A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CRIE CENTRO DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CRIE CENTRO DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS."— Transcrição da apresentação:

1 CRIE CENTRO DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS

2 CRIE Pessoas com maior suscetibilidade as doenças ou risco de complicações para si ou para outros são contempladas nos CRIEs com Imunobiológicos Especiais. Na Bahia: CRIE - UFBA CRIE – Couto Maia CRIE – central (DIVEP)

3 Objetivo dos CRIEs: Facilitar o acesso da população, em especial dos portadores de Imunodeficiência congênita ou adquirida e de outras condições especiais de morbidade ou exposição a situações de risco, aos Imunobiológicos Especiais para prevenção das doenças.

4 COMO PROCEDER PARA ENCAMINHAR UM PACIENTE AO CRIE (COM INTERMÉDIO DA DIRES): Se o paciente apresenta condições clínicas que justifiquem a necessidade de vacinas especiais disponíveis gratuitamente nos CRIEs, são necessárias algumas providências: 1º) Elaborar um pequeno relatório médico (no próprio receituário) com a doença ou condição especial do paciente e breve histórico.

5 2º) O paciente deve procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência, levando a seguinte documentação: Relatório Médico Cópia do Cartão de Vacinação Cópia da Certidão de Nascimento ou RG Cópia do comprovante de endereço 3º) A partir daí esta documentação segue o fluxo: US SMS DIRES CRIE central 4º) O CRIE central avalia a solicitação e verifica se as vacinas indicadas são ELEGÍVEIS pelo Manual dos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais.. 5º) As vacinas ELEGÍVEIS são encaminhadas para DIRES SMS US (solicitante).

6 Imunobiológicos disponíveis nos CRIEs: VIP-Vacina Inativada contra Poliomielite HB-Vacina contra Hepatite B HA-Vacina contra Hepatite A VZ- Vacina contra Varicela INF-Vacina contra Influenza Pn23-Vacina contra Pneumococo 23 Valente Pnc7-Vacina contra Pneumococo Conjugada 7 Valente Hib-Vacina contra Haemophilus influenzae do tipo B

7 Imunobiológicos disponíveis nos CRIEs: DTPa-Vacina Tríplice Acelular DT-Vacina Dupla Infantil MncC-Vacina contra Meningococo Conjugada C IGHAHB-Imunoglobulina Humana Anti-Hepatite B IGHVAZ-Imunoglobulina Humana Antivaricela-zoster IGHAR-Imunoglobulina Humana Anti-Rábica IGHAT-Imunoglobulina Humana Antitetânica

8 VACINAS ESPECIAIS ESQUEMAS VIP – Vacina Inativada contra Poliomielite * ESQUEMA BÁSICO: 3 doses com intervalo de 60 dias (intervalo mínimo - 30 dias), a partir dos 2 meses de idade. * REFORÇOS: o 1º, 6 meses a 1 ano depois da 3ª dose; o 2º, 3 a 5 anos depois do 1º.

9 VZ - Vacina contra Varicela ESQUEMAS: Depende do fabricante. * Geralmente, entre 12 meses e 12 anos de idade, 1 dose. * Em pessoas com 13 anos ou mais, 2 doses, com intervalo de 4 a 8 semanas (se o intervalo for maior do que esse, não há necessidade de reiniciar o esquema). * Em pacientes IMUNODEPRIMIDOS, 2 doses, com intervalo mínimo de um mês entre elas, independente da faixa etária.

10 INF - Vacina contra Influenza ESQUEMAS: A vacina pode ser aplicada a partir dos 6 meses de idade. * Crianças menores de 9 anos, ao receberem a vacina pela 1ª vez requerem 2 doses com intervalo de 4 a 6 semanas. * Apenas 1 dose anual é suficiente nas vacinações subsequentes.

11 HA - Vacina contra Hepatite A ESQUEMAS: pode ser aplicada a partir de 1 ano de idade, tanto isolada como combinada com a vacina contra Hepatite B. * Se isolada, deve ser administrada em 2 doses, com intervalo de 6 meses. * Se combinada com a vacina contra Hepatite B, devem ser utilizadas 3 doses, no esquema de 0, 1 e 6 meses.

12 Hib – Vacina contra Haemophilus influenzae do tipo b. ESQUEMAS: Deve ser aplicada a partir dos 2 meses de idade. * 2 a 6 meses 3 doses, com intervalo de 60 dias. * 7 a 11 meses 2 doses, com 4 a 8 semanas de intervalo * 1 a 19 anos Dose única Imunodeprimidos 2 doses, com 4 a 8 semanas de intervalo.

13 MncC - Vacina contra Meningococo Conjugada C. ESQUEMAS: * A partir de 2 meses de idade, 2 ou 3 doses no 1º ano de vida, com 1 dose de reforço a partir de 12 meses. * Em crianças maiores de 12 meses e adultos, dose única.

14 DT – Vacina Dupla Infantil * Em substituição às vacinas Tetravalente, DTP e DTPa nos casos em que estas são contra-indicadas. * Destinada a crianças menores de 7 anos que não possam receber o componente pertússis nem em sua forma celular, nem em sua forma acelular.

15 DTPa – Vacina Tríplice Acelular ESQUEMA: 3 doses, aos 2,4 e 6 meses (com 1 reforço aos 15 meses e outro entre 4 e 6 anos). Intervalo mínimo = 1 mês. OBS: Crianças que já tenham recebido doses anteriores de DTP celular ou Tetravalente deverão completar o esquema com DTPa, quando indicado. OBS: Quando a DTPa estiver sendo aplicada em substituição à TETRAVALENTE, a criança deverá receber simultaneamente a vacina Hib (Aplicada com seringa individual, em grupo muscular diferente).

16 Pnc7 – Vacina contra Pneumococo Conjugada 7 Valente. * Deve ser aplicada a partir dos 2 meses de idade. * Está indicada para menores de 5 anos. Pn23 – Vacina contra Pneumococo 23 Valente. * Dose única, a partir de 2 anos de idade. * A revacinação é indicada uma única vez, devendo ser realizada 5 anos após a dose inicial. * Crianças de idade maior ou igual a 5 anos receberão apenas a vacina Pn23

17 ESQUEMA DE VACINAÇÃO CONTRA PNEUMOCOCO CONFORME A IDADE: Faixa etária De Início Esquema Primário Reforços Pnc7 Pn23 2 a 6 meses3 doses (0/2/4 meses) Com 12 a 15 meses de idade A partir de 2 anos de idade 1ª dose, pelo menos 6 a 8 semanas após a última dose da Pnc7 2ª dose, 5 anos após a 1ª dose de Pn23 7 a 11 meses2 doses (0/2 meses) Com 12 a 15 meses de idade 12 a 23 meses2 doses (0/2 meses) Nenhum 24 meses2 doses (0/2 meses) Nenhum

18 ESQUEMA DE VACINAÇÃO CONTRA PNEUMOCOCO PARA CRIANÇAS ENTRE 24 E 59 MESES (2 A 5 ANOS):

19 INDICAÇÃO DAS VACINAS ESPECIAIS POR DOENÇA OU CONDIÇÃO ESPECIAL: ASMA: Hib : menores de 19 anos e não vacinados, com asma persistente, moderada ou grave. INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos) com asma grave, em uso de corticóide em dose imunossupressora. Pn23 : crianças > 5 anos e adultos com asma grave, em uso de corticóide em dose imunossupressora.

20 ASPLENIA ANATÔMICA OU FUNCIONAL: Hib : menores de 19 anos de idade. MncC VZ INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5anos e adultos. HB

21 CARDIOPATIA CRÔNICA: Hib : menores de 19 anos e não vacinados. INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos. DTPa : crianças menores de 2 anos de idade com risco de descompensação em vigência de febre.

22 DIABETES MELLITUS: Hib : menores de 19 anos e não vacinados. INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos.

23 HEPATOPATIA CRÔNICA: HA INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos. HB

24 HIV: VIP : filhos de mãe HIV+ antes da definição diagnóstica e crianças com HIV+. Hib : menores de 19 anos e não vacinados. MncC : menores de 13 anos com HIV+. HA : menores de 13 anos e adultos com HIV+ que sejam portadores de VHB ou VHC. VZ : pacientes infectados pelo HIV se suscetíveis a varicela. INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos.

25 IMUNODEPRESSÃO / CONVÍVIO COM PACIENTES IMUNODEPRIMIDOS: VIP : crianças não vacinadas ou que receberam esquema incompleto de vacinação. * crianças que estejam em contato domiciliar ou hospitalar com pessoa imunodeprimida e que necessitem receber vacina contra poliomielite. Hib : menores de 19 anos e não vacinados. MncC HA

26 IMUNODEPRESSÃO / CONVÍVIO COM PACIENTES IMUNODEPRIMIDOS: VZ : pacientes com deficiência isolada de imunidade humoral e imunidade celular preservada. * pessoas e familiares suscetíveis a doença e imunocompetentes que estejam em convívio domiciliar ou hospitalar com pacientes imunodeprimidos. INF : imunodeficiências congênitas. * imunodepressão devido a câncer ou imunodepressão terapêutica. * comunicantes domiciliares de imunodeprimidos.

27 IMUNODEPRESSÃO / CONVÍVIO COM PACIENTES IMUNODEPRIMIDOS: Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5anos) com: * imunodepressão devido a câncer ou imunodepressão terapêutica. * imunodeficiências congênitas. Pn23 : crianças > 5 anos e adultos com: * imunodepressão devido a câncer ou imunodepressão terapêutica. * imunodeficiências congênitas. HB

28 NEFROPATIA CRÔNICA / HEMODIÁLISE / SÍNDROME NEFRÓTICA: Hib : menores de 19 anos e não vacinados. VZ INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos. HB

29 PNEUMOPATIA CRÔNICA: Hib : menores de 19 anos e não vacinados. INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos. DTPa : crianças menores de 2 anos com risco de descompensação em vigência de febre.

30 PREMATUROS / RECÉM-NASCIDOS: DTPa : RN prematuro extremo (<1000g ou 31 semanas) na 1ª dose de TETRAVALENTE ou enquanto permanecer internado na unidade neonatal. * RN que permaneça internado na unidade neonatal por ocasião da idade de vacinação, enquanto permanecer na unidade. Pnc7 : crianças < 1 ano de idade nascidas com menos de 35 semanas de gestação e submetidas a assistência respiratória (CPAP ou ventilação mecânica). VIP : RN que permaneça internado em unidade neonatal por ocasião da idade de vacinação.

31 TRISSOMIAS: Hib : menores de 19 anos e não vacinados. HA VZ INF Pnc7 : crianças de 2 a 59 meses (5 anos). Pn23 : crianças > 5 anos e adultos.

32 LEMBRETE Todas as doses de VACINAS ESPECIAIS aplicadas devem ser lançadas no SI-API.


Carregar ppt "CRIE CENTRO DE REFERÊNCIA PARA IMUNOBIOLÓGICOS ESPECIAIS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google