A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEGURANÇA NO E-COMMERCE. Com o aumento do uso da Internet para fins comerciais, tornou-se imprescindível a criação de meios que possibilitem a comunicação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEGURANÇA NO E-COMMERCE. Com o aumento do uso da Internet para fins comerciais, tornou-se imprescindível a criação de meios que possibilitem a comunicação."— Transcrição da apresentação:

1 SEGURANÇA NO E-COMMERCE

2 Com o aumento do uso da Internet para fins comerciais, tornou-se imprescindível a criação de meios que possibilitem a comunicação entre duas pessoas, através da rede, em total segurança. Dentre os diversos protocolos de segurança existente, existe um muito importante, que merece nossa atenção. Trata-se do SSL (Secure Socket Layer). Ele permite que aplicativos cliente/servidor possam trocar informações em total segurança, protegendo a integridade e a veracidade do conteúdo que trafega na Internet. Tal segurança só é possível através da autenticação das partes envolvidas na troca de informações. Conexão SSL

3 Uma conexão utilizando SSL é sempre iniciada pelo cliente. Quando um usuário solicita a conexão com um site seguro, o navegador solicita o envio do Certificado Digital. Uma vez que as informações acima tenham sido confirmadas, a chave pública é enviada e as mensagens podem ser trocadas. Uma mensagem que tenha sido criptografada com uma chave pública somente poderá ser decifrada com a sua chave privada (simétrica) correspondente.

4 Gateways de Pagamento são interfaces utilizadas por empresas de e-commerce que servem para a transmissão de dados entre clientes, comerciantes e seus bancos. Os Gateways de Pagamento são utilizados pelas empresas que fazem negócios online para processar pagamentos com cartão de crédito, e também podem ser equipados para serem utilizados em pagamentos via telefone. Gateways de Pagamento Os Gateways de Pagamento permitem que os comerciantes processem cartões de crédito com segurança e praticidade. Ele protege os comerciantes contra cartões roubados, falsificados ou sem fundos. Eles também oferecem segurança aos consumidores, uma vez que os comerciantes não têm acesso aos seus dados financeiros.

5 Interface do Gateway de Pagamento do site Kabum.

6 Um Gateway de Pagamento funciona basicamente como um terminal de cartão de crédito visto em lojas tradicionais de varejo. Quando um cliente envia informações de seu cartão de crédito, a informação é codificada e transmitida através do Gateway de Pagamento. A interface envia as informações para o banco do cliente, confirmando se o cartão é válido e se existem fundos suficientes disponíveis ou de crédito para que se processe o pagamento, enviando a aprovação caso tudo esteja correto. Esta informação é armazenada, permitindo que o comerciante apresente uma listagem de todas as transações realizadas a seu banco, para posteriormente receber os fundos.

7 Os prestadores de serviços de gateway de pagamento oferecem uma série de recursos e serviços de valor acrescentado. Seguem cinco aspectos a ter em conta quando escolher o seu fornecedor de gateway de pagamento. Como Escolher um Gateway de Pagamento Compatibilidade com a plataforma: Uma das primeiras coisas que você precisa considerar é a compatibilidade com o sistema existente na sua loja online. Este aspecto é crucial, especialmente se você já comprou e instalou o seu software de e-commerce. Cartões e divisas suportados: Verifique se o prestador de serviços oferece suporte para vários tipos de cartões de crédito e outras formas de pagamento on-line e também em moedas diferentes.

8 Detecção de fraudes serviço de prevenção: Um bom gateway de pagamento deverá oferecer ferramentas automatizadas para ajudar a combater fraudes de cartão de crédito, incluindo a capacidade de identificar as operações suspeitas e de garantir que o prestador oferece suporte de acordo com os padrões da indústria tais como o Sistema de Verificação de Endereço (ou AVS – Adress Verification System). Esse recurso de segurança garante que o endereço da fatura do cartão de crédito do cliente condiz com a informação do emissor do cartão de crédito. PCI Compliance: Qualquer prestador de gateway de pagamento que escolher deve satisfazer o cumprimento de normas PCI (PCI-DSS) ou usar uma fonte confiável para atender aos padrões de conformidade. É um padrão internacional estabelecido pela Indústria de Cartões de Pagamento, cuja função é proteger os dados de transações com cartões.

9 Adotar as regras do PCI significa que o prestador de serviço de Gateway de Pagamento está homologado a prestar serviços a todos os adquirentes das bandeiras Visa, MasterCard, American Express, Diners, JCB e Discover. O objetivo é possibilitar a redução de perdas com fraudes, redução de falhas no ambiente tecnológico e mitigação de incidentes de segurança envolvendo dados de transações com cartões. Qual a vantagem do Gateway de Pagamento com certificação PCI? Nome Validade da Certificação Accesstagenovembro/13 Cobre Bemagosto/14 Global Collectjulho/14 Adyenjunho/14 Allpagojulho/14 Braspagagosto/14 Digital Riverjulho/14 PayZenjulho/14 Maxipagodezembro/13 Ogonefevereiro/14 SafeChargedezembro/13 Software Expressdezembro/13 T&Telabril/2014 Argusdezembro/13 PayUmarço/14 IatsDezembro/13 Minha Vendajaneiro/14 Rache Aquijun/14 Mercanciamarço/14 Incubejulho/14 Pagcompletojunho/14 Fly Enterprisejulho/14 LibrePagagosto/14 Pagar.mesetembro/14 AzPaysetembro/14 QuickBizsetembro/14

10 LOGISTÍCA PARA E-COMMERCE

11 Antes de partir para a criação do comércio eletrônico, é necessário ter uma estrutura empresarial e um planejamento logístico similar ao do comércio tradicional. A logística tem a mesma definição para qualquer tipo de negócio: é o processo de planejar, executar e controlar eficientemente o transporte, a movimentação e o armazenamento de produtos dentro e fora das empresas, garantindo a integridade e os prazos de entrega dos produtos aos usuários e clientes. Manter um site na Internet sem se preocupar com estrutura de logística significa não esperar retorno algum, e talvez ter prejuízos enormes.

12 Uma boa logística em uma Loja Virtual é um dos pontos mais importantes para garantir o sucesso do trabalho. Prazo e entrega bem sucedidos são fundamentais para a total satisfação do cliente. No Comércio Eletrônico, o termo usado é e-Logística. O gerenciamento logístico pode ser considerado um fator essencial no e-commerce e sua cadeia é composta por: - Recepção e condicionamento de produtos; - Estocagem; - Picking (deslocamento de produtos para a preparação do pedido); - Packing (empacotamento da mercadoria ); - Intervenção das transportadoras assumindo a entrega.

13 1. Escolha do produto: internauta acessa o site e define qual o produto que pretende adquirir. 2. Pedido de compra: consumidor confirma por meio do site que deseja comprar aquele produto. 3. Recepção do pedido: o administrador do site recebe a informação de que um internauta solicitou a compra de um determinado produto. 4. Financeiro: setor responsável pelas cobranças é acionado para dar sequência ao pagamento na forma que foi solicitada pelo internauta no ato de compra. 5. Validação do pedido: após serem verificadas as informações referentes ao pagamento, o vendedor dá como certa a realização da compra. 6. Cliente recebe validação: é enviada uma mensagem ao comprador para informá-lo de que seu pedido foi recebido e em breve será realizada a entrega.

14 7. Estoque/compra: a empresa que vende os produtos busca em seu estoque o bem solicitado ou – se vende em consignação - entra em contato com o fornecedor para suprir a compra do internauta. 8. Expedição: a embalagem deve estar adequada às características do produto para ele não sofrer danos no transporte. 9. Transportadora: o produto é entregue por um terceirizado. Atualmente, 70% desse mercado são dos Correios. 10. Cliente recebe produto: a mesma transportadora efetua a entrega para o comprador e certifica formalmente o recebimento. 11. Pós-venda: a empresa que vendeu o produto entra em contato com o comprador para que seja feita uma avaliação da compra, para registro de melhorias e fidelização.

15 Alternativas de gerenciamento da logística No início das atividades de uma loja virtual, normalmente, o volume de pedidos é baixo e o controle interno da logística é possível. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ainda é a melhor opção para quem está começando. E é a única empresa que faz entregas em todo o território nacional, sem intermediários. À medida que se torna popular, a sua loja virtual passa a receber um volume cada vez maior de pedidos. Nesse momento, a terceirização da atividade logística passa a ser uma opção interessante.

16 Terceirização da atividade logística implica em: A logística poderá fazer a recepção e o controle de estoque dos produtos, além de fazer o picking, packing e enviar os pedidos aos clientes. Além disso, ela deve ser encarregar de fazer uma melhor gestão do retorno dos pedidos (logística reversa), cada produto devolvido pode ser reintegrado ao estoque ou então descartado caso esteja em más condições, e propor aos clientes vários tipos de entrega (expressa, econômica etc.). Dimensões de um pallet: 1,00m x 1,50m x 1,50m Exemplos de empresas que além de efetuarem a entrega, fazem também os serviços de galpão, picking e packing.

17 Nota Fiscal de Serviço Eletrônica Considera-se Nota Fiscal de Serviço Eletrônica - NFS-e o documento emitido e armazenado eletronicamente em sistema próprio da Prefeitura, com o objetivo de registrar as operações relativas à prestação de serviços.


Carregar ppt "SEGURANÇA NO E-COMMERCE. Com o aumento do uso da Internet para fins comerciais, tornou-se imprescindível a criação de meios que possibilitem a comunicação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google