A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Integração Competitiva de Micro e Pequenas Empresas em Ambiente de Fronteira - Bolívia, Brasil e Paraguai.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Integração Competitiva de Micro e Pequenas Empresas em Ambiente de Fronteira - Bolívia, Brasil e Paraguai."— Transcrição da apresentação:

1 Integração Competitiva de Micro e Pequenas Empresas em Ambiente de Fronteira - Bolívia, Brasil e Paraguai

2 Brasil e Fronteiras km de extensão fronteiriça; 11 estados da federação; 588 municípios; 27% território nacional; Cerca de 10 milhões de pessoas; Baixo nível de desenvolvimento; Baixa densidade populacional; Dependência dos principais centros comerciais, financeiros e políticos; Áreas de vulnerabilidades sociais e econômicas

3 SEBRAE- Cooperação Internacional O Sebrae é também um provedor de cooperação técnica, visto que atua por meio de projetos e acordos de cooperação triangular, em colaboração com fortes parceiros e outras instituições internacionais. Criar situações que favoreçam o crescimento dos fluxos de conhecimento, de pessoas, de produção e comércio; Fortalecer as organizações de fomento; Buscar melhorias na formulação, execução e avaliação de políticas de apoio às MPEs; Contribuir para o fortalecimento institucional e a redução das assimetrias na região de fronteira. Promover intercâmbio de metologias, considerando a necessidade de adaptações para as particularidades das situações locais.

4

5 Integração Competitiva de Micro e Pequenas Empresas em Ambiente de Fronteira - Bolívia, Brasil e Paraguai

6 Promover o desenvolvimento econômico, sustentável e integrado dos territórios, aproveitando a ambiência da faixa de fronteira, como oportunidade da expansão produtiva e fortalecimento institucional. Finalidade do projeto Governança binacional MPEs e empreendedores Iniciativas estratégicas Enfoque na competitividade territorial

7 A integração competitiva que queremos Desenvolvimento de serviços técnicos, tecnológicos, gestão empresarial e inovação Acelerar o processos de aprendizagem e aumento do capital social Fomento de intercâmbios, integração de negócios e redes de empresas Fortalecimento do protagonismo e apoio a formação de alianças sustentáveis Apoio as instâncias de coordenação e diálogos produtivos Cooperação entre os agentes sociais, públicos e privados

8 Processo de Construção de Alianças

9 Projetos Portadores de Futuro BID/FUMIM Embaixadas e Representaçõe s Consulares PrefeiturasEmpresas Instituições de Apoio

10 O que fizemos em 2011

11 Encerramento das etapas de preparação e aprovação do projeto; Liberação do primeiro aporte financeiro do FUMIN/BID; Formação dos Comitês Gestores Locais do Projeto – Plano de ação local; Estudo Mato Grosso do Sul Sem Fronteiras: Características e Integrações Territoriais – Bolívia, Brasil, Paraguai - (finalização da etapa de preparação); Negociação de agenda conjunta e programação integrada de capacitação; Repasses de metodologias e formação de consultores; Apoio a eventos locais e promoção de parcerias; Capacitação empreendedora e gestão empresarial; Participação em Feiras e consultorias de mercado ; O que fizemos em 2011

12 7 Cursos 34 Consultorias 1623 Atendimentos registrados 17 Participações em Eventos 3 Rodada de negócios 11 Palestras 7 Missões 3 Empretecs Expocruz: caravana com 30 empresários para a Rodada de Negócios Expo Paraguay: stand e 57 empresas em catálogo Pactuação do Plano de Trabalho em Corumbá: 10 instituições assinando Aprender para Crescer: 195 bolivianos atendidos Jornada MS sem Fronteiras em Ponta Porã : 50 empresários rodada de negócios e 80 meio de comunicação

13 Desafios e oportunidades

14 Fortalecimento da dinâmica do território Desenvolvimento empresarial e organização competitiva Informação e acesso aos mercados Vantagens do território Externalidades geradas pelas ações coletivas Ações Simultâneas

15 Sustentabilidade e protagonismo local UEL PJC em parceria com CIRD; UEL PS em parceria com FTE; Políticas e instrumentos para o desenvolvimento de projetos empresariais inovadores; Apoio a projetos binacionais de desenvolvimento de bens públicos Principais desafios para 2012

16 Associação Comercial e Empresarial de Corumbá, CAINCO, CADEX, Consulado de Bolivia en Corumbá, Consulado do Brasil em Puerto Suarez, FIEMS, Fundación Trabajo Empresa, Gobierno Autónomo Municipal de Puerto Suarez, Gobierno Autónomo Municipal de Puerto Quijarro, Prefeitura Municipal de Corumbá, Prefeitura Municipal de Ladário, Universidad René Moreno, Universidade Católica Dom Bosco, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Prefeitura Municipal de Ponta Porã, CIRD, Municipalidad de Pedro Juan Caballero, Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Cámara de Comercio de Pedro Juan Caballero, Consulado de Brasil en Pedro Juan Caballero, Consulado do Paraguai em Ponta Porã, Consulado do Brasil em Santa Cruz de la Sierra, Cámara de Comércio Bolívia-Brasil, BID, FUMIN. Rede de parceiros


Carregar ppt "Integração Competitiva de Micro e Pequenas Empresas em Ambiente de Fronteira - Bolívia, Brasil e Paraguai."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google