A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ORMEC ENGENHARIA Terceirização Logística ORMEC ENGENHARIA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ORMEC ENGENHARIA Terceirização Logística ORMEC ENGENHARIA."— Transcrição da apresentação:

1 ORMEC ENGENHARIA Terceirização Logística ORMEC ENGENHARIA

2 Ormec Engenharia Ltda atua no ramo de prestação de serviços industriais, siderúrgicos/metalúrgicos, fabricação de pallets e componentes metálicos. Com mais de 35 anos de existência, a Ormec vem consolidando cada vez mais sua posição no mercado, buscando sempre novas parcerias Colaboradores Bahia a Rio Grande do Sul ORMEC ENGENHARIA LTDA SP MG RJ ES RS SC PR BA MA PI CE RN PB PE AL PA MS GO MT TO AP RR AM RO AC SE

3 Ambiente histórico - Salomão Adaptar para perpertuar- Darwin Pragmatismo – William James Racionalismo – René Descartes CENÁRIOS ORMEC ENGENHARIA

4 Redução de Custos Menores investimentos em ativos fixos / menor imobilização de capital Melhoria no nível de serviço Acesso a tecnologia de ponta e garantia de atualização permanente Acesso às melhores práticas operacionais do mercado Aumento da flexibilidade operacional Transformação de custos fixos em custos variáveis Concentração em seu core business VANTAGENS COM A TERCEIRIZAÇÃO LOGÍSITICA ORMEC ENGENHARIA

5 Transporte e Distribuição, Carga Fechada / Fracionada, Nacional e Internacional Transporte Dedicado Logística Reversa Logística Global / Freight Forwarding Coleta Programada em Fornecedores / MilkRun System Gestão de Transporte Armazenagem Externa, Dedicada ou em Armazéns Multi-Clientes Operação de Armazéns in-house Serviços de Valor Agregado em Armazéns (paletização, re-paletização, etiquetagem, reforço de embalagens, etc.) Abastecimento de Linhas de Produção Gestão de Pedidos Gestão de Estoques Projetos Logísticos / Consultoria Técnica Integração de TI......etc. SERVIÇOS OFERECIDOS PELOS OPERADORES LOGÍSTICOS

6 Por que Terceirizar? Quais os benefícios / resultados esperados? Que Serviços Terceirizar? Quais operações serão terceirizadas? Investimentos em Infra-Estrutura Quem fará os investimentos? Qual a Infra-estrutura necessária? Tecnologia da Informação Prazo do Contrato Qual o prazo do contrato firmado com seu novo parceiro logístico? Perfil do Operador Logístico Qual o perfil ideal do meu futuro parceiro logístico? Que sistemas a sua empresa necessita e quais o seu parceiro logístico está disposto a implementar ? ESTRATÉGIA DE TERCEIRIZAÇÃO ORMEC ENGENHARIA

7 Inventários $ ,00 Contas à Receber $ ,00 Fluxo de Caixa $ ,00 Ativos Correntes $ ,00 Ativos Fixos $ ,00 Vendas $ ,00 Ativos Totais $ ,00 Taxa de Turnover de Ativos 1,25 + ÷ Mão-de-Obra $ ,00 Materiais $ ,00 Despesas Gerais $ ,00 Vendas $ ,00 Custos de Mercadorias Vendidas - CMV $ ,00 Outros Custos $ , Lucro Líquido $ ,00 Vendas $ ,00 Margem de Lucro 8% Retorno Sobre Investimento 10.0% x Objetivo final da parceria EVA ORMEC ENGENHARIA

8 Investimento no Estoque Nível de Serviço Eficiência da Produção Financeiro Marketing e Vendas Manufatura Objetivos Tradicionais Aumento lucro e fluxo de dinheiro. Redução de investimentos Aumento da Receita Redução do custo de Produção Área Distribuição Redução do custo com transporte Ações Tradicionais Redução Estoque. Melhoria no Mix para aumento da rentabilidade Aumento do Estoque. Aumento da Gama de Produtos Aumento no tamanho do lote. Redução na gama de produtos Consolidação Entregas Gestão da Cadeia de Suprimentos Conflitos na Estrutura de Organização Tradicional ORMEC ENGENHARIA

9 EntregarVender Produzir SuprirEstoque/ Lead Time Estoque/ Estoque/ Estoque/ Estoque/ Vender Planejar Suprir Entregar Produzir Planejar Produto Acabado Matéria Prima Variabilidade do Processo Mapa do Inferno ORMEC ENGENHARIA

10 Confiabilidade Preço Flexibilidade Operacional Flexibilidade Comercial Saúde Financeira Qualidade do Pessoal Operacional Informações de Desempenho (BSC; KPI´s; IC e IV) Visibilidade Portfólio de Clientes CRITÉRIOS NA SELEÇÃO DE PRESTADORES DE SERVIÇOS LOGÍSTICOS ORMEC ENGENHARIA

11 Preço do frete Grau de especialização no segmento Capacidade técnica Controle de uso da frota Estrutura operacional Composição e idade média da frota Equipamentos da frota Política de contratação de motoristas PROCESSO DE SELEÇÃO DE TRANSPORTADORES ORMEC ENGENHARIA

12 Evidências de medidas de controle e desempenho Estrutura de apoio operacional em viagem Aplicação de tecnologia Capacidade operacional – Relação frota própria versus veículos de terceiros Critérios para contratação de terceiros Histórico de roubos e tempo de resposta Suporte e qualidade da companhia seguradora PROCESSO DE SELEÇÃO DE TRANSPORTADORES ORMEC ENGENHARIA

13 Serviços genéricos e padronizados Serviços tipo Commodities Normalmente uma única atividade Baseado em ativos Prestador de serviço possui qualificação especializada Negociações rápidas para contratos Contratos tendem a ser de curto ou médio prazos Clientes tentam minimizar custos específicos Processos de remuneração e precificação bastante simples Provedores de Serviços Logísticos Especializados Operadores Logísticos Serviços sob medida e personalizados A EVOLUÇÃO DOS PSLs Objetivo é reduzir custo total, melhorar nível de serviço e maior flexibilidade Remuneração e precificação complexas Value-added services Múltiplas atividades Em geral, não baseado em ativos Operador deve possuir amplo conhecimento de análise de soluções logísticas Contratos de longo prazo e negociados pela alta gerência (em geral de 3 a 5 anos) Negociações complexas e longas ( em geral de 3 a 9 meses ) ORMEC ENGENHARIA

14 Serviços Básicos Valor Agregado Logística Líder Serviços Avançados Provedor de Serviços Logísticos (1PL) Operador Logístico (2PL) Provedor Líder de Logística (3PL) Gerenciador Líder de Logística ou Integrador da Cadeia de Materiais (4PL) Focado na redução de custo Nichos de serviços Infra-estrutura específica Melhoria das capacidades / múltiplas localidades Maior variedade de serviços Redução combinada de custos Gerenciamento de projetos e contratos Atuação regional Único ponto de contato Integração tecnológica através do 3PL Relacionamento estratégico Baseado no conhecimento e na informação Compartilhamento de riscos e ganhos Capacidade de prover tecnologia avançada Colaborativo, adaptativo e flexível Fonte: Framework desenvolvido pelo Georgia Institute of Technology e pela Cap Gemini Ernst & Young, A EVOLUÇÃO DOS PSLs ORMEC ENGENHARIA

15 O Advento do 4PL Cliente Operação Logística Interna Insourcing Anos Cliente Outsourcing Meados Anos 90 3PLs Cliente 4PL Século XXI 3PLs Consultorias Provedores de TI A EVOLUÇÃO DOS 3PSLs

16 O PROCESSO DE SELEÇÃO DO SEU OPERADOR LOGÍSTICO ORMEC ENGENHARIA

17 Operações Tecnologia Operadores Logísticos Transportadoras Consultorias Empresas de Software 4PLs Design / Consultoria 4PL - FOURTH PARTY LOGISTICS ORMEC ENGENHARIA

18 Provedor Serviços Logísticos Operador Logístico Lead Logistics Provider 4PL Amplitude do Escopo da Terceirização Nível de Complexidade do Sistema Logístico Nível de Controle do Embarcador sobre a Operação Logística Propriedade de Ativos Logísticos Baseado em Ativos Não Baseado em Ativos A EVOLUÇÃO DOS PSLs ORMEC ENGENHARIA

19 Terceira Geração ( a partir de 2000) Primeira Geração (1970s s) Segunda Geração (1980s s) Empresas de Transportes / Armazenagem Freight forwarders Agentes de Carga Empresas baseadas em ativos aumentam a disponibilidade de serviços Empresas atuando num modelo híbrido Empresas não baseadas em ativos 4PLs Ampliação dos serviços integrados A EVOLUÇÃO DA INDÚSTRIA DE PSLs NO BRASIL ORMEC ENGENHARIA

20 Grande variedade de serviços logísticos (one stop shop), incluindo aqueles relacionados à gestão do supply chain Vasta cobertura geográfica Conhecimento do mercado Soluções customizadas Visão de futuro Parcerias estrategicamente desenvolvidas Capacidade de aportar tecnologia de ponta Estrutura para atendimento ao Cliente (pós-venda) Tarifas 100% variáveis ou disposição para o compartilhamento de riscos e ganhos Capacidade de investimentos / estabilidade financeira Compatibilidade cultural O PARCEIRO PERFEITO NA TERCEIRIZAÇÃO LOGÍSTICA ORMEC ENGENHARIA

21 Oferecem, ao mesmo tempo, serviços gerais e personalizados. Produtos extremamente segmentados, para o atendimento de necessidades específicas de seus Clientes. Oferecem um amplo menu de serviços. Alto comprometimento com o nível de serviço informado ao Cliente, envolvendo penalizações financeiras no caso de não atendimento do prazo acordado. Oferecem visibilidade de todo o processo aos seus Clientes / rastreamento via WEB (pedidos, estoques, cargas, etc.). Inovam na buscam por novos mercados. Enfatizam a importância do capital humano para o diferencial de serviço junto aos seus Clientes. Buscam relacionamentos de longo prazo. O QUE TEM EM COMUM OS MELHORES PSLs ? ORMEC ENGENHARIA LTDA ORMEC ENGENHARIA

22 Total de Pontos Longo ciclo de venda Alto custo / baixo retorno dos investimentos em tecnologia Delivering on promises Encontrar e reter talentos Lucratividade inadequada Fonte: Pesquisa Anual Realizada em 2003 pela Accenture e pela Northeastern University com Operadores Logísticos nos EUA. PRINCIPAIS PROBLEMAS ENFRETADOS PELOS OPERADORES LOGÍSTICOS ORMEC ENGENHARIA

23 OBRIGADO (47) (47) (47) (47)

24 ÍNDICE Comentários Gerais6 Segurança – Meio Ambiente - Qualidade7 Acidente8 Relato de anomalias9 Expedição e Recebimento10 Informações da Expedição11 Faturamento Matriz + Filiais12 Expedição a partir da Filial13 Expedição Ferroviária14 Expedição Ferroviária – Acompanhamento Filiais15 Vendas Indireta a Cliente Sul16 Expedição – Via Rodoviário17 Histórico – Transporte18 Produtividade19 Indicadores e Controles20 Distribuição Regional de Carga Transportada21 ORMEC ENGENHARIA

25 ÍNDICE Distribuição Regional de Carga Transportada - Acumulado22 Distribuição de Carga Transportada - Região Sudeste23 Distribuição de Carga Transportada - Região Sul e Argentina24 Distribuição Carga Transportada - AM - BA - DF – GO e Colômbia25 Recebimento de Matéria Prima26 Estoque de matéria prima 27 Tempo Médio de Entrada para Carregamento28 Tempo Médio Mensal de Carregamento29 Fluxo Diário de Entrada de Veículos para Carregamento de Produto acabado30 Fluxo Horário de Entrada de Veículos para Carregamento de Produto acabado31 Liberado X Expedido - Faturamento + Transferência32 Expedição diária por modal33 Expedição diária por modal – Quantidade de veículos34 Tempo de Expedição Rodoviária (Dias)35 Controle de Frete Morto – Por ocorrências36 Controle de Frete Morto – Resumo37

26 ÍNDICE Filial Bahia38 Filial Paraná39 Filial Minas Gerais40 Filial Rio Grande do Sul41 Filial São Paulo42 Filial São Paulo – Sub Produto43 Expedição de Sucata44 Transportadoras45 Placar da Segurança – Contratadas e Transportadoras 46 Transportadoras - Ocorrências47 Acidente com Pessoal - Transportadora48 Histórico de Sinistros49 Histórico de Sinistros mês a mês 2008/ Utilização de Veículos – Frota X Terceiro51 Ocorrências de Bloqueio de Veículos52 Evolução dos bloqueios por transportadora53 Transportadoras - Ocorrências Bloqueio de Veículos54 Transportadoras - Ocorrências Bloqueio de Veículos55

27 ÍNDICE Avaliação das Transportadoras56 Índice de Atendimento - Rodoviário 57 Índice de Atendimento Mensal - Rodoviário58 Índice de Atendimento - Ferroviário59 Índice de Atendimento - Ferroviário Evolução60 Controladoria61 Notas Fiscais - Canceladas62 Nota Fiscais Canceladas – por motivo 63 Notas Canceladas – por responsabilidade64 Devoluções de Bobinas – ArcelorMittal Vega e Filiais65 Devoluções Clientes – em unidades66 Devoluções – por motivo67 Balanço Fiscal69 Acompanhamento de Estoque de Produto Acabado - em Toneladas69 Ocupação de Pátio70

28 ORMEC ENGENHARIA ComercialProdução Suprimentos PCP (Fluxo de Informação) (Fluxo de Materiais) Distribuição Direção Suprimento e Logística Objetivos Oportunidades Desenvolver Maximização da Produtividade Manutenção de Estoques Produção e Grandes Lotes Redução dos Setups Plena utiliz. Equipamento Satisfação dos Clientes Manutenção de Estoques Flexibilidade (Pequenos Lotes) Redução do Lead Time (Entrega) Agregar Valor Dialogo PCP – PCP Estoque em consignação Enxergar Além do Cliente Disponibilizar Materiais Estoque sobre controle Previsibilidade de consumo Fornecedores confiáveis Gerenciamento Armazém (WMS) Políticas de Estoque MP/PA Plano Mestre de Produção Calculo MRP

29 Estratégias Operacionais Metas Gerencias Cotas de Venda Previsão de Faturamento Previsão de Estoques Histórico de Vendas Tendências Comerciais Previsões de Venda PA Pedidos já Registrados Plano de Marketing Estoques Existentes Metas de Estoque PA Plano Mestre Plano Capacidade Plano de Vendas Plano de Estoques Plano Matéria-Prima (MRP) Metas Operacionais Restrições e Sobras de Capacidade Turnos de Trabalho/Ferias Plano Manutenção Capacidade de Equipamentos Terceirização Cotas de Compra Necessidade Financeira Políticas de Estoques Tempo de Ressuprimento Estoques Disponíveis Pedidos Fornecedores Realizados Processo de Planejamento ORMEC ENGENHARIA

30 Compras Realizadas Tempos de Ressuprimento MRP Controle/Relatório de Estoques Política de Estoques Plano Mestre de Produção (PMP) Previsão e Controle de Estoques Programação de Compras Planejamento dos Suprimentos Entrada – Processamento e Saída - MRP ORMEC ENGENHARIA

31 Entrada – Processamento e Saída - MRP

32

33

34

35

36 (-)

37 ORMEC ENGENHARIA Indicadores de desempenho logístico

38 ORMEC ENGENHARIA Desempenho no atendimento do pedido do cliente IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Acidentes com pessoal próprio com e sem perda de tempo Mede a quantidade de ocorrência H/h trabalhado Numero de ocorrência/ H/h Variam conforme atividade Acidentes com veículos de transporte de carga Mede a quantidade de ocorrência pela quantidade de veículos carregados Número de ocorrência / veículos carregados Variam conforme tipo de negócio Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

39 ORMEC ENGENHARIA Desempenho em transporte IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Avaria no transporte Medem a participação da avarias em transporte no total expedido Avarias no transporte (R$) / total expedido (R$) Variável Não conformidade em transportes Mede a participação do custo extra de frete decorrente de reentrega, devoluções atrasos no custo total de transporte Custo adicional de frete com não conformidade (R$) / custo total de transporte (R%) Variável Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

40 ORMEC ENGENHARIA Desempenho em transporte IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Acuracidade no conhecimento de frete Mede a participação dos erros verificados nos conhecimentos de frete em relação aos custos totais de transportes. Erros na cobrança (R$) / custo total de transporte (R$) Mínimo de 98,5% Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

41 ORMEC ENGENHARIA Desempenho na gestão do estoques IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Acuracidade do estoque Corresponde à diferença entre o estoque físico e a informação contábil da estoque Estoque físico anula por SKU / estoque contábil ou estoque reportado pelo sistema No Brasil, 95% no Japão 99,95% e nos EUA entre 99,75% a 99,95% Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

42 ORMEC ENGENHARIA Desempenho no atendimento do pedido do cliente IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Volume e % de faturamento Mede a tonelagem e o % de faturamento realizado no período Faturamento real/ programado 100% Produtividade operacional Mede a quantidade de H/h trabalhados para expedição dos produtos H/h / t. ExpedidaVariam conforme tipo de negócio Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

43 ORMEC ENGENHARIA Desempenho no atendimento do pedido do cliente IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas % de entrega no prazo Mede % de entrega no prazo acordado com o cliente Entrega no prazo / total de entrega realizadas Variam de 95% a 98% Taxa de atendimento do pedido mede % de pedidos atendidos na quantidade e especificações solicitadas pelo cliente Pedidos integralmente atendidos / total de pedidos expedidos 99,5% Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

44 ORMEC ENGENHARIA Desempenho no atendimento do pedido do cliente IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Pedido perfeito Calcula a taxa de pedidos sem erros em cada estágio do pedido do cliente. Deve considerar cada etapa na vida de um pedido % Acuracidade no registro do pedido x %Acuracidade na separação x % entregas no prazo x % entregas sem avarias x % pedidos faturados corretamente Em torno de 70% Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

45 ORMEC ENGENHARIA Desempenho no atendimento do pedido do cliente IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Tempo de ciclo do pedido Tempo decorrido entre a realização do pedido por um cliente e a data de entrega. Alguns consideram como data final a data de disponibilização do pedido na doca e expedição Data de entrega menos a data de realização do pedido Menos de 24 horas para localidades mais próximas ou até um limite de 350 KM Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

46 ORMEC ENGENHARIA Desempenho na gestão do estoques IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Tempo de estocagem Tempo da carga da área de produção até sua armazenagem física. Outros consideram da área de produção até seu registro no sistema de controle de estoque e disponibilização para vendas Tempo da disponibilização para venda menos tempo de entrega pela produção 2 horas ou 99,9% no mesmo dia Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

47 ORMEC ENGENHARIA Desempenho na gestão do estoques IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Estoque disponível Quantificação das vendas perdidas em função da indisponibilidade do item solicitado Receita não realizada devido a indisponibilidade do item em estoque (R$) Variável % estoque indisponível para venda Corresponde ao estoque indisponível para venda em função de danos decorrentes da movimentação e armazenagem ou absolescência. Estoque indisponível (R$) / Estoque total (R$) Variável Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

48 ORMEC ENGENHARIA Desempenho na gestão do estoques IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Visibilidade dos estoques Mede o tempo para disponibilização dos estoques dos materiais recém recebidos nos sistemas da empresa Data hora do registro da informação do material nos sistemas da empresa menos data hora do recebimento físico Máximo 2 horas Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

49 ORMEC ENGENHARIA Produtividade do armazém IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Pedidos por hora Mede a quantidade de pedidos separados e embalados / acondicionados por hora Pedidos separados / embalados / total de horas trabalhadas no armazém Variam conforme tipo de negócio Tempo médio de carga / descarga Mede o tempo de permanecia dos veículos de transporta nos portões de expedição Hora de saída dos portões menos hora de entrada nos portões Variam conforme tipo de veículo, carga e condições operacionais Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

50 ORMEC ENGENHARIA Desempenho em transporte IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Coletas no prazo Calcula o % de coletas realizadas dentro do prazo acordado Coletas no prazo / total de coletas Variam de 95% a 98% Utilização da capacidade de carga dos caminhões Avalia a utilização da capacidade de carga dos veículos de transporte utilizados Carga total expedida / capacidade teórica total dos veículos utilizados Dependem de diversas variáveis, mas as melhores práticas estão ao redor de 85% Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

51 ORMEC ENGENHARIA Desempenho na gestão do estoques IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Utilização da capacidade de estocagem Mede a utilização volumétrica ou do número de posições para estocagem disponíveis em um armazém. Ocupação média em m2 ou posições de armazenagem ocupadas / capacidade total de armazenagem em m2 ou número de posições Estar acima de 100% é um péssimo indicador, pois indica que a área inadequadas para armazenagem estão sendo utilizadas Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

52 ORMEC ENGENHARIA Desempenho em transporte IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Custo de transporte como um % das vendas Mostra a participação dos custos de transporte nas vendas totais da empresa Custo total de transportes (R$) / vendas totais (R$) Variam conforme tipo de negócio Custo do frete por unidade expedida Revela o custo do frete por unidade expedida. Custo total de transporte (R$) / total de unidades expedidas Variam conforme tipo de negócio Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

53 ORMEC ENGENHARIA Produtividade do armazém IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas Custo de movimentação e armazenagem como um % das vendas Revela a participação dos custos operacionais de um armazém nas vendas de uma empresa Custo total do armazém / venda total Variam conforme tipo de negócio Custo por pedidoRateio dos custos operacionais do armazém pela quantidade de pedidos expedidos Custo total do armazém / total de pedidos expedidos Variam conforme tipo de negócio Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral

54 ORMEC ENGENHARIA Produtividade do armazém IndicadorDescriçãoCálculoMelhores Práticas AbsenteísmoRevela a ausência do empregado ao posto de trabalho Horas de ausência/H/h Variam conforme tipo de negócio Dispensa médicaRevela a ausência do empregado ao posto de trabalho Horas de ausência/H/h Variam conforme tipo de negócio Indicadores de desempenho logístico SegurançaQualidadeAtendimento Custo Moral


Carregar ppt "ORMEC ENGENHARIA Terceirização Logística ORMEC ENGENHARIA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google