A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Saiba como identificar a origem do seu produto de origem animal Sabia que todos os produtos de origem animal possuem uma marca que identifica a origem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Saiba como identificar a origem do seu produto de origem animal Sabia que todos os produtos de origem animal possuem uma marca que identifica a origem."— Transcrição da apresentação:

1 Saiba como identificar a origem do seu produto de origem animal Sabia que todos os produtos de origem animal possuem uma marca que identifica a origem dos mesmos? É a Encontra-se da seguinte forma: País de Origem Nº Controlo Veterinário do Estabelecimento Fabricante Comunidade Europeia P Nº xxx CE CMC - SMV

2 Deve ser colocada: 1.em todos os produtos de origem animal; 2.de forma facilmente visível e legível. A Marca de Salubridade é como que o Bilhete de Identidade de um produto de origem animal. Encontra-se no rótulo ou aposta na embalagem; Dá-nos a conhecer o país de origem do produto e até mesmo a zona do país. CMC - SMV

3 Toda a gente sabe que o leite é um alimento muito completo, sendo a principal fonte de Cálcio da nossa alimentação. O Leite do Dia é pasteurizado (sofreu tratamento térmico ligeiro). CMC - SMV

4 Ao adquirir Leite do Dia tenha em conta: se a embalagem se encontra íntegra; a data limite de consumo (data de validade) indicada da seguinte forma consumir até... (dia/mês). Conserve sempre no frigorífico entre os 0ºC e +6ºC CMC - SMV

5 O Leite UHT é ultrapasteurizado isto é, leite submetido a um tratamento térmico que lhe confere características de longa duração CMC - SMV

6 Saiba que: Este tipo de leite não necessita de frio até à abertura da respectiva embalagem; O seu armazenamento deve ser em local seco, fresco e ao abrigo da luz; Apesar da sua longa duração, tenha em conta a sua data de durabilidade mínima, que refere: Consumir de preferência antes de...(mês/ano). CMC - SMV

7 Produto coagulado obtido por fermentação láctea devido à acção de microrganismos específicos. São pobres em calorias e ricos em cálcio. Em ambos os casos, a flora (microrganismos) específica existente no produto final, deve estar viva e em abundância. CMC - SMV

8 Ao adquirir iogurtes e leites fermentados, verifique se: A embalagem se encontra íntegra; A data limite de consumo, indicada da seguinte forma Consumir até...(dia/mês) não está ultrapassada; A exposição à venda é feita a temperaturas de refrigeração, entre os 0ºC e os 6ºC. CMC - SMV

9 Atenção: Conserve-os sempre no frigorífico a temperaturas de 0ºC a +6ºC. Não respeitando as temperaturas de conservação, a flora existente nestes produtos desenvolve-se, deteriorando os mesmos. CMC - SMV

10 Produto derivado do leite, por coagulação. Rico em cálcio e proteínas. CMC - SMV

11 Se vai comprar Queijo Fresco, tenha em atenção: se este se encontra em vitrines frigoríficas a temperaturas de refrigeração entre os 0ºC e +6ºC; se não está em contacto com líquidos escorrênciais (soro), num tabuleiro limpo; se está devidamente rotulado, nomeadamente com marcação de salubridade e data limite de consumo precedida da expressão: Consumir até…(dia/mês/Ano). CMC - SMV

12 Existem dois tipos de ovos à venda no Mercado Municipal D. Pedro V: Produtores Operadores CMC - SMV

13 Produtores: postos à venda pelos produtores, não carecem de carimbo; Não são calibrados (não são do mesmo tamanho); Podem apresentar pequenas manchas de sujidade. CMC - SMV

14 Operadores: Devem possuir, obrigatoriamente, carimbo (por cada ovo); Devem ser calibrados; Devem apresentar-se isentos de sujidade ; Devem apresentar-se embalados e devidamente rotulados. CMC - SMV

15 Saiba o que lhe diz o carimbo do seu ovo. Por exemplo 3 PT N.º de identificação da exploração Código das Direcções Regionais de Agricultura (de 1 a 7- Continente, 8-Madeira, 9-Açores) País Modo de criação: 0- Biológico; 1- Ar livre; 2- Solo; 3- Gaiola. CMC - SMV

16 ChouriçoMorcelaFarinheira Salsichas frescas Negritos CMC - SMV

17 Devem estar devidamente rotulados, quanto a: Estabelecimento de produção devidamente licenciado (marca de salubridade); Denominação de venda (nome do produto); Condições especiais de conservação; Lista de ingredientes; Data de validade, consoante os produtos: Consumir até…(dia/mês/ano). ou Consumir de preferência antes de...(dia/mês/ano), CMC - SMV

18 Salsichas frescas, Negritos... Devem ser expostos à venda em equipamentos de conservação de refrigerados. A rotulagem deve ainda mencionar: Data limite de consumo: Consumir até...(dia/mês/ano); Condições especiais de conservação:Conservar a temperaturas de 6ºC; CMC - SMV

19 Hambúrgueres Espetadas...

20 Origem de estabelecimento industrial licenciado, devem estar rotulados quanto a: Estabelecimento de produção devidamente licenciado ( marca de salubridade); Denominação de venda (nome do produto); Lista de ingredientes; Data limite de consumo mencionando Consumir até...(dia/mês/ano); Condições especiais de conservação:Conservar a temperaturas de 2ºC a 5ºC. CMC - SMV

21 Quando preparados pelo operador: Devem ser preparados a pedido do cliente; Devem ser vendidos no próprio dia. EM AMBAS AS SITUAÇÕES DEVEM SER ACONDICIONADOS EM EQUIPAMENTOS DE CONSERVAÇÃO DE REFRIGERADOS. CMC - SMV

22 Mortadela Fiambre FiambreAfiambrado... Devem estar acondicionados em equipamentos de conservação de refrigerados a temperaturas de 6ºC; CMC - SMV

23 Devem estar devidamente rotulados, onde deve constar: Estabelecimento de produção devidamente licenciado (marca de salubridade); Denominação de venda (nome do produto); Lista de ingredientes; Condições especiais de conservação: Conservar a temperaturas de 6ºC ; Data limite de consumo: Consumir até...(dia/mês/ano). CMC - SMV

24 Na exposição à venda, a carne deve obedecer aos seguintes requisitos. CMC - SMV

25 Devem ser expostas à venda sempre em equipamentos de conservação de refrigerados; As carnes de diferentes espécies devem estar devidamente separadas umas das outras; A carne de bovino deve estar devidamente rotulada quanto à origem ; CMC - SMV

26 As carnes refrigeradas e seus produtos devem ser distribuídas, conservadas e expostas às seguintes temperaturas (*) : frescas + 7ºC aves +4ºC frescas de coelho +4ºC caça de criação e caça selvagem menor +4ºC Caça selvagem maior +7ºC Picada +2ºC Preparados de carne com carne picada +2ºC Produtos à base de carne +6ºC Gorduras animais frescas +7ºC Miudezas e vísceras frescas +3ºC (*) In, DL 158/97, 24 de Junho CMC - SMV

27 A carne de bovino, para além da marca de salubridade, quando exposta à venda, deve estar acompanhada de rotulagem específica quanto à origem A carne de bovino, para além da marca de salubridade, quando exposta à venda, deve estar acompanhada de rotulagem específica quanto à origem. CMC - SMV

28 Identificação do animal: N.º de identificação Nascido em: País Criado em: País Engorda em: País Abatido em: País de abate – (N.º Controlo Veterinário) – CE Desmancha em: País de desmancha – (N.º Controlo Veterinário) – CE Identificação do animal: N.º de Identificação Abatido em: País de abate – (N.º Controlo Veterinário) – CE Desmancha em: País – (N.º Controlo Veterinário) – CE Origem: Quando todo o circuito é realizado no mesmo país Exemplos de rotulagem anexa à carne de bovino quanto à Origem: O circuito pode ser feito em países diferentes CMC - SMV

29 Todos os produtos congelados/ultracongelados devem: ser expostos à venda em equipamentos de conservação de congelados/ultracongelados munidos de termómetros colocados de forma a que se possa verificar facilmente a temperatura. CMC - SMV

30 Ao adquirir estes produtos verifique sempre se: A embalagem se encontra íntegra; Não existem sinais de descongelação /recongelação, isto é, se não existe gelo dentro da embalagem; O produto não está queimado pelo gelo; A data de durabilidade mínima não está ultrapassada e indicada da seguinte forma: Consumir de preferência antes do fim de…(mês/ano),. CMC - SMV

31 Denominação de venda completada pela menção: Congelados/Ultracongelados; Data de durabilidade mínima: Consumir antes do fim de …(mês/ano); Condições especiais de conservação:Conservar a temperaturas de -18ºC ( +/- 6ºC ); Identificação do lote precedida da letra L; Expressão Não voltar a congelar. Os produtos congelados/ ultracongelados devem apresentar-se devidamente rotulados quanto a: CMC - SMV

32 Na exposição à venda, o pescado fresco deve: Estar acondicionado em gelo na proporção de 1/2, ou seja, 1Kg de gelo para cada 2Kg de peixe. CMC - SMV

33 Tabela de frescura do peixe, quanto ao Cheiro: Muito BomBomSatisfat.N/ Satisfat. Guelras, pele, cavidade abdominal Algas marinhas. Neutro.Ligeiramente acre. Acre. In, Port.ª n.º559/76, de 07/09 e NP-2287, 1988 CMC - SMV

34 Tabela de frescura do peixe, quanto ao aspecto: Muito BomBomSatisfat.N/ Satisfat. Pele Pigmentação viva e Brilhante; Muco aquoso, transparente Pigmentação viva mas sem Brilho; Muco Ligeiramente turvo. Pigmentação em vias de descoloração e embaciada; Muco leitoso. Pigmentação baça; Muco opaco. Olho Convexo (abaulado); Córnea transparente; Pupila negra, brilhante. Convexo mas Ligeiramente achatado; Córnea Ligeiramente opalescente; Pupila negra, embaciada. Plano; Córnea opalescente; Pupila opaca. Côncavo ao centro ( afundado); Córnea leitosa; Pupila cinzenta. CMC - SMV

35 Tabela de frescura do peixe, quanto ao aspecto ( cont.): Muito BomBomSatisfat.N/ Satisfat. Guelras Cor viva brilhante; Sem muco. Menos coloridas; Traços ligeiros de muco claro. Descoradas; Muco leitoso. Amareladas; Muco opaco. Orgãos (cor) Rins, restos de outros órgãos e sangue da aorta: Vermelho brilhante. Rins, restos de outros órgãos e Sangue Vermelho. Rins, restos de outros órgãos e Sangue Vermelho mate. Rins, restos de outros órgãos e sangue: acastanhado. CMC - SMV

36 Tabela de frescura do peixe, quanto ao aspecto ( cont.): Muito BomBomSatisfat.N/ Satisfat. Carne (abdómen) Translúcida, Lisa brilhante; Sem nenhuma alteração da cor original. Aveludada, cerosa; Cor Ligeiramente modificada. Ligeiramente opaca. Opaca. Cor da carne ( junto da coluna vertebral) Sem nenhuma alteração da cor original. Ligeiramente rosada. RosaVermelha. CMC - SMV

37 Tabela de frescura do peixe, quanto ao textura: Muito BomBomSatisfat.N/ Satisfat. Carne Firme e elástica; Superfície de corte lisa. Elasticidade diminuída. Ligeiramente mole; Superfície de corte cerosa (aveludada), e amassada. Mole, flácida (escamas destacam-se facilmente da pele); Superfície de corte granulosa. coluna vertebral Quebra-se em vez de se destacar. Bem aderente. Pouco aderente. Não aderente. Peritoneu Totalmente aderente à carne. Aderente.Pouco aderente. Não aderente. CMC - SMV

38 O pescado fresco deve estar devidamente rotulado quanto a: Capturado Atlântico Nordeste Outra zona ___________ Capturado em água doce Portugal de Aquicultura outro país ____________ Preço/Kg Nome Comercial Método de produçãoZona de captura CMC - SMV

39 Devem apresentar-se: Vivos no momento da compra ( devem reagir ao toque ); Embalados em saco de rede fechado; Devidamente rotulados. Podem conservar -se durante 5 dias, no frio, a temperaturas de 6 a 8ºC. CMC - SMV

40 A rotulagem de moluscos Bivalves deve mencionar: O país de expedição; Nº lote e calibre; As espécie de moluscos bivalves (Nome comum e nome científico); Identificação do centro de expedição(marca de salubridade); Data de acondicionamento (dia/mês); Data de validade, seguida da expressão: Estes animais devem encontrar-se vivos no momento da compra. CMC - SMV


Carregar ppt "Saiba como identificar a origem do seu produto de origem animal Sabia que todos os produtos de origem animal possuem uma marca que identifica a origem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google