A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NOSSA FORÇA AO SEU LADO Projeções Econômicas para 2010 - Forte retomada de crescimento com duas principais fontes de incerteza: as eleições (câmbio e inflação)

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NOSSA FORÇA AO SEU LADO Projeções Econômicas para 2010 - Forte retomada de crescimento com duas principais fontes de incerteza: as eleições (câmbio e inflação)"— Transcrição da apresentação:

1 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Projeções Econômicas para Forte retomada de crescimento com duas principais fontes de incerteza: as eleições (câmbio e inflação) e crise externa (recaídas?) - Demanda interna aquecida: Massa de salários e Crédito - Inflação pode mostrar alguma aceleração em relação a 2009 e juros vão começar a subir (provavelmente em abril). -Teremos um ano mais homogêneo (no calendário e nos setores) em relação a Terminamos 2009 acelerando no RS e no BR!!

2 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Crescimento, Inflação e Contas Externas - Em 2009 foram gerados 995 mil empregos formais. Menos que os 1,452 milhão de 2008 e menos que a média de 1,414 milhão do período Ainda assim, é uma expansão significativa do emprego. As maiores contribuições foram, pela ordem, dos setores de Serviços, Comércio e Construção Civil. - A crise atual foi diferente das anteriores. Não houve disparada do dólar e, conseqüentemente da inflação. Assim, os salários reais ficaram preservados. - A expansão do emprego e com manutenção dos salários reais gerou uma elevação da massa de salários na economia. - O crédito continuou em expansão. Em 2009, o saldo das operações de crédito foi de R$ 1,4 trilhão (ou 45% de um PIB estimado em R$ 3,131 trilhões). - Em 2010, as economias avançadas devem continuar crescendo lentamente limitando a expansão do PIB mundial (estima-se 3%). Assim, o crescimento do país estará ligado a demanda interna. - A expansão da demanda em uma situação de expansão lenta da oferta (investimentos) deve gerar uma aceleração da inflação. Além disso, os preços no atacado não devem apresentar deflação (como ocorreu em 2009) pois há recuperação no valor das commodities. - A demanda interna aquecida deve afetar negativamente as contas externas.

3 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Evolução da Massa Salarial – Bilhões de R$ Fonte: IBGE Notas: (1) R$ de novembro de 2009 (INPC); (2)Refere-se ao total de regiões metropolitanas incluídas na pesquisa, quais sejam: Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.

4 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Prognóstico para Safra de Grãos: Brasil e RS - Toneladas Fonte: IBGE (Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, dezembro 2009) A safra de grãos brasileira está estimada em 140,7 milhões de toneladas, representando uma elevação de 5,2% em relação ao ano de Geograficamente, a produção de grãos continua concentrada em três estados, pela ordem Mato Grosso (21,1%), Paraná (18,2%) e Rio Grande do Sul (16,7%), que são responsáveis, em conjunto, por 56% do total da safra de grãos.

5 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Evolução da Arrecadação Federal – Milhões de R$ Fonte: Receita Federal

6 NOSSA FORÇA AO SEU LADO PIB RS por Setores – Var. % Fonte: FEE - O PIB gaúcho mostrou recuperação no segundo semestre e forte recuperação no último trimestre de Em 2010, em função dos estímulos de demanda interna, da demanda externa aquecida por produtos primários (China comprando soja) e da base de comparação deprimida, será fácil crescer mais de 5%. Perda de participação PIB-BR = -0,26%

7 NOSSA FORÇA AO SEU LADO PIB RS em Em 2009, a agropecuária respondeu por 11,24% do PIB, a setor industrial por 27,54% e o setor de serviços por 61,23%. - No setor agropecuário, o melhor desempenho ocorreu na pecuária. A produção animal apresentou um crescimento de 4,3% no valor da produção, com destaque para a produção de leite, com expansão de 10,3%. A lavoura registrou um decréscimo de 0,3%, influenciada negativamente pelas quedas nas produções de milho (-20,2%), trigo (-17,0%) e mandioca (-4,3%). A lavoura apresentou um comportamento bastante heterogêneo, com a produção de feijão (22,4%), maçã (8,1%), arroz (7,3%) e soja (1,8%) registrando expansão. - A indústria apresentou o pior resultado da década, com taxa de -5,3%. O desempenho negativo da indústria foi mais homogêneo. Taxas positivas de crescimento são encontradas apenas nos setores de refino de petróleo e álcool (15,9%), celulose, papel e produtos de papel (6,6%), construção civil (6,7%) e eletricidade, gás e água (3,0%). - No setor serviços, tivemos resultados negativos para o comércio (-2,3%) e transportes (-0,3%), que foram compensados pelo crescimento dos serviços de administração pública (2,3%) e o conjunto dos demais serviços (2,1%). - Assumindo-se a previsão (Boletim Focus do BC)de -0,26% para o Brasil em 2009, temos uma redução na participação do RS no PIB nacional.

8 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Arrecadação de ICMS do Rio Grande do Sul - Mensal Fonte: Sefaz, Ipeadata

9 NOSSA FORÇA AO SEU LADO Evolução da Arrecadação Estadual Fonte: Sec. da Fazenda RS, FEE, IBGE. - No longo prazo o ICMS tem crescido acima da taxa de inflação e acima do crescimento do PIB. O ajuste fiscal pode ser feito com elevação de despesa em linha com a inflação, ou mesmo um pouco acima dela. Não é preciso cortar despesa para ajustar as finanças. Basta controlar sua expansão. - Parece haver uma diferença na carga do ICMS entre e

10 NOSSA FORÇA AO SEU LADO CENÁRIO MACROECONÔMICO – 2010 Variáveis IPCA4,3%4,9% PIB-0,26% (-0,8%)5,0% (RS 5,4%) Taxa de Câmbio (R$/US$) 1 1,751,80 Juros (Selic) final de ano8,7511,00 Notas: (1) valor no final do ano;


Carregar ppt "NOSSA FORÇA AO SEU LADO Projeções Econômicas para 2010 - Forte retomada de crescimento com duas principais fontes de incerteza: as eleições (câmbio e inflação)"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google