A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A ginástica é uma actividade física essencialmente individual, apresentando um conjunto de movimentos específicos, voluntários, coordenados e organizados,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A ginástica é uma actividade física essencialmente individual, apresentando um conjunto de movimentos específicos, voluntários, coordenados e organizados,"— Transcrição da apresentação:

1

2 A ginástica é uma actividade física essencialmente individual, apresentando um conjunto de movimentos específicos, voluntários, coordenados e organizados, que exigem uma grande concentração, amplitude e harmonia na sua execução. É muito importante para o desenvolvimento das habilidades motoras das crianças. CURIOSIDADES

3 . O nome GINÁSTICA tem origem na palavra grega “gymnós” que significa “nu”, pois foi originalmente praticada por atletas nus;. A Ginástica Masculina esteve presente nos primeiros Jogos Olímpicos da era moderna em Atenas (1896) e a Feminina nos Jogos Olímpicos de Amesterdão (1928);

4 GINÁSTICA ARTÍSTICA DESPORTIVA MASCULINA FEMININA RÍTMICATRAMPOLINSACROBÁTICA

5 Os Ginastas executam exercícios em 6 (seis) aparelhos:  Solo;  Cavalo com arções;  Argolas;  Salto de cavalo;  Barra fixa;  Paralelas simétricas;

6 As Ginastas executam exercícios em 4 (quatro) aparelhos:  Solo;  Salto de cavalo;  Trave Olímpica;  Paralelas Assimétricas;

7 Rolamento engrupado à frente e à retaguarda; Rolamento com saída de pernas afastadas à retaguarda; Pino de cabeça e de braços; Roda; Avião (posição de equilíbrio); Ponte (posição de flexibilidade);

8 Braços em elevação superior; Flexão dos joelhos, queixo junto ao peito e colocação das mãos no colchão à largura dos ombros; Desequilíbrio à frente apoiando a nuca no colchão, mantendo as costas arredondadas e os calcanhares junto das nádegas; Levantar-se dirigindo os braços para a frente sem apoiar as mãos no colchão; Sair em equilíbrio com os braços em elevação superior;

9 Ajudas: Colocar uma mão na nuca executante, ajudando à flexão da cabeça e a outra mão na parte posterior das coxa mais próxima, junto da bacia ou nas ancas (cintura), ajudando à projeção da bacia para cima e para a frente;

10 Desequilíbrio à retaguarda; Queixo ao peito; Colocação das palmas das mãos no solo, ao lado da cabeça, cotovelos unidos, dedos orientados para trás; Manutenção das pernas unidas à passagem da bacia pela vertical dos ombros; Repulsão de braços; Elevação do tronco, mantendo as pernas unidas e mantendo a mesma direção do ponto de partida;

11 Ajudas: Colocar uma mão na nuca do executante, ajudando à flexão da cabeça e a outra mão na parte posterior das coxa mais próxima, ajudando a promover o desequilíbrio à retaguarda; a ajuda poderá ser feita, também ao nível dos ombros, ajudando a extensão dos braços, para facilitar a passagem da cabeça entre os mesmos;

12 Braços em elevação superior de costas para o colchão; Flexão de pernas, queixo ao peito, costas arredondadas, mãos junto aos ombros com as palmas viradas para cima; Desequilíbrio à retaguarda enrolando sobre as costas arredondadas; Colocar as mãos no colchão empurrando-o e afastar as pernas em extensão quando a cintura passa na vertical dos apoios; Sair em equilíbrio com os braços em elevação superior e pernas afastadas e em extensão;

13 Desenhar um triângulo no colchão colocando correctamente os apoios (mãos e testa); Elevar a cintura até à vertical dos apoios; Puxar os calcanhares para junto das nádegas mantendo o equilíbrio. Elevar as pernas, com os bicos dos pés a apontar para cima; Manter posição durante 3 segundos;

14 Ajudas: A pessoa que está a efetuar a ajuda deve-se colocar na frente do aluno puxando-o pelas ancas até que a bacia se encontre na vertical; O ajudante deve também ajudar ao nível dos membros inferiores ajudando assim o aluno a manter o equilíbrio;

15 Braços em elevação superior; Colocar uma perna ligeiramente à frente da outra; Inclinar tronco à frente com subida dos membros inferiores em extensão; Manter tronco direito; Manter membros superiores em extensão no prolongamento do tronco;

16 Ajudas: O ajudante coloca ambas as mãos nas coxas do executante, perto da bacia; O ajudante agarra a perna de impulsão e controla o colega;

17 Braços em elevação superior e perna de impulsão à frente; Flexão do tronco à frente e apoio das mãos no colchão em dois tempos; Apoiar as mãos no solo alternadamente; 1º mão do lado da perna de impulsão; 2º a outra mão; manter braços em extensão; Apoiar as pernas em dois tempos; 1º - perna de balanço, 2º - perna de impulsão; Sair em equilíbrio com os braços em elevação superior e pernas afastadas;

18 Ajudas: Colocação das mãos na bacia do executante;

19 Equilíbrio sobre uma perna; Tronco paralelo ao solo e membro inferior livre acima da horizontal; Pernas em extensão; Manter a posição durante 3 segundos;

20 Ajudas: Ajudante segura na perna livre e no peito do executante;

21 Iniciar o elemento deitado dorsalmente no solo com o corpo em extensão; Colocar as palmas das mãos no solo ao lado da cabeça e com os dedos orientados para o lado dos membros inferiores; Colocar as plantas dos pés no solo; Levantar a bacia até ficar com os membros em extensão e cabeça entre os membros superiores; Executar de forma lenta e progressiva; manter durante 3 segundos;

22 Ajudas: Mãos nos ombros do executante exercendo uma força para cima; o executante segura os tornozelos do companheiro, para ajudar a extensão dos membros superiores e inferiores; Mãos nos ombros e na cintura do executante, para ajudar a colocação dos membros superiores no solo e a extensão dos membros superiores e inferiores;


Carregar ppt "A ginástica é uma actividade física essencialmente individual, apresentando um conjunto de movimentos específicos, voluntários, coordenados e organizados,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google