A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Um nanomaterial é um material com uma ou mais dimensões na escala nanométrica. (pelo menos com uma dimensão < 100 nm).

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Um nanomaterial é um material com uma ou mais dimensões na escala nanométrica. (pelo menos com uma dimensão < 100 nm)."— Transcrição da apresentação:

1 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Um nanomaterial é um material com uma ou mais dimensões na escala nanométrica. (pelo menos com uma dimensão < 100 nm). NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA 1 nm 20 cm Km A NANOPARTÍCULA é para uma BOLA de futebol como a BOLA é para a TERRA UFRJ

2 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA

3 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA

4 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Quando aplicada às ciências da vida recebe o nome de Nanobiotecnologia NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA Formas variadas aplicadas a Industria Farmacêutica e Cosméticos: Emulsões múltiplas e inversas, Micro e nanogéis, Nanopartículas poliméricas biodegradáveis, Nanopartículas lipídicas sólidas, Lipossomas, Ciclodextrinas, etc.

5 NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA Nanopartículas podem ser divididas em dois grupo: Nanopartículas lábeis – desintegram-se quando aplicadas sobre a pele Ex: lipossomas, microemulsões, nanoemulsões Nanopartículas insolúveis – Ex: TiO2, fulerenos Manipulação da matéria em escala nanométrica ( 0,1 a 100 nm)

6 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Nanobiotecnologia

7 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Sistemas de Liberação Controlada Os sistemas de liberação oferecem inúmeras vantagens quando comparados a outros de dosagem convencionais, tais como: I. Maior eficácia terapêutica, com liberação progressiva e controlada do ativo. II. Diminuição significativa da toxicidade e maior tempo de permanência na circulação. III. Natureza e composição dos veículos, além de proteção contra mecanismos de instabilidade e decomposição do ativo (inativação prematura). IV. Administração segura, sem reações inflamatórias locais. V. Diminuição do número de doses devido à liberação progressiva, VI. Possibilidade de direcionamento a alvos específicos. Nanobiotecnologia

8 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOCOSMÉTICA

9 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Pequenos ativos: Grandes soluções ou Grandes problemas? NANOCOSMÉTICA

10 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Uso de Nanocosméticos Partículas metálicas para aumento de brilho em maquiagens; Partículas metálicas para aumento de brilho em maquiagens; Nanoemulsões para cabelos mais hidratantes; Nanoemulsões para cabelos mais hidratantes; Proteção de ativos contra a degradação, (encapsulamento da vitamina C) ; Proteção de ativos contra a degradação, (encapsulamento da vitamina C) ; Liberação em camadas mais profundas da pele de ativos anti- rugas; Liberação em camadas mais profundas da pele de ativos anti- rugas; Melhoria da textura do creme e formação de um filme mais eficiente de protetores solar, (nanopartículas de dióxido de zinco). Melhoria da textura do creme e formação de um filme mais eficiente de protetores solar, (nanopartículas de dióxido de zinco). NANOCOSMÉTICA

11 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Cuidado! Devem ser cuidadosamente investigados antes de sua introdução no mercado. Estes sistemas nanoparticulados apresentam inúmeros benefícios, mas também podem ter algum efeito danoso. As nanopartículas de dióxido de zinco em proteção solar, por exemplo, não devem penetrar até camadas mais profundas da pele, uma vez que poderiam ocasionar reações inclusive de danos ao DNA. NANOCOSMÉTICA

12 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Dados do Friends of the Earth (USA / Austrália) Sobre Nanocosméticos

13 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

14 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

15 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

16 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

17 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

18 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

19 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

20 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ

21 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA

22 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ PREOCUPACÃO GERAL Como o organismo efetivamente lida com estes materiais? NANOCOSMÉTICA CNPq / MCTRenanosoma Programa Nacional de Nanotecnologia – PNN

23 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOTECNOLOGIANANOTECNOLOGIA

24 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOCOSMÉTICA Não existe ainda a nível nacional e internacional uma regulamentação específica sobre o uso da Nanotecnologia em cosméticos Recomendação: Estudos de permeação utilizando modelos in vitro / in vivo, que garantam a segurança de uso dos nanocosméticos. Estudos de Nanotoxicidade que assegure a inocuidade destes materiais aos trabalhadores das industrias de cosméticos, aos consumidores, e ao meio ambiente. Para termos grandes soluções, sem grandes problemas

25 Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ NANOCOSMÉTICA Muito Obrigada!


Carregar ppt "Profa Elisabete P. SantosFF-UFRJ Um nanomaterial é um material com uma ou mais dimensões na escala nanométrica. (pelo menos com uma dimensão < 100 nm)."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google