A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Hamilton Casara, Superintendente do Ibama - AM O animal é um bem público, da sociedade, o tráfico é predatório e a exploração injusta socialmente. Antônio.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Hamilton Casara, Superintendente do Ibama - AM O animal é um bem público, da sociedade, o tráfico é predatório e a exploração injusta socialmente. Antônio."— Transcrição da apresentação:

1

2 Hamilton Casara, Superintendente do Ibama - AM O animal é um bem público, da sociedade, o tráfico é predatório e a exploração injusta socialmente. Antônio Labruna, Dir. do Parque Ecológico do Tietê - SP Animal silvestre não é psiquiatra, nem resolve problemas de carência afetiva e muito menos é objeto de consumo. Rildo Silveira Created by Cruzília – MG – Brasil Infelizmente, em muitas regiões do Brasil o tráfico de fauna silvestre impera. Para acabar com o mesmo, a dedicação de todos nós deve ser de sol a sol, incansável. Devemos estar determinados a extirpar da sociedade, esta que é uma das piores modalidades de crime, um crime contra a Terra, contra a humanidade. M. Pavlenco fundador da SOS FAUNA

3 O TRÁFICO O tráfico de animais silvestres no Brasil representa a terceira maior atividade ilícita do mundo, perdendo apenas para o tráfico de drogas e de armas. É difícil calcular o quanto o tráfico de animais silvestres movimenta por ano no mundo sendo uma atividade ilícita, mas estima-se que alcance U$ 10 bilhões/ano. No Brasil gira em torno de 10 a 15% do comércio mundial, o equivalente a U$ 1 a 1,5 bilhões/ano.

4 CONCEITO DE FAUNA SILVESTRE Nos termos da Lei 5.197/67, entende-se por fauna silvestre: os animais de quaisquer espécies, em qualquer fase do seu desenvolvimento que vivem naturalmente fora do cativeiro. E de acordo com a Lei 9.605/98 no seu art. 29, §3º: são espécimes da fauna silvestre todos aqueles pertencentes às espécies nativas, migratórias e quaisquer outras, aquáticas ou terrestres, que tenham todo ou parte de seu ciclo de vida ocorrendo dentro dos limites do território brasileiro, ou em águas jurisdicionais brasileiras.

5 AMPARO LEGAL Os animais silvestres estão tutelados pela proteção constitucional genérica, e pelas normas infraconstitucionais, ou seja, estão sob o amparo específico da Lei 5.197/67, que proíbe a utilização, perseguição, destruição, caça ou apanha desses animais, assim como estende a proteção aos seus ninhos, abrigos e criadouros naturais. Constitui crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativas ou em rota migratória, sem a devida licença ou autorização, nos termos da Lei 9.605/98.

6 ROTAS Dos animais silvestres comercializados no Brasil, estima-se que 30% são exportados. O principal fluxo de comercio ilegal nacional dirige-se da região Nordeste para a região Sudeste, no eixo Rio-São Paulo. Grande parte da fauna silvestre, incluindo a flora, é contrabandeada diretamente para países vizinhos, através das fronteiras fluviais e secas. Destes países fronteiriços seguem para países de primeiro mundo.

7 TRANSPORTE Os meios de transporte mais utilizados são: 1º Lugar: Na carroceria de caminhões com as mais variadas cargas e até mesmo no motor ou embaixo da carroceria; 2º Lugar: Dentro do porta- malas de vans clandestinas, automóveis particulares, ônibus rodoviários clandestinos e de empresas interestaduais, e ainda, aviões particulares.

8 Para cada animal que chega a ser vendido nas feiras, dezenas de outros morrem por estresse e maus tratos. Pássaros são espremidos em gaiolas pequeninas, papagaios são arrancados dos ninhos ainda filhotes e sedados para que parecem mansos, micos têm seus dentes serrados para não morder... Canetas de penas feitas por índios

9 As aves, vêm socadas dentro de caixas de sapato e malas permanecendo por horas a fio sem água e quase sem ar. Para driblarem a angústia, o medo e a agitação do animal praticam todo tipo de tortura e crueldade, como a mutilação, cegueira e administração de calmantes e bebidas alcoólicas. Censa comun em todo o Brasil: pessoas vendendo animais silvestres nas estradas.

10 PERDAS É ínfimo o número de perdas que ocorrem perto do lucro dos traficantes. A cada dez animais que chegam ao seu destino final, nove perdem a vida no caminho. O traficante prefere as espécies de aves mais resistentes, a fim de que a taxa de mortandade seja mínima e seu lucro o maior possível, sem que deixe de arriscar trazendo espécies mais frágeis.

11 AJUDE ESSES ANIMAIS Não compre animais silvestres! Você estará alimentando uma rede de traficantes e ajudando a depredar a nossa fauna. Não se esqueça também que os animais dos demais países também merecem respeito. Visite a página da RENCTAS, a Rede Nacional Contra o Tráfico de Animais Silvestres e veja o que você pode fazer para ajudar.

12 D E N U N C I E - Nunca compre animais silvestres - Denuncie Crimes Contra a Fauna Silvestre IBAMA - Linha Verde: Departamento de Polícia Federal Polícia Militar: através do telefone 190 Polícia Militar Ambiental: verifique a unidade mais próxima em seu Estado Delegacias do Meio Ambiente: verifique a delegacia estadual mais próxima Histórico: verifique a delegacia mais próxima em seu Estado. SOS Fauna descreva a situação e o local exato para averiguação da denúncia. Importante: sua identidade será mantida sob sigilo. SOS Delegacia de Prevenção e Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente e o Patrimônio

13 Respeite todas as coisas vivas, especialmente as indefesas

14 Faça sua parte. Divulgue este documento. Mande para seus amigos. A NATUREZA AGRADECE !!!

15 Este, e outros slides, você encontra nos sites Artigos em

16 EXTINÇÃO É PRA SEMPRE


Carregar ppt "Hamilton Casara, Superintendente do Ibama - AM O animal é um bem público, da sociedade, o tráfico é predatório e a exploração injusta socialmente. Antônio."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google