A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESTUDO DOS BLOGS A PARTIR DA NETNOGRAFIA: POSSIBILIDADES E LIMITAÇÕES Prof. Dra. Sandra Portella Montardo Curso de Comunicação Social –FEEVALE

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESTUDO DOS BLOGS A PARTIR DA NETNOGRAFIA: POSSIBILIDADES E LIMITAÇÕES Prof. Dra. Sandra Portella Montardo Curso de Comunicação Social –FEEVALE"— Transcrição da apresentação:

1 ESTUDO DOS BLOGS A PARTIR DA NETNOGRAFIA: POSSIBILIDADES E LIMITAÇÕES Prof. Dra. Sandra Portella Montardo Curso de Comunicação Social –FEEVALE Prof. Dra. Liliana Maria Passerino Curso de Licenciatura em Computação – FEEVALE

2 Por que pensar a Web? Número de brasileiros na Internet : 32,1 milhões, segundo Ibope/NetRatings; O brasileiro é o internauta que navega durante mais tempo na Internet no mundo: 20h30 mensais (out / 2006); Technorati rastreia 57 milhões de blogs (out / 2006); Número de blogs dobra a cada seis meses, segundo Technorati (out./ 2006); A cada dia, são 100 mil novos blogs; Fonte sobre blogs: Technorati

3 Internet como um novo espaço de socialização Objetivo: Debater sobre limites e possibilidades da netnografia como metodologia de pesquisa adequada ao estudo de espaços de socialização mediados por computador como os Blogs.

4 Blogs como espaços de comunicação mediada por computador Blogs são ferramentas de fácil atualização em web sites, que se baseiam no sistema de micro-conteúdos e na sua atualização quase que diária; Vantagem: Não é preciso saber programar para ter onde se expressar na web; Primeiro blog, Links.net, foi criado pelo estudante Justin Hall, em 1997, como página com links para sites poucos conhecidos. A explosão do fenômeno aconteceu a partir de 1999 com o surgimento das primeiras ferramentas de edição de blogs. Google compra Blogger em 2004, sistema de publicação mais popular no Brasil.

5 Blogs como espaços de comunicação mediada por computador Segundo os tipos de conteúdos os blogs, podem ser classificados como: a) Diário Eletrônicos b)Publicações Eletrônicas c)Publicações Mistas (Recuero, 2003)

6 Blogs como espaços de comunicação mediada por computador Ao combinar o conceito de virtual settlement, de Jones (1997) e de interação mútua, segundo Primo (1998), Recuero (2003) relaciona blogs e comunidades virtuais a partir de um estudo empírico. Recuero (2003) propõe que se estabelecem webrings, ou seja, círculo de relações entre autores de blogs a partir das ferramentas de comentários e das postagens nos mesmos.

7 Etnografia Virtual ou Netnografia A etnografia é uma metodologia de pesquisa originária da antropologia cuja origem remonta-se a fins de século XIX; Pode ser definida como estudo cultural através de uma imersão profunda no grupo sendo estudado (Goetz; Lecompte, 1988);

8 Etnografia Virtual ou Netnografia Uma etnografia é uma reconstrução analítica de cenários e grupos culturais que traz as crenças, práticas, artefatos e conhecimentos compartilhados pela cultura que está sendo estudada; Com o surgimento do ciberespaço, tornou-se premente o uso e aplicação de metodologias de pesquisa que permitam capturar a essência dos fenômenos presentes no mesmo. (Hine, 2005).

9 Etnografia Virtual ou Netnografia Porém, a aplicação de metodologias de pesquisa já existentes, principalmente de caráter qualitativo como a etnografia, não pode ser realizada de forma automática, sem adaptações e análise das possibilidades e os limites de tal adaptação para a pesquisa efetuada na web. Web como contexto e artefato cultural; (Hine, 2000, 2005)

10 Etnografia Virtual ou Netnografia Exige imersão do pesquisador nas comunidades; Coleta de dados: notas de campo a serem combinadas com artefatos da web; Entrevistas já transcritas, mas com limites à comunicação não-verbal; Netnografia pode ser ferramenta complementar de pesquisa; Adaptação quanto à: ingresso cultural / coleta de dados / Ética / Verificação dos participantes (Kozinets, 1997, 2000)

11 Vantagens da Netnografia frente à Etnografia -N pode ser conduzida de forma mais rápida que E; -N é menos dispendiosa que E; -N é menos subjetiva do que E; -Desvantagem: -N se limita à análise de texto escrito. -Este ponto pode ser facilmente contornado com as ferramentas de que dispomos hoje em dia.

12 Aplicações da Netnografia aos Blogs -Blogs serão entendidos como espaço de socialização, ao contrário dos experimentos relatados na bibliografia consultada, em que esta ferramenta não foi mencionada; -Trata-se de buscar compreender sobre um fenômeno que acontece espontaneamente na internet.

13 Aplicações da Netnografia aos Blogs - Facilidade na busca e na coleta de dados; -Amplitude da coleta e do armazenamento; -Desdobramento da pesquisa com rapidez; -Ingresso cultural / Questões éticas; -Risco do desdobramento indevido; -Segundo Foot & Schneider (2005), deve-se selecionar o tópico, estabelecer a amostra e delimitar um período de análise. -Amostra deve ser constante (blogs ativos).

14 Muito obrigada! Projeto: Blogs como Ferramenta de Socialização de Pessoas com Necessidades Especiais (PNEs) Prof. Dra. Liliana Maria Passerino (Feevale) Prof. Dra. Sandra Portella Montardo (Feevale) Blogs Especiais:


Carregar ppt "ESTUDO DOS BLOGS A PARTIR DA NETNOGRAFIA: POSSIBILIDADES E LIMITAÇÕES Prof. Dra. Sandra Portella Montardo Curso de Comunicação Social –FEEVALE"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google