molécula – é um ligando bidentado

8 EDTA EDTA é o acrónimo em inglês: EthyleneDiamineTetrAcetic acid.(ácido etilenodiamino tetra-acético). É um composto orgânico que age como ligando polidentado, formando complexos muito estáveis com diversos iões metálicos. EDTA

9 Geometria dos iões complexos Linear Linear – corresponde a nº coordenação dois, 2 Tetraedrica Tetraedrica – corresponde a nº coordenação quatro, 4 Quadrangular plana Quadrangular plana – corresponde a nº coordenação quatro, 4 Octaédrica Octaédrica – corresponde a nº coordenação seis, 6

10 Geometria dos iões complexos Ag(NH 3 ) 2 + Zn(NH 3 ) 4 2+ Ni(NH 3 ) 6 2+ Pt(NH 3 ) 4 2+

11 Aplicações dos complexos Produtos de limpeza Produtos de limpeza – O EDTA é um agente complexante capaz de formar quelatos com metais como Ca 2+ Mg 2+, criando um complexo iónico solúvel evitando a fixação cálcio em tubagens e materiais Química Limpar ferrugem Limpar ferrugem – o oxido de ferro é insolúvel em água, mas dissolve – se na presença de ácido oxálico dando origem ao ião complexo trioxalato ferrato (III) [ Fe ( C 2 O 4 ) 3 ] 3 – solúvel

12 Metalurgia Processos de extracção de metais nobres, prata e ouro, a partir do minério 4 Au(s) + 8 CN – (aq) + O 2 (g) 4 [ Au ( CN) 2 ] – ( aq) + 4HO – (aq) Zn(s) + 2 [ Au ( CN) 2 ] – ( aq) [ Zn ( CN) 4 ] 2 – ( aq) + Au(s)

13 Medicina Um dos complexos de maior sucesso na área da terapêutica é a cisplatina [Pt(NH 3 ) 2 Cl 2 ] Este complexo tem a capacidade de se introduzir nas cadeias de ADN do núcleo das células.Como consequência desta introdução anómala na cadeia ADN, a célula deixa de se replicar o que permite que a cisplatina seja um instrumento eficaz na cura do cancro É injectada nas células tumorais o que as impede de se replicarem. Possui no entanto grandes efeitos secundários a nível renal cisplatina [Pt(NH 3 ) 2 Cl 2 ]

14 EDTA é EDTA é um composto orgânico que age como ligante polidentado, formando complexos muito estáveis com diversos iões metálicos. Devido a isso, é usado como preservante do sangue, pois "inactiva" os iões de cálcio, que promovem a coagulação sanguínea. Medicina Esta habilidade de complexar e assim "inactivar" iões metálicos é também usada como antídoto para envenenamento por chumbo

15 Medicina gadolínio Complexos de gadolínio utilizam – se na Imagiologia Médica formando o complexo DOTA DOTA – ácido 1,4,7,10 –tetraazaciclododecano-1,4,7,10- teraacético – gadolínio, que actua como agente de contraste na ressonância magnética nuclear - RMN

16 Industria Complexos de európio podem ser usados em sistemas luminescentes Complexos de európio e térbio são usados em pigmentos para tintas

17 Bioquímica A molécula de hemoglobina (C 2952 H 4664 O 832 N 812 S 8 Fe 4 ) é um complexo de ferro, podendo ser dividida em mais de 500 aminoácidos. A parte principal da molécula é um anel heterocíclico contendo um átomo de ferro. Este átomo de ferro é o responsável por manter o oxigénio ligado à molécula e assegurar o transporte de oxigénio no sangue.

18 A Cor Quando a luz branca incide sobre um material, algumas radiações são absorvidas outras podem ser transmitidas e outras reflectidas Componente da luz branca. Vermelho, verde,azul; reflectidas pelo branco, absorvidas pelo preto e transmitidas por objectos transparentes incolores A cor resulta da absorção selectiva de radiação visível

19 A Cor

20 corcomprimento de ondafrequência vermelho~ nm~ THz laranja~ nm~ THz amarelo~ nm~ THz verde~ nm~ THz ciano~ nm~ THz azul~ nm~ THz violeta~ nm~ THz Espectro Contínuo A cor dos complexos está relacionada com a absorção de radiações em zonas específicas do espectro visível devido a transições electrónicas entre as orbitais d.

21 A Cor nos complexos O conjunto das orbitais d apresenta simetria esférica A cor dos complexos dos metais de transição pode ser relacionada com a presença de orbitais d As orbitais a vermelho orientam – se na direcção dos eixos As orbitais a azul orientam – se na direcção entre os eixos

22 A Cor nos complexos A cor dos complexos dos metais de transição pode ser relacionada com a presença de orbitais d vazias ou semi preenchidas e com a presença de electrões não emparelhados no metal Nos complexos as orbitais d não apresentam todas a mesma energia, embora a energia total permaneça constante Teoria do campo cristalino dá uma explicação de como se processa a distribuição energética das orbitais d Foi utilizada com sucesso para explicar a cor, propriedades magnéticas, espectro electrónico (Uv-Vis) e de ressonância paramagnética electrónica (RPE) de compostos de coordenação de metais detransição.

23 Teoria do campo cristalino O aumento de energia deve – se ao aumento de repulsões entre um electrão do metal nessa orbital e o par electrónico do ligando Quando os pares de electrões dos ligandos se aproximam do átomo central para estabelecer ligação coordenada, as orbitais d do metal, que se orientam preferencialmente para receber os pares de electrões dos ligandos, sofrem um aumento de energia A energia total das orbitais d tem de se manter constante, assim as restantes orbitais d sofrem um decréscimo de energia para compensar o aumento sofrido pelas outras orbitais d

24 Os ligandos aproximam – se ao logo dos eixos x, y e z Esta aproximação afecta principalmente as orbitais x 2 -y 2 e z 2 Complexo octaedrico

25 As orbitais afectadas vão depender da distribuição espacial dos ligandos – da geometria do complexo Geometria octaedrica – maior diferença de energia entre as orbitais de maior e menor energia Geometria tetraedrica – menor diferença de energia entre as orbitais de maior e menor energia A cor nos complexos é consequência de absorções de radiação visível que ocorrem normalmente entre orbitais d do metal

26 Complexo octaedrico As orbitais d desdobram – se em orbitais de maior e de menor energia A diferença de energia entre estas orbitais é representado por o Energia das orbitais d antes da aproximação do ligando Energia das orbitais d depois da aproximação do ligando

27 Complexo tetraedrico A diferença de energia entre estas orbitais é representado por T e tem valor inferior a o Neste tipo de complexos os ligandos aproximam – se das orbitais dxy, dxz ´e dzy A separação das orbitais d é oposta à observada para os complexos octaedricos

28

29 A Cor em conclusão A cor de um ião complexo depende : Do nº de electrões presentes nas orbitais d do ião metálico central Do arranjo dos ligandos à volta do ião central ( geometria do complexo ), pois isso afecta a separação das orbitais d Da natureza do ligando, já que diferentes ligandos têm diferentes efeitos nas energias relativas das orbitais d Das transições entre orbitais d de diferentes energias

30

31

32


Carregar ppt "Complexos Complexo é um composto que tem uma estrutura com um metal central rodeado de aniões ou de moléculas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google