A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUCAÇÃO FÍSICA Matéria de Atletismo para o teste teórico: CorridasSaltosLançamentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUCAÇÃO FÍSICA Matéria de Atletismo para o teste teórico: CorridasSaltosLançamentos."— Transcrição da apresentação:

1 EDUCAÇÃO FÍSICA Matéria de Atletismo para o teste teórico: CorridasSaltosLançamentos

2 Correr mais RápidoSaltar mais Alto Lançar mais Longe

3 Um pouco de história O ESTÁDIO AS DISCIPLINAS CorridasSaltosLançamentos TIPOS DE: Corridas Saltos Lançamentos ATLETISMO

4 Um pouco de História As primeiras competições foram regulamentadas nos Jogos Olímpicos, que os gregos começaram no ano 776 a.C. Durante muitos anos, o principal evento foi o pentatlo olímpico, que incluiu lançamentos do dardo, corridas de velocidade, salto de comprimento e luta greco-romana. Os romanos continuaram a comemorar os Jogos Olímpicos após conquistar a Grécia em 146 a.C. No ano de 394 d.C., o imperador romano Teodósio I aboliu os jogos. Por oito séculos, não foram realizadas competições organizadas de atletismo. Posteriormente foram reintroduzidas nos chamados Jogos Olímpicos Modernos, especificamente em Atenas, em 1896, graças ao trabalho do Barão Pierre de Coubertain, com a particularidade de que seriam realizadas em diferentes locais. Em 1913 ele fundou a Federação Internacional de Atletismo que é o órgão governante da modalidade em competições a nível internacional, que estabelece regras e que dá estatuto oficial para o registro obtido pelo atleta.

5 O cenário em que se realizam as provas de atletismo é uma pista oval, onde se realizam as corridas e as provas de saltos e lançamentos. A Pista de Atletismo

6 Uma alternativa para albergar competições de Inverno são as pistas cobertas que protegem das duras condições climáticas. Estas pistas tem um perímetro de até 200 m.

7 As disciplinas do Atletismo As Corridas Corridas de Fundo Corridas de Velocidade Corridas de Meio Fundo Corridas de Estafetas Corridas de Obstáculos Marcha 5000 m m 3000 m Maratona (42,195 m) 800m 1500m 100m 200m 400 m 110 m 200m 400m 100 m barreiras (femininas) 4x100m 4x400m 3000 m obstáculos 20km 50km 10km Femininos Corridas de Barreiras

8 Algumas normas básicas das disciplinas do Atletismo

9 Corridas de Velocidade Cada um corre na sua pista. A saída é considerada nula se o atleta parte antes do sinal de tiro. À segunda saída nula, quer seja feita pelo mesmo atleta ou por outro, é desclassificado o atleta em questão. A saída é feita a partir de um bloco ( Bloco de Partida).

10 Corrida de Estafetas Neste tipo de corridas, o testemunho deve ser entregue e recebido em zonas específicas. Não é permitido lançar o testemunho como forma de o transmitir ao colega de equipa. Todos os atletas que participam nas corridas de estafetas correm distâncias iguais.

11 Corrida de Barreiras Cada um corre na sua pista. A saída é nula se o atleta avançar antes do tiro de partida. Os atletas tem que utilizar os blocos de partida para iniciar a corrida. Devem igualmente ultrapassar as barreiras pelo meio e não as podem atirar ao chão intencionalmente.

12 Os saltos Salto em AlturaSalto em Comprimento

13 ALGUMAS NORMAS BÁSICAS

14 SALTO DE ALTURA Salto de Tesoura Rolamento Ventral Fosbury-flop Nome do seu criador: Dick Fosbury A impulsão no salto em altura deve realizar-se com um só pé. O salto é nulo se o atleta derruba a fasquia. Numa prova oficial o atleta é eliminado se derruba três vezes consecutivas a fasquia.

15 Salto em Comprimento A impulsão deve ser feita a um só pé. O salto é considerado nulo se o atleta que executa a prova calcar a tábua de chamada. A caixa de areia deve estar ao mesmo nível que a zona de impulso. A distância do salto mede-se desde a tábua de chamada até à zona mais próxima que o atleta atinge no salto para a caixa de areia. Antigamente o salto em comprimento realizava-se sem corrida de aproximação. Era realizada com os pés parados. Curiosidade

16 Nos saltos é importante saber: Nos saltos podemos distinguir as seguintes fases: Corrida:aproximação ao lugar onde é executado o salto. Permite-lhe adquirir a velocidade adequada para saltar. Impulsão: altura em que se tira o pé do chão e se inicia o salto. Isto vai determinar a sua eficácia. Voo: fase aérea do salto. Esta fase é mais importante nos saltosem altura ou à vara do que nos saltos em comprimento ou triplo salto. Queda:é o final do salto.

17 Os Lançamentos Lançamento de Peso Primeiro campeão dos jogos olímpicos modernos do lançamento do disco e do peso. Robert Garrett

18 Nos Lançamentos é importante saber: O lançamento é feito com uma mão. O lançamento é nulo se lançador sai da zona de lançamento. O lançamento é nulo se o dispositivo (disco, peso, martelo e dardo) não se insere na zona apropriada. É contabilizado o melhor lançamento do atleta que vai constar da classificação final da prova. Pista de lançamento do disco, peso e martelo. Pista de lançamento do dardo

19 Os Lançamentos tem as seguintes fases: Movimentos de impulso: para conseguir que o objecto adquira a máxima velocidade possível de saida das mãos do lançador. Estes movimentos são muito diferentes em funcão do tipo de lançamento em questão. Por exemplo, a técnica de lançamento do martelo, é completamente diferente à do lançamento do dardo. A execução correcta da técnica de lançamento é muito complexa. Fase de voo: parábola que o objecto descreve no ar. Determina o a distância do lançamento. Queda: lugar em que caio objecto, determinado pelas fases anteriores.

20 Algo mais que devemos saber sobre o atletismo: Nas Corridas: Os corredores devem respeitar as marcas da pista. Nas provas que por pistas não se pode calcar a linha separadora da mesmas. Nas provas com barreiras e obstáculos, o atleta deve passar pelos mesmos por cima e não derrubá-los voluntariamente. No caso das provas de longa distancia, onde se pode progredir pelo correr de outro atleta, apartir do momento em que algum atleta é ultrapassado por outro não pode atrapalhar a ultrapassagem. Na corrida de estafetas os 4 corredores de cada equipa correm consecutivamente, passando o testemunho ao outro dento da chamada Zona de Transmissão. Se a transmissão de testemunho for efectuada dentro da Zona de Transmissão ou o testemunho cai ao chão a equipa em questão é declassificada.

21 Nos Saltos: Nos saltos, o saltador dispõe igualmente de seis tentativas no caso do salto em comprimento e do triplo salto. No caso do salto em altura, vai-se subindo progressivamente alturas que se devem ultrapassar. O saltador é eliminado quando faz cair a fasqui três vezes. No caso de ultrapassar a fasquia três vezes sem deixar cair a mesma, é contabilizado o ponto mais alto que atingiu. Assim é estabelecida a classificação do atleta que executa a prova.

22 Nos Lançamentos: No caso dos lançamentos, o lançador deve lançar o objecto em questão o mais longe possível sem calcar a marca onde é efectuado o lançamento. O objecto lançado deve cair dentro do sector de lançamento. Se cai fora ou o lançador pisa a marca, o lançamento é considerado nulo. Os lançadores dispõe de seis tentativas.É contabilizado o lançamento mais longo que efectuar.


Carregar ppt "EDUCAÇÃO FÍSICA Matéria de Atletismo para o teste teórico: CorridasSaltosLançamentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google