A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Observe atentamente o mapa do Brasil. Fonte: IBGE: Atlas geográfico escolar. 2.ed. RJ, 2004. (adaptado) A dinâmica regional brasileira impulsionada pelo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Observe atentamente o mapa do Brasil. Fonte: IBGE: Atlas geográfico escolar. 2.ed. RJ, 2004. (adaptado) A dinâmica regional brasileira impulsionada pelo."— Transcrição da apresentação:

1 Observe atentamente o mapa do Brasil. Fonte: IBGE: Atlas geográfico escolar. 2.ed. RJ, (adaptado) A dinâmica regional brasileira impulsionada pelo Sudeste fez com que surgisse uma proposta de divisão do país em três complexos regionais, conforme explicita o mapa. Sobre ela é correto afirmar, exceto: a)O Nordeste, indicado pelo nº 2, abrange sub-regiões diferenciadas, como é o caso do Sertão Nordestino e da Zona da Mata, caracterizadas pela semi-aridez e pelas chuvas, respectivamente. b)O Centro-Sul, região de nº 3, considerado como o coração do Brasil, concentra a maior parte da população nacional, da produção industrial e da agropecuária. c)A delimitação dos complexos regionais foi feita seguindo a proposta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística que combinou as características econômicas, naturais e demográficas e respeitou os limites político-administrativos. d)O Complexo da Amazônia, nº 1, com grande biodiversidade, corresponde a fronteira de expansão da economia brasileira e por isso de grande interesse do capital nacional e internacional.

2 Observe atentamente o mapa do Brasil. Fonte: IBGE: Atlas geográfico escolar. 2.ed. RJ, (adaptado) A dinâmica regional brasileira impulsionada pelo Sudeste fez com que surgisse uma proposta de divisão do país em três complexos regionais, conforme explicita o mapa. Sobre ela é correto afirmar, exceto: a)O Nordeste, indicado pelo nº 2, abrange sub-regiões diferenciadas, como é o caso do Sertão Nordestino e da Zona da Mata, caracterizadas pela semi-aridez e pelas chuvas, respectivamente. b)O Centro-Sul, região de nº 3, considerado como o coração do Brasil, concentra a maior parte da população nacional, da produção industrial e da agropecuária. c)A delimitação dos complexos regionais foi feita seguindo a proposta do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística que combinou as características econômicas, naturais e demográficas e respeitou os limites político-administrativos. d)O Complexo da Amazônia, nº 1, com grande biodiversidade, corresponde a fronteira de expansão da economia brasileira e por isso de grande interesse do capital nacional e internacional.

3 Leia a letra da música e analise as afirmações que seguem. Nordeste independente (Bráulio Tavares/Ivanildo Vilanova) O Brasil ia ter de importar Do nordeste algodão, cana, caju Carnaúba, laranja, babaçu Abacaxi e o sal de cozinhar O arroz, o agave do lugar O petróleo, a cebola, o aguardente O nordeste é autossuficiente O seu lucro seria garantido Imagina o Brasil ser dividido E o nordeste ficar independente. 00.A região Nordeste é a principal produtora de cana-de-açúcar do país, contribuindo com mais de 50% do total. O clima favorável, o solo massapé e o conhecimento adquirido por séculos de prática agrícola são os responsáveis pela grande produção nordestina. 01.A cera da carnaúba, utilizada como cera para pisos, madeira e automóveis, além da fabricação de doces e remédios, seria um dos produtos importados pelo Brasil, pois sua área de produção é o sertão semiárido nordestino. 02.O sal de cozinha também seria importado pelo Brasil, pois a maior parte da produção de sal do país está concentrada no estado do Rio Grande do Norte, em razão das condições adequadas de relevo marinho e clima. 03.Além dos produtos primários listados na letra da música, o Brasil também teria que importar produtos manufaturados como calçados e roupas, pois várias dessas indústrias migraram do Sul e Sudeste para o Nordeste na década de Atualmente, praticamente nenhuma região brasileira pode ser considerada autossuficiente, pois a expansão da economia a partir da década de 1970 baseou-se em uma crescente integração de circuitos produtivos.

4 Leia a letra da música e analise as afirmações que seguem. Nordeste independente (Bráulio Tavares/Ivanildo Vilanova) O Brasil ia ter de importar Do nordeste algodão, cana, caju Carnaúba, laranja, babaçu Abacaxi e o sal de cozinhar O arroz, o agave do lugar O petróleo, a cebola, o aguardente O nordeste é autossuficiente O seu lucro seria garantido Imagina o Brasil ser dividido E o nordeste ficar independente. 00.A região Nordeste é a principal produtora de cana-de-açúcar do país, contribuindo com mais de 50% do total. O clima favorável, o solo massapé e o conhecimento adquirido por séculos de prática agrícola são os responsáveis pela grande produção nordestina. 01.A cera da carnaúba, utilizada como cera para pisos, madeira e automóveis, além da fabricação de doces e remédios, seria um dos produtos importados pelo Brasil, pois sua área de produção é o sertão semiárido nordestino. 02.O sal de cozinha também seria importado pelo Brasil, pois a maior parte da produção de sal do país está concentrada no estado do Rio Grande do Norte, em razão das condições adequadas de relevo marinho e clima. 03.Além dos produtos primários listados na letra da música, o Brasil também teria que importar produtos manufaturados como calçados e roupas, pois várias dessas indústrias migraram do Sul e Sudeste para o Nordeste na década de Atualmente, praticamente nenhuma região brasileira pode ser considerada autossuficiente, pois a expansão da economia a partir da década de 1970 baseou-se em uma crescente integração de circuitos produtivos.

5 Questão 04) A dimensão econômica recente nos cenários da economia regional do Nordeste está associada a atividades dinâmicas e em expansão, correspondentes à integração de elos importantes da cadeia produtiva dessa região. Dentre as oportunidades que se apresentam para a promoção do desenvolvimento econômico da região Nordeste, podem ser consideradas: I.A existência de um mercado regional. II.A expansão do polo de turismo como fonte geradora de renda, emprego e divisas. III.A consolidação do terciário moderno e de polos dinâmicos de serviços. IV.A expansão e consolidação de atividades vinculadas à moderna produção agrícola irrigada. V.A existência de um polo de tecnologia de ponta no Litoral Norte, produtor de softwares e sofisticados programas de computadores. Apenas está CORRETO o que se afirma em a)I. b)III. c)I e II. d)I, III e V. e)I, II, III e IV

6 Questão 04) A dimensão econômica recente nos cenários da economia regional do Nordeste está associada a atividades dinâmicas e em expansão, correspondentes à integração de elos importantes da cadeia produtiva dessa região. Dentre as oportunidades que se apresentam para a promoção do desenvolvimento econômico da região Nordeste, podem ser consideradas: I.A existência de um mercado regional. II.A expansão do polo de turismo como fonte geradora de renda, emprego e divisas. III.A consolidação do terciário moderno e de polos dinâmicos de serviços. IV.A expansão e consolidação de atividades vinculadas à moderna produção agrícola irrigada. V.A existência de um polo de tecnologia de ponta no Litoral Norte, produtor de softwares e sofisticados programas de computadores. Apenas está CORRETO o que se afirma em a)I. b)III. c)I e II. d)I, III e V. e)I, II, III e IV

7 Observe o mapa a seguir. O São Francisco, também chamado de rio dos currais e rio da unidade nacional, desempenhou e ainda desempenha grande importância, desde suas nascentes até a sua foz, no processo de ocupação da região. O atual projeto de transposição das águas do São Francisco tem gerado inúmeros debates no cenário nacional. Com relação à temática, é CORRETO afirmar que: a)a transposição das águas do São Francisco irá beneficiar um dos maiores pólos de desenvolvimento da Bahia – o pólo industrial de Camaçari. b)o projeto que envolve o desvio e a transposição do São Francisco tem como alvos principais os estados de Sergipe e Alagoas, além do norte da Bahia. c)a transposição do São Francisco não deixará de atender aos velhos coronéis, agora representados pelos interesses dos grandes empreendimentos industriais e do agronegócio. d)com a efetivação do projeto de transposição, a indústria da seca perderá força em razão dos benefícios voltados para as populações ribeirinhas e de baixa renda, as quais têm na pesca a sua principal atividade. MAGNOLI, Demétrio. Geografia para o ensino médio. São Paulo: Atual, p. 330.

8 Observe o mapa a seguir. O São Francisco, também chamado de rio dos currais e rio da unidade nacional, desempenhou e ainda desempenha grande importância, desde suas nascentes até a sua foz, no processo de ocupação da região. O atual projeto de transposição das águas do São Francisco tem gerado inúmeros debates no cenário nacional. Com relação à temática, é CORRETO afirmar que: a)a transposição das águas do São Francisco irá beneficiar um dos maiores pólos de desenvolvimento da Bahia – o pólo industrial de Camaçari. b)o projeto que envolve o desvio e a transposição do São Francisco tem como alvos principais os estados de Sergipe e Alagoas, além do norte da Bahia. c)a transposição do São Francisco não deixará de atender aos velhos coronéis, agora representados pelos interesses dos grandes empreendimentos industriais e do agronegócio. d)com a efetivação do projeto de transposição, a indústria da seca perderá força em razão dos benefícios voltados para as populações ribeirinhas e de baixa renda, as quais têm na pesca a sua principal atividade. MAGNOLI, Demétrio. Geografia para o ensino médio. São Paulo: Atual, p. 330.

9 Questão 26) São características ou componentes dos Complexos Regionais ou Grandes Regiões Geoeconômicas do Brasil: 01.O Centro-Sul, apesar de todo o seu desenvolvimento, é uma região que possui grandes contrastes internos pois é onde se localiza o centro econômico do país, mas também onde se encontram áreas pouco industrializadas e com uma agricultura tradicional. 02.A Amazônia e o Centro-Sul são, de fato, grandes fornecedores de mão-de-obra barata e matérias-primas para o Nordeste, em especial para suas áreas mais industrializadas, que por sua vez fornecem seus manufaturados àquelas regiões. 04.O Nordeste, mesmo reconhecido como uma grande região com problemas em comum, pode apresentar disparidades econômicas e naturais entre diversas de suas áreas ou unidades assim divididas: Meio-Norte ou Nordeste Ocidental, Sertão, Zona da Mata ou Litoral Oriental (Zona da Mata Açucareira, Recôncavo Baiano e Sul da Bahia ou Zona do Cacau) e o Agreste. 08.Dentre as inúmeras regiões diferenciadas que se individualizam dentro do grande complexo regional Centro-Sul, pode-se citar, dentre outras: a Megalópole ou "Centro Econômico" do Brasil, o Triângulo Mineiro, o Quadrilátero Ferrífero, o interior de São Paulo, o Pantanal Mato-grossense e o Sul do país (Vale do Itajaí, Região Serrana do Rio Grande do Sul, Campanha Gaúcha ou região dos Pampas, o Norte do Paraná e o Vale do Tubarão). 16.A Amazônia Brasileira ainda é uma região de baixa densidade demográfica, apesar da intensificação da ocupação humana nos últimos anos.

10 Questão 26) São características ou componentes dos Complexos Regionais ou Grandes Regiões Geoeconômicas do Brasil: 01.O Centro-Sul, apesar de todo o seu desenvolvimento, é uma região que possui grandes contrastes internos pois é onde se localiza o centro econômico do país, mas também onde se encontram áreas pouco industrializadas e com uma agricultura tradicional. 02.A Amazônia e o Centro-Sul são, de fato, grandes fornecedores de mão-de-obra barata e matérias-primas para o Nordeste, em especial para suas áreas mais industrializadas, que por sua vez fornecem seus manufaturados àquelas regiões. 04.O Nordeste, mesmo reconhecido como uma grande região com problemas em comum, pode apresentar disparidades econômicas e naturais entre diversas de suas áreas ou unidades assim divididas: Meio-Norte ou Nordeste Ocidental, Sertão, Zona da Mata ou Litoral Oriental (Zona da Mata Açucareira, Recôncavo Baiano e Sul da Bahia ou Zona do Cacau) e o Agreste. 08.Dentre as inúmeras regiões diferenciadas que se individualizam dentro do grande complexo regional Centro-Sul, pode-se citar, dentre outras: a Megalópole ou "Centro Econômico" do Brasil, o Triângulo Mineiro, o Quadrilátero Ferrífero, o interior de São Paulo, o Pantanal Mato-grossense e o Sul do país (Vale do Itajaí, Região Serrana do Rio Grande do Sul, Campanha Gaúcha ou região dos Pampas, o Norte do Paraná e o Vale do Tubarão). 16.A Amazônia Brasileira ainda é uma região de baixa densidade demográfica, apesar da intensificação da ocupação humana nos últimos anos.

11 Questão 31) Leia com atenção o texto transcrito a seguir referente a uma das sub-regiões do Nordeste brasileiro. Esta sub-região do Nordeste brasileiro é de povoamento antigo. Compreende parte do Maranhão - bacias do Itapicuru e do Parnaíba -, quase todo o Piauí e o noroeste do Ceará, e é coberta por dois tipos de associações vegetais: a floresta dos cocais e o cerrado. Os cocais dominam as várzeas e os vales fluviais, assim como os baixos interflúvios dos cursos inferiores dos principais rios da sub-região, como o Itapicuru, o Parnaíba e o Acaraú. Esses cocais, nas áreas de clima menos úmido, são formados sobretudo por babaçuais, enquanto, nas áreas orientais, à proporção que o clima se torna mais seco, dominam os carnaubais, que se estendem até os vales dos sertões semiáridos do Jaguaribe, do Açu e do Apodi-Mossoró. Ao lado dessas palmeiras, com menos expressão numérica e econômica, encontram-se ainda a juçara ou açaí, a bacaba, o tucum, o buriti etc. (...) Essa sub-região destacou-se ainda no passado, ora por sua produção de arroz, ora de açúcar, ora de algodão, atividades agrícolas que, em certos períodos, contribuíram largamente para o povoamento dela e tiveram considerável influência na composição étnica da população. (Adaptado de: ANDRADE, Manuel Correia de. Geografia Econômica do Nordeste: o espaço e a economia nordestina. São Paulo: Atlas, 1987.) Pelos aspectos geográficos mencionados no texto, é CORRETO afirmar que o autor está se referindo à seguinte sub-região: a)Sertões Meridionais. b)Agreste Maranhense. c)Meio Norte. d)Sertões Semiáridos do Seridó. e)Zona da Mata Norte-Ocidental.

12 Questão 31) Leia com atenção o texto transcrito a seguir referente a uma das sub-regiões do Nordeste brasileiro. Esta sub-região do Nordeste brasileiro é de povoamento antigo. Compreende parte do Maranhão - bacias do Itapicuru e do Parnaíba -, quase todo o Piauí e o noroeste do Ceará, e é coberta por dois tipos de associações vegetais: a floresta dos cocais e o cerrado. Os cocais dominam as várzeas e os vales fluviais, assim como os baixos interflúvios dos cursos inferiores dos principais rios da sub-região, como o Itapicuru, o Parnaíba e o Acaraú. Esses cocais, nas áreas de clima menos úmido, são formados sobretudo por babaçuais, enquanto, nas áreas orientais, à proporção que o clima se torna mais seco, dominam os carnaubais, que se estendem até os vales dos sertões semiáridos do Jaguaribe, do Açu e do Apodi-Mossoró. Ao lado dessas palmeiras, com menos expressão numérica e econômica, encontram-se ainda a juçara ou açaí, a bacaba, o tucum, o buriti etc. (...) Essa sub-região destacou-se ainda no passado, ora por sua produção de arroz, ora de açúcar, ora de algodão, atividades agrícolas que, em certos períodos, contribuíram largamente para o povoamento dela e tiveram considerável influência na composição étnica da população. (Adaptado de: ANDRADE, Manuel Correia de. Geografia Econômica do Nordeste: o espaço e a economia nordestina. São Paulo: Atlas, 1987.) Pelos aspectos geográficos mencionados no texto, é CORRETO afirmar que o autor está se referindo à seguinte sub-região: a)Sertões Meridionais. b)Agreste Maranhense. c)Meio Norte. d)Sertões Semiáridos do Seridó. e)Zona da Mata Norte-Ocidental.

13 Questão 43) Considere as assertativas sobre a agricultura brasileira. I.A modernização do campo brasileiro possibilitou o crescimento da agricultura familiar comercial, ampliando a produção e a produtividade. II.Nestas últimas décadas, a agricultura camponesa tornou-se antieconômica, porque não conseguiu incorporar mudanças estruturais e, praticamente, desapareceu do campo brasileiro. III.Nas últimas décadas, a industrialização da agricultura contou com o apoio do Estado que, oferecendo financiamentos e infraestrutura, priorizou os produtos destinados à exportação. Está correto somente o que se afirma em a)I. b)II. c)I e II. d)I e III. e)II e III.

14 Questão 43) Considere as assertativas sobre a agricultura brasileira. I.A modernização do campo brasileiro possibilitou o crescimento da agricultura familiar comercial, ampliando a produção e a produtividade. II.Nestas últimas décadas, a agricultura camponesa tornou-se antieconômica, porque não conseguiu incorporar mudanças estruturais e, praticamente, desapareceu do campo brasileiro. III.Nas últimas décadas, a industrialização da agricultura contou com o apoio do Estado que, oferecendo financiamentos e infraestrutura, priorizou os produtos destinados à exportação. Está correto somente o que se afirma em a)I. b)II. c)I e II. d)I e III. e)II e III.

15 Questão 46) Sobre o meio rural e suas transformações, assinale o que for correto. 01.A partir do século XVIII, no período da revolução industrial, o aperfeiçoamento de instrumentos e técnicas de cultivo, tais como, arado de aço e adubos, permitiu o aumento da produtividade agrícola, originando a agricultura moderna. 02.Ainda que a inovação tecnológica tenha determinado ganhos de produtividade com o crescimento da produção por área e ampliado os limites das áreas agrícolas, o desenvolvimento da produção rural ainda hoje necessita de grandes extensões de terras com condições climáticas e solos favoráveis. 04.Procedimentos técnicos, como a adubação e a irrigação e drenagem, têm diminuído a dependência da agricultura do meio natural. Entretanto, a difusão dessas inovações pelo espaço mundial é irregular, tornando o meio rural muito diversificado. 08.Na agropecuária extensiva, são utilizadas pequenas extensões de terras, podendo ser mantidas vastas áreas naturais preservadas. Há o predomínio do capital, uma vez que apresenta grande mecanização e a mão de obra utilizada é bem qualificada. 16.O plantation é um sistema agrícola típico de países desenvolvidos. As suas características atuais são: o minifúndio (pequenas propriedades rurais), policultura (cultivo de vários produtos agrícolas) e mão de obra qualificada.

16 Questão 46) Sobre o meio rural e suas transformações, assinale o que for correto. 01.A partir do século XVIII, no período da revolução industrial, o aperfeiçoamento de instrumentos e técnicas de cultivo, tais como, arado de aço e adubos, permitiu o aumento da produtividade agrícola, originando a agricultura moderna. 02.Ainda que a inovação tecnológica tenha determinado ganhos de produtividade com o crescimento da produção por área e ampliado os limites das áreas agrícolas, o desenvolvimento da produção rural ainda hoje necessita de grandes extensões de terras com condições climáticas e solos favoráveis. 04.Procedimentos técnicos, como a adubação e a irrigação e drenagem, têm diminuído a dependência da agricultura do meio natural. Entretanto, a difusão dessas inovações pelo espaço mundial é irregular, tornando o meio rural muito diversificado. 08.Na agropecuária extensiva, são utilizadas pequenas extensões de terras, podendo ser mantidas vastas áreas naturais preservadas. Há o predomínio do capital, uma vez que apresenta grande mecanização e a mão de obra utilizada é bem qualificada. 16.O plantation é um sistema agrícola típico de países desenvolvidos. As suas características atuais são: o minifúndio (pequenas propriedades rurais), policultura (cultivo de vários produtos agrícolas) e mão de obra qualificada.

17 Questão 73) Considere as informações e afirmativas a seguir, sobre o sistema de transportes no Brasil. O sistema de transportes é um elemento fundamental para as economias mundiais. Os custos de deslocamento incidem sobre os custos das matérias-primas e dos produtos finais nos mercados. Sobre o sistema de transporte brasileiro, afirma-se: I.O desenho do sistema de transportes reflete as desigualdades regionais entre a Região Norte e a Região Sudeste. II.As rodovias dominam a matriz da rede de transportes, elevando os custos de deslocamento da produção nacional. III.O sistema ferroviário apresenta uma malha conservada, com deslocamentos dos trens em velocidade considerada ideal. IV.A implantação de hidrovias, como o sistema hidroviário Tietê-Paraná, é uma das alternativas para diminuir o impacto do valor do transporte no preço final de matérias-primas. Estão corretas apenas as afirmativas a)I e II. b)I e III. c)III e IV. d)I, II e IV. e)II, III e IV.

18 Questão 73) Considere as informações e afirmativas a seguir, sobre o sistema de transportes no Brasil. O sistema de transportes é um elemento fundamental para as economias mundiais. Os custos de deslocamento incidem sobre os custos das matérias-primas e dos produtos finais nos mercados. Sobre o sistema de transporte brasileiro, afirma-se: I.O desenho do sistema de transportes reflete as desigualdades regionais entre a Região Norte e a Região Sudeste. II.As rodovias dominam a matriz da rede de transportes, elevando os custos de deslocamento da produção nacional. III.O sistema ferroviário apresenta uma malha conservada, com deslocamentos dos trens em velocidade considerada ideal. IV.A implantação de hidrovias, como o sistema hidroviário Tietê-Paraná, é uma das alternativas para diminuir o impacto do valor do transporte no preço final de matérias-primas. Estão corretas apenas as afirmativas a)I e II. b)I e III. c)III e IV. d)I, II e IV. e)II, III e IV.

19 Questão 77) No mundo da globalização, tudo circula: dos capitais ao conhecimento. Se, por um lado, muito daquilo que transita o faz de maneira virtual, por meio de fios, cabos ou fibras ópticas, por outro, pessoas e mercadorias devem ser deslocadas fisicamente de um local para outro. Disponível em: Sobre os transportes, todas as alternativas estão corretas, exceto a: a)As cidades brasileiras vêm assegurando a todos os seus moradores o acesso aos recursos disponíveis, começando por um bom sistema de mobilidade e a existência de espaços públicos, com qualidade para todos, inclusive para os turistas. b)A grande área, a disponibilidade hídrica, a longa faixa litorânea e os relevos pouco acidentados não foram obstáculos à adoção de uma política de transportes apoiada nas rodovias. c)A poluição, sobretudo nas grandes cidades, os pedágios que vieram com as privatizações e o preço mais caro do que as ferrovias e hidrovias são aspectos negativos do sistema rodoviário predominante no Brasil. d)A qualidade, a diversificação e a tarifa do transporte público, o respeito ao pedestre, a qualidade das calçadas e a sua adequação às pessoas com necessidades especiais, a quantidade de ciclovia, a segurança no trânsito são aspectos que devem fazer parte de qualquer planejamento urbano.

20 Questão 77) No mundo da globalização, tudo circula: dos capitais ao conhecimento. Se, por um lado, muito daquilo que transita o faz de maneira virtual, por meio de fios, cabos ou fibras ópticas, por outro, pessoas e mercadorias devem ser deslocadas fisicamente de um local para outro. Disponível em: Sobre os transportes, todas as alternativas estão corretas, exceto a: a)As cidades brasileiras vêm assegurando a todos os seus moradores o acesso aos recursos disponíveis, começando por um bom sistema de mobilidade e a existência de espaços públicos, com qualidade para todos, inclusive para os turistas. b)A grande área, a disponibilidade hídrica, a longa faixa litorânea e os relevos pouco acidentados não foram obstáculos à adoção de uma política de transportes apoiada nas rodovias. c)A poluição, sobretudo nas grandes cidades, os pedágios que vieram com as privatizações e o preço mais caro do que as ferrovias e hidrovias são aspectos negativos do sistema rodoviário predominante no Brasil. d)A qualidade, a diversificação e a tarifa do transporte público, o respeito ao pedestre, a qualidade das calçadas e a sua adequação às pessoas com necessidades especiais, a quantidade de ciclovia, a segurança no trânsito são aspectos que devem fazer parte de qualquer planejamento urbano.

21 Questão 80) Está claro que o maior problema do Bric [Brasil, Rússia, Índia e China] para os próximos anos é a precariedade de sua infraestrutura. Irene Mia, economista senior do Forum Econômico Mundial de O Brasil, país de dimensões continentais, tem sua malha viária estruturada sobre o transporte rodoviário. As alternativas a seguir apresentam algumas características desse meio de transporte, EXCETO uma. Assinale-a. a)tem um alto custo de manutenção; b)é inadequado para curtas distâncias; c)é muito poluente com forte impacto ambiental; d)tem custos altos para grandes distâncias; e)tem baixa capacidade de carga, com limitação de volume e peso.

22 Questão 80) Está claro que o maior problema do Bric [Brasil, Rússia, Índia e China] para os próximos anos é a precariedade de sua infraestrutura. Irene Mia, economista senior do Forum Econômico Mundial de O Brasil, país de dimensões continentais, tem sua malha viária estruturada sobre o transporte rodoviário. As alternativas a seguir apresentam algumas características desse meio de transporte, EXCETO uma. Assinale-a. a)tem um alto custo de manutenção; b)é inadequado para curtas distâncias; c)é muito poluente com forte impacto ambiental; d)tem custos altos para grandes distâncias; e)tem baixa capacidade de carga, com limitação de volume e peso.

23 Questão 88) A finalidade dos transportes é o deslocamento e a circulação de mercadorias e de pessoas, de um lugar para outro. Sobre sua função social, nos países subdesenvolvidos, é correto afirmar: a)A organização dos transportes é resultante do planejamento e do desenvolvimento econômico interno. b)Os transportes permitem um elevado grau de integração territorial inter-regional. c)Os transportes são produtos da vanguarda da pesquisa e da inovação tecnológica. d)O deslocamento de mercadorias é feito, predominantemente, por ferrovias e hidrovias. e)O sistema viário brasileiro é formado por redes que, quase sempre, são periféricas, precárias e convergentes para os portos de exportação.

24 Questão 88) A finalidade dos transportes é o deslocamento e a circulação de mercadorias e de pessoas, de um lugar para outro. Sobre sua função social, nos países subdesenvolvidos, é correto afirmar: a)A organização dos transportes é resultante do planejamento e do desenvolvimento econômico interno. b)Os transportes permitem um elevado grau de integração territorial inter-regional. c)Os transportes são produtos da vanguarda da pesquisa e da inovação tecnológica. d)O deslocamento de mercadorias é feito, predominantemente, por ferrovias e hidrovias. e)O sistema viário brasileiro é formado por redes que, quase sempre, são periféricas, precárias e convergentes para os portos de exportação.

25 Questão 96) Sistematicamente, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) tem apresentado resultados do Censo Dentre esses resultados pode-se destacar a)o expressivo crescimento demográfico das regiões Norte e Centro-Oeste. b)a manutenção do predomínio de população rural nos estados do Amapá e do Piauí. c)a redução do número de idosos nas grandes capitais do Sudeste e do Nordeste. d)a sensível redução da população indígena nos estados amazônicos. e)o crescimento expressivo da taxa de fecundidade em todos os estados.

26 Questão 96) Sistematicamente, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) tem apresentado resultados do Censo Dentre esses resultados pode-se destacar a)o expressivo crescimento demográfico das regiões Norte e Centro-Oeste. b)a manutenção do predomínio de população rural nos estados do Amapá e do Piauí. c)a redução do número de idosos nas grandes capitais do Sudeste e do Nordeste. d)a sensível redução da população indígena nos estados amazônicos. e)o crescimento expressivo da taxa de fecundidade em todos os estados.

27 Questão 99) Em 5 de maio de 2011, a união estável de casais do mesmo sexo foi reconhecida pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Sobre esse tema, assinale a alternativa correta: a)No caso brasileiro, o reconhecimento da união homoafetiva não implicou o reconhecimento de vínculos familiares entre companheiros do mesmo sexo. b)O Brasil é o primeiro país sul-americano a reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo. c)A decisão do STF concede aos parceiros do mesmo sexo o direito ao casamento civil. d)A decisão do STF estende direitos tais como pensão, aposentadoria e herança a parceiros do mesmo sexo que optarem pela união estável. e)Apesar da decisão favorável do STF, a efetivação da união estável entre parceiros do mesmo sexo ainda depende de lei específica votada pelo Congresso e sancionada pelo Executivo.

28 Questão 99) Em 5 de maio de 2011, a união estável de casais do mesmo sexo foi reconhecida pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Sobre esse tema, assinale a alternativa correta: a)No caso brasileiro, o reconhecimento da união homoafetiva não implicou o reconhecimento de vínculos familiares entre companheiros do mesmo sexo. b)O Brasil é o primeiro país sul-americano a reconhecer a união estável entre pessoas do mesmo sexo. c)A decisão do STF concede aos parceiros do mesmo sexo o direito ao casamento civil. d)A decisão do STF estende direitos tais como pensão, aposentadoria e herança a parceiros do mesmo sexo que optarem pela união estável. e)Apesar da decisão favorável do STF, a efetivação da união estável entre parceiros do mesmo sexo ainda depende de lei específica votada pelo Congresso e sancionada pelo Executivo.

29 Questão 100) O gráfico abaixo indica a evolução e distribuição da população economicamente ativa (PEA) no Brasil, entre 1940 e Fonte: IBGE, Estatísticas históricas do Brasil, Pnad 1990 e Com base na análise do gráfico, é CORRETO afirmar: a)atualmente, a parcela da PEA engajada no comércio e nos serviços supera em muito os trabalhadores da agropecuária e da indústria. b)com a urbanização do país, há o decréscimo constante da população ligada à agropecuária, enquanto o setor secundário se sobrepõe ao setor dos serviços e do comércio. c)entre 1940 e 1970, o crescimento do setor primário acompanha o do setor secundário. d)o número de empregados na indústria cresce gradativamente a partir de 1950, acelerando o crescimento industrial a partir de 1980.

30 Questão 100) O gráfico abaixo indica a evolução e distribuição da população economicamente ativa (PEA) no Brasil, entre 1940 e Fonte: IBGE, Estatísticas históricas do Brasil, Pnad 1990 e Com base na análise do gráfico, é CORRETO afirmar: a)atualmente, a parcela da PEA engajada no comércio e nos serviços supera em muito os trabalhadores da agropecuária e da indústria. b)com a urbanização do país, há o decréscimo constante da população ligada à agropecuária, enquanto o setor secundário se sobrepõe ao setor dos serviços e do comércio. c)entre 1940 e 1970, o crescimento do setor primário acompanha o do setor secundário. d)o número de empregados na indústria cresce gradativamente a partir de 1950, acelerando o crescimento industrial a partir de 1980.

31

32 Questão 112) Analise a pirâmide etária do Brasil: O formato da pirâmide comprova que, no Brasil, nas últimas décadas, vem ocorrendo os fatos listados a seguir, EXCETO um. Assinale-o. a)o envelhecimento da população; b)o aumento da expectativa de vida; c)a queda nos índices de fecundidade; d)a redução das taxas de mortalidade; e)o predomínio do contingente de jovens.

33 Questão 112) Analise a pirâmide etária do Brasil: O formato da pirâmide comprova que, no Brasil, nas últimas décadas, vem ocorrendo os fatos listados a seguir, EXCETO um. Assinale-o. a)o envelhecimento da população; b)o aumento da expectativa de vida; c)a queda nos índices de fecundidade; d)a redução das taxas de mortalidade; e)o predomínio do contingente de jovens.

34 Questão 115) O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um dado utilizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para analisar a qualidade de vida de uma determinada população. Em 2009, o Brasil apresentou IDH de 0,813, valor considerado alto. Para definição desse índice são utilizadas três variáveis básicas que fazem parte do nosso dia-a-dia. Para responder considere os itens: I.Expectativa de vida II.Renda per Capita III.Taxa de Exportação IV.Taxa de Importação V.Educação As três variáveis básicas que compõem o IDH são as dos itens a) I, III e V. b) III e IV. c) I, II e V. d) II, III e V.

35 Questão 115) O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um dado utilizado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para analisar a qualidade de vida de uma determinada população. Em 2009, o Brasil apresentou IDH de 0,813, valor considerado alto. Para definição desse índice são utilizadas três variáveis básicas que fazem parte do nosso dia-a-dia. Para responder considere os itens: I.Expectativa de vida II.Renda per Capita III.Taxa de Exportação IV.Taxa de Importação V.Educação As três variáveis básicas que compõem o IDH são as dos itens a) I, III e V. b) III e IV. c) I, II e V. d) II, III e V.

36 Questão 116) O Brasil em 2020 Será, é claro, um Brasil diferente sob vários aspectos. A maior parte deles, imprevisível. Uma década é um período longo o suficiente para derrubar certezas absolutas (ninguém prediz uma Revolução Francesa, uma queda do Muro de Berlim ou um ataque às torres gêmeas de Nova York). Mas é também um período de maturação dos grandes fenômenos incipientes – dez anos antes da popularização da internet já era possível imaginar como ela mudaria o mundo. Da mesma forma, fenômenos detectáveis hoje terão seus efeitos mais fortes a partir de David Cohen, Revista Época, 25/05/2009

37 Com base no enunciado, observe as afirmações abaixo, assinalando V (verdadeiro) ou F (falso). ( ) A diminuição da fecundidade no Brasil deve-se às transformações econômicas e sociais que se acentuaram na primeira metade do século XX devido à intensa necessidade de mão-de-obra no campo, inclusive de mulheres, fato este que elevou o país ao patamar de agrário-exportador. ( ) Devido à mudança do papel social da mulher do século XX, ela deixa de viver, exclusivamente, no núcleo familiar, ingressando no mercado de trabalho e passando a ter acesso ao planejamento familiar e a métodos contraceptivos. Esses aspectos, conjugados, explicam a diminuição vertiginosa das taxas de fecundidade no Brasil. ( ) As quedas nas taxas de natalidade de um país levam, ao longo do tempo, ao envelhecimento da população (realidade da maioria dos países desenvolvidos). Neste sentido, verifica-se uma forte tendência a um mercado de trabalho menos competitivo e exigente, demandando menos custos do Estado com os aspectos sociais. Dessa forma, a sequência correta, de cima para baixo é a)VVV. b)FVV. c)VVF. d)FVF. e)VFV.

38 Com base no enunciado, observe as afirmações abaixo, assinalando V (verdadeiro) ou F (falso). ( ) A diminuição da fecundidade no Brasil deve-se às transformações econômicas e sociais que se acentuaram na primeira metade do século XX devido à intensa necessidade de mão-de-obra no campo, inclusive de mulheres, fato este que elevou o país ao patamar de agrário-exportador. ( ) Devido à mudança do papel social da mulher do século XX, ela deixa de viver, exclusivamente, no núcleo familiar, ingressando no mercado de trabalho e passando a ter acesso ao planejamento familiar e a métodos contraceptivos. Esses aspectos, conjugados, explicam a diminuição vertiginosa das taxas de fecundidade no Brasil. ( ) As quedas nas taxas de natalidade de um país levam, ao longo do tempo, ao envelhecimento da população (realidade da maioria dos países desenvolvidos). Neste sentido, verifica-se uma forte tendência a um mercado de trabalho menos competitivo e exigente, demandando menos custos do Estado com os aspectos sociais. Dessa forma, a sequência correta, de cima para baixo é a)VVV. b)FVV. c)VVF. d)FVF. e)VFV.

39 Questão 122) Observe os dados do Censo O que o Censo revelou (IBGE 2010.) Podemos afirmar que as regiões menos urbanizadas e povoadas são, respectivamente: a) Norte e Centro-oeste. b) Sul e Nordeste. c) Nordeste e Centro-oeste. d) Nordeste e Norte. e) Centro-oeste e Norte.

40 Questão 122) Observe os dados do Censo O que o Censo revelou (IBGE 2010.) Podemos afirmar que as regiões menos urbanizadas e povoadas são, respectivamente: a) Norte e Centro-oeste. b) Sul e Nordeste. c) Nordeste e Centro-oeste. d) Nordeste e Norte. e) Centro-oeste e Norte.

41 Questão 134) Em janeiro de 2007, o Governo Federal brasileiro lançou um programa, apresentado pela sigla PAC. Esse programa engloba um conjunto de políticas econômicas, com o objetivo de estimular o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, prevendo investimentos totais de R$ 503,9 bilhões até Entre suas prioridades, está o investimento em infraestrutura, em áreas como saneamento, habitação, transporte, energia e recursos hídricos. Assinale a alternativa que apresenta de forma CORRETA o significado da sigla PAC. a) Programa de Atendimento aos Carentes. b) Projeto de Articulação e Controle Social. c) Programa de Aceleração de Crescimento. d) Programa de Ataque à Corrupção. e) Programa de Aceleração de Combate à Fome.

42 Questão 134) Em janeiro de 2007, o Governo Federal brasileiro lançou um programa, apresentado pela sigla PAC. Esse programa engloba um conjunto de políticas econômicas, com o objetivo de estimular o desenvolvimento socioeconômico do Brasil, prevendo investimentos totais de R$ 503,9 bilhões até Entre suas prioridades, está o investimento em infraestrutura, em áreas como saneamento, habitação, transporte, energia e recursos hídricos. Assinale a alternativa que apresenta de forma CORRETA o significado da sigla PAC. a) Programa de Atendimento aos Carentes. b) Projeto de Articulação e Controle Social. c) Programa de Aceleração de Crescimento. d) Programa de Ataque à Corrupção. e) Programa de Aceleração de Combate à Fome.

43 Questão 138) No Nordeste, as terras fortemente degradadas pela desertificação chegam a 180 mil quilômetros quadrados. Se a esse número forem somadas as áreas com desertificação moderada, chega-se a um total que ultrapassa os 500 mil quilômetros quadrados. Processo semelhante ocorre, também, no a) sul do Pará. b) vale do rio Paranapanema. c) leste de Santa Catarina. d) oeste da Campanha Gaúcha. e) norte do Mato Grosso.

44 Questão 138) No Nordeste, as terras fortemente degradadas pela desertificação chegam a 180 mil quilômetros quadrados. Se a esse número forem somadas as áreas com desertificação moderada, chega-se a um total que ultrapassa os 500 mil quilômetros quadrados. Processo semelhante ocorre, também, no a) sul do Pará. b) vale do rio Paranapanema. c) leste de Santa Catarina. d) oeste da Campanha Gaúcha. e) norte do Mato Grosso.

45 Questão 140) A região sul do Brasil difere das demais regiões brasileiras no que diz respeito ao clima. Nesta região o clima é controlado por massas de ar tropicais e polares, e nas demais regiões do país os climas são controlados por massas de ar equatoriais e tropicais. Analise as proposições sobre o clima da região sul: I. Predomina a Massa Tropical Atlântica, que provoca chuvas abundantes, principalmente no verão. II. No inverno é frequente a penetração da frente polar, que dá origem a chuvas frontais – precipitações devidas ao encontro da massa quente com a fria, ocorrendo a condensação do vapor de água atmosférico. III. O índice médio anual de pluviosidade é alto, e as chuvas são bem distribuídas durante o ano, inexistindo uma estação seca. IV. É um clima que pode ser classificado como mesotérmico, isto é, de médias temperaturas. V. A amplitude térmica anual é elevada, a maior dos climas brasileiros. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente as afirmativas II, IV e V são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

46 Questão 140) A região sul do Brasil difere das demais regiões brasileiras no que diz respeito ao clima. Nesta região o clima é controlado por massas de ar tropicais e polares, e nas demais regiões do país os climas são controlados por massas de ar equatoriais e tropicais. Analise as proposições sobre o clima da região sul: I. Predomina a Massa Tropical Atlântica, que provoca chuvas abundantes, principalmente no verão. II. No inverno é frequente a penetração da frente polar, que dá origem a chuvas frontais – precipitações devidas ao encontro da massa quente com a fria, ocorrendo a condensação do vapor de água atmosférico. III. O índice médio anual de pluviosidade é alto, e as chuvas são bem distribuídas durante o ano, inexistindo uma estação seca. IV. É um clima que pode ser classificado como mesotérmico, isto é, de médias temperaturas. V. A amplitude térmica anual é elevada, a maior dos climas brasileiros. Assinale a alternativa correta. a) Somente as afirmativas III, IV e V são verdadeiras. b) Somente as afirmativas I e II são verdadeiras. c) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. d) Somente as afirmativas II, IV e V são verdadeiras. e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

47 Questão 142) No mapa, estão identificadas as massas de ar presentes na dinâmica atmosférica sul- americana. Assinale a alternativa que indica a massa de ar responsável pela friagem, fenômeno climático que se caracteriza pela baixa temperatura na Amazônia, no inverno. a) I. b) II. c) III. d) IV. e) V. (Maria E. Simielli. Geoaltas, Adaptado.)

48 Questão 142) No mapa, estão identificadas as massas de ar presentes na dinâmica atmosférica sul- americana. Assinale a alternativa que indica a massa de ar responsável pela friagem, fenômeno climático que se caracteriza pela baixa temperatura na Amazônia, no inverno. a) I. b) II. c) III. d) IV. e) V. (Maria E. Simielli. Geoaltas, Adaptado.) Questão 144) No Estado de Santa Catarina predomina o clima: a)subtropical. b)tropical. c)equatorial. d)tropical litorâneo. e)tropical de altitude.

49 Questão 144) No Estado de Santa Catarina predomina o clima: a) subtropical. b) tropical. c) equatorial. d) tropical litorâneo. e) tropical de altitude.

50 Questão 144) No Estado de Santa Catarina predomina o clima: a) subtropical. b) tropical. c) equatorial. d) tropical litorâneo. e) tropical de altitude.

51 Questão 147) A água doce é um bem extremamente precioso: corresponde a apenas 2,5 % do volume da hidrosfera. E, para felicidade geral da nação, o Brasil é bastante privilegiado na distribuição desse bem de todos: nosso território concentra mais de 10% da água superficial disponível para consumo no mundo. Toda essa caudalosa riqueza está espalhada pelos milhares de rios que percorrem o país. [...] Uma característica importante é o predomínio de rios de planalto, o que permite bom aproveitamento hidrelétrico. (TERRITÓRIO..., 2009, p. 38). A bacia hidrográfica que mais se destaca nesse aproveitamento hidrelétrico é a do a) Paraguai. b) Paraná. c) Amazonas. d) Paraguaçu. e) São Francisco.

52 Questão 147) A água doce é um bem extremamente precioso: corresponde a apenas 2,5 % do volume da hidrosfera. E, para felicidade geral da nação, o Brasil é bastante privilegiado na distribuição desse bem de todos: nosso território concentra mais de 10% da água superficial disponível para consumo no mundo. Toda essa caudalosa riqueza está espalhada pelos milhares de rios que percorrem o país. [...] Uma característica importante é o predomínio de rios de planalto, o que permite bom aproveitamento hidrelétrico. (TERRITÓRIO..., 2009, p. 38). A bacia hidrográfica que mais se destaca nesse aproveitamento hidrelétrico é a do a) Paraguai. b) Paraná. c) Amazonas. d) Paraguaçu. e) São Francisco.

53 Questão 152) Observe a matéria: A tragédia de Fukushima reacendeu no Brasil o debate sobre a necessidade da revisão completa do programa nuclear e da atualização da política para o setor. (Isto É, 23/03/2011) A respeito do atual estágio da utilização da energia nuclear no Brasil é correto afirmar: a) Em Angra dos Reis funcionam duas usinas atômicas com plena capacidade e somadas elas produzem 50% da energia consumida no estado do Rio de Janeiro; b) Em Angra dos Reis funcionam três usinas nucleares com plena capacidade, responsáveis por todo o abastecimento da energia consumida no estado do Rio de Janeiro; c) Consideradas obras prioritárias do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, sete usinas nucleares deverão estar em funcionamento até 2016; d) As usinas nucleares brasileiras são monitoradas por uma agência reguladora que atua como fiscalizadora dos protocolos de segurança de todas elas; e) Os protocolos de segurança das usinas nucleares brasileiras estabelecem um raio de segurança, em torno do complexo nuclear, de 50 quilômetros, sendo portanto mais rigorosos do que os adotados nas usinas japonesas.

54 Questão 152) Observe a matéria: A tragédia de Fukushima reacendeu no Brasil o debate sobre a necessidade da revisão completa do programa nuclear e da atualização da política para o setor. (Isto É, 23/03/2011) A respeito do atual estágio da utilização da energia nuclear no Brasil é correto afirmar: a) Em Angra dos Reis funcionam duas usinas atômicas com plena capacidade e somadas elas produzem 50% da energia consumida no estado do Rio de Janeiro; b) Em Angra dos Reis funcionam três usinas nucleares com plena capacidade, responsáveis por todo o abastecimento da energia consumida no estado do Rio de Janeiro; c) Consideradas obras prioritárias do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, sete usinas nucleares deverão estar em funcionamento até 2016; d) As usinas nucleares brasileiras são monitoradas por uma agência reguladora que atua como fiscalizadora dos protocolos de segurança de todas elas; e) Os protocolos de segurança das usinas nucleares brasileiras estabelecem um raio de segurança, em torno do complexo nuclear, de 50 quilômetros, sendo portanto mais rigorosos do que os adotados nas usinas japonesas.


Carregar ppt "Observe atentamente o mapa do Brasil. Fonte: IBGE: Atlas geográfico escolar. 2.ed. RJ, 2004. (adaptado) A dinâmica regional brasileira impulsionada pelo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google