A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Assistência de enfermagem ao cliente em uso de curativos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Assistência de enfermagem ao cliente em uso de curativos."— Transcrição da apresentação:

1 Assistência de enfermagem ao cliente em uso de curativos

2 É a proteção da lesão ou ferida, contra a ação de agentes externos, físicos, mecânicos ou biológicos, consistindo na limpeza e aplicação de uma cobertura em uma determinada ferida com objetivo de prevenir ou combater infecções, bem como promover a cicatrização de forma eficaz.

3 A escolha do curativo vai depender do tipo e das condições das feridas e dos fatores que interferem na cicatrização.

4 Critérios para um curativo ideal Manter a umidade entre a ferida e curativo; Remover o excesso de secreção; Permitir troca gasosa; Fornecer isolamento térmico; Ser impermeável às bactérias ; Ser isento de partículas e tóxicos contaminadores de feridas; Permitir a retirada do curativo sem trauma;

5 Classificação dos curativos Aberto ou não oclusivo: É aquele em que a ferida permanece exposta, sendo recomendada para as incisões limpas e secas após 24 a 48 horas após cirurgia.

6 Oclusivo: é aquele que não permite a passagem de ar ou fluidos, funcionando como uma barreira contra bactérias e traumas, onde sobre a ferida é uma cobertura penso.

7 Semi-oclusivo: Curativo fechado com gaze e esparadrapo apenas como moldura permitindo a visualização de drenagem e a necessidade de troca.

8 Compressivo: É aquele que faz compressão para estancar hemorragia, evisceração, ou vedar bem uma incisão; Compressivo primário: É aquele que fica em contato direto com a ferida.

9 Compressivo secundário: Tem a finalidade de absorção, fica após o curativo primário; Seco: Fechado com gaze ou compressa seca; Úmido: Fechado com gaze ou compressa umedecida com pomadas ou soluções prescritas;

10 Serosa: Consiste na porção clara de sangue (...) Mucoide: Consiste na secreção transparente, translúcida, viscosa, semelhante a clara de ovo, rica em fibrina; Sanguinolenta: Presença de sangue, o sangue rutilante consiste no sangue fresco e o sangue escuro é composto de sangue velho.

11 Tipos de secreções Purulenta: contém pus, este podendo ser branco, amarelado, avermelhado ou esverdeado, dependendo do microorganismo infectante, podendo esta secreção ser espessa e apresentar odor fétido;

12 Mista: Que contenha dois ou mais tipos de secreções: Serosanguinolenta; Piosanguinolenta Seropurulenta Mucoserosa/ mucosanguinolenta; Mucopurulenta / mucopiosanguinolenta.

13 Obrigada Pela Atenção!


Carregar ppt "Assistência de enfermagem ao cliente em uso de curativos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google