A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof. Heitor Gribl 1ºAno Ensino Médio. Itália Século XIV.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof. Heitor Gribl 1ºAno Ensino Médio. Itália Século XIV."— Transcrição da apresentação:

1 Prof. Heitor Gribl 1ºAno Ensino Médio

2 Itália

3 Século XIV

4 Escritor, poeta, italiano, autor de A divina Comédia

5 Escritor, poeta italiano.

6 Aristóteles, Sêneca e Virgílio

7 Decameron ou Decamerão

8 A Divina Comédia

9 Petrarca

10 Teoria centrada em Deus. As leis de Deus são superiores a qualquer outra ciência. Deus é o criador e o centro do Universo.

11 Crença de que a Terra era o centro do universo e que o Sol girava ao seu redor.

12 O Teocentrismo estava perdendo força durante o Humanismo.

13 Leonardo Da Vinci

14 Portugal, criado por D. Henrique, filho de D. João I.

15 Engenharia Naval, a partir de pesquisadores astrônomos, geógrafos, matemáticos especializados em navegação à vela.

16 Fernão Lopes

17 A Torre do Tombo foi uma importante instituição fundada por D. Henrique como centro de documentação histórica e registro das importantes expedições marítimas de Portugal pelo mundo.

18 O Rei era o centro das atenções e as visões históricas deveriam estar de acordo com a versão permitida pelo Rei.

19 Registros da miséria do povo, sua estrutura social e sua condição pobre e marginalizada, sem desagradar os monarcas

20 Crônica del-Rei D. Pedro Crônica del-Rei D. Fernando Crônica del-Rei D. João I

21 No humanismo, os fidalgos da corte passaram a escrever poesia sem música.

22 Palaciana, porque era produzida pelos fidalgos da corte sobre o universo dos palácios reais.

23 Castelhano, língua variante do espanhol da região de Castella.

24 Os fidalgos possuiam grandes somas de dinheiro que poderiam ser investidas nas expedições marítimas.

25 Textos latinos de Ovídio e Horácio. Textos gregos clássicos dos mitos. Eram considerados dignos de imitação ou serviam como inspiração para poemas da época.

26 Inferno de amores ou Inferno dos namorados, de Duarte de Brito.

27 Petrarca

28 Todas

29 B. A religiosidade não era tratada nos poemas palacianos.

30 7 sílabas poéticas

31 5 sílabas

32 10 sílabas, ou decassílabo

33 Dois ou três versos, com mais algumas glosas ou variações.. O último verso repete um dos versos principais.

34 Ó passado que não volta! As palavras me fugiram E os desejos meus traíram! Foi em plena madrugada início do meu fim, Um demônio bem ruim Me pôs em tua calçada De uma forma inesperada As palavras me fugiram E os desejos me traíram! Já sabia que não tinhaEsperanças meu amorE dizer da minha dorPior fez essa dor minha.Ó cruel que me espezinhaAs palavras me fugiramE os desejos mus traíram!

35 É formada por um mote com quatro ou cinco versos, seguido de uma glosa ou variante de oito a dez versos, em que os últimos repetem os versos finais do mote

36 A Esparsa tem uma única estrofe, de oito a dez versos. A Trova não tem número determinado de estrofes.

37 Gil Vicente

38 Gil Vicente censurou energicamente os sermões terríveis que eram feitos pelos frades de Santarem, além de denunciar a perseguição aos judeus.

39 Não. A origem do teatro de Gil Vicente era popular. Seus diálogos, encenações, cenários e moralidades eram extraídos da vida cotidiana medieval.

40 Todas

41 Comédia ou narrativa envolvendo pastores portugueses. Era mais ingênuo e pouco corrompido.

42 Peças teatrais baseadas no cotidiano, na vida real, no folclore, no comportamento dos nobres, dos pequenos-burgueses, dos vilões, abades e judeus.

43 Peças teatrais em que as personagens representam ideias, conceitos ou instituições. As virtudes, os pecados são vendidos e registrados no Auto da Feira.

44 Peças inspiradas em passagens da Bíblia em tom solene.

45 Culto a vários deuses

46 Não. O cristianismo respeitava a manifestação artística das obras clássicas. Apesar disso, o cristianismo reprovava o nudismo nas esculturas e pinturas.

47 Idade Média e Idade Moderna.

48 Verdadeiro. O Renascimento foi uma revolução inspirada na cultura da Antiguidade e colaborou para o apagamento da Idade Média.

49 Bússola, astrolábio, caravela. Tipos móveis metálicos de Guttenberg.

50 Idéia de que o Sol ocupa o centro do universo (Copérnico)

51 Galileu Galilei

52 O Francês Ambroise Paré

53 Elogio da loucura

54 Para pagar os pecados e comprar um pedaço do céu, o povo deveria comprar relíquias ou pagar para beijar e tocar santos.

55 Alemanha.

56 Bíblia

57 Platão. Amor platônico.

58 Os Lusíadas

59 Verdadeiro.

60 Até a última, mesmo paroxítona.

61 Falso. Foi sob influência italiana.

62 Platão. Mulher e amor ideal, plena de virtudes como um anjo, sem sexualidade.


Carregar ppt "Prof. Heitor Gribl 1ºAno Ensino Médio. Itália Século XIV."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google