A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Profa. Dra. Ana Paula Cordeiro Bibliografia: KRAMER, S. A política do pré- escolar no Brasil: arte do disfarce.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Profa. Dra. Ana Paula Cordeiro Bibliografia: KRAMER, S. A política do pré- escolar no Brasil: arte do disfarce."— Transcrição da apresentação:

1 Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Profa. Dra. Ana Paula Cordeiro Bibliografia: KRAMER, S. A política do pré- escolar no Brasil: arte do disfarce. São Paulo: Cortez, 2001./ Cap. I- Infância e sociedade: o conceito de infância.

2 Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Profa. Dra. Ana Paula Cordeiro Três linhas básicas de reflexão para análise: Três linhas básicas de reflexão para análise: apontar como o sentimento e a valorização da infância nem sempre existiram da forma difundida hoje; apontar como o sentimento e a valorização da infância nem sempre existiram da forma difundida hoje; mostrar a idéia de infância no pensamento pedagógico, apontando as significações ideológicas presentes tanto na pedagogia tradicional como na pedagogia nova. Em ambas está presente a idéia de natureza infantil, de criança abstrata. mostrar a idéia de infância no pensamento pedagógico, apontando as significações ideológicas presentes tanto na pedagogia tradicional como na pedagogia nova. Em ambas está presente a idéia de natureza infantil, de criança abstrata. Estudo sobre a abordagem da privação cultural, base teórica da educação compensatória. Estudo sobre a abordagem da privação cultural, base teórica da educação compensatória.

3 Sentimento de infância não é o mesmo que afeição pela criança. É a consciência da particularidade infantil, ou seja, aquilo que distingue a criança do adulto. Ela não é um adulto em miniatura, mas um adulto em potencial. não é o mesmo que afeição pela criança. É a consciência da particularidade infantil, ou seja, aquilo que distingue a criança do adulto. Ela não é um adulto em miniatura, mas um adulto em potencial.

4 - Idéia de infância Surge com a sociedade capitalista. Surge com a sociedade capitalista. Pedagogia tradicional: vê a natureza da criança como originariamente corrompida/ tarefa da educação: disciplinar, inculcar regras, transmitir modelos. Pedagogia tradicional: vê a natureza da criança como originariamente corrompida/ tarefa da educação: disciplinar, inculcar regras, transmitir modelos. Pedagogia nova: concebe a natureza da criança como inocência original. Educação: deve proteger a infância/ preservá-la da corrupção do meio. Pedagogia nova: concebe a natureza da criança como inocência original. Educação: deve proteger a infância/ preservá-la da corrupção do meio. Ambos os pensamentos pedagógicos tratam a criança como um ser abstrato. Ambos os pensamentos pedagógicos tratam a criança como um ser abstrato.

5 A abordagem da privação cultural e a educação compensatória. 5 conjuntos de fatores interferiram para a expansão da pré escola nos últimos tempos: 5 conjuntos de fatores interferiram para a expansão da pré escola nos últimos tempos: 1-ordem sanitária e alimentar; 1-ordem sanitária e alimentar; 2- assistência social; 2- assistência social; 3- novas teorias psicológicas e sua divulgação ou renascimento; 3- novas teorias psicológicas e sua divulgação ou renascimento; 4- diferenças culturais; 4- diferenças culturais; 5- fatores propriamente educacionais. 5- fatores propriamente educacionais. Fator implícito: a pré - escola funcionaria como a mola propulsora para o desenvolvimento, mudança social e democratização de igualdade de oportunidade educacionais. Fator implícito: a pré - escola funcionaria como a mola propulsora para o desenvolvimento, mudança social e democratização de igualdade de oportunidade educacionais.

6 Pressupostos teóricos da abordagem da privação cultural A abordagem da privação cultural não se constitui em corpo teórico fixo, da mesma forma que os programas de educação compensatória não possuem homogeneidade. Aparecimento: nos EUA e Europa na década de A abordagem da privação cultural não se constitui em corpo teórico fixo, da mesma forma que os programas de educação compensatória não possuem homogeneidade. Aparecimento: nos EUA e Europa na década de As abordagens se apóiam no seguinte quadro social: As abordagens se apóiam no seguinte quadro social: As crianças das classes sociais populares fracassam porque apresentam desvantagens sócio culturais; As crianças das classes sociais populares fracassam porque apresentam desvantagens sócio culturais; As carências são de ordem social; As carências são de ordem social; Estas desvantagens causam perturbações, tanto de ordem intelectual, lingüística ou também afetiva; Estas desvantagens causam perturbações, tanto de ordem intelectual, lingüística ou também afetiva; As crianças, de qualquer forma, apresentam insuficiências que é necessário compensar através de métodos pedagógicos adequados. Através da intervenção precoce, deve-se diminuir ou eliminar as desvantagens existentes. As crianças, de qualquer forma, apresentam insuficiências que é necessário compensar através de métodos pedagógicos adequados. Através da intervenção precoce, deve-se diminuir ou eliminar as desvantagens existentes.

7


Carregar ppt "Disciplina: Fundamentos da Educação Infantil Profa. Dra. Ana Paula Cordeiro Bibliografia: KRAMER, S. A política do pré- escolar no Brasil: arte do disfarce."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google