A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ONCOLOGIA Saúde do Adulto AULA I 1/37. Câncer Oncologia: oncos (tumor) = estudo de tumores. Neoplasia: neo (novo) / plasia (crescimento) = crescimento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ONCOLOGIA Saúde do Adulto AULA I 1/37. Câncer Oncologia: oncos (tumor) = estudo de tumores. Neoplasia: neo (novo) / plasia (crescimento) = crescimento."— Transcrição da apresentação:

1 ONCOLOGIA Saúde do Adulto AULA I 1/37

2 Câncer Oncologia: oncos (tumor) = estudo de tumores. Neoplasia: neo (novo) / plasia (crescimento) = crescimento novo, o que cresceu recentemente - crescimento celular descontrolado. Câncer (C.A): é o termo comum para todos os tumores malignos. 2/37

3 Câncer Transformação de uma célula normal pela mutação genética do DNA. Formação de um clone e proliferação anormal. Ignora as sinalizações de regulação do crescimento no ambiente circunvizinho à célula. 3/37

4 4/37

5 Fisiopatologia CA - DNA DNA: molécula longa, formada pela junção de um grande número de nucleotídeos. DNA polimerase: abre a molécula de DNA, DNA ligase: liga um grupo de nucleotídeos que se pareiam com os nucleotídeos da molécula mãe. 5/37

6 Ciclo celular CA - DNA 1) Interfase 2) Mitose 6/37

7 Ciclo celular 7/37

8 8/37

9 Padrões de crescimento proliferativo Crescimento não-neoplásico: Hipertrofia Hiperplasia Metaplasia Displasia Crescimento neoplásico: Anaplasia Neoplasia 9/37

10 Crescimento não-neoplásico Hipertrofia: aumento no tamanho da célula. Ex: útero, coração (hipertensão, defeitos de válvula). Geralmente acontecem juntos!! Hiperplasia: Aumento reversível da quantidade de células, resultando no aumento de massa tecidual. Ex: útero gravídico, mama na puberdade, endométrio, fígado. 10/37

11 Hipertrofia x Hiperplasia Tecido normal Hipertrofia Hipeplasia 11/37

12 Crescimento não-neoplásico Metaplasia: substituição de um tipo de célula adulta por outro. Ex: tec. glandular por tec. escamoso. Colo uterino Deficiência de vitamina A, Doença do refluxo gastroesofágico, 12/37

13 Metaplasia uterina 13/37

14 Metaplasia esôfago 14/37

15 Crescimento não-neoplásico Displasia: alteração das células adultas normais, que sofrem variações em seu tamanho, formato ou organização ou substituição de um tipo de célula madura por um tipo menos maduro. Colo do útero - HPV 15/37

16 16/37

17 17/37

18 Padrões de crescimento neoplásico Anaplasia: sem forma, alteração que regride para níveis mais primitivos. É uma característica associada à neoplasia. Processo de diferenciação incompleto. Perda da especificidade absoluta. 18/37

19 Padrões de crescimento neoplásico Neoplasia: crescimento novo, Massa tecidual anormal que se expande além dos limites do tecido e não consegue cumprir a função normal de célula daquele tecido Caracterizam-se por funcionamento descontrolado, divisão e crescimento não regulados. 19/37

20 20/37

21 Metástase X Invasão INVASÃO: refere-se ao crescimento do tumor primário dentro dos tecidos do hospedeiro circunvizinho - Pressão mecânica: Projeções digiformes 21/37

22 Metástase X Invasão METÁSTASE: disseminação ou semeadura de células malignas, a partir do tumor primário, em sítios a distância (rede linfática, cavidades corporais e circulação sanguínea). Mecanismos metastáticos: Disseminação linfática Disseminação hematogênica Angiogênese 22/37

23 23/37

24 Angiogênese: 24/37

25 Crescimento maligno X benigno CaracterísticasTumor malignoTumor benigno EncapsuladoDificilmenteEm geral DiferenciadoPoucoParcialmente MetástaseFrequentemente presenteAusente RecorrênciaFreqüenteRara VascularizaçãoModerada a acentuadaDiscreta Forma de Cresc.Infiltrante e expansivoExpansiva Características celulares Células anormais e cada vez mais diferentes da célula-mâe Normais e semelhantes a célula mãe 25/37

26 Carcinogênese (agentes promotores): Hormônios Vírus Agentes químicos: (conservantes de alimentos, poluição atmosféricas) 26/37

27 Carcinogênese (agentes promotores): Radiação: (radiação solar). Fatores de risco: Características do hospedeiro Fase do ciclo celular G2 + sensíveis que em G1 ou S; grau de diferenciação – células imatura são + vulneráveis; taxa de proliferação celular – elevada mitose + vulneráveis; tipo de tecido – hematopoiético, tireoidiano, mamário e ósseo são + sensíveis; taxa de aplicação da dose. 27/37

28 Detecção e prevenção do CA Prevenção primária: redução dos riscos de CA em pessoas saudáveis. Prevenção Secundária: detecção e avaliação para alcançar o diagnóstico precoce e intervenção imediata para conter o processo 28/37

29 Diagnóstico Determinar a presença do TU e sua extensão; Metástase, ou invasão de tecidos corporais; Função dos sistemas orgânicos e órgãos afetados e não afetados; Obtenção de tecidos e células para análise, incluindo a avaliação dos estágios e grau do TU. 29/37

30 Detecção e prevenção do CA Local do CAExameIdadeFreqüência PeleAvaliação cutânea >40 Cada 3 anos Anualmente CervicalPapanicolauInício atividade sexual ou 18 anos Anualmente PróstataRetal digital/PSA 50Anualmente MamaAuto-exame Mamografia Qualquer idade 40 Mensalmente Anualmente Cólon/retalDigital/sangue oculto Sigmoidoscopia Colonoscopia Anualmente Cada 3 anos Cada 5anos 30/37

31 Detecção e prevenção do CA História completa e exame físico. Exames: Ressonância magnética, tomografia computadorizada, ultra- sonografia, endoscopia, identificador de marcador tumoral... 31/37

32 Detecção e prevenção do CA Estadiamento: determina o tamanho do TU e surgimento de metástases – extensão da doença. Sistema TNM: T – extensão do TU primário (Tx, T0, Tis, T1- T4) N – envolvimento de linfonodos (Nx, N0, N1- N3) M – extensão da metátase (Mx, M0, M1) Várias outras formas de estadiamento existem! 32/37

33 Tabela II - CLASSIFICA Ç ÃO TNM APLICADA AO CÂNCER G Á STRICO Classif. Descri ç ão T TUMOR PRIM Á RIO T0 Sem Evidências de Tumor Prim á rio Tis Carcinoma In Situ: tumores intraepiteliais sem invasão da lâmina pr ó pria T1 Tu. invade lâmina pr ó pria ou submucosa. T2 Tu. Afeta Mucosa, Submucosa, sem ultrapassar a serosa. T3 Tu. Ultrapassa Serosa s/ invasão de ó rgãos visinhos T4Tu. invade estruturas adjacentes. TX Gr á u de invasão indeterminado. 33/37

34 N Gânglios Linf á ticos Regionais N0 Sem met á stases para Linfonodos N1 Met á stases p/Gânglios Linf á ticos a < 3 cm do tumor prim á rio N2 Met á stases p/Gânglios Linf á ticos a > 3 cm do tumor prim á rio ou linf á ticos ao longo das art é rias NX Met á stases ganglionares desconhecidas 34/37

35 M Met á stases à Distância M0 Sem met á stases à Distância M1 Com evidências de Met á stases à distância (exceto por continuidade). 35/37

36 Detecção e prevenção do CA Gradação: Grau I: TU bem diferenciado assemelha-se com o tecido original em estrutura e função Grau II: pouco diferenciado Grau III: anaplasia Grau IV: neoplasia, com mal-diferenciação ou indiferenciados pouco se assemelham ao tecido original. 36/37

37 Principais tipos de Câncer Neoplasias ósseas e sarcomas de tecidos moles, CA do sistema nervoso, CA mamário CA colorretal CA gastrintestinais CA próstata CA colo de útero ou cervical Neoplasias malignas de cabeça e pescoço Leucemia CA de pulmão Linfoma maligno Mieloma múltiplo CA cutâneos 37/37


Carregar ppt "ONCOLOGIA Saúde do Adulto AULA I 1/37. Câncer Oncologia: oncos (tumor) = estudo de tumores. Neoplasia: neo (novo) / plasia (crescimento) = crescimento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google