A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EMEF Profa. Dely Guarnieri Pereira de Oliveira Morro Agudo - SP JORNALZINHO DA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Bimestre – 2005 Profa. responsável: Larissa Beraldo Kawashima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EMEF Profa. Dely Guarnieri Pereira de Oliveira Morro Agudo - SP JORNALZINHO DA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Bimestre – 2005 Profa. responsável: Larissa Beraldo Kawashima."— Transcrição da apresentação:

1 EMEF Profa. Dely Guarnieri Pereira de Oliveira Morro Agudo - SP JORNALZINHO DA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Bimestre – 2005 Profa. responsável: Larissa Beraldo Kawashima EDUCAÇÃO FÍSICA: O QUE SE APRENDE NA ESCOLA? A aula de educação física vai começar. A ansiedade começa a tomar conta das crianças que não vêem a hora de ir para a quadra. Mas a aula hoje será teórica, dentro da sala de aula. Teórica? Aula de Educação Física na sala? Tarefa? Por que não? Para quem pensa que nas aulas de Educação Física, o professor só “dá a bola para os alunos e fica sentado assistindo aos jogos”, ou que é muito fácil dar aula porque não precisa programar atividades, está muito enganado! A Educação Física é mais do que “saber fazer” (dimensão procedimental), também se ensina “o que se deve saber” (dimensão conceitual) e “como se deve ser” (dimensão atitudinal). DimensãoComo trabalhar? Conceitual Aulas teóricas, tarefas para casa, seminários, vídeos, textos, pesquisas, criação de jornais, cartazes, etc. Procedimental Atividades lúdicas, circuitos, estafetas, exercícios, músicas, dramatização, oficinas, etc. Atitudinal Respeito às regras do jogo, colegas e adversários, cooperação, criatividade, autonomia, valores, participação, organização, resolução de problemas, tomada de decisão, inclusão, construção de regras e jogos, etc. A dimensão conceitual é fundamental para a compreensão dos objetivos da aula e do que será aprendido durante a prática. Os alunos modificam e criam novos jogos e brincadeiras, conhecem as transformações da sociedade em relação aos hábitos de vida e dos esportes, conhecem as mudanças que ocorrem em seu corpo durante a atividade física, modos corretos de execução de vários exercícios, influências da mídia (TV) na formação da imagem corporal, entre outros. AGORA VAMOS BRINCAR! Procure no caça-palavras as seguintes palavras: jogo, dança, luta, ginástica, esporte e corpo. ACITSANIGJ LUOBSBNEIO OTRENEJGSA DÇJTVDANÇA AAOJAUGYOA ESPORTEFKR OSBGJBGPON PPROLEONPI EIAUMUJORT NÇTOENTROQ ZAOFVIOACM Responda as perguntas e complete a cruzadinha. 1- Saber perder ou ganhar corresponde ao conteúdo ________________. 2- Futebol e voleibol são conteúdos procedimentais chamados de ____________. 3- A história das Olimpíadas corresponde ao conteúdo __________________. 4- Bétis é uma _________________ popular. 5- O xadrez é um ______________ de mesa. FALA PROFESSOR! Carlos Cassemiro de Oliveira Professor de Educação Física A Arte de Ensinar Ensinar não é só passar matéria na lousa e fazer com que os alunos memorizem. Ensinar é muito mais que isso, é trocar experiências, é trabalhar com os erros, é fazer diagnóstico para melhorar a qualidade de ensino, é amar o que você está fazendo. A sociedade escuta os profissionais da área da educação sempre reclamando dos baixos salários que recebem. Concordo com este descontentamento, mas por outro lado todos profissionais que escolheram a área da educação para trabalhar foram por amor e não por dinheiro, pois essa área nunca foi valorizada. Na Inglaterra, o governo tem enorme dificuldade para formar professores do ensino fundamental e médio. As pessoas estão desinteressadas por uma profissão mal remunerada e extremamente desgastante. Na Espanha, grande parte dos professores está doente, estressada, tensa. No Brasil, as pesquisas têm revelado uma média de mais de sete sintomas psíquicos e psicossomáticos entre eles. Os conflitos em sala de aula têm prejudicado seriamente a qualidade de vida dos professores (Augusto Cury). Um bom mestre ensina a seus alunos o conhecimento. Um excelente mestre treina a emoção deles para perguntar, duvidar e ter consciência crítica. Ensinar é mesmo um dom divino.

2 A parte prática da aula (procedimental) é quando os alunos irão vivenciar o que aprenderam na teoria e adquirir alguns elementos comuns aos esportes coletivos (técnica e tática), fundamentos dos esportes individuais, danças, ginásticas, lutas e capoeira. Vivenciar diferentes ritmos e movimentos relacionados às danças (expressão corporal). Trabalha-se também com jogos de mesa, jogos de construção, jogos pré- desportivos, jogos cooperativos, jogos sensório-motores, aulas historiadas, rodas cantadas, alongamentos, atividades de sensibilização corporal, brincadeiras populares, etc. O conteúdo atitudinal refere-se aos valores e atitudes que a sociedade preconiza como a participação de atividades em grupos, resolução de problemas com atitudes de diálogo e não violência e o respeito às diferenças. Nesta dimensão trabalha-se ainda com a valorização da cultura corporal e do patrimônio de jogos e brincadeiras de cada contexto escolar, e o reconhecimento e valorização de atitudes não preconceituosas quanto a habilidade, sexo, religião e outras. Assim, acreditamos que para a Educação Física escolar receber seu devido valor, não depende apenas do trabalho dos profissionais da área, mas também do conhecimento da sociedade sobre o que realmente é desenvolvido durante as aulas. (Professores de Educação Física da rede municipal de ensino) BRINCADEIRAS POPULARES: RESGATANDO A CULTURA POPULAR Os alunos da 4ª série D (tarde) fizeram uma pesquisa com os familiares sobre as brincadeiras realizadas na infância e compararam com as que eles conhecem e brincam atualmente. Verificaram que há brincadeiras que não se modificaram ao longo dos anos, e são jogadas da mesma forma que seus avós brincavam, como o pega-pega, esconde-esconde, alerta, queima e as cantigas de roda. Em outras brincadeiras ocorreram mudanças no nome (como a amarelinha ou maré), mas não na sua forma de jogar. Já no caso do passa-rua (mamãe da rua) ou do bola atrás (lenço atrás), houve modificações nas regras do jogo. Mas existem brincadeiras que foram esquecidas no tempo e poucas crianças conhecem, como o pique bandeira (bandeirinha), ou não se interessam em brincar devido outros atrativos da modernidade como os brinquedos feitos a mão, bugalha, elástico, pião, biroca, etc. É HORA DA ENTREVISTA Professora Marta 4ª série D EMEF Profa. Dely Guarnieri 1- Quais as brincadeiras que você mais gostava quando era criança? R: As brincadeiras que eu mais gostava quando criança eram: boca de forno, passa-anel, estátua, quatro cantos, amarelinha, cabra-cega, lenço atrás, pique - esconde, pular sela, roda, pular corda, cavalo de pau, perna-de-pau e outros. 2- Você acha que as brincadeiras populares da sua infância são as mesmas das crianças de hoje? Elas sabem brincar como antigamente? R: As crianças de hoje não sabem brincar como antigamente, porque o “mundo” de hoje tem outros atrativos que chamam atenção dos mesmos. 3- Descreva uma brincadeira da sua infância que talvez as crianças ainda não conheçam? R: cantigas de roda Eu fui no Itororó beber água e não achei! Encontrei bela morena, que no Itororó deixei. Aproveite, minha gente, que uma noite não é nada. Se não dormir agora, dormirá de madrugada. Ó, Mariazinha, Ó, Mariazinha Entre nessa roda Ou ficará sozinha. Sozinha, eu não fico, nem hei de ficar, Porque tenho Marcos pra ser meu par. Brincadeiras conhecidas dos alunos Idade: 10 anos Brincadeiras de seus pais e avós Idade: entre 28 e 77 anos Cobra-cega, betis, pula sela, duro ou mole, morto ou vivo, pique - rele, pular corda, queima, pique - esconde, amarelinha, bola atrás, passa rua, alerta, cadeia salva, garrafa venenosa, pião, biroca, bugalha, pique ajuda, pega corrente, elefante colorido, gato e rato, pipa. Cabra – cega, betis, pular carniça ou quarteirão, duro ou mole, morto ou vivo, pega – pega, pular corda, queimada, esconde-esconde, maré, lenço atrás, mamãe da rua, alerta, policia e ladrão, pião em rima, biroca ou bola de gude, bugalha, roda, caí no poço, passa anel, chicote queimado, elástico, cata-vento, marre, cabo de arreio, balança caixão, jogo da velha, mês, rolimã, bandeirinha, esconder varinha. O quadro abaixo apresenta algumas brincadeiras que fazem parte do cotidiano das crianças da 4ª série D e, ao lado, as brincadeiras pesquisadas com seus pais e avós.


Carregar ppt "EMEF Profa. Dely Guarnieri Pereira de Oliveira Morro Agudo - SP JORNALZINHO DA EDUCAÇÃO FÍSICA 3º Bimestre – 2005 Profa. responsável: Larissa Beraldo Kawashima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google