A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORGANOLOGIA. A organologia é o estudo e a classificação dos instrumentos musicais, com base em determinados critérios. Geralmente, há duas maneiras predominantes.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORGANOLOGIA. A organologia é o estudo e a classificação dos instrumentos musicais, com base em determinados critérios. Geralmente, há duas maneiras predominantes."— Transcrição da apresentação:

1 ORGANOLOGIA

2 A organologia é o estudo e a classificação dos instrumentos musicais, com base em determinados critérios. Geralmente, há duas maneiras predominantes de classificar os instrumentos musicais:

3 classificação conforme a fonte sonora. classificação conforme a forma de produzir o som nos instrumentos.

4 A primeira tem a vantagem de ser embasada em um critério único de classificação que serve para todos os tipos de instrumento. O segundo método não tem caráter científico, pois o mesmo instrumento pode pertencer a mais de um grupo:

5 O piano, por exemplo, pode ser classificado como instrumento de cordas, como instrumento de percussão e como instrumento de teclado.

6 Por exemplo, os saxofones aparecem na família dos instrumentos de sopro de madeira, na tipologia tradicional aplicada à orquestra sinfônica. No jazz, ao contrário, esses instrumentos estão classificados na família dos instrumentos de sopro de metal. Essa não é uma diferença apenas teórica, mas determinante na prática de orquestração e arranjo, tanto na música erudita quanto na música popular em geral.

7 Ao ser entendido como instrumento de madeira, na orquestra sinfônica, o saxofone é combinado com a flauta, o oboé, o clarinete e o fagote. O que significa que as partes de saxofone são individuais, isto é, esse instrumento executa melodias em partes solo, que se contrapõem às partes individualizadas dos outros instrumentos de madeira.

8 Os instrumentos de madeira, ao contrário, têm timbres tão diferenciados entre si que é difícil amalgamá-los em estruturas homofônicas, pois cada um deles irá se destacar da textura geral por seu timbre peculiar.

9 Isso pode ser facilmente reconhecível ao se imaginar um acorde de dó maior sendo tocado por um conjunto de instrumentos de cordas, por um conjunto de instrumentos de metal e por um conjunto de instrumentos de madeira. Neste, cada nota do acorde será individualizada, ao passo que, nos dois primeiros, o acorde será percebido como um todo homogêneo.

10 Classificação dos instrumentos conforme a fonte sonora (Musicologia Sistemática: Mahillon, 1884; Horbostel, 1884; Curt Sachs, 1914):

11 Idiófonos – instrumentos auto-ressonadores: em que a fonte sonora é o próprio corpo do instrumento; ex.: instrumentos de percussão sem pele, como triângulo, claves, matraca, etc.

12 Membranófonos – ressonadores de membrana: em que a fonte sonora é uma membrana esticada; ex.: instrumentos de percussão com pele, como caixa clara, bombo, tímpanos, etc.

13 Cordófonos – ressonadores de corda: em que a fonte sonora é uma corda esticada; ex.: violino, harpa, violão, etc.

14 Aerófonos – ressonadores de ar: em que a fonte sonora é uma coluna de ar em vibração; ex.: flauta, saxofone, trompete, etc.

15 Instrumentos de cordas – três grupos: a) cordas friccionadas – instrumentos de arco (violino, viola, violoncelo, contrabaixo) b) cordas pinçadas – instrumentos dedilhados (harpa, violão, etc.) ou tocados com palheta (bandolim, cavaquinho, etc.) c) cordas percutidas – em que as cordas são percutidas por baquetas ou martelos (piano, címbalo, dulcimer, etc.)

16 Instrumentos de sopro – dois grupos: a) sopros de madeira – são divididos em três tipos: embocadura livre (flauta), palheta simples (clarinete, saxofone), palheta dupla (oboé, corne inglês, fagote) b) sopros de metal – são divididos em três tipos: instrumentos de vara (trombone); instrumentos de válvula rotatória (trompa), instrumentos de pistão (trompete)

17 Instrumentos de percussão – dois grupos: a) altura indefinida – são divididos em vários tipos: instrumentos sacudidos (chocalho, matraca), instrumentos de madeira (claves, woodblock), instrumentos de pele (caixa clara, bombo), instrumentos de metal (triângulo), etc. b) altura definida – são divididos em dois tipos: instrumentos de pele (tímpanos, rotontons), instrumentos de teclado (xilofone, marimba, vibrafone)

18 Instrumentos de teclado – são divididos em três tipos: a) com corda percutida – em que o som é produzido pela percussão das cordas (piano) b) com corda beliscada – em que o som é produzido através de plectros que puxam as cordas cravo, espineta) c) de vento – em que o som é produzido pela vibração de coluna de ar (órgão, harmônio, etc.)


Carregar ppt "ORGANOLOGIA. A organologia é o estudo e a classificação dos instrumentos musicais, com base em determinados critérios. Geralmente, há duas maneiras predominantes."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google